Viagem para Itacaré (BA) – Onde ficar, onde comer e melhores praias

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 12/11/2017
Compartilhar este artigo:

Post atualizado em 09/08/17

 

Itacaré é um daqueles destinos com praias maravilhosas na Bahia ao qual você tem que ir. Sem muvuca, com muito verde em volta, um clima muito gostoso.

Procurando hotel? O Booking tem opções para todos os bolsos. Reserve por esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

Quando estive lá com minha família fomos de carro e antes mesmo de fazer o check in na pousada já paramos para conhecer uma das praias de Itacaré. Paramos na praia de Itacarezinho, abrimos a mala do carro, tiramos os biquinis das malas, trocamos a roupa na barraca de praia, e já curtimos um sol delicioso.

Quando você reserva sua hospedagem pelo Booking clicando aqui você ajuda o blog e não paga nada a mais.

Praia de Itacarezinho. Foto: Marcelle Ribeiro

Praia de Itacarezinho. Foto: Marcelle Ribeiro

Itacaré tem várias praias, e dizem que as melhores são as que ficam meio distantes do centro da cidade. Itacarezinho é uma delas e, com certeza, vale a visita. Amei! A previsão era de pancadas de chuva para o dia, mas, graças a Deus, as pancadas rolaram só antes da nossa chegada e na hora em que estávamos tirando um cochilo na pousada.

DESCONTO DE 5% no Esquenta Black Friday para aluguel de carro na Rentcars, com o cupom NOVEMBER. Vale até 30/11, com retirada do carro até 31/12! Compare preços de várias locadoras!

Dá para ir de carro até a praia de Itacarezinho, sem ter que pegar nem um minuto de trilha (porque muitas praias de Itacaré só são acessíveis depois de uma caminhada). Na estrada, você tem que ficar atento a um portão de madeira meio recuado. Ali, você terá que pagar R$ 20 pelo estacionamento, que fica na parte de baixo, depois que descer umas ladeiras meio bizarras de tão inclinadas. Como você terá que subir essas ladeiras para sair, eu não sei se é boa pedida ir de carro 1.0 não… Tem quem estacione no acostamento da estrada e desça andando, para evitar pagar um estacionamento tão caro (e pelo que senti, não tem jeito: se você descer de carro, terá que pagar).

Ganhe desconto ao reservar seu carro pelo portal Rentcars por esse link, e ajude o blog!

 

 

Em Itacarezinho só tem uma barraca de praia, grande, super charmosa, com cabanas, mesas, espreguiçadeiras, banheiro limpíssimo e chuveiro. Tem até lugar para trocar fralda de criança (para os que gostam de carregar a meninada a tiracolo).

O mar é calmo, quentinho, e a praia é rodeada de uma vegetação exuberante, meio Mata Atlântica.

Na barraca (que na verdade é o restaurante Itacarezinho), eles servem almoço, drinks, etc. A comida é gostosa, mas o problema é o preço das coisas. Cerveja de garrafa a R$ 10, moqueca de camarão para duas pessoas a R$ 80, caipivodka a R$ 15. A conta ficou cara, porque almoçamos lá. E outra coisa chata: eles cobram consumação mínima de R$ 70 por mesa, prática que eu detesto. (preços de 2011)

 

Onde ficar em Itacaré

Depois de curtir a praia e almoçar, fomos para a pousada. A escolhida foi a Coqueiro Verde, na praia da Concha, região central de Itacaré. Nesta praia se concentram muitas pousadas. A nossa é uma graça, quarto com bom tamanho, cama gostosa, ar-condicionado, rede, cheia de jardins, tudo bem decoradinho. Diz o meu pai que o café da manhã é uma delícia, cheio de bolos, mas isso eu vou conferir amanhã. A única coisa chata (não só da pousada, mas da cidade) é a quantidade de mosquito! Nossa, é impossível ficar no quarto sem ligar o ar condicionado, mesmo não fazendo calor. As muriçocas atacam! AH, lembrei de outra coisa chata da cidade: a má conservação das ruas. Estamos numa pousada do Centro, e as ruas quase todas não têm calçamento, nem mesmo cascalho. Como choveu hoje, está tudo um lamaçal, e as ruas são um amontoado de buracos e barro.

 

O que fazer à noite e onde comer em Itacaré

À noite, depois do cochilo da tarde, fomos andar na “rua das pedras” (onde a galera anda, vê lojinha e come) daqui, que se chama Pituba. A rua tem calçamento, mas passa carro, o que atrapalha um pouco o footing (como diria o blogueiro Ricardo Freire). A Pituba não tem o charme da Rua das Pedras de Búzios, nem mesmo a graça da rua de bares de Morro de São Paulo, mas é interessante. É que os carros atrapalham e tem umas lojinhas meio caidinhas. Mas é comprida e tem uns restaurantes charmosos.

A noite em Itacaré. Foto: Marcelle Ribeiro

A noite em Itacaré. Foto: Marcelle Ribeiro

Jantamos no Mistura Fina, que fica em frente a um bar onde estava rolando música. Foi legal, porque “filamos” a música do bar próximo, não pagamos couvert e comemos uma comidinha gostosa. A comida demora para sair, mas é boa. O filé aperitivo (R$ 23) e o escondidinho (R$23) estavam gostosos.

Reserve sua hospedagem em Itacaré pelo Booking clicando aqui e ajude o blog a ganhar uma pequena comissão sem pagar nada a mais! (saiba como funciona essa parceria aqui)

Ao reservar o seu carro pelo portal Rentcars por esse link, você compara preços de várias locadoras, consegue descontos e colabora com o Viciada em Viajar.

 

Leia também:

Tudo que você precisa saber para planejar sua viagem a Itacaré

Para esticar a viagem, vá para Barra Grande / Maraú (BA)

Onde ficar em Ilhéus (BA)

Mais fotos e curiosidades das nossas viagens no nosso Facebook (https://www.facebook.com/viciadaemviajar/), Instagram (https://www.instagram.com/viciada_em_viajar) e Twitter (https://twitter.com/viciadaemviajar)

Compartilhar este artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *