Morro de São Paulo (BA): As melhores praias e passeios

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 24/07/2017
Compartilhar este artigo:

Chegar à ilha de Morro de São Paulo, na Bahia, não é exatamente fácil (como eu já expliquei aqui), mas definitivamente vale o sacrifício. Eita lugar lindo! É um dos meus lugares preferidos no mundo, onde me sinto em casa!

Não deixe de ir a Morro pelo menos uma vez na vida. É uma ilha linda, e legal principalmente para quem quer ver gente, descansar, ou curtir uma lua-de-mel.

Morro é uma ilha com um centro (que é composto por uma ou duas ruas e uma praça) e 5 praias. As praias não têm nome: o povo chama de Primeira Praia, Segunda Praia, Terceira Praia, Quarta Praia e Quinta Praia. A Primeira é mais perto do cais de Morro e a quinta, a mais distante.

Procurando hotel? O Booking tem opções para todos os bolsos. Reserve por esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

A Primeira é a menos atrativa, porque é perto do cais (mas mesmo assim, dá para tomar banho lá). A Segunda é a minha preferida: é pequena, cheia de barracas (que viram restaurantes legais à noite), cadeiras, gente bonita, caiaque… E água quentinha e paradinha (como as outras de Morro), azulzinha. Tem algumas pousadas lá, mas mais carinhas.

Mirante entre a Primeira e a Segunda praias de Morro de São Paulo. Foto: Distéfano Velame.

Minhas primas no mirante entre a Primeira e a Segunda. Foto: Distéfano Velame.

Mirante entre a Primeira e a Segunda praias de Morro de São Paulo. Foto: Distéfano Velame.

Minha prima Camille no mirante. Foto: Distéfano Velame.

Segunda Praia, em Morro de São Paulo. Foto: Camille Magalhães.

Segunda Praia, em Morro de São Paulo. Foto: Camille Magalhães.

A Terceira é maior, tem pousadas também, mas tem pouquíssimas barracas, e é boa para andar. Na Quarta e na Quinta (que são maiores) não tem quase nada, só um ou outro hotel.

Quarta Praia de Morro de São Paulo. Foto: Camille Magalhães.

Quarta Praia de Morro de São Paulo. Foto: Camille Magalhães.

Você anda a ilha toda a pé, e as poucas ruas que existem lá são de areia, nada de calçamento. Ou seja, nem adianta levar salto alto (que eu odeio!).

DESCONTO DE 5% no Esquenta Black Friday para aluguel de carro na Rentcars, com o cupom NOVEMBER. Vale até 30/11, com retirada do carro até 31/12! Compare preços de várias locadoras!

O legal é ir à praia de manhã, curtir o mar calminho e almoçar numa das barracas de praia mesmo ou vir comer em um dos vários restaurantes do Centrinho (onde você provavelmente vai se hospedar). Depois, durma na rede de sua pousada, e no final da tarde, pode dar mais um mergulho no mar, ou até se aventurar numa tirolesa que liga o alto do Centrinho (a entrada é perto do cais de Morro) e acaba na Primeira Praia (o turista salta da tirolesa na água do mar). Eu tenho problema de coluna, então nunca desci nessa tirolesa. A altura é considerável, mas parece ser bem emocionante. Só que rola uma fila de gente querendo descer de tirolesa…

Depois, banho na pousada e vamos “ver gente” e comer no Centrinho, onde há também uma feirinha com barraquinhas de artesanato e uma igrejinha. Tem restaurante para todo gosto e não são muito caros não.

Outra coisa que adoro é ir bebendo drinks de frutas com vodca das barraquinhas do Centrinho.

Tem também a opção de ir jantar nos restaurantes da Segunda Praia (que de dia são barracas de praia, lembra?). Na alta temporada, rola até showzinho neles e alguns fazem umas festas mais do tipo “balada”.

Se fosse a minha primeira vez em Morro, eu passaria pelo menos de 3 a 4 dias inteiros lá. Isso porque, além de conhecer as praias de Morro, você tem que separar um dia para ir de barco para uma ilha vizinha, Boipeba.

Você arruma um passeio para Boipeba lá nas agências de viagem de Morro mesmo. O bom é já consultar horários e preços no dia em que chegar em Morro. O passeio de Boipeba é feito em lanchas  que cabem umas 20 a 40 pessoas e dura o dia todo. As lanchas costumam sair da Primeira Praia, e param por umas 2 horas em Boipeba, que é lindíssima e tem água calminha e quentinha. Em Boipeba, tem poucas barracas de praia e menos pousadas. Normalmente, no passeio, você almoça por lá. Tem passeios que depois de Boipeba, fazem um “city tour” no Centro de Cairu, que é a cidade onde Morro e Boipeba estão localizadas. Eu achei esse “city tour” (que inclui uma igreja velha e umas ladeiras) bem chato, totalmente dispensável.

Se você tiver um pouco mais de tempo, separe um outro dia para conhecer a Praia da Gamboa, que fica a 40 minutos de caminhada do cais de Morro. Mas atenção à maré, porque quando o mar enche, não dá para voltar andando pelas pedras. Gamboa é uma praia bonita, menos badalada que as praias de Morro, com algumas barracas, e hospedagem mais barata (lá tem um camping). Na caminhada para Gamboa, você vai passar por um lugar que dizem que a areia faz bem à pele (aí o povo espalha areia pelo corpo e depois mergulha na praia). Você pode acertar com um barqueiro para ele te levar a Gamboa também.

 

Reserve sua hospedagem em Morro de São Paulo pelo Booking clicando aqui e ajude o blog a ganhar uma pequena comissão sem pagar nada a mais! (saiba como funciona essa parceria aqui)

 

Leia também:

Como chegar a Morro de São Paulo

Índice de posts sobre Morro de São Paulo

Perto de Morro de São Paulo, Ilha de Boipeba atrai turistas

Veja tudo sobre Barra Grande / Maraú, outro paraíso perto de Morro de São Paulo

Mais fotos e curiosidades da Indonésia no nosso Facebook (https://www.facebook.com/viciadaemviajar/), Instagram (https://www.instagram.com/viciada_em_viajar) e Twitter (https://twitter.com/viciadaemviajar)

Compartilhar este artigo:

Comentários

  1. Anonymous
    19 maio 2011

    Morro só tem um problema: os turistas. Rsrsrs. É que o turismo lá tem sido predatório… da última vez que fui era muito lixo, descuido. Fiquei co o coração partido de ver aquele paraiso ser mal tratado.
    Camille

  2. Anonymous
    19 maio 2011

    Outro passeio obrigatório é ir ver o por do sol do Forte. É daqueles que o pessoal bate palmas qd o sol vai embora. Para chegar lá é só pegar uma peque trilha (uns 15 min) a partir do cais, margeando o rio em direção ao mar.
    Camille

  3. Anonymous
    05 nov 2012

    Qual pousada costuma ficar?

  4. 05 nov 2012

    Peço desculpas, mas não me lembro os nomes das pousadas em que fiquei lá em Morro. Na última vez que fui, não tinha o blog ainda, então não guardava esse tipo de informação. Sorry…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *