Pisa e San Gimignano num dia

postado por Marcelle Ribeiro em 05/06/2011 - Atualizado em: 10/02/2019
Compartilhar este artigo:

Depois de passar dois dias curtindo Florença, dedicamos um dia a Pisa e a San Gimignano, duas cidades próximas.

Seguindo a dica do blogueiro Ricardo Freire, fomos de Florença para Pisa de trem, no dia 9 de maio deste ano. Compramos a passagem na véspera, na estação de trem Santa Maria Novella, numa banca de jornal. A passagem só de ida Florença-Pisa custou 5,60 euros por pessoa. Os horários você pode ver no site da Trenitalia (sempre que for procurar passagens nesse site, coloque o nome da cidade em italiano. Florença é Firenze em italiano. Pisa é Pisa mesmo). O trem que vai para lá é um “trem regional”. Todos os trens regionais na Itália (não importa a origem ou o destino) são mais simples e demorados que os de alta velocidade, não têm lugar, nem horário marcados. Você pode pegar qualquer um que passar naquele dia, mas tem que “validar” a passagem antes de entrar: ou seja, pegar o bilhete e, antes de entrar no trem, inserir ele numa das maquininhas amarelas que tem na estação. A maquininha fura ou escreve no seu bilhete, e você retira ele da maquininha.

Pegamos o trem que saiu de Florença às 8h53 e chegamos em Pisa às 10h. Da estação, fomos andando até a Torre de Pisa, mas é uma caminhada de uns 20, 30 minutos. Se você preferir, pegue o ônibus 1 ou 3 que saem da estação de trem. Um táxi entre a Torre e a estação de trem fica uns 6 euros (pelo menos é o que dizem).

Procurando hotel? O Booking  tem opções para todos os bolsos. Reserve por  esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

Em Pisa, basta você passar 1 hora passeando, se não fizer questão de subir na torre ou de entrar no Duomo. Dizem que quem vai subir na torre deve comprar o ingresso pela internet, antecipadamentee, para evitar filas. O site que vende é esse aqui.

Nós ficamos tirando fotos da Torre, do Batistério e do Duomo, não entramos.

Duomo e a Torre de Pisa. Foto: Marcelle Ribeiro

Duomo e a Torre de Pisa. Foto: Marcelle Ribeiro

Pegamos o ônibus de Poggibonsi para San Gimignano às 15h (compramos o bilhete na banca de jornal da estação de trem de Poggibonsi. Custou 1,95 cada bilhete. O busu levou uns 20 minutos para chegar em San Gimignano.Andamos de volta até a estação e pegamos o trem que saiu de Pisa às 12h54 para a cidade de Poggibonsi, de onde parte um ônibus para a cidade de San Gimignano (San Gimignano não tem estação de trem). A viagem demora 1h20 e tem trem saindo duas vezes por hora. Custou 5,80 poe pessoa e compramos os bilhetes na hora, na maquininha da estação. Só que esse trem atrasou, o que já nos irritou um pouco (eu já tinha ouvido falar que os trens na Itália sempre atrasam, mas até aquele momento, tudo estava dando certo).

Pensando em alugar um carro? Compare em mais de 100 locadoras com a Rentcars! Pague em reais, sem IOF e parcelado em até 12X!

A cidade de San Gimignano é medieval, uma gracinha e tem 13 torres, construídas nos séculos XII e XIII. Assim que chegamos, almoçamos num restaurante ótimo e não careiro, indicação de uma amiga de Gui. O restaurante fica logo depois que você entra pela muralha da cidade, à esquerda, e se chama Trattoria Chiribibi.

Entramos na igreja Collegiata (3,50 euros por pessoa. Fica na Piazza del Duomo) e depois respiramos fundo e subimos os degraus da única torre da cidade aberta a visitação, a Torre Grossa (5 euros por pessoa). Vale a pena, a vista lá é linda.

 Algumas das torres de San Gimignano, com o verde da Toscana ao fundo. Foto: Marcelle Ribeiro

Algumas das torres de San Gimignano, com o verde da Toscana ao fundo. Foto: Marcelle Ribeiro

Depois desse passeio, pegamos o ônibus das 18h40 de San Gimignano para Poggibonsi, onde chegamos em 20 minutos. A nossa intenção era em Poggibonsi pegar o trem de volta a Florença. Mas aí o inferno astral começou. O trem estava há mais de uma hora atrasado quando chegamos na estação. Compramos o bilhete de volta (5,2 euros por pessoa), mas enquanto esperávamos, descobrimos, pelo painel que fica do lado de fora da estação, que tem ônibus de Poggibonsi para Florença (custa 4,70 euros por pessoa e a viagem dua 1h). Nós nos arrependemos de não ter pego esse ônibus, porque o trem quebrou no meio do caminho, e deu uma confusão danada. No final, a volta de trem, que deveria ter durado 1h, durou quase 2h30… Chegamos exaustos em Florença e p da vida com a ineficiência dos trens italianos!Andamos mais um pouco pela cidade, e na Piazza della Cisterna, tomamos um sorvete divino, na Gelateria di Piazza, que já recebeu prêmios internacionais. Em 2h30 você almoça e visita a cidade de San Gimignano.

Seguro saúde viagem internacional: escolha entre as melhores operadoras e pague com 5% de desconto! Atendimento 24h em português!

Saldo do dia: A visita a Pisa é obrigatória e San Gimignano também vale a pena. Mas perdemos muito tempo e paciência fazendo os deslocamentos sozinhos. Talves fosse melhor ter pago um passeio numa excursão para conhecer as duas cidades…

VEJA A LISTA COM TODOS OS POSTS SOBRE A ITÁLIA

 

Passeio guiado de 1 dia e ingressos sem fila? Contrate aqui!
Compartilhar este artigo:
Publicado por Marcelle Ribeiro

Jornalista, baiana, mas há mais de 20 anos moradora do Rio de Janeiro. Nos seus mais de 30 anos de vida, já viajou sozinha e acompanhada. Casada com o Guilherme, petlover e viciada em pesquisar novos destinos.

Comentários

  1. 30 nov 2012

    Adorei seu roteiro, vou fazer bem parecido, mas agora em Dezembro e te conto sobre a volta de SG: se foi de trem ou onibus para florença.

  2. Elizabeth
    23 abr 2013

    Oiii
    Tu indicas ir de Firenze p/ Pisa e depois San Gimignano, Dá para ser Firenze p/San Gimignano e depois Pisa???
    Agradecida

    • 23 abr 2013

      Oi, Elizabeth,

      Dá para inverter a ordem sim, pode fazer San Gimignano antes sem problema. Mas cheque antes os horários de trem entre as cidades no site da Trenitalia, para jã chegar lá com a logística na sua cabeça.
      Obrigada,
      Marcelle

  3. ELIZABETH
    23 abr 2013

    Marcele!!!
    Do aeroporto de Roma p/ o centro ou algum bairro, não sei aonde ficarei, aliás podes me dar uma dica de hospedagem em Roma, barata, aceito Hostal. Qual é o deslocamento bom e barato??
    Agradecida

    • 23 abr 2013

      Oi, Elizabeth,
      Os hotéis e albergues mais baratos de Roma ficam perto da estação de trem Termini (de onde partem trens nacionais e internacionais e de onde sai o trem expresso para o aeroporto). Pertinho da estação de trem Termini há também um terminal de ônibus, de onde é fácil pegar transporte para qualquer lugar da cidade. É barata, mas não é uma região charmosa para se hospedar, porque na região não há restaurantes ou nenhuma atração. Eu fiquei num bed and breakfast simples, que na verdade era um quarto de um italiano. O site do lugar é http://www.diocleziano.com/index.htm
      Abs,
      Marcelle

  4. GLAUCIA
    28 out 2017

    Oi Elizabete. Obrigada, estarei em Pisa 3 dias pretendo conhecer SanGemignano , Cinco Terras e Siena. Gostei das dicas e dos preços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *