Águas Belas (CE) – Como conhecer essa praia perto de Fortaleza

postado por Marcelle Ribeiro em 03/02/2018 - Atualizado em: 04/02/2018
Compartilhar este artigo:
Praia de Águas Belas, no Ceará.

Praia de Águas Belas, no Ceará. Foto: Marcelle Ribeiro

O nome da praia já dá a dica de que ela vale a visita: Águas Belas. Esse pedacinho do Ceará fica pertinho de Fortaleza, a 65km, que são percorridos em 1h20 de carro. E se você está procurando praias perto de Fortaleza, tem que ir lá. Dá para fazer um bate-volta de um dia tranquilamente, aproveitando bem e sem correria. O mais legal da praia é o encontro com o rio, que tem dunas em volta e águas quentinhas e paradas. Uma delícia.

Saímos de Fortaleza por volta das 8h na van da Nettour* e depois de passar para pegar alguns outros turistas no caminho, seguimos para lá. No trajeto, fizemos apenas uma parada rápida, de 20 minutos, em um centro de artesanato. Vimos mulheres fazendo renda, os famosos cajus cearenses e deu tempo de eu comprar meu chapéu de praia lindão (R$ 25).

Mais um pouco na van e chegamos em um restaurante/barraca na beira da praia, grande e ajeitadinho, o Meu Refúgio. No caminho, a guia já havia nos avisado que os bugueiros de lá nos falariam de um passeio de bugue pela região. Ela nos deixou bem à vontade para fazer ou não o passeio, que dura cerca de 1h30 e custa R$ 40 por pessoa. Chegando lá na praia, acabamos resolvendo fazer o passeio, porque teríamos 4h para curtir Águas Belas e achamos que podíamos ficar entediados se ficássemos todo esse tempo só lagarteando na areia.

Sabia que Fortaleza tem hotéis para todos os bolsos? Reserve por este link do Booking e ajude o blog.

 

Nem chegamos a sentar na barraca, já embarcamos logo no buggy, com outras duas pessoas que não conhecíamos (o bacana é que os próprios bugueiros organizam os carros para que eles saiam com 4 turistas).

O tour passou primeiro por lagoas bem rasinhas no meio de dunas, com parada de 20 minutos para banho e fotos. Depois fomos para um mirante de onde vimos a região do alto. E na sequência fomos tomar sorvete caseiro em uma vila minúscula. O retorno, assim como a ida, foi pela praia, com cabelos ao vento. Achei o passeio interessante, bem seguro, mas não é imperdível. Foi legal para passar o tempo.

Lagoa no passeio de buggy em Águas Belas.

Lagoa no passeio de buggy em Águas Belas. Foto: Marcelle Ribeiro

Mirante no passeio de buggy em Águas Belas

Mirante no passeio de buggy em Águas Belas.

De volta ao restaurante onde montamos base, deixamos nossas coisas no armário alugado (era baratinho, acho que R$ 5 ou R$ 10) e saímos para caminhar e ver a principal atração do lugar: o encontro do mar com lagoa de água salobra. Aquela areia branquinha e o ventinho refrescante deram todo o charme! E tinha pouquíssima gente por ali, uma sensação de sossego incrível.

Tomamos banho na água da lagoa, que era quentinha, rasa e sem ondas, deliciosa.

Praia de Águas Belas.

Praia de Águas Belas. Foto: Guilherme Calil.

Lagoa na Praia de Águas Belas, no Ceará

Lagoa na Praia de Águas Belas, no Ceará. Foto: Marcelle Ribeiro

Almoçamos na barraca mesmo, uma carne do sol com feijão e aipim que estavam OK. Pagamos cerca de R$ 80 no total, com refrigerantes. No retorno para Fortaleza, nosso guia fez uma parada rápida em um moinho de cana-de-açúcar, onde vimos como se faz rapadura e tiramos foto com a maior rapadura do mundo. O legal é que o lugar dá amostrinhas grátis de rapadura de todos os sabores (tem até de chocolate!), e também de caldo de cana. Tudo 0800!

Delícias e artesanato do Ceará.

Delícias e artesanato do Ceará. Fotos: Marcelle Ribeiro

Chegamos em Fortaleza no final da tarde.

Esse passeio custa R$ 40 por pessoa na Nettour.

Amamos tudo! Recomendo!

 

Pensando em alugar um carro para conhecer Fortaleza? Pelo Rentcars você reserva nas maiores operadoras do mundo, ganha desconto e ajuda o blog.

Reserve seu hotel em Fortaleza por este link do Booking (que tem o meu código) e ajude o blog.

 

*O Viciada em Viajar fez o passeio a Águas Belas como cortesia da Nettour. O texto representa a nossa real opinião sobre o tour.

Leia também:

Compartilhar este artigo:
Publicado por Marcelle Ribeiro

Jornalista, baiana, mas há mais de 20 anos moradora do Rio de Janeiro. Nos seus mais de 30 anos de vida, já viajou sozinha e acompanhada. Casada com o Guilherme, petlover e viciada em pesquisar novos destinos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *