O que fazer em Cabo Frio: 25 pontos turísticos para seu roteiro

postado por Marcelle Ribeiro e publicado em 02/11/2021

Tem muito mais o que fazer em Cabo Frio (RJ) do que praias. Apesar de o mar azul lindão ser a razão pela qual a maioria dos turistas visita a cidade, há diversos passeios em Cabo Frio que valem a pena, sejam históricos, culturais, de aventura, ou até mesmo na natureza. Por isso, organizei todas as dicas aqui, incluindo as atrações da cidade para dias de chuva, dias de inverno, e para a noite.

Como ir para Cabo Frio
Onde se hospedar
Principais pontos turísticos de Cabo Frio
O que fazer à noite
Quantos dias ficar
O que fazer no inverno
Onde comer em Cabo Frio

Como ir para Cabo Frio

Cabo Frio fica a 156 Km da capital do Rio de Janeiro. Há várias maneiras de chegar lá.

De carro

A estrada da capital até lá é toda asfaltada e boa. Você ficará boa parte do tempo numa rodovia privatizada e terá que pagar pedágio. Veja preços no site da CCR Via Lagos. Em dias “normais” espere levar 2h30 pra chegar.

Vale dizer que em feriadões a estrada costuma estar super engarrafada nos horários de maior pico. Já cheguei a levar 7h para fazer o trajeto num carnaval (ao invés das 2h30 “normais”).

Se você for alugar carro, eu recomendo a Rentcars, um portal que reúne várias locadoras do país e do mundo, das grandes às médias. Nele você compara preços e reserva rapidamente, online. Eu já usei quase 20 vezes e nunca tive problema.

De ônibus

A passagem de ônibus do Rio de R$ 54 a R$ 77 e a viagem dura aproximadamente 3h30. Há várias saídas por dia. É possível comprar online com desconto pelo site da Clickbus.

De avião

Cabo Frio tem aeroporto próprio, que recebe voos da Azul. No entanto, há poucas saídas e chegadas por semana. Atualmente não há voos diretos desde a capital do estado. Todos os voos fazem escala no aeroporto de Belo Horizonte (Confins).

Passagens de avião com desconto

Uma boa dica para passagens com desconto são os sites MaxMilhas e Passagens Promo. Eu mesma já consegui ofertas! Vale a leitura dos posts: “Passagens Promo é confiável?” e “MaxMilhas é confiável?”.

Onde se hospedar

Os melhores bairros ou praias para se hospedar em Cabo Frio são Praia do Forte, Praia do Peró e o bairro da Passagem, que é um bairro histórico e com muita vida noturna e gastronômica.

Também há boas opções na Praia das Dunas e no bairro do Braga (que não tem praia, mas é interessante pela proximidade com Arraial do Cabo).

Algumas sugestões de pousadas e hotéis:

Leia mais no post especial sobre onde ficar em Cabo Frio.

O que fazer em Cabo Frio?

Praias

Ao decidir o que fazer em Cabo Frio, é claro que as praias da cidade devem ter destaque. Afinal, o mar azul claro é uma das principais atrações de lá. A seguir, um resumo sobre elas.

1 – Praia do Forte

É a praia mais famosa da cidade e tem 7 Km de extensão. Tem areia branquinha, fininha e mar super azul, bem transparente. Tem um trecho que tem algumas ondas. Mas, na ponta esquerda, na região que os moradores chamam de Lido, já bem perto do Forte de São Mateus, fica um trecho com mar bem paradinho, ótimo para crianças. Além disso, nesse trecho tem umas piscininhas também formadas pelas pedras.

Essa é uma das praias de Cabo Frio que mais enche em feriados e finais de semana. Ela tem calçadão ótimo para caminhar e muitas opções de quiosques, restaurantes e hotéis próximos.

mulher praia do forte o que fazer em cabo frio

A Praia do Forte tem um trecho sem ondas. Foto: Érica Beranger.

2 – Praia do Peró

Com 7 Km de extensão, também tem mar azul. A Praia do Peró tem um pouco de ondas, mas nada que atrapalhe o banho. Ela fica mais distante do centro da cidade, é super ampla, e, portanto, ótima para caminhar.

A ponta esquerda é bem deserta, ótima para fugir de aglomeração. Por sua vez, na ponta direita tem quiosques com cadeira e guarda-sol, além de petiscos.

pássaro praia do peró o que fazer em cabo frio

Pássaro na praia do Peró. Foto: Marcelle Ribeiro.

3 – Praia das Conchas

Colada na ponta direita da Praia do Peró, a Praia das Conchas tem apenas 600m de extensão e uma baía mais fechadinha. A água do mar é azul, cristalina e com menos ondas que o Peró.

Tem quiosques que servem petiscos e refeições. O estacionamento custa cerca de R$ 20, mas se você for de carro no mesmo dia em que visitar a Ilha do Japonês, paga apenas 1 vez e pode estacionar nas duas atrações.

mulher praia das conchas o que fazer em cabo frio

A Praia das Conchas tem poucas ondas. Foto: Maridão.

4 – Praia das Dunas

Continuação da Praia do Forte, a Praia das Dunas também tem mar azulzinho e areia branquinha. Porém, me pareceu ter mais ondas que a Praia do Forte. Tanto é que é muito frequentada por surfistas. Além disso, como o nome já diz, há dunas na região.

mulher praia das dunas o que fazer em cabo frio

Praia das Dunas em dia nublado. Foto: Maridão.

5 – Praia do Foguete

Continuação da praia das Dunas, a Praia do Foguete fica já na divisa da cidade com o município de Arraial do Cabo. Tive a impressão de que ela tem ainda mais ondas que a praia das Dunas. É uma das mais desertas onde estive, mas ainda assim tinha algumas pessoas. Ela é point de kitesurfistas e windsurfistas.

Leia mais sobre cada uma das praias de Cabo Frio.

mulher praia do foguete o que fazer em cabo frio

A Praia do Foguete fica perto de Arraial do Cabo. Foto: Maridão.

6 – Lagoa do Foguete

Em frente a um trecho da Praia do Foguete fica a Lagoa do Foguete, que é uma dica para quem busca o que fazer em Cabo Frio, mas quer algo diferente. A água é escura, mas dá para tomar banho na Lagoa do Foguete olhando o mar.

A entrada é gratuita e não vi nenhuma estrutura de quiosque para vender nada na beira da lagoa quando eu fui.

Porém, é importante saber que ao colocar o GPS para ir à lagoa, ele pode não te levar para lá de forma fácil. O ideal é você colocar o GPS para ir a Arraial do Cabo (que fica a poucos quilômetros da lagoa) e, uma vez no portal de entrada de Arraial, você faz o retorno e daí sim coloca o GPS para ir à Lagoa do Foguete.

Da estrada, você deve pegar a rua de acesso à praia que tem umas identificações dizendo “Cancela 6”. Foi só assim que consegui chegar no trecho da lagoa que fica bem perto do mar.

Não há cobrança de entrada para acessar a lagoa, que fica numa área sem portaria e aberta 100% do tempo.

mulher lagoa do foguete o que fazer em cabo frio

A Lagoa do Foguete fica colada na praia. Foto: Maridão.

7 – Ilha do Japonês

Ao decidir o que fazer em Cabo Frio, não deixe de ir à Ilha do Japonês. Ela “bomba” nas redes sociais, porque dependendo da maré e do sol, a água fica super azul. A ilha é bem pequena, tanto que em 10 minutos caminhando você dá a volta nela toda.

A ilha não é banhada pelo mar, mas sim pelas águas salobras do Canal do Itajuru, que são próprias pra banho (ao menos nesse trecho). Mesmo nos dias em que a água não está muito azul, ela fica super transparente e paradinha, bem gostosa. Por isso, está entre os pontos turísticos de Cabo Frio mais imperdíveis.

Na ilha em si tem muita vegetação e nenhuma estrutura para aluguel de cadeira ou guarda-sol. Contudo, dá pra curtir a sombra grátis das árvores. Para comer, havia, até um tempo atrás, uns barcos que vendiam churrasco. Porém, o ideal é se garantir levando seu próprio lanche.

Evite ir à Ilha do Japonês em feriados ou finais de semana, porque dizem que fica lotadíssima.

Existem 2 maneiras de chegar à Ilha do Japonês, com preços diferentes. Eu explico tudo no post sobre as praias de Cabo Frio.

mulher ilha do japonês o que fazer em cabo frio

A Ilha do Japonês em momento de maré super baixa. Foto: Rafael Marendino.

8 – Rua dos Biquínis

Ao decidir o que fazer em Cabo Frio, aproveite que a cidade é um dos maiores pólos de confecção de biquínis e moda praia do país e garanta boas peças a ótimos preços. Na chamada Rua dos Biquínis há várias lojas uma do lado da outra, com preços variados. Em muitas, você pode “montar” seu biquíni com diferentes opções de parte de baixo e parte de cima.

Os preços por peça vão de R$ 15 a R$ 120. Algumas lojas indicadas por amigas que moram na região: Enseada Praia, PH Praia e Pitanga.

A maioria das lojas da Rua dos Biquínis fica aberta todos os dias das 10h às 20h.

9 – Passeio para Búzios

A distância de Búzios para Cabo Frio é de apenas 24km, e pode ser percorrida em 45 minutos de carro. Portanto, é perfeitamente viável fazer um passeio de bate-volta pra essa que tem fama de ser uma das cidades mais charmosas do litoral do estado. Você pode ir de carro, de ônibus ou contratar um passeio de barco de dia inteiro para Búzios, com as agências de Cabo Frio.

Veja todas as nossas dicas sobre Búzios.

10 – Passeio a Arraial do Cabo

Quando você for decidir o que fazer em Cabo Frio, vale a pena dedicar um dia para curtir o mar super azul e cristalino de Arraial do Cabo, cidade que fica a somente 13 Km de distância (20min de carro). Dá pra ir de carro, ônibus e até mesmo de Uber. Contudo, o mais bacana é fazer um passeio de barco pra lá, que custa cerca de R$ 70.

Confira todas as dicas de Arraial do Cabo.

11 – Boulevard Canal

Uma ótima dica sobre o que fazer em Cabo Frio no inverno (ou mesmo em outras estações) é o Boulevard Canal, que é uma área ao ar livre às margens de um trecho do Canal do Itajuru. De um lado, o canal com barcos e lanchas. Margeando ele, tem um gostoso calçadão para caminhar. E do outro lado, ficam bons restaurantes, muitos com varanda e vista para o canal.

boulevard canal o que fazer em cabo frio

Boulevard Canal. Foto: Marcelle Ribeiro.

12 – Voo de paramotor

Para quem gosta de aventuras mais radicais uma ótima dica sobre o que fazer em Cabo Frio é voar de paramotor sobre as águas azuis do mar da cidade.

13 – Feirinha de artesanato

Se você curte fazer comprinhas, uma dica é a feirinha de artesanato que fica na Praça da Cidadania, na Praia do Forte, que acontece diariamente. A maioria dos boxes funciona à noite. Bem concorrida, ela também é boa pra comer.

14 – Morro da Guia

Alguns pontos turísticos em Cabo Frio são bacanas para ver a cidade do alto. O Morro da Guia é um deles. Ver o pôr do sol lá é bem bacana.

Para chegar, basta subir a ladeira a pé. O calçamento é de paralelepípedos e a caminhada dura cerca de 15 minutos. Do alto você vê o Canal do Itajuru e seus barquinhos e vários bairros da cidade.

No topo do Morro da Guia fica uma Capela Nossa Senhora da Guia, construída em 1740. Branquinha e simples, ela é minúscula e lá dentro fica uma imagem de Nossa Senhora da Guia. A capela abre pouquíssimas vezes ao ano.

A entrada é gratuita. O Morro da Guia fica aberto o tempo inteiro.

vista cabo frio morro da guia

Vista da cidade a partir do Morro da Guia. Foto: Marcelle Ribeiro.

15 – Passeio de barco pelo Canal do Itajuru

O passeio de escuna em Cabo Frio é outra ótima opção. Elas saem do Boulevard Canal pelo Canal do Itajuru, passando por vários locais da cidade, como a Praia do Forte, o bairro da Passagem, Mirante do Arpoador e a Ilha do Japonês.

As embarcações têm serviço de bar e partem à tarde, em diferentes horários. Algumas têm programação especial para o pôr do sol, que inclui som de violino. O passeio dura 1h30.

16 – Passeio de barco para a Ilha do Papagaio

Outra dica sobre o que fazer em Cabo Frio é o passeio de barco que passa pelo Canal do Itajuru, Praia do Forte, Ilha do Japonês, Forte de São Mateus, Farol da Lajinha, praia Brava (de turismo e surfe), ilha dos Papagaios, onde dá pra fazer snorkel. Esse roteiro de passeio de catamarã em Cabo Frio é mais longo, e dura cerca de 3h. Há duas paradas para nadar perto da embarcação, que serve bebidas e petiscos. Custa cerca de R$ 60 por pessoa.

17 – Museus e igrejas

Para quem quer saber o que fazer em Cabo Frio no inverno ou mesmo em dias chuvosos, recomendo os museus da cidade.

O Espaço Cultural do Surfe tem mais de 2.500 itens, como pranchas, troféus, miniaturas, fotos e vídeos. É possível fazer uma visita guiada. Fica na Rua Aníbal Amador do Vale, 2-300, Vila Nova, bem perto da Praça da Cidadania e da Praia do Forte.

Outro local interessante é a Casa Ateliê Carlos Scliar, que homenageia um dos grandes nomes das artes plásticas brasileiras. Carlos Scliar morou por mais de 40 anos em Cabo Frio, onde tinha seu ateliê. Atualmente, o local tem centenas de obras e vídeos do pintor. A Casa Ateliê funciona na R. Mal. Floriano, 253, na orla da Praia de São Bento, perto do Boulevard Canal.

Porém, além desses, há outros, como:

  • Museu de Arte Religiosa e Tradicional (MART), com acervo religioso de arte barroca. Funciona diariamente de 13h às 17h;
  • Casa de Cultura José Dome Charitas, que já abrigou crianças abandonadas, já foi asilo e base do Exército. Etsá aberto;

Já entre as igrejas mais famosas estão:

  • Igreja de Nossa Senhora da Assunção, com altares barrocos e altar com cores vivas;
  • Convento e Igreja de Santo Inácio, na Fazenda Campos Novos, construída em 1690 e que também está funcionando;
  • Igreja de São Benedito, no lindo bairro histórico da Passagem.
capela nossa senhora da guia

Capela de Nossa Senhora da Guia. Foto: Marcelle Ribeiro.

18 – Passagem

Se você tiver que escolher apenas por um dos vários passeios em Cabo Frio que não envolvem praia, escolha conhecer o bairro da Passagem. Ele tem um casario colorido histórico lindo e fica na beira do canal de Itajuru, cheio de barquinhos. Vale a pena conhecer a Praça São Benedito, onde fica a Igreja de São Benedito, que era frequentada por negros no tempo da escravidão. Na praça também fica uma estátua de meninos jogando capoeira e muitos restaurantes e bares.

O bairro da Passagem é ótimo para ir de dia mas também à noite, que é bem animada.

A Passagem foi o primeiro núcleo urbano de Cabo Frio, no século XVII, e foi área de passagem das embarcações que chegavam pelo canal.

Um dos destaques é o hotel Solar do Arco, que funciona numa construção histórica restaurada frequentada pela família real brasileira nos tempos do império. É possível entrar no hotel e circular pelo lobby, que é lindo, todo cheio de arcos e detalhes em azul e branco. Enfim, é um dos melhores passeios em Cabo Frio.

bairro passagem o que fazer em cabo frio

As construções da Passagem são coloridas e charmosas. Foto: Gracie Croce.

19 – Forte de São Mateus

Ao decidir o que fazer em Cabo Frio, vale ir ao Forte de São Mateus, que fica na principal praia da cidade, a Praia do Forte. Construído no século XVII, ele defendia a cidade de invasões francesas e holandesas. Feito de pedra, argamassa, cal e óleo de baleia, ele é tombado pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Quando fui em junho de 2021 (na pandemia), ele não estava aberto ao público, mas já reabriu.

 

forte são mateus

Forte de São Mateus. Foto: Jhony Bianch / Cabo Frio C&VB.

20 – Mirante do Arpoador

Outra das atrações em Cabo Frio que merecem sua visita por causa da bela vista que proporcionam é o Mirante do Arpoador. Ele fica ao lado do Forte de São Mateus e está sendo reformado (isso em outubro de 2021). De lá, dá para ver o forte, a Praia do Forte e a Boca da Barra, uma área em que o mar se conecta com o Canal do Itajuru.

mirante arpoador o que fazer em cabo frio

Do Mirante dá pra ver o forte, a praia do Forte e o Canal. Foto: Marcelle Ribeiro.

21 – Duna Mãe (ou Dama Branca ou Parque das Dunas)

Ao decidir o que fazer em Cabo Frio, recomendo que você visite um dos dois complexos de dunas da cidade. Um deles é o Parque das Dunas, onde fica a Duna Mãe (ou Dama Branca), perto das praias das Dunas e do Foguete, já no sentido Arraial do Cabo. O outro são as Dunas do Peró (ou Lençóis do Peró), sobre o qual falo mais abaixo.

Em ambos você vê um conjunto de dunas branquinhas, com vista para a mata e para a praia em frente. E nos dois você pode praticar sandboard, desde que agendando com antecedência (eu indico o Rafael Marendino: 22 – 98816-7324 ). Achei os dois complexos de dunas bem semelhantes.

A Duna Mãe é um local famoso para ver o pôr do sol na cidade. A caminhada pela areia até o topo da Duna Mãe dura cerca de 20 minutos (mais o mesmo tanto pra voltar) e é de dificuldade média apenas porque é subida.

Eu fui com guia para lá, mas achei fácil ir sem. Veja as instruções sobre como chegar na Duna Mãe no post sobre trilhas em Cabo Frio.

A entrada é gratuita e o local fica aberto o tempo todo (não há portão).

sandboard o que fazer em cabo frio

Sandboard na Duna Mãe. Foto: Marcelle Ribeiro.

22 – Dunas do Peró (Lençóis do Peró)

Outra opção diferente entre os passeios em Cabo Frio são as Dunas do Peró, de onde você vê a Praia do Peró e também a mata verdinha da região, com alguns lagos (onde eu acho que não dá banho).

Além disso, é possível agendar pra fazer sandboard lá. Eu indico o Rafael Marendino (22 – 98816-7324). Por 3h, custa R$ 150 por pessoa, já com o equipamento.

Estacionamos o carro numa rua sem saída do bairro do Peró e, em seguida, subimos a duna de areia. Após 5 minutos chegamos. Não há cobrança de entrada e você pode ir a qualquer hora do dia, todos os dias.

mulher dunas do peró o que fazer em cabo frio

O visual da Lagoa do Guriri ao lado das dunas é lindo. Foto: Maridão.

23 – Trilha do Morro do Vigia

Outra dica sobre o que fazer em Cabo Frio no inverno são as trilhas! Sim, a cidade tem trilhas que levam a vistas lindas e são de nível de dificuldade de fácil a médio. São ótimas para o inverno, mas também para qualquer estação do ano, na verdade.

Uma delas é a trilha do Morro do Vigia, que fica entre as praias do Peró e das Conchas. Dela você vê essas duas praias de mirantes e também outras duas, minúsculas, que só se acessa via trilha mesmo. Também dá pra conhecer uma gruta bonita, a Gruta do Vigia.

A trilha tem 800 metros de extensão e você deve levar 1h30 para fazer, pois ela tem alguns trechos de subida. A entrada é gratuita. Dá pra ir sem guia, mas recomendo ir com. Veja mais no post sobre as trilhas em Cabo Frio.

mulher morro do vigia cabo frio

Praia das Conchas vista do Morro do Vigia. Foto: Rafael Marendino.

24 – Trilha do Farol da Lajinha

Ao final dessa trilha você verá o Farol da Lajinha, que foi inaugurado em 1913, e também várias praias e ilhas da cidade. Entre elas, as praias do Forte, das Dunas e do Foguete, e as ilhas do Japonês e do Papagaio, além do Canal de Itajuru.

A entrada é gratuita. Ela tem apenas 1,3 Km e dificuldade média, pois tem trecho de subida. Nós levamos cerca de 1h30 para fazer o percurso (ida + volta). Ou seja, se você gosta de trilhas, considere esta ao analisar o que fazer em Cabo Frio.

Eu fui com guia, que cobra R$ 60 por pessoa. Confira mais informações no mais no post sobre as trilhas em Cabo Frio.

O Farol da Lajinha é esse da capa do vídeo abaixo.

Assista ao vídeo sobre 2 trilhas em Cabo Frio.

25 – Trilha da Praia Brava

Um trecho desta praia é apenas para praticantes do nudismo (naturismo). O outro é para pessoas com roupa, mas mais procurado por surfistas. Para chegar até ela, só fazendo uma trilha de cerca de 1 Km. O início dela fica próximo à Ilha do Japonês. Saiba mais no post sobre as trilhas em Cabo Frio.

O que fazer em Cabo Frio à noite?

Se você quer saber o que fazer em Cabo Frio à noite, te digo que vale a pena ir aos bares e restaurantes do bairro da Passagem, que é o principal pólo de vida noturna da cidade. Tem desde restaurantes mais tranquilos até bares animados, com música ao vivo.

Leia também: Quanto custa viajar para Cabo Frio?

Quantos dias ficar?

Fique pelo menos 4 dias para curtir as praias mais famosas e alguns passeios em Cabo Frio mais históricos ou para fazer trilhas. Mas se puder, passe mais tempo, uns 5 ou 6 dias. Desta maneira, você consegue conhecer tudo na cidade sem correria. Eu passei 5 dias e teria passado mais.

Veja as dicas sobre o que fazer em Cabo Frio em vídeo abaixo!

O que fazer em Cabo Frio no inverno

As dicas sobre o que fazer em Cabo Frio no inverno são basicamente as mesmas para outras estações, porque apesar da temperatura no inverno ser um pouco menor, ainda faz calor o suficiente pra ir à praia. Para você ter ideia, nos meses do verão, a temperatura varia de 23ºC a 28ºC. Já no inverno vai de 19ºC a 24ºC.

Como as mínimas normalmente são à noite, dá pra arriscar um banho de mar sim! Contudo, se você achar melhor não dar um tchibun, você pode:

  • Caminhar nas praias
  • Fazer trilhas
  • Caminhar pelo Boulevard Canal
  • Fazer um passeio de barco no pôr do sol
  • Aventurar-se no paramotor
  • Conhecer os museus e igrejas
  • Visitar o Forte de São Mateus e o Mirante do Arpoador
  • Ir à feirinha de artesanato
  • Fazer sandboard nas Dunas do Peró ou na Duna Mãe
  • Ver o pôr do sol na Duna Mãe ou no Morro da Guia

Onde comer em Cabo Frio?

Para quem busca onde comer em Cabo Frio minha principal dica é experimentar os vários restaurantes e bares que ficam no bairro da Passagem, um pólo gastronômico com muitas opções para o dia e para a noite. É um bairro histórico bem cuidado, com casario colorido na Praça São Benedito e nas ruas do entorno. Muitos estabelecimentos têm mesinhas na calçada.

Minhas dicas de onde comer em Cabo Frio, todas no bairro da Passagem:

Arcos do Canal – Para quem quer comida de um dos chefs mais famosos da cidade. Provei o espaguete com camarão e molho de tomate por cerca de R$ 85. Estava bom, mas nada espetacular. Gostoso mesmo é comer nas mesinhas na beira do Canal do Itajuru. Fica no Bairro da Passagem.

Kanaloa – Um restaurante de comida tailandesa / asiática delicioso e charmoso. O pad thai (massa oriental com camarão, ovo, amendoim e broto) estava divino e saiu a R$ 82 por pessoa. Além disso, as guiosas (pasteizinhos fritos) de entrada também valem a pena.

Quintal Lusitano – Localizado na Praça São Benedito. Comi um filé de peixe com risoto bem gostoso por R$ 59 por pessoa.

Outra dica de onde comer em Cabo Frio, mas no bairro de Braga, é o restaurante italiano Palermo Pastificio. Eu pedi por delivery um salmão com legumes que estava bem gostoso. Custou uns R$ 50.

macarrão arcos do canal cabo frio

Massa do restaurante Arcos do Canal. Foto: Marcelle Ribeiro.

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *