Seguro Viagem para a Colômbia: por que não é esperto viajar sem

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 01/12/2021

Tem duas coisas que ninguém quer numa viagem: ter despesas inesperadas e ficar doente. E se adoecer ou sofrer um acidente já é chatão, imagina ter que pagar tubos por um tratamento caro no exterior. Mas esse é o tipo de coisa que é fácil evitar. Pra isso é que existe seguro viagem, justamente para evitar que o barato saia caro. Aliás, antes que você me pergunte, já digo logo: não precisa de seguro viagem para Colômbia.

Porém, obrigatório ele não é, mas vá por mim, é altamente recomendável contratar um.

Neste post, eu conto tudo sobre o Seguro Viagem para a Colômbia, incluindo razões para contratar, dicas de seguros por ótimos preços e se há a necessidade de passaporte, visto e vacina ou outras formalidades para a entrada no país agora na pandemia. Continue a leitura e confira!

Dica para economizar no Seguro Viagem Colômbia

Leitor do blog tem um desconto fixo mínimo de 5% em seguro viagem para a Colômbia, usando o cupom VICIADAEMVIAJAR5, mas vira e mexe rola uma promoção mais robusta. Com o cupom FERIAS você consegue 15% de desconto, comprando até 15/12/21.

corais praia san andres colombia seguro viagem

Corais em praia de San Andres: podem machucar os pés. Foto: Marcelle Ribeiro.

Seguro Viagem Colômbia – Razões para contratar

A Colômbia é um destino cada vez mais visitado na América do Sul. Tem a riqueza cultural e histórica de Bogotá, Medellín. Cartagena tem tudo isso e praias também. Aliás, praias lindas não faltam em San Andres e Providencia, o caribe colombiano.

Quando eu fui a Bogotá e Medellín, muitas pessoas que estavam viajando comigo tiveram fortes dores de cabeça. A altitude de Bogotá é de 2640 metros e de Medellín é de 1.495, o que pode gerar problemas em quem não está acostumado.

Em cidades do Caribe como San Andres e Providencia, você provavelmente vai alugar carrinho de golfe ou moto para se locomover pelas ilhas. Não podemos nos esquecer dos riscos de queda em moto, de queimaduras e da falta do cinto de segurança dos carrinhos de golfe.

Nas cidades de praia do Caribe também existem muitos corais. Em San Andres e Providencia inclusive é comum que as pessoas comprem sapatilhas de água para entrar em algumas praias, pois os corais machucam nossos pés.

Em resumo, tudo isso para mostrar como estamos expostos a riscos e como ter um seguro viagem para a Colômbia é essencial.

No entanto, não é só isso. Ao chegar em Providencia, uma de nossas mochilas foi parar no balcão errado do aeroporto. Por pouco achamos que ela tinha sido extraviada. Caso tivesse sido, poderíamos ter acionado o seguro, que tinha cobertura quanto ao extravio de bagagens.

Vale arriscar usar o sistema público de saúde?

Os hospitais públicos na Colômbia não são super eficientes e os particulares custam caro. Na verdade, nada lá sai de graça. Quem mora na Colômbia acaba recorrendo à assistência médica prestada por empresas/EPS.

As infecções urinárias, por exemplo, são uma das quatro principais ocorrências em viagens do exterior, segundo a Seguros Promo, e o tratamento delas pode custar US$ 5.000 na América Latina caso você não tenha um seguro viagem. Também não podemos nos esquecer de que San Andres e Providencia são ilhas bem pobres. É aquele ditado, né? Melhor prevenir do que remediar…

Dois dias de internação por pneumonia custam em média US$ 3.500 na América Latina. Problemas gastroenterológicos com igual período no hospital, US$ 2.000. Já o custo médio num atendimento particular para o caso de uma fratura com internação é de US$ 1.500 em média. Em conclusão, é muuito mais barato contratar um seguro que pagar por tratamento particular, né?

carrinho golfe praia colômbia seguro viagem

Carrinho de golfe sem cinto de segurança em San Andres. Foto: Marcelle Ribeiro

Como o Seguro Viagem Colômbia te protege

Você realmente sabe como funciona um seguro viagem? Engana-se quem acredita que o seguro é só para saúde. Ele cobre diversos imprevistos que possam acontecer assim que sair do Brasil.

Seja ele com assistência médica, extravio de bagagem, seguro de vida, cancelamento de voo ou qualquer outro problema. Obviamente, é claro, o seu plano precisa ter cobertura para tais imprevistos.

 

 

Saiba por que comprar um seguro viagem e como escolher um no vídeo abaixo!

Quanto custa o seguro viagem para a Colômbia?

Supondo que você vá passar 15 dias viajando apenas na Colômbia, espere gastar entre R$ 326 e R$ 997 . Esse orçamento é para um plano de Seguro Viagem Colômbia com cobertura contra o novo coronavírus (que tem cobertura, na verdade, por toda a América do Sul). Afinal, nestes tempos não faz sentido viajar sem um seguro contra coronavírus, mesmo que você já tenha sido vacinado, não é mesmo?

Seguro Viagem Colômbia: qual o melhor?

No momento, o melhor seguro viagem para a Colômbia é um que cubra caso de coronavírus.

Lembrando que um seguro cobre as despesas até o valor da apólice. Se você contratou um seguro viagem para a Colômbia com cobertura de até US$ 50 mil, toda despesa que você tiver que ultrapassar esses US$ 50 mil sairá do seu bolso.

Para seguro viagem para a Colômbia, eu recomendo a Seguros Promo, um site que reúne várias seguradoras de todo o mundo, inclusive as grandes. Por ele, você compara preços e coberturas de forma fácil e contrata online. Além disso, eles sempre oferecem cupons de desconto.

Abaixo, selecionei alguns planos que achei interessantes. Mas lembre-se que outros podem surgir. Por isso, é sempre bom checar no site da Seguros Promo.

Melhor seguro viagem para a Colômbia:

Eu simulei preços para um período de 15 dias de viagem à Colômbia e selecionei alguns para vocês.

A opção mais barata é o “Coris 30 Basic + Covid 19“, que tem uma cobertura de despesa médica hospitalar total de US$ 30 mil, sendo que especificamente para o novo coronavírus é de US$ 10 mil. Ele custa R$ 326.

O máximo que os planos cobrem para quem pegar covid-19 é US$ 30 mil. O plano mais barato com essa cobertura é o “Assist Card AC 35 Mundo Covid 19 Exceto EUA“, que tem cobertura de despesa médica hospitalar total de US$ 35 mil, sendo de US$ 30 mil para o novo coronavírus. Custa R$ 634 e, por isso, eu considero um dos planos de seguro viagem para a Colômbia com um ótimo custo benefício.

Já para quem não apenas quer a máxima cobertura para Covid (de US$ 30 mil) mas também quer a máxima cobertura de despesa médica hospitalar total (DMHT), a minha sugestão é o plano “Assist Card AC 250 Mundo Covid 19 Exceto EUA“, que cobre até US$ 250 mil de DMHT. Ele custa R$ 997.

print seguros promo seguro viagem colombia

Atente à sinalização sobre a cobertura contra covid. Foto: Reprodução Seguro Promo.

 

Um fator importante para você escolher o seu seguro viagem para a Colômbia é checar se a empresa que você está contratando é confiável. Confira em sites como Reclame Aqui e converse com quem já usou o serviço. A Seguros Promo, por exemplo, tem uma ótima avaliação no Reclame Aqui.

seguros promo reclame aquiseguro viagem colômbia

Nota da Seguros Promo no Reclame Aqui. Foto: Reprodução de internet.

Precisa de passaporte para ir à Colômbia?

A resposta é: não. Não precisa de passaporte para ir à Colômbia. A entrada no país pode ser feita tanto com o passaporte quanto com a carteira de identidade original, em bom estado e com no máximo 10 anos de expedição. E atenção: a carteira de motorista não é aceita como documento para entrar no país.

Precisa de vacina para a Colômbia?

Sim, precisa de vacina de febre amarela para entrar na Colômbia. Você só vai conseguir embarcar para lá se estiver em dia com o Certificado Internacional de Vacinação.

Uma dica importante: tome a vacina contra febre amarela com antecedência. Ela leva 10 dias para fazer efeito e o Certificado Internacional de Vacinação só será válido depois destes dias. Programando tudo com antecedência não haverá perrengues!

A Colômbia atualmente não exige vacina contra o novo coronavírus para entrar no país.

Precisa de visto para a Colômbia?

O visto também não é necessário para os brasileiros que desejam viajar para a Colômbia, desde que a viagem seja a turismo e por um período de até 90 dias. Agora, se você está indo para a Colômbia para estudar ou trabalhar ou pretende passar mais que 90 dias, deve solicitar o visto em algum Consulado da Colômbia no Brasil.

A única exigência que a Colômbia está fazendo de brasileiros para entrar durante a pandemia é preencher o formulário “Check Mig” no máximo 24h antes do embarque.

Seguro Viagem Colômbia – Conclusão

Em conclusão, não importa o tipo de viagem que você escolher, não embarque sem ter um seguro viagem. Afinal, uma viagem é um grande investimento, tanto financeiro quanto de tempo, planejamento e dedicação.

Você pode economizar com transporte, hospedagem, alimentação e souvenires, mas não com algo que pode literalmente salvar a sua vida.

 

 

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *