Países abertos para brasileiros em 2021 são 113 – ATUALIZADO

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 15/10/2021

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) mudou os planos de viagem de muitos brasileiros por causa das restrições à entrada de estrangeiros em vários países. Aos poucos, alguns lugares estão permitindo a retomada do turismo. Em 15/10 de 2021 eram 113 os países abertos para brasileiros. Neste post, vamos listar as nações que estão reabrindo as fronteiras. E a cada novidade, este texto será atualizado.

Porém, vale deixar claro que não incluímos nesta lista países que apenas aceitam brasileiros que tenham algum vínculo no destino, como trabalho, cidadania ou família. Colocamos aqui apenas os países abertos a brasileiros que querem fazer turismo.

Também não colocamos países que até aceitam brasileiros, desde que eles tenham ficado um período X de dias fora do Brasil imediatamente antes de entrar no destino (como no caso dos Estados Unidos),

Para saber a situação específica de um dos países abertos para brasileiros é só clicar no índice abaixo.

Afeganistão
África do Sul
Albânia
Alemanha
Andorra
Anguilla
Antígua e Barbuda
Argentina
Armênia
Aruba
Bahamas
Bahrein
Barbados
Bélgica
Belize
Benin
Bermudas
Bielorússia
Bolívia
Bósnia
Botsuana
Burkina Faso
Burundi
Cabo Verde
Camboja
Canadá
Chade
Chile
Colômbia
Comores
Congo
Costa do Marfim
Costa Rica
Croácia
Cuba
Curaçao
Dominica
Egito
El Salvador
Emirados Árabes Unidos
Equador
Eslováquia
Eslovênia
Espanha
Essuatíni
Etiópia
Finlândia
França
Gabão
Gâmbia
Gana
Granada
Guatemala
Guiana
Guiné
Guiné-Bissau
Guiné Equatorial
Haiti
Holanda
Honduras
Índia
Inglaterra
Iraque
Irlanda
Islândia
Jamaica
Jordânia
Kosovo
Líbano
Libéria
Liechtenstein
Macedônia do Norte
Malawi
Maldivas
Mali
Marrocos
Mauritânia
México
Micronésia
Montenegro
Namíbia
Nepal
Nicarágua
Niger
Panamá
Paraguai
Peru
Portugal
Quênia
República Centro-Africana
República Democrática do Congo
República Dominicana
República Tcheca
Ruanda
Samoa
Santa Lúcia
São Cristóvão e Neves
São Tomé e Príncipe
São Vicente e Granadinas
Serra Leoa
Sérvia
Sudão
Sudão do Sul
Suíça
Tailândia
Tanzânia
Togo
Tunísia
Turks e Caicos
Ucrânia
Uganda
Zâmbia
Zimbábue

Mas tem voo para os países abertos para brasileiros?

Antes de falar quais países estão abertos para brasileiros, é importante dizer que o fato de eles serem vários, isso não significa que você encontrará voos para eles saindo do Brasil, uma vez que as companhias aéreas ainda estão retomando as partidas aos poucos.

Além disso, mesmo que haja voos, pode ser que eles façam paradas em países que não permitem sequer a escala de voos internacionais com destino a outros países. Cheque em sites agregadores de passagens aéreas como MaxMilhas e Passagens Promo.

Qual a fonte das informações deste texto?

As informações deste post foram apuradas com a Iata (Associação Internacional de Transporte Aéreo), que representa cerca de 290 companhias aéreas em 82% do território aéreo global. E complementadas com buscas em sites oficiais dos governos locais, de embaixadas e de grande veículos de comunicação dos países.

praia punta cana países abertos para brasileiros

Punta Cana, na República Dominicana. Foto: Divulgação República Dominicana.

Quais são os países abertos para brasileiros?

1 – Afeganistão

Atualizado em 18/05/21: O Afeganistão é um dos países abertos para brasileiros com poucas exigências. Brasileiros com mais de 8 anos de idade devem apresentar teste PCR negativo para o novo coronavírus emitido no máximo 96h antes da partido do último voo direto para o Afeganistão.

2 – África do Sul

Atualizado em 26/08/21: Para entrar na África do Sul é preciso ter teste PCR negativo para Covid feito até 72 horas da partida do primeiro ponto de embarque. Contudo, essa exigência não se aplica a menores de 5 anos de idade.

É preciso preencher um “questionário de saúde do viajante” na chegada. Mais informações estão no site do governo da África do Sul.

3 – Albânia

Atualizado em 16/08/21: A Albânia, na Europa, é um dos países abertos para brasileiros, e nem é preciso de visto para entrar no país. Não é feita nenhuma exigência.

4 – Alemanha

Atualizado em 06/10/21: Para entrar na Alemanha, os turistas brasileiros precisam estar completamente vacinados contra a Covid-19 há pelo menos 14 dias antes da partida. As vacinas aceitas são a Astrazeneca, Janssen, Moderna ou Pfizer. Não é necessário apresentar teste negativo de covid nem fazer quarentena.

A Coronavac não é aceita para turistas brasileiros, mesmo se o turista tiver tomado 2 doses de Coronavac mais 1 dose de reforço de outra vacina.

Saiba mais no site do governo alemão e no site da Embaixada da Alemanha no Brasil.

Veja também: Seguro viagem é obrigatório para entrar na Alemanha. Veja pré-requisitos.

Confira nossos posts com dicas de viagem para a Alemanha.

catedral berlim paises abertos para brasileiros

Catedral de Berlim e torre. Foto: Marcelle Ribeiro.

5 – Andorra

Atualizado em 01/09/21: Andorra é um dos países liberados para brasileiros. Brasileiros precisam fazer quarentena de 14 dias para entrar no país, segundo o governo.

6 – Anguilla

Atualizado em 01/09/21: Essa pequena ilha do Caribe exige que o turista, antes de viajar, preencha um formulário online e imprima um certificado, que deve ser apresentado no desembarque. Além disso, ele deve mostrar um exame negativo para Covid-19 feito 5 dias antes da viagem e ter um seguro viagem que cubra despesas contra o novo coronavírus.

Para completar, os turistas passam por exames PCR na chegada e outro 10 dias depois. Durante este período, é preciso cumprir quarentena.

Leia também: Qual seguro viagem cobre coronavírus?

Veja no blog A Janela Laranja o que fazer em Anguilla, especialmente em lua de mel.

7 – Antígua e Barbuda

Atualizado em 01/09/21: Os turistas que vão para Antígua e Barbuda, no Caribe (América Central), passam por avaliação médica e precisam entregar um formulário com informações sobre o estado de saúde. Além disso, também têm que mostrar um atestado médico com um resultado negativo para o novo coronavírus feito, no máximo, 7 dias antes da chegada ao país. Menores de 12 anos não precisam apresentar o exame para Covid-19.

8 – Argentina

Atualizado em 07/10/21: Um dos últimos países abertos para brasileiros, a Argentina liberou a entrada de pessoas completamente vacinadas por alguns aeroportos e fronteiras terrestres, sendo que a última dose (ou dose única) deve ter sido aplicada pelo menos 14 dias antes da chegada ao país.

Além disso, é necessário apresentar PCR negativo feito 72h antes do embarque e fazer um teste de antígeno na chegada. E ainda outro PCR entre o 5º e o 7º dia de viagem no país. As pessoas vacinadas e que fizerem os testes citados não precisam fazer quarentena.

Menores de idade não vacinados precisam fazer quarentena e teste PCR após o 7º dia da chegada.

A Argentina também está exigindo que o turista tenha seguro viagem com cobertura contra o novo coronavírus.

Mais informações no site da Embaixada da Argentina no Brasil.

Veja nossas dicas de viagem para a Argentina.

casa rosada buenos aires países abertos para brasileiros

Casa Rosada, em Buenos Aires, na Argentina. Foto: Maridão.

9 – Armênia

Atualizado em 01/09/21: De fronteiras abertas para brasileiros, a Armênia existe quarentena de 14 dias, segundo o governo do país. Se testarem negativo para Covid enquanto estão isolados lá, podem ser liberados antes.

10 – Aruba

Atualizado em 01/09/21: Aruba é mais um dos países abertos para brasileiros. É preciso apresentar comprovante de Febre Amarela e baixar o aplicativo de saúde de Aruba para preencher a ficha de embarque e desembarque (“ED card”). Para completar o documento o turista deve fazer upload do teste de PCR negativo para o novo coronavírus feito entre 72h a 12h antes do embarque.

O “ED card” tem 5 etapas, que devem ser cumpridas para que o turista possa entrar em Aruba. Ele inclui questionário de dados pessoas e também sobre contato com pessoas possivelmente infectadas e condições de saúde.

Além disso, o viajante tem que fazer o seguro viagem de Aruba criado pelo Governo local para cobrir eventuais custos relacionados a Covid-19 na ilha. O seguro custa US$ 30 (para maiores de 15 anos de idade) ou US$ 10 (para crianças de até 14 anos).

Mais dados detalhados sobre todas as exigências e sobre o seguro você encontra na página do governo de Aruba.

Veja nossas dicas de viagem para Aruba.

mar aruba países abertos para brasileiros.

Praia em Aruba, um dos países abertos para brasileiros. Foto: Marcelle Ribeiro.

11 – Bahamas

Atualizado em 13/10/21: As Bahamas, no Caribe, estão entre os países abertos para brasileiros. Quem já foi totalmente vacinado (recebeu as 2 doses ou dose única, dependendo da vacina) e crianças entre 2 e 11 anos de idade precisam apresentar teste negativo (PCR ou antígeno) para entrar no país, feito há no máximo 5 dias da chegada nas Bahamas.

Pessoas totalmente vacinadas são aquelas que tenham tomado duas doses de Pfizer, Moderna ou AstraZeneca ou 1 dose de Janssen, sendo que a segunda dose (ou dose única) deve ter sido aplicada há 2 semanas. O governo das Bahamas aceita que a segunda dose seja de uma vacina diferente da primeira dose, desde que seja uma dessas citadas acima.

Os maiores de 12 anos de idade que ainda não estão completamente vacinados também precisam mostrar um teste negativo para o novo coronavírus para entrar, feito há no máximo 5 dias da data de chegada. Porém, só é aceito teste do tipo PCR.

Para menores de 2 anos de idade não há nenhuma exigência.

O resultado do teste negativo deve ser enviado online para poder completar o pedido de visto de turista (Bahamas Travel Health Visa) e ser apresentado também na chegada ao país.

Além disso, tanto turistas vacinados quanto os não vacinados são obrigados a aceitar um seguro viagem que cobre coronavírus . O custo do seguro está incluído na taxa do visto para entrar nas Bahamas (Bahamas Travel Health Visa). O valor do visto varia de acordo com a duração da permanência nas Bahamas e se o turista já foi ou não vacinado.

Mais informações no site do governo das Bahamas.

12 – Bahrein

Atualizado em 01/09/21: O Bahrien até está entre os países abertos para brasileiros, mas as entradas só são permitidas se você conseguir um visto, que pode ser solicitado no site do governo. Na chegada ao país, você precisa pagar por um teste para a Covid-19 e é preciso ficar em quarentena até a divulgação do resultado.

13 – Barbados

Atualizado em 01/09/21: Barbados, no Caribe, é outro dos países abertos para brasileiros. Os passageiros precisam preencher um formulário disponível no site do governo de Barbados 24 horas antes da chegada ao país. Além disso, você terá que presentar um exame negativo para o novo coronavírus feito 72 horas antes do embarque.

Se o exame não for apresentado, os visitantes passam por uma avaliação médica e têm que ficar em quarentena até a realização do teste.

Veja o que fazer em Barbados em uma semana no blog Viagens que Sonhamos.

14 – Bélgica

Atualizado em 03/09/21: Para entrar na Bélgica é preciso estar com a vacinação completa (2 doses ou dose única, no caso da Janssen) pelo menos 14 dias antes da viagem ao país. As vacinas aceitas são Pfizer, Moderna, Astrazeneca e Janssen. A Coronavac não é aceita.

É possível comprovar a vacinação com o certificado emitido em inglês pelo aplicativo Conecte SUS, do Ministério da Saúde.

Além disso, os turistas precisam preencher o formulário Public Health Passenger Locator Form de forma eletrônica e enviá-lo online até 48 horas antes da chegada na Bélgica.

Outra exigência é fazer um teste PCR da Covid-19 no 1° ou 2° dia após a chegada na Bélgica. É preciso fazer quarentena até sair o resultado negativo do teste PCR.

As informações são do site da Embaixada da Bélgica no Brasil.

Veja nossas dicas de viagem sobre a Bélgica.

palácio bélgica países abertos para brasileiros

A Bélgica é um dos países abertos para brasileiros na Europa. Foto: Marcelle Ribeiro.

15 – Belize

Atualizado em 01/09/21: Os turistas devem baixar o aplicativo Belize Health Travel App, que vai gerar um QR Code e um Número de Viagem para serem apresentados no desembarque. Além disso, ele precisa fazer reserva em hotéis pré-selecionados. Quem tiver resultado negativo em teste PCR feito até 72h antes do embarque para Belize vai ter o processo de entrada acelerado na chegada.

Dependendo da medição de temperatura feita no desembarque, as autoridade podem escolher passageiros aleatoriamente para fazer um outro PCR.

16 – Benin

Atualizado em 01/09/21: O Benin é mais um dos países abertos para brasileiros. Para visitar o país, é preciso preencher um formulário online antes da viagem e, na chegada, pagar por um exame PCR contra o novo coronavírus.

17 – Bermudas

Atualizado em 01/09/21: Mais um dos países abertos para brasileiros, as Bermudas exigem o preenchimento de um formulário no site do governo, que deve ser apresentado na hora do embarque. Além disso, todo passageiro com mais de 10 anos precisa apresentar um teste de PCR negativo para o coronavírus feito 7 dias antes da viagem.

Mesmo assim, todos os viajantes podem ser testados na chegada ao país e, nesse caso, precisam respeitar uma quarentena até a divulgação do resultado.

18 – Bielorússia

Atualizado em 01/09/21: Os turistas brasileiros que quiserem conhecer a Bielorússia precisam apresentar um laudo de um teste negativo para Covid-19 feito até 72 horas antes da chegada. Apesar de ser um dos países abertos para brasileiros, como a Bielorrússia exige uma quarentena de 10 dias, isso acaba diminuindo a chance de turistas irem para lá.

19 – Bolívia

Atualizado em 26/08/21: É preciso mostrar um teste negativo PCR para Covid emitido há no máximo 72h do embarque. Entretanto, essa exigência não é feita a crianças com até 5 anos de idade. Os turistas também precisam apresentar a “Declaração Juramentada do Viajante para o Acompanhamento da Covid-19” no desembarque. Além disso, é preciso ter seguro viagem com cobertura para o novo coronavírus.

Os passageiros estão sujeitos a quarentena de 10 dias.

Leia também: Qual seguro viagem cobre coronavírus?

20 – Bósnia

Atualizado em 01/09/21: Mais um dos países abertos para brasileiros, a Bósnia exige PCR negativo emitido há no máximo 48h.

21 – Botsuana

Atualizado em 01/09/21: Para entrar na Botsuana, na África, o visitante tem que levar um certificado negativo de PCR para coronavírus feito até 72h antes da partida de seu primeiro local de embarque. Isso não é necessário para crianças de até 5 anos.

22 – Burkina Faso

Atualizado em 01/09/21: O Burkina Faso é mais um dos países abertos para brasileiros. Para conhecer o país africano, basta apresentar um teste negativo para Covid-19 feito até 5 dias antes da viagem. Caso isso não seja possível, o viajante precisa pagar por uma avaliação médica na chegada ao país.

23 – Burundi

Atualizado em 01/09/21: Para entrar no país africano, os turistas precisam mostrar um teste negativo para o novo coronavírus realizado 72 horas antes da chegada. Além disso, os viajantes passam por um novo exame PCR na chegada (pago pelo turista). Também é preciso cumprir uma quarentena de 3 dias em um dos hotéis listados no site do governo do Burundi.

24 – Cabo Verde

Atualizado em 01/09/21: Cabo Verde é um dos países abertos para brasileiros que têm uma lista pequena de exigências, porque os turistas precisam apresentar apenas um teste negativo para o novo coronavírus feito até 72 horas antes do embarque.

25 – Camboja

Atualizado em 01/09/21: No papel, o Camboja até é um dos países abertos para brasileiros, mas, na prática, tudo é feito para dificultar a chegada dos turistas. Para entrar no país, os viajantes precisam apresentar um resultado negativo para Covid-19 feito 3 dias antes do embarque.

Além disso, é preciso apresentar um seguro viagem de US$ 50 mil dólares e depositar US$ 3 mil (R$ 15.455) em um banco na chegada ao Camboja. Para completar, todos os turistas passam por uma avaliação médica e precisam cumprir uma quarentena de 2 semanas.

Leia também: Qual seguro viagem cobre coronavírus?

Como escolher seguro viagem? Veja o vídeo abaixo!

26 – Canadá

Atualizado em 07/09/2021: Quem estiver completamente vacinado pode entrar no Canadá. As vacinas aceitas são Pfizer, Moderna, Janssen ou Astrazeneca. Uma combinação dessas vacinas é permitida. A Coronavac não é aceita. É preciso ter recebido a última dose da vacina pelo menos 14 dias antes da data de entrada no Canadá. O certificado de vacinação deve ser enviado 72h antes da viagem pelo ArriveCan.

Todos que tiverem mais de 5 anos de idade, mesmo que já vacinados, devem apresentar teste negativo para o novo coronavírus feito com no máximo 72h de antecedência do voo para o Canadá. São aceitos diversos tipos de teste. Quem já está completamente vacinado e já teve coronavírus pode ser isento de apresentar teste negativo. Veja no site do governo do Canadá os pré-requisitos para isso.

Os completamente vacinados não precisam fazer quarentena.

Veja as regras para menores de 18 anos entrarem no Canadá.

27 – Chade

Atualizado em 01/09/21: O Chade, na África, também é um dos países abertos para brasileiros. Ele exige um teste negativo de Covid 19 feito até 72h antes da chegada. Os visitantes também devem cumprir quarentena de 7 dias.

28 – Chile

Atualizado em 08/10/21: Quem deseja entrar no Chile precisa ter um “passe de mobilidade chileno”, que é obtido com um comprovante de vacinação completa contra o novo coronavírus validado no Chile. São aceitas as vacinadas aprovadas pela OMS (Janssen, Moderna, Pfizer, Astrazeneca, Coronavac, Sinopharm e Sputinik). A validação do comprovante da vacina pelo Chile pode levar até 1 mês.

Outra exigência é preencher o formulário ““Declaración Jurada de Viajeros” com até 48h de antecedência do embarque. É preciso anexar a esse formulário um resultado negativo de exame PCR para o novo coronavírus. Entre a coleta do teste e o embarque não pode ter passado mais de 72h. Menores de 2 anos de idade não precisam fazer o teste.

Os turistas brasileiros com Passe de Mobilidade Chileno precisam fazer quarentena de 5 dias (120h) contados a partir do controle da Imigração no Chile. Quem não tiver passe de mobilidade tem que fazer uma quarentena de 7 dias.

Também é obrigatório ter um seguro viagem que cubra gastos médicos e hospitalares (inclusive para o novo coronavírus) e repatriação. O seguro deve ter uma cobertura mínima de US$ 30 mil.

Além disso, os turistas podem ter que ser submetidos a testes para Covid-19, PCR ou antígeno.

Mais informações no site do governo do Chile ou no site da Embaixada do Chile no Brasil.

Veja nossas dicas de viagem ao Chile.

palacio de la moneda países abertos para brasileiros

Palácio de La Moneda, no Chile. Foto: Marcelle Ribeiro.

29 – Colômbia

Atualizado em 23/08/21: Para entrar na Colômbia, é preciso enviar o “Check Mig” no máximo 24h antes do embarque.

Apesar de não ser obrigatório contratar seguro para lá, não é esperto ir sem um. Tire suas dúvidas sobre o seguro viagem para a Colômbia.

Veja nossas dicas de viagem à Colômbia.

bogotá países abertos para brasileiros

Bogotá, na Colômbia. Foto: Marcelle Ribeiro.

 

30 – Comores

Atualizado em 01/09/21: Para entrar nesse país da África é preciso apresentar exame teste negativo para o novo coronavírus feito há 72h antes do embarque. O documento precisa estar em francês.

31 – Congo

Atualizado em 01/09/21: O Congo é mais um dos países abertos para brasileiros. Segundo as regras do país, o turista precisa apenas apresentar um teste negativo para Covid-19. Se isso não for possível, o viajante deve pagar por um teste na chegada ao país e também precisa pagar por uma quarentena. Contudo, as regras só valem para pessoas com mais de 11 anos.

32 – Costa do Marfim

Atualizado em 01/09/21: Viajantes devem apresentar um teste negativo de coronavírus feito há no máximo 7 dias e preencher um formulário de saúde online.

33 – Costa Rica

Atualizado em 08/10/21: A Costa Rica é um dos países que não exige um exame negativo para o novo coronavírus para os turistas, nem quarentena. Mesmo assim, os visitantes precisam preencher um documento de saúde online (Pase de Salud) e guardar o QR Code que será gerado para apresentar na imigração.

O documento de saúde (Pase de Salud) só pode ser preenchido 72 horas antes da entrada no país. Cada pessoa, sem exceção, incluindo os menores de idade, deve preencher um boletim.

Quem tiver menos de 18 anos de idade ou já tiver sido completamente vacinado há 14 dias antes da data de chegada não precisa contratar seguro viagem para entrar na Costa Rica. As vacinas aceitas são Astrazeneca, Pfizer, Janssen e Moderna.

Os turistas vacinados precisam anexar o certificado de vacinação ao boletim sanitário. O certificado de vacinação deve ter o nome da pessoa que recebeu a vacina, a data de cada dose e a empresa farmacêutica.

Os brasileiros que não tiverem sido completamente vacinados ou que tenham recebido vacinas que não são as aceitas precisam contratar um seguro viagem que cubra despesas médicas contra a Covid-19 e acomodação. Além disso, esse seguro deve atender a outros pré-requisitos como ter uma cobertura mínima específica. Eu explico em detalhes no post sobre o seguro viagem exigido pela Costa Rica.

Mais informações no site do Costa Rica Tourism Board, órgão de promoção do turismo do país, e do Instituto Costarricense de Turismo.

E mais: é preciso ter a vacina contra a febre amarela em dia.

rafting costa rica países abertos para brasileiros

Rafting na Costa Rica. Foto: Jose Conejo Saenz / Pixabay.

34 – Croácia

Atualizado em 05/08/21: Os brasileiros que quiserem viajar para a Croácia precisam apresentar um teste negativo para Covid-19 feito até 48 horas antes da chegada ao país. Mesmo assim, é preciso cumprir uma quarentena de 14 dias.

Em uma nota em junho, a embaixada brasileira na Croácia alertou para o aumento no número de brasileiros barrados nos aeroportos de Split e Zagreb mesmo com o cumprimento das regras acima e recomendou que os turistas adiem a viagem.

Se você quiser correr o risco e viajar, a embaixada reforça que é bom apresentar comprovante de estadia, dinheiro e passagem de volta.

A embaixada lembra ainda que o descumprimento da quarentena pode gerar uma multa de 1200 euros.

Mais detalhes no site do governo da Croácia e no site da Embaixada do Brasil em Zagreb.

35 – Cuba

Atualizado em 01/09/21: Apenas algumas regiões de Cuba estão abertas para os turistas. Atualmente, os voos internacionais estão liberados apenas para Cayo Coco e é preciso apresentar uma reserva em um dos hotéis aprovados pelo governo. Os turistas têm que passar por avaliação médica na chegada, assim como precisam preencher uma declaração de saúde.

36 – Curaçao

Atualizado em 06/10/21: Para entrar em Curaçao, brasileiros devem apresentar o Cartão Digital de Imigração e o Cartão Localizador de Saúde Pública preenchido no máximo 48h antes do embarque.

Também é preciso levar teste PCR com resultado negativo emitido há no máximo 48h antes da saída do primeiro ponto de embarque ou um teste de antígeno negativo feito há no máximo 24h da partida. Os resultados devem ser enviados online. Essas exigências não valem para quem tem até 12 anos de idade e não tem sintomas do novo coronavírus.

O brasileiro maior de 12 anos de idade terá que fazer um teste de antígeno no terceiro dia de viagem a Curaçao.

Além disso, é obrigatório ter seguro viagem. (Veja o post: Seguro Viagem Curaçao: Como escolher)

Em alguns casos, pessoas que testarem positivo para o novo coronavírus podem entrar no país.

Mais informações estão no site do Ministério de Tráfego, Transporte e Planejamento Urbano de Curaçao.

praia curaçao países abertos para brasileiros

Curaçao pode ser visitada por brasileiros. Foto: Jorgen Hendriksen / Unsplash.

37 – Dominica

Atualizado em 01/09/21: Dominica, no Caribe, é um dos países abertos para brasileiros. É preciso preencher um formulário no site do governo da Dominica 24h antes do desembarque e apresentá-lo na chegada. É necessário ter feito um teste do tipo PCR para Covid-19 entre 24h e 72 antes da chegada e ter dado negativo. Uma vez já no país, os viajantes passarão por medição de temperatura.

38 – Egito

Atualizado em 06/10/21: Mesmo brasileiros já vacinados NÃO estão dispensados de apresentar teste PCR. Este deve ser realizado até 72 horas antes do embarque.

Aliás, aqui entra outro fator importante: todos os turistas vindos do Brasil também terão de fazer, no momento do desembarque, o exame de identificação de antígeno, realizado no local de chegada. Caso dê positivo para Covid-19, também será realizada uma contraprova com o teste PCR.

Se confirmado, o passageiro será de cumprir quarentena em um hospital local, determinado pelas autoridades egípcias. A liberação acontecerá após 10 dias, se a pessoa estiver sem sintomas.

As informações são do site da Embaixada do Brasil no Cairo.

Veja dicas de viagem ao Egito no blog Cumbicão.

Leitura importante: Qual seguro viagem cobre coronavírus?

39 – El Salvador

Atualizado em 01/09/21: El Salvador é mais um dos países abertos para brasileiros. É preciso mostrar resultado negativo de exame de Covid (PCR) impresso emitido há, no máximo, 72h.

40 – Emirados Árabes Unidos

Atualizado em 16/08/21: Os Emirados Árabes Unidos são mais um dos países abertos para brasileiros. As exigências são diferentes dependendo do emirado que se pretende visitar.

Para entrar em Dubai:

Para entrar em Dubai, é preciso apresentar um resultado negativo de um teste PCR para o novo coronavírus feito até 72 horas antes de viajar ao país.

Além disso, brasileiros precisam fazer um outro PCR ao chegar ao aeroporto de Dubai. Pessoas com deficiência ou menores de 12 anos de idade não precisam fazer o teste.

Também é necessário ter um seguro de viagem que cubra casos de novo coronavírus, segundo o órgão de turismo de Dubai. As companhias aéreas Emirates e a FlyDubai dão seguro gratuito multirriscos da AIG Travel para quem tiver comprado passagem com elas após 1 de dezembro de 2020.

Os viajantes precisam apresentar uma declaração de saúde e baixar e se registrar no aplicativo COVID-19 DXB disponível na App Store e Google Play

Para entrar em Abu Dhabi:

No momento, turistas brasileiros não podem entrar em Abu Dhabi.

Para entrar em Sharjah:

Confira as regras para entrar em Sharjah.

Você encontra mais informações no site da Emirates.

Leia também: Todas as dicas sobre viagens para os Emirados Árabes

dubai países abertos para brasileiros

Maior prédio do mundo, em Dubai. Foto: Marcelle Ribeiro.

41 – Equador

Atualizado em 05/10/21: Os turistas brasileiros que quiserem viajar para o Equador precisam apresentar um teste negativo para Covid-19 feito até 72h antes do embarque para o país, mesmo que já estejam completamente vacinados.

Além disso, quem vier do Brasil está sujeito a uma quarentena de 10 dias no Equador paga pelo próprio passageiro. Ou seja, apesar de estar na lista dos países abertos para brasileiros, a exigência de quarentena pelo Equador acaba diminuindo as chances de turistas irem para lá.

Os turistas também passam por uma avaliação médica logo depois do desembarque e precisam preencher uma declaração de saúde.

E mesmo antes da pandemia do novo coronavírus, o Equador já exigia de turistas a contratação de seguro viagem para entrar no país.

Contudo, brasileiros não precisam de visto para visitar o país.

Para entrar em Galápagos, além do PCR negativo, os maiores de 16 anos de idade precisam estar completamente vacinados há pelo menos 14 dias. Além disso, quem vai para esta parte do Equador precisa fazer a quarentena de 10 dias na parte continental do país antes de seguir para o arquipélago.

Para mais informações sobre pré-requisitos de entrada, recomendo olhar a página no Facebook da Embaixada do Equador no Brasil.

Leia também: Dicas para não errar ao comprar seguro viagem para o Equador

igreja equador países abertos para brasileiros

Igreja em Quito, no Equador. Foto: Georley / Pixabay.

42 – Eslováquia

Atualizado em 04/08/21: Para entrar na Eslováquia os brasileiros maiores de 12 anos de idade devem ter feito teste PCR com resultado negativo. O teste deve ter sido feito até 72h antes da chegada. Menores de 12 anos de idade não precisam fazer o teste.

Também é preciso preencher um formulário online no site do governo do país e se registrar online antes da partida em outro site.

Além disso, os brasileiros estão sujeitos a uma quarentena de 14 dias, independentemente do resultado de teste PCR que deve ser feito após 8 dias de chegada. Com isso, apesar de ser um dos países abertos para brasileiros, a exigência de quarentena pode ser um fator complicador a turistas.

Mais informações nos sites https://www.mzv.sk/web/en/covid-19, http://www.uvzsr.sk/ e https://korona.gov.sk/en/travelling-to-slovakia-and-covid19/.

43 – Eslovênia

Atualizado em 04/08/21: Brasileiros podem entrar na Eslovênia desde que tenham teste PCR negativo para o novo coronavírus feito há no máximo 72h antes da chegada.

Quem tiver um teste do tipo antígeno negativo para Covid-19 realizado há no máximo 48h antes da chegada também pode entrar. Da mesma forma, o teste deve ter sido feito na área de trânsito internacional de um aeroporto ou nos países citados acima. Veja os tipos de testes antígeno aceitos.

A Eslovênia também permite a entrada de pessoas com teste PCR positivo emitido entre 11 dias e 6 meses antes da chegada. Da mesma maneira, o teste deve ter sido realizado na área de trânsito internacional de um aeroporto ou nos países citados acima.

Entrada de vacinados

Além disso, a Eslovênia também aceita a entrada de brasileiros que tenham recebido a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus há no máximo 8 meses de ter testado positivo para a doença. As vacinas aceitas são Astrazeneca, Janssen. Moderna, Pfizer, Sinopharm, Sinovac (Coronavac) e Sputnik V.

Outro grupo aceito na Eslovênia é o de pessoas que testaram positivo há no máximo 6 meses antes da chegada ao país, desde que possuam um certificado comprovando que se recuperaram da doença, emitido pelos mesmos países citados acima.

Por fim, a Eslovênia aceita brasileiros que tenham recebido:

  • A primeira dose da vacina Astrazeneca há pelo menos 21 dias da chegada;
  • Ou a vacina da Janssen há pelo menos 14 dias da chegada no país;
  • Alternativamente, a segunda dose da vacina da Pfizer há pelo menos 7 dias do desembarque;
  • Ou a segunda dose da vacina da Moderna, Sinopharm, Sinovac (Coronavac) e Sputnik V há pelo menos 14 dias da chegada no país.

Quem atende a um desses critérios não precisa fazer quarentena de 10 dias.

Mais informações no site do governo da Eslovênia.

44 – Espanha

Atualizado em 01/09/21: Um dos países abertos a brasileiros, a Espanha aceita maiores de 12 anos que tiverem sido totalmente vacinados com 14 dias de antecedência em relação à data de chegada. As vacinas aceitas são a Pfizer BioNTech, AstraZeneca, Serum Institute of India, Moderna, Janssen, Sinovac (a nossa Coronavac) e Sinopharm.

Quem se vacinou no Brasil deve obter o certificado digital do Ministério da Saúde em espanhol.

Não é necessário fazer quarentena. Na chegada, os turistas podem ter que submeter a um teste de antígeno contra o novo coronavírus.

Além disso, antes da partida para a Espanha, os passageiros precisam preencher um formulário de controle sanitário. Ao concluir o preenchimento, será gerado um QR Code que deve ser apresentado no embarque e na chegada ao país.

As informações são da Embaixada da Espanha no Brasil.

Veja nossas dicas de viagem na Espanha.

prédio espanha países abertos para brasileiros

Prédio histórico em Madri. Foto: Marcelle Ribeiro.

45 – Essuatíni

Atualizado em 01/09/21: Um dos países abertos para brasileiros na África, essa pequena nação perto da África da Sul exige resultado negativo para o novo coronavírus feito 72 horas da chegada. Caso isso não seja possível, os turistas passam por exames (pagos pelos viajante) no desembarque. Porém, mesmo assim, é preciso cumprir uma quarentena de 14 dias.

46 – Etiópia

Atualizado em 01/09/21: A Etiópia é mais um dos países abertos para brasileiros e há voos diretos entre São Paulo e Addis Abeba pela Ethiopian Airlines. Para entrar no país, basta apresentar um teste negativo para a Covid-19 feito até 5 dias antes da viagem. Entretanto, essa exigência vale apenas para maiores de 12 anos.

A Ethiopian Airlines dá de graça um seguro viagem para quem comprar passagem com a companhia para o país. Saiba mais no site da companhia aérea.

47 – Finlândia

Atualizado em 05/08/21: A Finlândia é mais um dos países abertos para brasileiros. Os turistas devem estar completamente vacinados pelo menos 14 dias antes da chegada. As vacinas aceitas são: AstraZeneca (Vaxzevria), Covishield, Janssen, Moderna, Pfizer, Sinopharm ou Sinovac (Coronavac).

Confira que tipo de certificado de vacinação é aceito.

Todos os passageiros brasileiros (incluindo vacinados) passam por exame de saúde obrigatório na chegada. Todos os maiores de 16 anos de idade precisam apresentar um dos seguintes documentos no aeroporto de Helsinque:

  • Comprovante de vacinação completa;
  • Comprovante de vacinação da primeira dose;
  • Teste negativo PCR ou antígeno realizado nas 72h que antecedem a entrada na Finlândia;
  • Laudo com diagnóstico de COVID-19 nos últimos seis meses.

Estes documentos devem ser traduzidos para inglês com tradutor juramentado. Caso o passageiro não tenha nenhum dos documentos listados acima, as autoridades aeroportuárias vão pedir que ele faça dois testes PCR na Finlândia (serviço gratuito). O primeiro teste será realizado ao chegar no aeroporto de Helsinque e o segundo teste de 3 a 5 dias após a chegada no país.

Mais informações no site da Embaixada da Finlândia no Brasil.

48 – França

Atualizado em 06/10/21: Brasileiros vacinados com Pfizer, Moderna, AstraZeneca ou Janssen, imunizantes reconhecidos pela Agência Europeia de Medicamentos, podem entrar na França. Para a Janssen é preciso esperar 28 dias após a dose única. Para as demais vacinas, 7 dias.

Além disso, quem tomou 2 doses da Coronavac também pode entrar e obter o passe sanitário, desde que tenha recebido há 7 dias uma dose de reforço (terceira dose) de vacina com de ácido ribonucleico (RNA), como a da Pfizer ou Moderna. Já quem tomou apenas 1 dose de Coronavac, para entrar na França, precisa de mais duas doses de vacina com de ácido ribonucleico (RNA).

Mesmo assim, os brasileiros totalmente imunizados deverão apresentar um comprovante de vacinação e uma declaração na qual garantem não apresentar nenhum sintoma de Covid-19 e não terem tido contato com pessoas que testaram positivo para o novo coronavírus.

Os turistas imunizados não precisam cumprir quarentena e as mesmas regras se aplicam aos menores de idade que acompanham esses adultos vacinados.

As informações são do Consulado da França em São Paulo.

Leia também: Seguro para entrar na França é obrigatório. Saiba como escolher.

Confira também nossas dicas de viagem à França.

catedral paris países abertos para brasileiros

Paris é um dos locais que brasileiros podem visitar. Foto: Marcelle Ribeiro.

49 – Gabão

Atualizado em 01/09/21: Mais um país africano aberto para brasileiros, o Gabão exige a apresentação de um teste negativo para o novo coronavírus feito até 5 dias antes da viagem. Além disso, é preciso cumprir uma quarentena de 14 dias. Porém, as exigências são para quem tem mais de 6 anos de idade.

50 – Gâmbia

Atualizado em 01/09/21: Os turistas brasileiros precisam apresentar um certificado médico com um resultado negativo para o novo coronavírus realizado até 72 horas antes do embarque.

51 – Gana

Atualizado em 01/09/21: Os passageiros precisam mostrar um teste negativo de PCR feito há no máximo 72h da partida, e fazer um outro PCR na chegada e esse exame é preciso ser pago com antecedência. Porém, menores de 5 anos não precisam cumprir essas exigências. Todos os turistas precisam preencher um formulário online.

52 – Granada

Atualizado em 01/09/21: Granada é uma das ilhas do Caribe reabertas para brasileiros. Os turistas precisam mostrar um exame negativo para o novo coronavírus feito até 7 dias antes da viagem. Além disso, é preciso preencher um formulário online, baixar um aplicativo e ter reserva em um hotel pré-aprovado por 5 dias.

Mesmo assim, os viajantes podem ter que passar por avaliação médica e até a uma quarentena. Mais informações no site do governo da Granada.

53 – Guatemala

Atualizado em 01/09/21: Na América Central, a Guatemala engrossa a lista de países abertos para brasileiros. Exige-se resultado negativo de exame de Covid (PCR) emitido há no máximo 72h e o preenchimento de formulário online. Esse documento vai gerar um QR Code que precisa ser apresentado na chegada. Mais informações no site do governo.

54 – Guiana

Atualizado em 01/09/21: A Guiana é um dos países abertos para brasileiros com poucas exigências, porque é preciso apenas apresentar um documento médico com um resultado negativo para Covid-19.

55 – Guiné

Atualizado em 01/09/21: A Guiné é mais um dos países abertos para brasileiros. Para visitar o país, basta mostrar um exame negativo para Covid-19 feito até 5 dias antes da viagem. Os visitantes também passam por uma avaliação médica ainda no aeroporto.

56 – Guiné-Bissau

Atualizado em 01/09/21: Os turistas precisam apenas apresentar um teste negativo para Covid-19 feito 72 horas antes do embarque.

57 – Guiné Equatorial

Atualizado em 01/09/21: Para entrar no país, basta apresentar um exame negativo para o novo coronavírus feito até 48 horas antes da chegada. Se isso não for possível, o turista precisa pagar por um teste PCR.

58 – Haiti

Atualizado em 01/09/21: É necessário preencher um formulário de saúde para entrar e os passageiros passam por uma avaliação médica na chegada ao país.

59 – Holanda

Atualizado em 08/10/21: A Holanda engrossa a lista de países abertos para brasileiros na Europa. Eles permitem a entrada de pessoas que:

  • Foram vacinadas com Janssen pelo menos 28 dias antes da chegada e com certificado de vacinação emitido a partir de 14 de agosto de 2021;
  • Ou que foram vacinados com Janssen pelo menos 14 dias antes do desembarque e com certificado emitido antes de 14 de agosto de 2021 ou;
  • Que foram totalmente vacinados pelo menos 14 dias antes da chegada com AstraZeneca, AZD1222 (SK Bioscience Co Ltd.), Moderna, Pfizer, Sinopharm ou Sinovac (a nossa Coronavac).

Além disso, também precisam apresentar teste negativo para COVID-19 para entrar.

Passageiros já completamente vacinados não precisam fazer quarentena.

Quem tem mais de 13 anos de idade precisa apresentar um formulário de declaração de saúde preenchido na hora do embarque.

Mais informações no site do governo holandês.

Veja dicas de viagem para a Holanda.

campo tulipas mulher países abertos para brasileiros

Campo de tulipas na Holanda. Foto: Maridão.

60 – Honduras

Atualizado em 01/09/21: Os passageiros precisam apresentar teste negativo pra coronavírus (PCR ou rápido) feito há menos de 72h e preencher um formulário no Instituto Nacional de Migración.

61 – Índia

Atualizado em 15/10/21: A Índia voltou a receber turistas, mas até o dia 15/11/21 só podem entrar os que tiverem o e-Tourist Visa e estiverem em voos fretados. Somente após dia 15/11 é que eles poderão entrar em voos comerciais. É preciso emitir um novo visto do tipo e-Tourist Visa.

O site da Embaixada da Índia no Brasil não informa quais os demais pré-requisitos para entrar no país.

templo india países abertos para brasileiros

Templo em Bangalore, na Índia. Foto: Caio Ribeiro.

62 – Inglaterra

Atualizado em 13/10/21: Brasileiros totalmente vacinados podem entrar na Inglaterra e não precisam fazer quarentena. As vacinas aprovadas são: Oxford/AstraZeneca (2 doses), Pfizer BioNTech (2 doses), Moderna (2 doses) e Janssen(1 dose). A última dose ou dose única precisa ter sido aplicada há mais de 14 dias.

Além disso, elas precisam agendar e pagar por um teste contra Covid-19, que precisa ser feito no segundo dia após o desembarque.

Pessoas não-vacinadas ou que tenham recebido vacinas não aprovadas na Inglaterra também podem entrar na Inglaterra. Entretanto, elas precisam apresentar um teste negativo feito 3 dias antes da viagem e agendar e pagar por testes para o 2º e 8º dia após o desembarque. Após a chegada ao Reino Unido, estes passageiros precisam fazer quarentena de 10 dias em casa ou no seu local de estadia. Entretanto, eles podem ser liberados mais cedo da quarentena mediante teste negativo no quinto dia após a chegada.

Todos os passageiros, vacinados e não vacinados, devem, antes de viajar, preencher um formulário de localização de passageiros, com informações sobre sua estadia no país.

As informações são do Visit Britain, órgão de promoção do turismo do país, e da Embaixada Britânica em Brasília.

inglaterra reino unido países abertos para brasileiros

Londres, no Reino Unido, entre os países abertos para brasileiros. Foto: Marcelle Ribeiro.

63 – Iraque

Atualizado em 01/09/21: Também na lista de países abertos para brasileiros no mundo árabe, o Iraque exige um teste negativo para Covid-19 feito até 72 horas antes da chegada.

Além disso, quem chega ao país passa por uma avaliação médica e precisa ficar em quarentena. Porém, menores de 6 anos não precisam apresentar o exame porque fazem um teste PCR ao entrar no país.

64 – Irlanda

Atualizado em 05/08/21: A Irlanda também é um dos países abertos para brasileiros. A Irlanda atualmente considera o Brasil como um dos “estados designados”.

Brasileiros já comprovadamente totalmente vacinado precisam:

  • Apresentar resultado negativo de teste PCR feito há no máximo 72h antes da chegada
  • e também fazer uma auto-quarentena

Quem fizer teste PCR após o quinto dia de quarentena na Irlanda e o resultado for negativo, fica dispensado da quarentena a partir do resultado deste teste.

Brasileiros que tenham comprovação de que se recuperaram do novo coronavírus os últimos 180 dias precisam:

  • Apresentar resultado negativo de teste PCR feito há no máximo 72h antes da chegada
  • e também fazer uma auto-quarentena

Quem fizer teste PCR após o quinto dia de quarentena na Irlanda e o resultado for negativo, fica dispensado da quarentena a partir do resultado deste teste.

Brasileiros que não estejam comprovadamente vacinados ou tenham comprovante de que se recuperaram da Covid-19 precisam:

Quem fizer teste PCR após o 10º dia de quarentena na Irlanda e o resultado for negativo, fica dispensado da quarentena a partir do resultado deste teste.

Comprovação de testes e vacinas

A Irlanda considera os passageiros vacinados se eles receberam uma vacina aprovada pela European Medicines Agency (EMA) respeitando os seguintes períodos:

  • 2 doses de Pfizer, sendo que a segunda dose tem que ter sido aplicada há 7 dias da chegada à Irlanda
  • Duas doses de Moderna, sendo que a segunda dose tem que ter sido aplicada há 14 dias da chegada à Irlanda
  • 2 doses de Astrazeneca, sendo que a segunda dose tem que ter sido aplicada há 15 dias da chegada à Irlanda
  • 1 dose de Janssen aplicada há 14 dias da chegada à Irlanda

Mais informações neste site do Governo da Irlanda.

Leia no Nosso Blog de Viagem sobre o que fazer em Dublin.

65 – Islândia

Atualizado em 01/09/21: Um dos países abertos para brasileiros na Europa é a Islândia, que permite a entrada de pessoas já totalmente vacinadas ou que tenham um comprovante de que já se infectaram com coronavírus.

Pré-requisitos para pessoas já vacinadas:

  • Ter tomado as duas doses da vacina (ou dose única no caso da Janssen) há pelo menos 14 dias antes da chegada na Islândia. As vacinas aceitas são as aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos para a União Europeia (EMA) ou pela Organização Mundial da Saúde (OMS): Pfizer BioNTech, AstraZeneca, Serum Institute of India, Moderna, Janssen, Sinovac (a nossa Coronavac) e Sinopharm.Neste link do site da OMS dá para saber se a entidade autorizou mais alguma vacina.
  • Mostrar comprovante de vacinação
  • Fazer um registro online prévio (Preregistration for visiting Iceland)
  • Não é necessário apresentar teste PCR, fazer quarentena nem fazer o exame ao chegar.

Pré-requisitos para pessoas que já se infectaram:

  • Ter comprovante de que já se infectou. Os testes aceitos para comprovação são: PCR positivo emitido há pelo menos 14 dias antes da chegada ou sorologia que mostre a presença de anticorpos medida pelo método ELISA.
  • Fazer um registro online prévio (Preregistration for visiting Iceland).
  • Se você tem comprovação de que se infectou, não precisa apresentar teste PCR, fazer quarentena nem fazer o exame ao chegar.

Pré-requisitos para menores de 18 anos não vacinados:

  • Entrar com um responsável que já esteja totalmente vacinado. Quem nasceu em 2005 ou após 2005 não precisa se submeter a testes ou quarentena.
  • Fazer um registro online prévio (Preregistration for visiting Iceland)

O Ministério das Relações Exteriores, em resposta a e-mail enviado pelo Viciada ao Viajar, informou que o melhor site para esclarecimentos é https://island.is/en/p/entry.

66 – Jamaica

Atualizado em 01/09/21: Antes de viajar para o país, os turistas precisam obter uma autorização de viagem através do site da Visit Jamaica. Além disso, todos os viajantes passam por exames médicos na chegada ao país e precisam se submeter à uma quarentena. Os brasileiros ainda precisam apresentar um resultado negativo para Covid-19. O exame precisa ser feito, no máximo, 10 dias antes da viagem.

67 – Jordânia

Atualizado em 01/09/21: A Jordânia é um dos países abertos para brasileiros que mais tem regras para entrar. É preciso mostrar um exame negativo para Covid-19 feito até 72h antes da viagem. Além disso, é preciso preencher um formulário online antes da viagem e apresentar o QR Code obtido após o preenchimento na imigração.

Mesmo assim, os turistas passam por exames PCR na chegada e precisam ficar em quarentena por 7 dias. Para completar, os viajantes precisam ter um seguro viagem e instalar um aplicativo do governo no celular.

Leia também: Qual seguro viagem cobre o novo coronavírus?

68 – Kosovo

Atualizado em 01/09/21: Entre os países abertos para brasileiros, o Kosovo é um dos que faz menos exigências. Os turistas precisam apenas passar por uma avaliação médica ainda no aeroporto.

69 – Lesoto

Atualizado em 01/09/21: Na chegada ao país, todos os viajantes têm que fazer um teste para o novo coronavírus e precisam cumprir uma quarentena de 14 dias.

70 – Líbano

Atualizado em 01/09/21: Antes de viajar, os interessados em visitar o Líbano precisam preencher uma declaração de saúde em um site do governo libanês. Além disso, devem apresentar um resultado negativo de um teste PCR para o novo coronavírus feito até 96 horas antes da viagem.

Se o turista não tiver um teste para a Covid-19, terá que passar por avaliação médica. O teste e a avaliação médica só valem para passageiros com mais de 12 anos.

71 – Libéria

Atualizado em 01/09/21: Engrossando a lista de países abertos para brasileiros na África, a Líbéria exige que os passageiros façam o download de um aplicativo e preencham um formulário. Além disso, quem chegar sem um exame negativo de PCR para a Covid-19 feito há no máximo 96h antes da chegada terá que fazer um no país, arcando com o custo. Entretanto, isso não é exigido de crianças até 5 anos.

72 – Liechtenstein

Atualizado em 31/08/21: Um dos Estados da Europa, o Liechtenstein fica entre a Áustria e a Suíça e engrossa a lista dos países com fronteiras abertas a brasileiros. Para entrar lá os turistas precisam estar totalmente vacinados no máximo 12 meses antes do desembarque. As vacinas aceitas são Astrazeneca, Pfizer, Janssen, Moderna, Sinovac (a nossa Coronavac) e Sinpharm.

Menores de 18 anos não vacinados também podem entrar, desde que estejam acompanhados de responsáveis totalmente vacinados.

Quem tiver apenas 1 dose das vacinas Astrazeneca, Pfizer, Moderna, Sinovac (a nossa Coronavac) ou Sinpharm no máximo 12 meses antes do desembarque também encontra fronteiras abertas. Contudo, para estas pessoas, é preciso, também, comprovar que já teve o novo coronavírus. Esta comprovação é feita com teste positivo (PCR ou de antígeno rápido) realizado pelo menos 4 semanas antes de receber a primeira dose.

Teste e quarentena

Além disso, os visitantes precisam apresentar um teste rápido de antígeno para COVID-19 negativo feito no máximo 48 horas antes da partida do primeiro ponto de embarque. No entanto, essa exigência não se aplica a:

  • passageiros com certificado de recuperação COVID-19 emitido no máximo 6 meses antes da chegada;
  • Quem já estiver totalmente vacinados;
  • passageiros com menos de 16 anos.

Os passageiros precisam fornecer os detalhes de contato por este site ou preencher o formulário “Cartão de rastreamento de contato“.

Não é necessário fazer quarentena.

73 – Macedônia do Norte

Atualizado em 01/09/21: Atualmente, a Macedônia do Norte não faz qualquer exigência de entrada para turistas brasileiros. Portanto, é um dos países europeus abertos para brasileiros mais fáceis de entrar.

74 – Malawi

Atualizado em 01/09/21: Passageiros devem apresentar teste negativo para coronavírus feito há no máximo 10 dias e preencher formulário no desembarque, segundo o governo do país. Além disso, os turistas passam por uma avaliação médica na chegada e devem ficar em quarentena por 14 dias.

75 – Maldivas

Atualizado em 03/09/21: As Ilhas Maldivas são um dos países abertos a brasileiros. Os turistas precisam apresentar um comprovante de hospedagem em hotel credenciado para todo o período da viagem. O governo do país passou a exigir teste PCR negativo feito no máximo 96h antes do embarque. Se você ficou em trânsito por mais de 24 horas, será preciso fazer um novo teste na chegada.

Além disso, todos precisam preencher uma declaração de saúde online 24 horas antes de chegar ao país. Mesmo assim, você pode ter que cumprir quarentena de 14 dias. Não precisam fazer quarentena as pessoas que:

  • Estiverem completamente vacinadas com AstraZeneca, Janssen, Moderna, Pfizer, Sinopharm ou Sputnik V pelo menos 14 dias antes da chegada;
  • Passageiros que tenham exame PCR positivo feito no máximo 60 dias antes da chegada.
  • Menores de 18 anos acompanhando seus responsáveis.

No blog Live More, Travel More você vê mais sobre o que fazer nas Ilhas Maldivas.

76 – Mali

Atualizado em 01/09/21: O Mali é um dos países abertos para brasileiros e exige a apresentação de um teste negativo para Covid-19 feito até 7 dias antes da chegada. Se isso não for possível, os turistas fazem um teste PCR e passam por uma quarentena. Além disso, uma declaração de saúde precisa ser preenchida e apresentada na imigração.

77 – Marrocos

Atualizado em 05/08/21: Para entrar no Marrocos os brasileiros devem ter exame PCR negativo para Covid feito há no máximo 48h do primeiro ponto de embarque. Isso não se aplica para crianças de até 10 anos de idade.

Além disso, os turistas estão sujeitos a uma quarentena de 10 dias num dos hotéis listados pelo governo do Marrocos. É preciso mostrar um comprovante de pagamento das diárias. E no décimo dia de quarentena, o governo exige um PCR.

Contudo, quem tiver comprovante de que está totalmente vacinado contra o novo coronavírus não precisa fazer quarentena (mas tem que apresentar PCR negativo). Porém, a segunda dose (ou primeira, em caso de dose única) deve ter sido aplicada há no mínimo duas semanas da chegada no Marrocos.

Segundo o site da Embaixada do Brasil em Rabat, as vacinas aceitas são de Astrazeneca-SK Bio, Covishield (Serum Institute of India), Janssen (Johnson & Johnson), Moderna, Pfizer/BioNTech, Sinopharm, Sinovac (a nossa Coronavac) e Sputnik. Menores de idade entre 12 anos e 18 anos também não precisam fazer quarentena se estiverem viajando com pessoas totalmente vacinadas.

Outra exigência é que todos os passageiros devem apresentar, na chegada ao país, o “Formulário de Saúde Pública do Passageiro” preenchido e impresso.

O Marrocos divide os países em duas listas: A e B. O Brasil atualmente está na lista B.

78 – Mauritânia

Atualizado em 01/09/21: No continente africano, a Mauritânia é mais um dos países abertos para brasileiros. Não há qualquer exigência para a entrada no país.

79 – México

Atualizado em 05/10/21: O México é um dos maiores países abertos para brasileiros neste momento. Não há muitas exigências para entrar no país. É preciso apenas preencher um formulário online de saúde e apresentá-lo na imigração do aeroporto.

Confira como escolher seguro viagem para o México sem errar.

Veja um roteiro de viagem para o México no blog Quase Nômade.

praia hotel méxico países abertos para brasileiros

Hotel na beira da praia no México. Foto: Aman / Unsplash.

80 – Micronésia

Atualizado em 01/09/21: Os passageiros não podem entrar via Pohnpei e possuir bilhetes de ida e volta. Passageiros que viajam para Pohnpei precisam apresentar um atestado médico e ficar em quarentena por 14 dias.

81 – Montenegro

Atualizado em 01/09/21: Entre os países que estão recebendo brasileiros, Montenegro exige de brasileiros teste negativo para covid (PCR) emitido há no máximo 72 horas antes da chegada.

82 – Namíbia

Atualizado em 01/09/21: Um dos países que estão aceitando brasileiros, a Namíbia exige teste PCR negativo feito, no máximo, 3 dias antes da chegada. Além disso, é preciso ter um seguro saúde para cobrir eventuais despesas médicas.

Importante leitura: Como descobrir qual seguro viagem cobre coronavírus

83 – Nepal

Atualizado em 01/09/21: Quem tem visto de turista pode entrar no Nepal, desde que tenha um teste negativo para o novo coronavírus emitido há no máximo 72h antes do embarque do último voo direto para o país. O teste tem que ter foto e QR Code. O turista também tem que ter reserva em um dos hotéis selecionados pelo governo por 7 dias.

Para crianças de até 5 anos de idade não há essa exigência.

Os passageiros estão sujeitos a uma quarentena de 7 dias. Além disso, é preciso apresentar um Cartão Localizador do Passageiro na chegada e preencher o Formulário do Passageiro Internacional antes do embarque e apresentar uma versão impressa desse formulário com código de barras no check-in.

84 – Nicarágua

Atualizado em 01/09/21: A Nicarágua exige apenas a apresentação de um exame negativo para Covid-19 feito até 72 horas antes da chegada.

85 – Niger

Atualizado em 01/09/21: Engrossando a lista de países que aceitam brasileiros, o Niger exige apenas a apresentação de um exame negativo para Covid-19 feito até 72 horas antes da chegada. Se o documento não for apresentado, o turista precisa pagar por uma avaliação médica.

86 – Panamá

Atualizado em 05/08/21: Os turistas precisam apresentar um resultado negativo para o novo coronavírus realizado 72h antes da partida. Os testes aceitos são PCR, RT-PCR e antígeno.

Além disso, brasileiros estão sujeitos a um teste molecular para Covid-19 na chegada ao Panamá pagos do próprio bolso.

Os brasileiros podem estar sujeitos a uma quarentena de 14 dias.

Também é preciso preencher o formulário “Declaración Jurada de Salud” na chegada ao Panamá.

87 – Paraguai

Atualizado em 05/08/21: Os turistas precisam apresentar teste negativo para Covid-19 feito até 3 dias antes da viagem. Os testes aceitos são do tipo RT-PCR, NAAT e LAMP.

Porém, não há necessidade de apresentação de teste negativo para:

  • Menores de 10 anos de idade
  • Passageiros que testaram positivo para Covid entre 14 e 90 dias antes do embarque. Da mesma forma, os testes aceitos são do tipo RT-PCR, NAAT e LAMP.

Todos os turistas devem preencher um formulário de saúde 24 horas antes de chegar ao país. Esse documento vai gerar um QR Code para ser apresentado no desembarque.

Mesmo assim, os viajantes estão sujeitos a uma quarentena de 5 dias.

88 – Peru

Atualizado em 11/10/2021: O Peru abriu é mais um dos países com fronteiras abertas a brasileiros. Para entrar, é preciso de um teste PCR negativo para o novo coronavírus feita no máximo 72h antes do desembarque. A exigência passou a ser feita mesmo a pessoas vacinadas. Só não é feita a menores de 12 anos de idade.

Também é necessário preencher a Declaración Jurada de Salud del Viajero y Autorización de Geolocalización 72h antes do embarque.

Mais informações no site da Embaixada do Peru no Brasil.

89 – Portugal

Atualizado em 08/10/21: Portugal reabriu para viagens não essenciais de brasileiros vindos do Brasil. Não é preciso estar vacinado para entrar.

O site da companhia aérea portuguesa TAP informa que é necessário mostrar teste negativo para Covid-19. O RT-PCR (ou outros testes do tipo TAAN – Teste de amplificação de ácidos nucleicos, como NEAR, TMA, LAMP, HDA, CRISPR, SDA, etc) deve ter sido feito no máximo 72h antes do embarque. Já se o passageiro optar pelo teste tipo antígeno rápido, que também é aceito, ele deve ter sido feito no máximo 48h antes da saída do Brasil.

Menores de 12 anos de idade não precisam fazer o teste. Segundo o site da revista Veja, Portugal passou a reconhecer certificados de vacinação emitidos no Brasil. Com isso, pessoas que receberam vacinas da Astrazeneca, Pfizer, Janssen e Moderna não precisam apresentar teste negativo para Covid para entrar em Portugal até 30/10/21.

Todos devem preencher um formulário antes da viagem ou a bordo.

De acordo com a TAP, brasileiros não precisam fazer quarentena.

Veja nossas dicas de viagem para Portugal.

padrão do descobrimento países abertos para brasileiros

A lista de países abertos para brasileiros em 2021 cresceu com Portugal. Foto: Marcelle Ribeiro.

90 – Quênia

Atualizado em 01/09/21: Passageiros que chegarem no Quênia precisam ter um teste PCR negativo para Covid 19 feito no máximo a 96h antes da data da viagem. Os brasileiros e turistas de outros países com altas taxas de transmissão do novo coronavírus passam por avaliação médica e têm que ficar em quarentena.

Para completar, é preciso preencher um formulário médico online.

91 – República Centro-Africana

Atualizado em 01/09/21: Há vários países abertos para brasileiros na África. A República Centro-Africana é um deles. Para entrar, é preciso ter teste negativo para coronavírus feito há no máximo 7 dias do embarque e ficar em quarentena por 14 dias.

92 – República Democrática do Congo

Atualizado em 01/09/21: Para entrar no país, é preciso apresentar um exame negativo para Covid-19 feito até uma semana antes da viagem. Além disso, é preciso pagar por um outro teste logo na chegada.

Para completar, todo turista precisa preencher um formulário online e apresentar um QR Code gerado por este site na imigração.

93 – República Dominicana

Atualizado em 09/09/21: Conhecida pelas praias de Punta Cana, a República Dominicana, no Caribe, é um dos países abertos para brasileiros. O país exige a apresentação de teste negativo tipo PCR ou antígeno para o novo coronavírus feito há no máximo 72h antes da chegada.

Quem já tiver sido totalmente vacinado contra o novo coronavírus pelo menos 3 semanas antes da chegada não precisa apresentar teste negativo.

Menores de 5 anos de idade não precisam apresentar teste negativo nem comprovante de vacinação.

Além disso, os viajantes precisam preencher um formulário eletrônico de saúde antes de passar na imigração.

Quando o turista completar o formulário eletrônico, receberá um QR Code que será escaneado pelas autoridades no portão de entrada ou pelas companhias aéreas na hora do check-in.

O governo da República Dominicana disponibilizou um tutorial de como preencher o formulário.

Caso você ainda tenha dúvidas, basta acessar o site do governo dominicano.

94 – República Tcheca

Atualizado em 07/09/2021: A República Tcheca é mais um dos países abertos para brasileiros na Europa em 2021. São aceitas pessoas já completamente vacinadas com 14 dias de antecedência da viagem. São aceitas as vacinas Janssen, Astrazeneca, Moderna ou Pfizer.

Além disso, os viajantes precisam apresentar, na entrada do país, o formulário preenchido online e o resultado negativo de um teste RT-PCR realizado no máximo 72 horas antes do começo da viagem.

Quem estiver vacinado não precisa fazer testes após chegar ao país nem ficar em quarentena.

As informações são da Embaixada da República Tcheca em Brasília.

95 – Ruanda

Atualizado em 01/09/21: Ruanda, na África, exige um teste negativo para Covid 19 feito 120 horas antes da chegada ao país. Também exige que o viajante preencha um formulário online e faça um novo teste para o novo coronavírus na chegada. Até o resultado, o turista precisa ficar em um hotel designado pelas autoridades.

96 – Santa Lúcia

Atualizado em 01/09/21: Para visitar Santa Lúcia, no Caribe, é preciso apresentar um teste PCR negativo para o novo coronavírus feito até uma semana antes do começo da viagem. O teste precisa ser enviado para um e-mail do governo, que responde com uma carta de autorização para entrar no país.

Além disso, os turistas precisam preencher um formulário online antes de embarcar. Viaje com o teste, os e-mails e todos os formulários impressos para evitar contratempos. Em caso de dúvida, consulte o site do governo de Santa Lúcia.

97 – São Cristóvão e Neves

Atualizado em 01/09/21: É preciso apresentar um laudo com um resultado negativo para Covid-19 feito 3 dias antes da chegada. Além disso, é preciso preencher um formulário no site do governo e também mostrar uma reserva confirmada em um dos hotéis aprovados pelas autoridades. Para completar, é preciso instalar um aplicativo feito pelo governo.

98 – São Tomé e Príncipe

Atualizado em 01/09/21: Essa ilha da África aceita brasileiros desde que eles tenham teste negativo para covid (PCR) feito há no máximo 72h antes do embarque.

99 – São Vicente e Granadinas

Atualizado em 01/09/21: Essas ilhas do Caribe também estão entre os países abertos para brasileiros. Para visitar, o turista precisa ter um teste negativo para a Covid-19 realizado até 5 dias antes do embarque. É preciso preencher um formulário online. Mesmo assim, os passageiros podem ter que fazer um novo teste PCR e quarentena na chegada.

100 – Serra Leoa

Atualizado em 01/09/21: Para entrar em Serra Leoa, na África, é preciso preencher um formulário eletrônico antes da viagem e desembarcar com um laudo que comprove que um exame PCR para covid-19 deu negativo há no máximo uma semana. Mesmo assim, os turistas passam por avaliação médica e podem ter que fazer novos exames para o novo coronavírus na chegada.

Mais informações na fanpage do Ministério da Informação e da Comunicação de de Serra Leoa.

101 – Sérvia

Atualizado em 01/09/21: Um dos países abertos para brasileiros mais fáceis de entrar é a Sérvia, que não faz qualquer exigência para os brasileiros visitarem o país. Nem mesmo visto de entrada.

102 – Sudão

Atualizado em 01/09/21: Os passageiros precisam apresentar um exame negativo para a Covid-19 feito até 96 horas antes da chegada ao Sudão. Porém, os menores de 6 anos não precisam apresentar o laudo.

103 – Sudão do Sul

Atualizado em 01/09/21: Quem quiser visitar o Sudão do Sul precisa apresentar um exame negativo para o novo coronavírus feito até 96 horas antes da chegada. Além disso, é preciso cumprir uma quarentena de 14 dias. No entanto, o governo suspendeu a emissão de vistos na chegada para quem tem um passaporte normal.

Ou seja, tecnicamente o Sudão do Sul é um dos países abertos para brasileiros, mas entrar de fato lá é outra história.

104 – Suíça

Atualizado em 06/10/21: Brasileiros que tenham tomado as duas doses da vacina contra a Covid-19 (ou, no caso da vacina da Janssen, que é de dose única, apenas 1 dose) podem entrar na Suíça. A viagem pode ocorrer logo após ter tomado a segunda dose. Não é preciso esperar passar nenhum dia depois da segunda dose, mesmo em caso de ter tomado a vacina da Janssen.

Quem já foi totalmente vacinado não precisa fazer quarentena nem apresentar PCR negativo para Covid. Também não é necessário fazer PCR ao chegar na Suíça.

Além disso, o turista precisará preencher um formulário antes da entrada na Suíça.

As vacinas aceitas são as aprovadas pela European Medicines Agency for the European Union (EMA – Agência Europeia de Medicamentos para a União Europeia) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). As aceitas pela OMS são: Pfizer BioNTech, AstraZeneca, Serum Institute of India, Moderna, Janssen, Sinovac (a nossa Coronavac) e Sinopharm.

Vale lembrar que por pertencer ao espaço Schengen, é obrigatório ter seguro viagem para entrar na Suíça. Saiba mais no post sobre Seguro Viagem para a Suíça.

Mais informações no site do órgão de migração da Suíça.

montanhas nevadas suíça

Suíça é um dos países abertos para brasileiros. Foto: Angelo Jesus / Unsplash.

105 – Tailândia

Atualizado em 06/10/21: Quem já está completamente vacinado com uma vacina aprovada pela OMS (todas as aplicadas no Brasil) precisa fazer uma quarentena de 7 dias. A última dose da vacina deve ter sido aplicada pelo menos 14 dias antes do dia da viagem.

Durante a quarentena de 7 dias o turista completamente vacinado terá que fazer dois testes para o novo coronavírus e poderá passear em algumas cidades da Tailândia onde existe o programa Sandbox. Mas há várias regras a serem seguidas.

Os turistas brasileiros que não estiverem completamente vacinados e chegarem de avião terão que ficar 10 dias em quarentena e também precisarão fazer dois testes no país para covid-19.

É necessário comprovar pagamento de hotel para a quarentena.

Além disso, para entrar na Tailândia, brasileiros devem ter teste PCR negativo para Covid-19 emitido há no máximo 72h antes do embarque no primeiro ponto de embarque.

Também é preciso ter um seguro saúde com cobertura mínima de US$ 100 mil e que cubra caso de covid-19.

Os passageiros precisam de Certificado de Entrada (Certificate of Entry – COE), emitido pela Embaixada Real da Tailândia e fazer o download do aplicativo ThailandPlus, e se registrar nele com o número do Certificado de Entrada.

Mais informações sobre a Tailândia

Um bom site para ter informações atualizadas sobre a situação do coronavírus é o site Bangkok Post, em inglês. Outro site altamente recomendável é o da Tourism Authority of Thailand.

Já se você prefere ver as notícias em português, recomendo o site Passeios em Phi Phi, que tem atualizações frequentes sobre a quarentena obrigatória na Tailândia.

E se você quer saber o que fazer na Tailândia, confira nossas dicas de viagem.

templo tailândia países abertos para brasileiros

Tailândia: aberto, mas com muitas exigências. Foto: Marcelle Ribeiro.

106 – Tanzânia

Atualizado em 01/09/21: A Tanzânia é um dos países abertos para brasileiros. Todos os turistas precisam passar por uma avaliação médica na chegada. Além disso, os viajantes precisam preencher um formulário sobre o estado de saúde e apresentar o documento na imigração.

107 – Togo

Atualizado em 01/09/21: Os brasileiros interessados em viajar para Togo precisam preencher um formulário online no site do governo do país. Além disso, é obrigatória a apresentação de um teste negativo para Covid-19 feito até 7 dias antes da chegada. Mesmo assim, os passageiros passam por uma avaliação médica e quarentena.

108 – Tunísia

Atualizado em 01/09/21: Mais um dos países abertos para brasileiros na pandemia, a Tunísia exige que os passageiros preencham uma declaração de saúde antes do embarque. Uma vez preenchida, será gerado um QR Code, que deve ser apresentado antes do embarque e também na chegada, na Imigração.

Além disso, é preciso apresentar um comprovante impresso do teste PCR negativo para Covid-19 emitido até 72h antes da chegada. Contudo, não se exige teste de passageiros com menos de 12 anos nem daqueles que estiverem em um tour “all inclusive”.

A Tunísia pode solicitar que os visitantes façam quarentena de 14 dias na chegada.

109 – Turks e Caicos

Atualizado em 01/09/21: Muitos dos países abertos para brasileiros hoje estão no Caribe. Essas ilhas caribenhas exigem que os turistas preencham uma autorização de viagem 24 horas antes do embarque e apresentar o documento na imigração. O documento está no site do bureau de turismo das ilhas. Além disso, é preciso apresentar um resultado negativo de um teste para o novo coronavírus feito até 5 dias antes da viagem.

Mesmo assim, todos os visitantes são avaliados na chegada e precisam fazer um isolamento por 14 dias.

O blog Viva o Mundo tem todas as dicas para que você conheça Turks.

110 – Ucrânia

Atualizado em 16/08/21: Brasileiros precisam de um PCR ou teste rápido de antígeno negativo para Covid emitido no máximo 72h antes da chegada para entrar ou um certificado comprovando que está totalmente vacinado com as vacinas Astrazeneca, Janssen, Moderna, Pfizer, Sinopharm ou Sinovac (a nossa Coronavac). Essas exigências não valem para menores de 12 anos de idade.

Além disso, devem ter um seguro viagem para cobrir qualquer despesa médica. Passageiros maiores de 18 anos de idade que não estiverem totalmente vacinados devem baixar o aplicativo Vdoma.

Todos os detalhes estão no site Visit Ukraine.

Leia também: Qual seguro viagem cobre coronavírus?

111 – Uganda

Atualizado em 01/09/21: Como você já deve ter percebido, vários dos países abertos para brasileiros ficam na África. Entre eles está Uganda. Passageiros que não apresentarem teste negativo para covid emitido há no máximo 72h da partida para Uganda terão que fazer um PCR na chegada. Os passageiros estão sujeitos a quarentena.

112 – Zâmbia

Atualizado em 01/09/21: Localizada na África, a Zâmbia aceita brasileiros desde apresentem teste PCR negativo feito há no máximo 14 dias antes da chegada. Além disso, na chegada, eles terão que preencher um formulário de saúde e precisam fazer quarentena por 2 semanas.

113 – Zimbábue

Atualizado em 01/09/21: O Zimbábue é um dos países abertos para brasileiros. Para conhecer o país, é preciso apresentar um exame negativo para a Covid-19 feito até 48 horas antes do embarque. Se isso não for possível, é preciso passar por um teste PCR e por uma quarentena na chegada ao país.

Foi a algum dos países abertos para brasileiros?

Se você foi a algum dos países abertos para brasileiros durante a pandemia do novo coronavírus, deixe nos comentários como foi a sua experiência.

E para saber como é fazer o teste do Covid-19 no aeroporto de Guarulhos, vale a leitura do blog Voyajando.

Ah, e se você souber de outros destinos abertos para brasileiros que não estão aqui, escreva nos comentários que a gente apura e acrescenta na lista!

Leia também:

Comentários

  1. Luiz Eduardo Lima Miranda
    07 set 2021

    Oi Marcelle, tudo joia? Lendo o site do governo holandês que você deixou linkado, fica bem claro que passageiros chegando de países da União Europeia/Espaço Schengen que já estejam vacinados, não precisam fazer quarentena. Caso você entrar na Europa pela Alemanha por exemplo, ficar alguns dias (até mesmo um dia somente) e ir para a Holanda, não precisaria de quarentena.

    No https://www.government.nl/topics/coronavirus-covid-19/visiting-the-netherlands-from-abroad/checklist-entry é só ler as regas que estão em https://www.government.nl/topics/coronavirus-covid-19/visiting-the-netherlands-from-abroad/checklist-entry/from-the-eu. O que você deixou é somente o de entrada diretamente de países fora da União Europeia/Espaço Schengen.
    Não está relacionado a nacionalidade, e sim de onde o passageiro está vindo, se é de dentro da EU/Schengen ou não.

    Ou seja, se alguém planejar uma Eurotrip entrando por algum país que já aceita brasileiros vacinados sem quarentena (Alemanha, França) e no segundo dia por exemplo, for para a Holanda, não precisaria fazer quarentena.

1 3 4 5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *