O visual de Bogotá e de montanhas verdinhas no Cerro Monserrate

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 25/07/2019
bogota-monserrate

Bogotá vista do alto do Cerro de Monserrate. Foto: Marcelle Ribeiro

Em apenas um dia os turistas que vão a Bogotá, capital da Colômbia, podem conhecer muito da cidade. Em uma viagem a trabalho que fiz ao país, em setembro, tive apenas um dia de folga para conhecer a capital, que lembra muito São Paulo, com seus prédios cinzas e clima frio. E deu para aproveitar bastante.

Em breve, vou dar aqui um roteirinho com as atrações que você pode visitar em um dia em Bogotá. Mas neste post, vou falar só do lugar mais bacana da capital: o Cerro Monserrate.

E por que o Cerro foi a minha atração preferida da cidade? Lá de cima você pode ver a cidade toda (ou quase toda). Mas não é só isso. É que o Cerro tem a combinação de montanhas verdinhas + vista maneira. Eu adoro uma árvore, uma montanha, um verdinho…vocês já devem ter percebido, né?

bogota-monserrate2

Bogotá vista do alto, com direito a neblina. Foto: Marcelle Ribeiro.

No alto desta montanha tem uma igreja que atrai peregrinos e umas lojinhas (claro, se tem gente, tem lojinha de artesanato, sempre!).

Para chegar lá no alto, você pode ir ou de teleférico ou de funicular. Eu fui de funicular, porque no dia e horário que visitei o Cerro, só o funicular estava operando.

A subida foi bem tranquila e super segura.

bogota-monserrate3

O funicular que leva ao Cerro Monserrate, em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

Chegando lá, subi andando um caminho pavimentado, com umas estátuas religiosas no trajeto. Antes de subir as escadas para a igreja, uma pausa para as fotos, para água e para recuperar o fôlego.

bogota-monserrate4

Imagem religiosa no Cerro Monserrate, em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

bogota-monserrate6

Imagem religiosa e o verde do Cerro Monserrate, em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

Bogotá fica a 2.600 metros acima do nível do mar. Achou muito? Pois saiba que o Cerro Monserrate fica a 3.152 metros do nível do mar. Eu não passei mal hora nenhuma durante a minha viagem à Colômbia. Não fiquei enjoada, não desmaiei, e só tive um pouquinho de dor de cabeça, que passou rapidinho com um analgésico comum. Não precisei mastigar folha de coca nem beber nenhuma das bebidas colombianas para altitude (as lojinhas do Cerro Monserrate vendem um chá de coca com rum e sei lá o quê que teoricamente ajuda a aguentar a altitude. Eu não provei).

A igreja do Cerro é simples, mas bonitinha. O altar, chamado de Cristo Caído, data de 1650. Pena que a foto que tirei dele ficou ruim…

A igreja foi reconstruída depois que a capela original desabou num terremoto em 1917.

bogota-monserrate5

Igreja do Cerro de Monserrate, em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

bogota-monserrate7

Interior da igreja do Cerro de Monserrate, em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

Dei uma olhada rápida nas lojinhas de bugingangas do Cerro e não achei nada bacana. Depois, andei mais um pouco para a espécie de “praça de alimentação” que tem lá. Na verdade, tem um monte de barraquinha um do lado da outra, cobertas, vendendo comidas típicas. Eu não achei muito convidativo não…

bogota-monserrate8

Lojinhas do Cerro de Monserrate, em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

bogota-monserrate9

“Restaurantes” do Cerro de Monserrate, em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

O passeio todo (subir de funicular + ver a igreja e a vista + lojinhas + descer) levou umas 2h.

Passeio guiado de 1 dia e ingressos sem fila? Contrate aqui!

Ah, outra dica: se Bogotá já é uma cidade onde costuma fazer frio, no Cerro faz mais frio ainda! E o dia em que eu fui estava bem nublado, garoando. Vá agasalhado!

Cerro Monserrate:
http://cerromonserrate.com/
Como chegar:
– De teleférico: A viagem de teleférico dura 4 minutos. O teleférico funciona de segunda a sábado, das 12h às 23h e aos domingos, das 6h30 às 17h30. Os preços variam de acordo com o dia e horário. A passagem que dá direito a subir e descer custa, de segunda a sábado e nos feriados, durante o dia, 15.400 pesos colombianos. À noite, nestes mesmos dias, custa 17 mil pesos colombianos. Aos domingos (quando o local é mais procurado por peregrinos), em qualquer horário, a passagem é mais barata: 9 mil pesos colombianos.

– De funicular: A viagem também dura uns 5 minutos. O funicular funciona de segunda a sábado, das 7h às 23h45; aos domingos, das 5h30 às 17h30 e nos feriados, das 6h às 17h30. Os preços variam de acordo com o dia e horário. A passagem que dá direito a subir e descer custa, de segunda a sábado e feriados, durante o dia, 15.400 pesos colombianos. A partir das 17h30, nestes mesmos dias, a passagem custa 17 mil pesos colombianos. Aos domingos (quando o local é mais procurado por peregrinos), em qualquer horário, a passagem é mais barata: 9 mil pesos colombianos.

A estação do funicular fica na Carrera 2, Este, números 21-48, em Paseo Bolívar (a 1,5 km do bairro La Candelaria).

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *