Ilhas gregas: como escolher as melhores para a sua viagem

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 22/02/2019

Quais são as ilhas gregas mais bonitas? Quais as que mais combinam comigo e com o meu estilo de viagem? Essas foram as perguntas mais difíceis que enfrentei quando decidi viajar para a Grécia em busca de sol e mar. O país tem nada menos que 2 mil ilhas, mas nem todas são habitadas. Como decidir para quais ir?

Não tenho uma receita mágica, desculpem. Depois de meses (isso mesmo, meses!) de pesquisas em revistas, guias de viagem, visitas a sites e blogs, decidi ir a três ilhas: Milos, Mykonos e Santorini.

 

grecia-milos2

Praia de Firopotamos, na ilha de Milos. Foto: Marcelle Ribeiro.

Ilhas gregas: dicas para escolher seus destinos

A primeira dica que dou é: leiam revistas de turismo, reportagens em jornais e atentem para fotos das ilhas e para o perfil delas. Algumas são mais tranquilas, e não atraem horrores de turistas, mas podem ser belíssimas. Outras atraem mais jovens baladeiros, algumas atraem casais, e há ainda as ilhas preferidas pelo público GLS. Comprei dois guias de viagem para tentar me decidir sobre as ilhas: o Guia Visual da Folha de S. Paulo sobre Atenas e Ilhas Gregas e o guia do Lonely Planet (eu comprei só os capítulos em PDF sobre as Cíclades e sobre transporte entre as ilhas, em PDF, no site do Lonely Planet).

A segunda dica é: escolham ilhas de uma mesma região para visitar, pois isso vai facilitar bastante a sua vida. É que as ilhas gregas estão bem espalhadas em várias regiões, em volta da área do “continente”. Ir de uma ilha de um grupo para outra ilha que pertence a outro grupo (por exemplo, ir de uma ilha jônica para uma ilha cíclade) requer uma logística maior do que conhecer ilhas de um mesmo grupo.

Inicialmente, eu pensei em conhecer a ilha de Zákynthos, que é uma ilha jônica, e na mesma viagem visitar Milos e Santorini, que são da região Cíclades. Mas os voos para Zákynthos nunca apareciam nos sites das empresas aéreas, e ir de barco para lá partindo da Cíclades levaria dias. Por isso, desisti e optei por conhecer apenas ilhas cíclades, que são lindíssimas também.

Quem me ajudou bastante foi o Décio, que tem um site especializado na Grécia, o Guia Grécia. Ele já foi dezenas de vezes às ilhas e conhece bem o perfil de cada uma.

grecia-santorini1

O lindo pôr do sol em Santorini. Foto: Marcelle Ribeiro.

Milos: um tesouro escondido

Você vai notar que as agências de viagem brasileiras vendem pacotes basicamente para duas ilhas: Mykonos e Santorini, que devem ser as que atraem mais turistas. Eu já estava decidida a conhecer Santorini, que apesar de não ser a mais indicada para quem quer curtir praia, é a mais famosa ilha grega, com hotéis em penhascos e um pôr do sol de cair o queixo.

Se para você, Grécia significa casinhas branquinhas do alto de um penhasco, Santorini é o seu lugar. (você vai achar casinhas brancas e azuis em várias ilhas gregas, mas em Santorini é que elas ficam em área inclinada).

grecia-santorini2

Casas no alto do penhasco na ilha de Santorini. Foto: Marcelle Ribeiro.

Foi o blog A Turista Acidental que me chamou a atenção para a ilha de Milos, também uma ilha cíclade. Apesar de a autora do blog ter ido a Milos já no fim do verão e não ter aproveitado as praias por causa do clima, a ilha me chamou a atenção. Praias lindas e tranquilas, sem muita muvuca, foi o que pensei. E foi a escolha mais acertada que fiz na viagem: Milos é tudo de bom. Ganhou de Santorini na lista das mais bonitas. Outro blog com dicas e foto legais de Milos é o Próximos Destinos.

 

grecia-milos1

Praia de Kléftiko, na ilha de Milos. Foto: Guilherme Calil.

Ilhas gregas: decidindo por Mykonos

A gente ainda teria mais dias para conhecer uma terceira ilha e a pulga ficou atrás da orelha: vamos ou não vamos a Mykonos? Inicialmente eu não pensava em ir a esta ilha, que tem fama de baladeira.

Eu não sou nada baladeira, apesar de gostar de ir a festas de vez em quando. Mas as outras ilhas que concorriam com Mykonos também me causavam dúvidas: Ios costuma ser mais barata que Mykonos, mas também é baladeira, e atrai gente bem mais jovem, na faixa dos 18 a 20 anos. Folegandros me parecia “paradona” demais e não achei que tivesse praias lindas (pelas fotos que vi, claro).
 

grecia-mykonos1

Praia de Psarou, na ilha de Mykonos. Foto: Marcelle Ribeiro.

Daí comecei a ver muitas fotos de praias de Mykonos e achei a combinação areia+mar de lá bem bonita. Praias com água cristalina, sem ondas…. Mykonos entrou para o roteiro! E como havia muitas praias bonitas, Mykonos ganhou até mais dias no meu roteiro. Gostamos bastante de lá, e olha que ignoramos quase que totalmente as baladas. As praias são lindas e há muitas opções de bons restaurantes.
 

grecia-mykonos2

Praia de Paradise, na ilha de Mykonos. Foto: Marcelle Ribeiro.

Não quis fazer um cruzeiro entre as ilhas porque eles destinam pouquíssimo tempo a cada ilha. E eu queria ver tudo com calma, sem estresse de “está na hora de entrar no navio”. E adorei esse esquema que fiz. Deu tempo de sobra para fazer tudo que eu queria e de uma maneira bem relaxada, com direito a cochilo depois do almoço!

 

Leia também:

Comentários

  1. Emília
    03 set 2012

    Oi, Marcelle! Que bom que gostou de Milos, achei a ilha lindíssima e com um perfil mais relaxado.
    Um abraço!

  2. 19 out 2012

    Oi,adorei o seu blog! Parabéns. moro na Holanda e gostaria muito de ir para a grácia fica uns 8 dias. você acha que dá para aproveitar bem? Eu iria com o meu namorado, quanto você acha que iria sair mais ou menos nós dois por dia? E sou que nem você não gosto de balada e tal, indica um local? Bjs

  3. 23 out 2012

    Flávia,
    Desculpe pela demora em responder.
    Com oito dias na Grécia dá para aproveitar bem sim. Fique 1 dia e meio em Atenas e o resto em duas ilhas. Como você vai com seu namorado, indico Milos (para curtir praias lindas ) e Santorini (imperdível para qualquer ser humano do planeta). As duas ilhas são bem românticas. Mas antes de comprar as passagens, veja como estará o clima lá na época em que você vai, ok?
    Abs,
    Marcelle

  4. Almir Silva
    14 nov 2012

    Marcelle, você disse no post que dá para fazer gyros de carne de porco, de carne de boi e de frango.Mas na verdade é carneiro, frango e porco.Quanto ao azeite grego que você disse que perde para o italiano eu discordo. O azeite grego é considerado o melhor do mundo pelos especialistas.Eu viajo todo ano prá Grécia e posso dizer que é um dos lugares mais bonitos do mundo. Gostei o seu blog.bjo

  5. Vida Pinheiro
    29 ago 2015

    Marcelle, adorei suas dicas e preciso de ajuda.
    Meu roteiro é: athenas/Milos/Mikonos/Santorine, encontro voo de athenas para milos, mas não consigo voo de milos para athenas. Será que esse roteiro é só de barco.
    Agradeço a atenção

    • 07 set 2015

      Oi, Vida.
      Há voos de Milos para Atenas sim, mas são poucos. Pesquise outras opções de data. Abraço,

  6. Alexandre Moura
    24 jan 2016

    Bom Dia Marcelle,
    vou conhecer a costa amalfitana e Capri em setembro e tenho 4 dias restantes que pretendíamos conhecer Mykonos e Santorini.
    Você acha possível e de onde poderia sair o voo? Nápoles?
    Obg

    • 27 jan 2016

      Oi, Alexandre,
      Acho que vai ficar apertado conhecer Mykonos e Santorini, pois você perderá tempo no deslocamento. Escolha uma ilha apenas. O voo pode sair de Nápoles, mais o mais provável é que ele saia de Roma, faça escala em Atenas e depois vá para as ilhas.
      ABraço,
      Marcelle

  7. Cleber
    30 jan 2016

    Ola.
    Adorei seus comentarios e fotos, este sera justamente nosso roteiro de Junho, mas estou com dificuldade de locomocao entre as ilhas, principalmente, Mykonos para Milos e de la para Santorini, voce sabe dizer se nesta epoca tem barcos diarios que ligam Milos? Ou sera que devemos mudar a ordem que e Atenas- Mykonos-Milos- Santorini- Atenas.

  8. alexia
    08 fev 2016

    Oi Marcelle!

    Adorei teu post.
    Tu poderias me passar o contato do Décio? Entrei no site dele mas não encontro o e-mail… queria muito fazer umas perguntas em relação à Grécia.

    Obrigada!

  9. Lays
    26 abr 2016

    Boa noite
    Gostaria de umas dicas de como me planejar, pois vou fazer uma eurotrip mas gostaria de incluir a Grécia em meu roteiro mas não poderia ficar muito dias no máximo 5, gostaria de saber quais lugares não posso deixar de conhecer
    Obrigada

    • 06 maio 2016

      Oi, Lays,
      Cinco dias na Grécia é pouco…Ainda mais porque os deslocamentos entre as ilhas e Atenas não são tão curtos e não há tantos horários de saídas de lancha. Se faz mesmo questão de ir nessa viagem, escolha no máximo 2 cidades (ATenas + 1 ilha ou 2 ilhas).
      Abraço,
      Marcelle

  10. Cristina Barreto
    19 maio 2016

    Adorei as dicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *