Melhores praias de Florianópolis – Jurerê e atrações próximas

postado por Marcelle Ribeiro e publicado em 04/05/2013 - Atualizado em: 04/06/2019
Compartilhar este artigo:

Uma das melhores praias de Florianópolis sem dúvida é Jurerê. É fácil de chegar, tem um mar gostoso, com infraestrutura e não estava lotada quando fomos, apesar de toda a fama. Eu diria que depois da Ilha do Campeche, foi a melhor praia de Florianópolis que conheci. E Jurerê também é bacana porque tem outras atrações bem pertinho além de praia.

Ou seja, dá para fazer um passeio de dia inteiro, diversificado!

 

Procurando hotel? O Booking tem opções para todos os bolsos. Reserve por esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

Melhores praias de Florianópolis – como é Jurerê

Fomos em março, quando os beach clubs (onde rolam mega festas no verão) estavam fechados, já que não era alta temporada. Na areia, havia bastante espaço e algumas pessoas alugavam cadeira de praia e guarda-sol.

No entanto, senti falta, de uma barraca mais organizada e de chuveiro com água doce. Havia apenas umas barracas de lona vendendo pastel e bebidas, além de uns carrinhos vendendo açaí e uma comida que nunca vi vendendo nas praias do Nordeste ou do Sudeste: choripan. Choripan é um sanduíche de pão francês com linguiça de churrasco e molho (que pode ser vinagrete ou chimichurri).

Alugamos três cadeiras e dois guarda-sóis por R$ 45 (preços de 2016, assim como todos os demais citados neste post) e ficamos curtindo o sol. A água do mar estava gostosa, não muito gelada e com poucas ondinhas.

Pensando em alugar um carro? Compare em mais de 100 locadoras com a Rentcars! Pague parcelado em até 12X!

Jurerê na verdade é dividida em duas: do lado direito, ficam hotéis, casas de veraneio e famílias, na Jurerê Tradicional. Do lado esquerdo, as ruas têm mansões gigantes, na área conhecida como Jurerê Internacional.

melhores praias de florianopolis jurere

Jurerê, a praia mais famosa de Floripa. Foto: Marcelle Ribeiro.

Fortaleza pertinho de Jurerê

Depois de visitar uma das melhores praias de Florianópolis, pegamos o carro (estacionamos de graça) e fomos para a Fortaleza de São José da Ponta Grossa, que fica na Praia do Forte, super perto de Jurerê. Estacionamos o carro numa área aberta, grátis e subimos a pé em uma pequena trilha cimentada e ligeiramente inclinada até a entrada do forte.

fortaleza sao jose ponta grossa

Fortaleza de São José da Ponta Grossa. Foto: Marcelle Ribeiro

A vista do fortaleza é linda! O lugar é super agradável e calmo. O ingresso não é dos mais baratos (R$ 8 por pessoa), mas vale a pena pois te permite apreciar um visual incrível. Lá dentro, você pode ver canhões antigos, usados para defender a ilha, artesanato de renda típico da região, uma capelinha fofa e um mini museu com umas peças de porcelana quebradas (nas quais eu não achei graça).

A Fortaleza de São José da Ponta Grossa é uma das três fortalezas que formavam o triângulo de defesa do norte de Floripa e é a única que pode ser acessada de carro (às outras duas, a de Santa Cruz de Anhatomirim e a de Santo Antônio de Ratones, só se chega de passeio de escuna). Quem deu a dica para visitar o fortaleza foi o blogueiro Diego M., do blog Meus Roteiros de Viagem.

A fortaleza abre todos os dias, das 9h às 12h e das 13h às 17h. A entrada custa R$ 8,00 (Estudante paga R$ 4,00). Fica no Norte da ilha, entre as praias de Jurerê e do Forte. Telefone: (48) 3271-8302.

fortaleza sao jose ponta grossa

Fortaleza de São José da Ponta Grossa. Foto: Marcelle Ribeiro

fortaleza sao jose ponta grossa

Fortaleza de São José da Ponta Grossa. Foto: Marcelle Ribeiro

fortaleza sao jose ponta grossa

Fortaleza de São José da Ponta Grossa. Foto: Marcelle Ribeiro

Santo Antônio de Lisboa: vila charmosa

O dia que começou com uma das melhores praias de Florianópolis tinha que terminar com um almoço gostoso, né?

Saímos da fortaleza e dirigimos para Santo Antônio de Lisboa, um bairro histórico, cheio de casinhas e com bons restaurantes para comer frutos do mar, especialmente para as famosas ostras catarinenses. Eu nunca comi ostra e confesso que fiquei com medo de experimentar, porque já ouvi tanta história de gente que comeu ostra e passou mal… Enfim, já eram quase 15h30 de uma sexta-feira, então os restaurantes estavam bem vazios.

Escolhemos o Bate Ponto, pois tinha mesinhas agradáveis na varanda charmosa, de onde pudemos ver os barquinhos no mar. Não é um restaurante barato, mas estava gostoso.

Eu e o maridão pedimos peixe com molho de camarão e arroz, e com refri, a nossa conta deu R$ 70 por pessoa. Minha sogra e meu sogro foram de caldeirada de frutos do mar, mas uns camarões da caldeirada estavam meio crus…

Infelizmente vi que o restaurante fechou permanentemente. 🙁

santo antonio de lisboa restaurante bate ponto

Na varanda do restaurante Bate Ponto. Foto: Guilherme Calil

Depois de almoçar, fomos tirar uma foto com uma igrejinha simpática do bairro de Santo Antônio de Lisboa, a Igreja Nossa Senhora das Necessidades, que estava fechada. Na região, que tem calçamento de pedra, rola uma feirinha de artesanato aos finais de semana.

Igreja Nossa Senhora das Necessidades

Igreja Nossa Senhora das Necessidades, em Santo Antônio de Lisboa. Foto: Marcelle Ribeiro

Abaixo, segue o mapa com os trajetos que percorremos neste dia:


Exibir mapa ampliado

Conclusão

Em conclusão, Jurerê vale a visita e não só pela beleza, mas pelo “conjunto da obra“, é uma das melhores praias de Florianópolis na minha opinião!

 

Leia também:

Compartilhar este artigo:

Comentários

  1. Diego
    06 maio 2013

    Que passeio agradável… obrigado por mencionar meu blog. Um abraço 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *