Centro de Manaus: o que fazer em um roteiro a pé

postado por Marcelle Ribeiroe atualizado em: 20/01/2020

Manaus, no Amazonas, tem atrações interessantes em seu Centro histórico, que rendem bonitas fotos. A mais bacana delas é o Teatro Amazonas, que é lindo por fora e por dentro. A fachada tem colunas e é toda meio rosa, com uma cúpula cheia de ladrilhos coloridos. Por dentro, lustres pesados e impressionantes, pinturas nos tetos, além de balcões trabalhados na madeira. É um local bem menor que outros teatros históricos do Brasil, como os teatros municipais do Rio de Janeiro ou de São Paulo, mas vale uma visita.

Centro de Manaus: o que fazer

Teatro Amazonas

O Teatro Amazonas é um símbolo do auge do Ciclo da Borracha na Amazônia e pode ser conhecido de duas maneiras. Uma delas é pela visita guiada, em que o turista conhece não só a sala de espetáculos, mas também espaços como o quarto dos cavalheiros (reservado para eles para o intervalo das peças) e figurinos de antigas óperas.

Eu não fiz a visita guiada, mas conheci o Teatro Amazonas de outro jeito: fui lá à noite assistir a um concerto durante o Festival de Ópera. O teatro tem espetáculos musicais com grande frequência e em seu palco passam muitas apresentações de ópera, jazz e teatro. E o melhor: há muitos ingressos baratos disponíveis e eles podem ser comprados às vezes no próprio dia do evento. Paguei R$ 30 pelo meu, em um ótimo assento.

Teatro Amazonas, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Teatro Amazonas, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Teatro Amazonas, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Teatro Amazonas, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Teatro Amazonas, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Teatro Amazonas, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Teatro Amazonas, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Teatro Amazonas, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Teatro Amazonas, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Teatro Amazonas, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Teatro Amazonas, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Teatro Amazonas, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

O Teatro Amazonas fica na Av. Eduardo Ribeiro, 659 Centro de Manaus. As visitas guiadas acontecem de segunda-feira a sábado, das 9h15 às 17h, em inglês e português. Não consegui encontrar informações em sites oficiais sobre duração das visitas, preços e local para venda. Recomendo entrar em contato pelos telefones (92) 3232-1768 e 3622-1880.

Para saber sobre os espetáculos, procure sobre a programação em jornais de Manais, como o A Crítica. É possível comprar ingressos no próprio teatro e em pontos de venda nos shoppings da cidade.

Praça São Sebastião

Quando for ao Teatro Amazonas, não deixe de dar uma voltinha na praça em frente a ele, a Praça São Sebastião, que é um ponto de encontro dos manauras (povo de Manaus), principalmente no fim da tarde. Na praça fica uma bela igreja, estátua com jardim e também banquinhos onde os moradores sentam para tomar um sorvete ou tacacá (vendidos ali mesmo) e as crianças brincam de bicicleta.

Há também casinhas antigas coloridas que são uma graça e alguns barzinhos e lanchonetes com mesinhas na praça. Uma delícia.

Praça São Sebastião, Centro de Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Praça São Sebastião, Centro de Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Praça São Sebastião, Centro de Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Praça São Sebastião, Centro de Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Palácio Rio Negro

O Palácio Rio Negro também é dos tempos do Ciclo da Borracha e tem piso, paredes, fachada e mobília preservados. Também há uma exposição temporária. Infelizmente quando eu fui lá ele já estava fechado, mas vale uma foto do lado de fora.

Horário de Funcionamento: De terça a sexta-feira das 8h às 14h, e sábado das 9h às 13h. Endereço: Av. 7 de Setembro, 1546 – Centro. Preço: Grátis.

Palácio Rio Negro, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Palácio Rio Negro, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Palacete Provincial

O Palacete Provincial também é um prédio histórico lindo e fica pertinho do Palácio Rio Negro (dá para ir andando). O prédio já funcionou como sede da Polícia e hoje abriga 5 museus: uma Pinacoteca com quadros e obras de artistas da região; um museu de Numismática, com 8 mil moedas; cds e dvds no Museu da Imagem e do Som; o Museu Tiradentes, com armas e fardas dos Bombeiros e da Polícia; e o museu de Arqueologia, com artefatos descobertos em escavações da região.

Nesse também não consegui entrar, mas já fiquei encantada com as cores da fachada.

Horário de funcionamento: Terça a sexta-feira das 9h às 14h e aos sábados das 9h às 13h. Endereço: Praça Heliodoro Balbi s/n – Centro. Preço: Grátis.

Palacete Provincial, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Palacete Provincial, em Manaus. Foto: Marcelle Ribeiro.

Veja mais dicas de passeios em Manaus ou perto da cidade no blog Sthe on The Road.

 

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *