Ilha de Providencia, Colômbia: guia para uma viagem inesquecível!

postado por Marcelle Ribeiro e publicado em 21/07/2019
Compartilhar este artigo:

A Ilha de Providencia, na Colômbia, é um pedacinho de paraíso ainda não tão conhecido dos brasileiros. San Andres, ilha a 90km é bem mais conhecida, até pelo acesso mais fácil. É que para chegar na Ilha de Providencia é preciso voar do Brasil a San Andres e depois, em San Andres, pegar um teco-teco de passagem cara até Providencia. Ou encarar um barco que dizem que enjoa pacas.

Mas será que vale a pena tanto trabalho e grana para chegar lá? Vou desvendar isso nesse post e também dar todas as dicas que você precisa para conhecer esse pedaço do Caribe colombiano.

Ilha de Providencia – Vale a pena?
Providencia – Como ir
Quando ir à Ilha de Providencia
Como se locomover na Ilha de Providencia
Onde ficar na Ilha de Providencia
O que fazer na ilha de Providencia
Quanto tempo ficar na Ilha de Providencia
Roteiro em Providencia
Quanto custa viajar para a Ilha de Providencia
Casa de câmbio

Procurando hotel? O Booking tem opções para todos os bolsos. Reserve por esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

Ilha de Providencia: vale a pena?

Em uma resposta simples: vale cada centavo. Lá fica a praia mais incrível desse trecho do Caribe colombiano: Cayo Cangrejo! É um azul tão incrível no mar, que você fica hipnotizado! Água parada, quentinha, muitos peixinhos e tartarugas pertinho. Como não ir? E tem outras praias bem bonitas também.

mulher boiando caribe colombiano

Vou ali dormir naquele mar e já volto…rsrsr

Providencia – como ir

De avião

Em teoria, três empresas aéreas voam suas aeronaves de 17 lugares de San Andres até à Ilha de Providencia. A Satena e a San Germán vendem passagens online. Mas a Satena opera às vezes com aviões da Searca, outra companhia que opera o trecho. E a Searca não vende passagens pelo site, só lá em San Andres e em Providencia.

DESCONTO DE 5% no Esquenta Black Friday para aluguel de carro na Rentcars, com o cupom NOVEMBER. Vale até 30/11, com retirada do carro até 31/12! Compare preços de várias locadoras!

A viagem dura menos de 20 minutos entre decolagem e pouso.

Nós compramos a passagem online com uns 3 meses de antecedência na Satena, apesar de eu ter lido que é bem mais caro comprar online que na loja da Satena em San Andres. Eu não descobri, de fato, ninguém que tenha feito isso e com um avião com 17 lugares, e um roteiro apertado, não quis correr o risco de não ter vaga.

Pelo que li, quem voa pela Searca, compra via uma rede de hotéis de San Andres, o Decameron. Mas entrei em contato com o chat deles e não estava sendo possível comprar nem online nem por telefone.

Black November até 21/11! Seguro saúde viagem internacional: escolha entre as melhores operadoras e pague com 15% de desconto com o cupom BLACK! Atendimento 24h em português!

Pagamos 529.800 pesos colombianos por pessoa ida e volta (cerca de US$ 165 ou R$ 620) e conseguimos comprar no cartão de crédito internacional na segunda tentativa. Dizem que às vezes o site dá muito erro, tem que insistir.

A Satena tem duas partidas de San Andres para a Ilha de Providencia por dia e a mesma quantidade de voos no sentido oposto.

Como é voar de teco-teco para Providencia

Meu maior receio era pegar um avião tão pequeno. Fiquei tensa até o pouso. Mas deu tudo certo e em nenhum momento eu senti que o avião ou a empresa eram precários.

Passeio guiado de 1 dia e ingressos sem fila? Contrate aqui!

Todos os assentos são na janela. Não há ar-condicionado nas aeronaves, nem muito menos serviço de bordo (nem água). O teto do avião é baixo, não dá para ficar em pé direito sem se curvar.

Tudo que você pode levar como bagagem de mão com você é uma bolsa dessas femininas. Mesmo uma mochila tem que ser despachada. A passagem da Satena dá direito a despachar uma mala de até 10kg, de qualquer tamanho. Acima disso, paga excesso de peso de cerca de R$ 3,50.

O avião não fede a combustível nem faz um barulho horroroso, nem treme demais, como eu temia. Não tem cheiro de nada e o barulho é o normal de um avião maior.

Toda a equipe da Satena pareceu super profissional todo o tempo.

aviao para ilha da providencia satena

Não tem ar-condicionado no avião, mas não faz calor. Foto: Marcelle Ribeiro.

aviao para ilha da providencia

A gente comprou Satena, mas a aeronave é da Searca.

De barco

Dizem que ir de barco de San Andres para a Ilha de Providencia é bastante sacrificado, porque são de 3h a 3h30 horas numa viagem que balança bastante. Os enjoos são super comuns.

Até dia 30/11/19 tem 20% de desconto do chip internacional para celular. Saia do Brasil já com internet. Clique aqui e use o cupom NOVEMBER.

É mais barato ir de barco que avião. A passagem é vendida pelas empresas Conocemos NavegandoCatamarã El Sensation. Pesquisei na Conocemos Navegando preços para agosto, porque o site não mostra resultados para meses mais adiante. Ida e volta está custando 398 mil pesos (o equivalente a US$ 124 ou R$ 467) e só há um horário de ida (às 8h) e um de retorno para San Andres (às 14h30).

Já no site da Catamarã El Sensation não é possível comprar online e nem obter informações sobre horários e preços. Há apenas a informação de que a viagem dura cerca de 3h e que é permitido levar no máximo 30kg de bagagem, dividido em duas malas.

Quando ir à Ilha de Providencia

Não é tão comum, mas pode acontecer de rolarem furacões neste trecho do Caribe colombiano. Por isso, é melhor evitar o período que vai de julho a novembro, onde há mais chance desse fenômeno acontecer.

Nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril, é quando chove menos (menos de 100 mm por mês). Maio chove um pouco mais de 100mm, mas ainda é uma época boa. Junho, julho, Agosto e Setembro são meses que já chovem mais de 200mm, e a chance de estragar sua praia é alta. Os piores meses são outubro e novembro, quando a média de chuva mensal chega quase a 300mm. Dezembro é um mês chuvoso, mas menos, na casa dos 280mm.

Veja a média de chuva e temperatura mês a mês na Ilha de Providencia aqui.

Faz calor o ano todo, e a temperatura varia de 27 a 29 graus.

Como se locomover na Ilha de Providencia

Não tem transporte público em Providencia. O transporte barato lá é mototáxi. E eu morro de medo de andar de moto.

Táxi é uma raridade e caro. Qualquer trecho na ilha de Providencia de táxi sai por 25 mil pesos pela corrida, o equivale a US$ 7,39 ou R$ 29,75.

Os táxis não ficam rodando na ilha atrás de passageiro, nem ficam num ponto, muito menos têm aplicativo. Eles basicamente ficam no aeroporto, e mesmo assim na hora que sabem que chega voo. Por isso, quando você chegar, já combine dia e horário que o mesmo motorista vai te buscar no hotel para te levar de volta ao aeroporto.

As opções são alugar uma moto ou um carrinho de golfe. Vou ficar devendo o preço do aluguel da moto.

Custo de aluguel de carrinho

Alugar um carrinho de golfe em Providencia é mais caro que em San Andres. Na Ilha de Providencia não achamos o modelo de carrinho mais barato e menos potente, só as “mulinhas”, que são carrinhos do mesmo tamanho, mas com rodas um pouco maiores e motor mais potente. A diária deste modelo em Providencia por 24h custa 160 mil pesos (US$ 50 ou R$187) mais a gasolina. O detalhe é que não encontramos postos de gasolina por lá. Em San Andres, o mesmo modelo, já com gasolina, custava 150 mil pesos.

Alugar a mula em Providencia por 24h é útil para ir a restaurantes distantes à noite. Como ficamos menos que 24h, tivemos um pequeno desconto.

Ah, não é necessário mostrar habilitação internacional para alugar. E não vimos qualquer policiamento em Providencia.

Onde ficar na Ilha de Providencia

Bairros

Uma coisa que eu me perguntei quando pesquisei sobre a ilha era: onde fica o centro da Ilha de Providencia? É que eu sempre prefiro ficar no centrinho turístico dos lugares que visito, para ficar próxima a restaurantes, agências de passeios, comércio e etc.

A região de Santa Isabel é o mais perto que se pode chamar de centrinho, com mercadinhos, muitas casas e um ou outro restaurante (nenhum que eu tenha achado bonitinho para almoçar ou jantar). Fica vizinha da ponte dos Namorados, que leva à ilhota de Santa Catalina (que é ainda menor que Providencia). Mas não encontrei hotéis interessantes por lá na minha busca.

Mas região onde eu percebi que é melhor se hospedar é na praia de Agua Dulce (Freeswater Bay), que tem mais opções de hotéis, como o super colorido Sol Caribe Providencia, que tem nota  8,3 no Booking e a Posada Ocean View, nota 8,9 no Booking. Quase fiquei neles.

A maior parte dos restaurantes que nos indicaram fica bem pertinho das pousadas e da praia de Agua Dulce (dá para fazer tudo a pé). Além disso, a praia dessa região é uma das mais bonitas da ilha. Só perde para a Cayo Cangrejo e Almond Bay. Mas nestas duas é quase impossível se hospedar. Quase porque em Cayo Cangrejo mesmo não tem hotel. O que tem é o único 5 estrelas de Providencia, o Deep Blue, que fica a 5min de barco de distância. E na praia de Almond Bay não tem hotel.

Também deve ser incrível ficar no Deep Blue. Apesar de ser longe de restaurantes, o próprio hotel tem um restaurante ótimo, onde comemos 2 vezes. Tem uma vista absurdamente linda pra Cayo Cangrejo, e você janta ao ar livre.

hotel deep blue ilha de providencia

Vista do restaurante e píer do Deep Blue. Foto: Marcelle Ribeiro.

Onde eu me hospedei

Eu me hospedei na Posada LKJay, que fica a 20min a pé do píer de onde saem as lanchas para Cayo Cangrejo (elas saem do píer do Hotel Deep Blue). O ar-condicionado gelava direitinho. O quarto era confortável, com cama boa, tudo limpinho. Uma decoração neutra (muitas pousadas de lá são cafonas). O banheiro era novinho, com água doce e quente no chuveiro (coisa rada por aquelas bandas). Tinha TV, mas não pegava canal nenhum.

Tinha uma sala com sofá e cozinha americana, equipada com fogão, geladeira, pia e utensílios para cozinhas (panela, patos, copos, talheres, etc). Na varanda tem uns cadeirões grandes gostosos e uma piscina micro micro, que era usada todo o tempo pelo filho do dono da pousada e por ele mesmo.

não gostei muito da localização. Achei que como a Ilha de Providencia toda tem 22 km quadrados e estaríamos de carro em um dos dois dias de viagem, a localização não seria um problema. Mas nossa pousada ficava a uns 30min a 40min dos mercadinhos de Santa Isabel. Em uma subida giga, sem calçada. Tivemos que andar na beira da rua, que na verdade é uma estrada, junto com quilos de cocô de vaca.

Não tinha restaurante perto do nosso hotel e ele não tinha café da manhã. O restaurante mais perto era o do hotel Deep Blue, a uns 25min a pé. As ruas perto do nosso hotel eram basicamente a estrada principal que circula a ilha e umas ruelas meio desertas e mal iluminadas, com casinhas e cachorros que ficam soltos na rua.

ilha de providencia pousada lkjay quarto

A cama da Posada é bem confortável. Foto: Marcelle Ribeiro.

ilha de providencia pousada lkjay banheiro

A Posada LKJay é bem limpa e confortável. Foto: Marcelle Ribeiro.

ilha de providencia pousada lkjay cozinha

Dá para cozinhar na Posada LKJay. Foto: Marcelle Ribeiro.

O que fazer na ilha de Providencia

Cayo Cangrejo

Caio Cangrejo é a ilhota mais famosa da Ilha de Providencia, pelo seu azul absurdamente lindo. É super pequena e você consegue dar a volta nela mergulhando de snorkel.

Para chegar lá, é preciso pegar uma lancha a partir do píer do Hotel Deep Blue, num trajeto de 5min. Não tem horário e nem precisa marcar: tem vários barqueiros desde cedo no píer, até o horário de fechamento da ilha. É só chegar. Só é bom agendar o retorno. Todos eles cobram o mesmo preço.

Você desembarca num píer de madeira e logo tem que pagar uma taxa ambiental de 18 mil pesos (US$ 5,32 ou R$ 21,42) pela entrada na ilha (para o dia todo). Leve dinheiro.

Lá, a atração é basicamente tomar um banho naquela água incrível, em que o trecho mais raso bate um pouco acima da cintura. Ou seja, não é um programa para crianças.

Leve seu snorkel ou alugue lá mesmo. São muitos peixes lindos e grandes bem pertinho do píer. Margeando a ilha, perto da pedras, vimos também arraias e lula. E bem colado na corda do píer sempre tem uma tartaruga dando pinta para os fotógrafos.

Não deixe de subir a pequenina trilha que leva ao topo da ilhota, de onde se tem uma visão 360 graus daquele mar azul de doer. Leva uns 10 a 15 minutinhos para subir só e você vai parando e tirando fotos.

Deixe suas coisas em um dos armários. É de graça, mas não tem tranca. Mas tudo bem, não tem perigo nenhum de roubo ali.

O que não tem em Cayo Cangrejo:

  • Faixa de areia para tomar sol, se esticar, nem nada
  • Sombra farta – a área de sombra é bem pequena, de uma parte do píer onde fica um banco e dois vendedores.
  • Chuveiro de água doce, banheiro, cadeira ou guarda-sol.
  • Muitos vendedores – Em Cayo Cangrejo tem basicamente um rapaz que aluga snorkel e sapatilha de mar e faz drinks e uma moça que vende uns salgados, biscoitos, água e refri.

Quanto tempo ficar em Cayo Cangrejo

Nós fomos lá num passeio de dia inteiro de barco e ficamos 3h30. Foi o suficiente para tirar um milhão de fotos, subir a trilha, fazer snorkel.

Ah, a água é quentinha e parada! E os caranguejos, que dão nome à ilha, ficam num canto das rochas e aparecem numa escada no final da tarde. A ilha fica aberta diariamente das 9h às 16h.

Como não cair o queijo em Cayo Cangrejo?

ilha de providencia cayo cangrejo tartaruga

Tartaruga pertinho de nós em Cayo Cangrejo.

ilha de providencia cayo cangrejo pier pulo

Chegar cedo = píer só pra nós.

ilha de providencia cayo cangrejo topo

Visto do topo de Cayo Cangrejo.

Praia de Almond Bay

Essa foi a segunda pria mais linda que conhecemos na Ilha de Providencia, porque tem uma cor azul linda e mar sem ondas, quentinho. Não tem quase nenhuma infraestrutura, apenas um quiosque que vende bebidas e oferece, de graça, cadeiras na praia. Mas não tem guarda-sol nem pra alugar, nem sombra de árvores, nadica. É sol no lombo mesmo.

É uma praia pequena, de uns 500 metros de extensão. Para chegar lá, você para o carro num pequeno acostamento na estrada e desce uma ladeira asfaltada (a entrada é onde fica a estátua do polvo). O estacionamento é grátis. Fica no lado oeste da ilha de Providencia.

ilha de providencia almond bay

Almond Bay: nossa segunda preferida. Foto: Marcelle Ribeiro.

Praia de Freswater Bay (Agua Dulce)

Tem restaurantes na beira da areia, e gostosas e amplas sombras de amendoeiras. O mar também é calmo, azul, quentinho. Excelente para crianças. É um pouco mais ampla, de 1km de extensão talvez, e fica no lado oeste da Ilha de Providencia. Nós estacionamos nosso carrinho de golfe no estacionamento do restaurante Miss Elma, que é gratuito.

ilha de providencia agua dulce

A praia de Agua Dulce (Freswater Bay). Foto: Marcelle Ribeiro

Praia de South West Bay

O mar desta praia é calminho, verde, quentinho. Uma ótima pedida para após o almoço.

ilha de providencia southwest bay

Southwest bay: delícia para descansar.

Esta praia é uma boa opção para almoçar. É que fica nela a barraca de praia Divino Niño, que tem peixes e frutos do mar a bons preços e bem servidos. Vimos inclusive pescadores chegando carregados na praia com peixes enormes! A barraca tem cadeiras, espreguiçadeiras e guarda-sol. Muita área de sombra.

Dois pratos (um de camarão e um de peixe), uma água, um refrigerante e um sorvete custaram 82 mil pesos, o que dá 41 mil pesos por pessoa (US$ 12,02 ou R$ 48,80). A comida estava muito gostosa.

ilha de providencia divino nino peixe

Peixe já vem sem nenhuma espinha no Divino Niño. Foto: Marcelle Ribeiro.

Nos indicaram ainda outro restaurante nessa praia, o Café Estudio, mas não experimentamos.

Praia de Mazanillo (Manchineel Bay)

Essa praia merece uma visita para você brincar nos balanços pendurados nos coqueiros na beira da água. E beber algo nas duas ou três barracas de praia que vimos por ali e depois se espreguiçar nas redes da área. Estas barracas até servem refeições simples de peixes, mas duas brasileiras que conhecemos e provaram a comida do Roland’s Bar, todo decorado em motivos de reggae, e disseram que era bem ruim.

Dizem que rolam umas festas à noite à vezes nessas barracas, mas não conhecemos.

Ah, o mar da praia de Mazanillo tem uma cor mais pro marrom e tem ondas, não pareceu atraente.

praia de mazanillo ilha de porovidencia coqueiro

Brincando no coqueiro da praia de Mazanillo.

Ilha de Catalina

A ilha de Catalina é ligada à Ilha de Providencia pela Ponte dos Namorados, que em teoria é linda, porque é toda coloridinha. Mas quando fomos lá a ponte estava desabada. Até arriscamos atravessá-la apesar de vários trechos terem caído, mas estávamos cansados e decidimos voltar.

Nosso plano era ver o por do sol em Forte Warwick, na Ilha de Catalina, programa indicado pelo dono do nosso hotel. Mas já havíamos andado mais de 40min até a ponte e ainda teríamos que caminhar mais 30min e ainda correr para dar tempo de ver o sol se pôr.

Fazer mergulho de cilindro

Dizem que é um programa imperdível. N[os tínhamos muito pouco tempo e não fizemos. Mas só de fazer snorkel você já fica embasbacada.

peixes ilha de providencia mar

Peixes que vimos na Ilha de Providencia. Foto: Marcelle Ribeiro.

Dar a volta à Ilha de Providencia de barco

Esse foi um dos passeios mais incríveis que fizemos na viagem toda. Encontramos nosso barqueiro no píer do Hotel Deep Blue e nos juntamos a um grupo de mais 6 pessoas, depois de termos combinado o passeio na noite anterior. O barco é uma lanchinha rápida, sem área de sombra. Ele nos levou primeiro para Cayo Cangrejo, onde ficamos 3h30.

Na sequência paramos em 2 pontos no meio do mar para fazer snorkel. Simplesmente surreal!!! Com aquela água azul linda e um mar límpido, vimos de snorkel mesmo, a 15 metros de profundidade, arraias e estrelas do mar aos montes, peixes dos mais coloridos, corais, pepino do mar…

Depois paramos na praia de Southwest Bay para almoçar e descansar, por 2 horas. Em seguida, fizemos mais duras paradas para snorkel no meio do mar, uma delas na pedra Morgan’s Head (Cabeza de Morgan), onde de novo nos surpreendemos com a vida marinha.

O passeio terminou às 17h, no píer e custou  75 mil pesos (US$ 22,17 ou R$ 89,27) . Ah, o barqueiro pega e leva você de moto de qualquer hotel da ilha (mas em cada moto vão 3 adultos, fique ciente).

ilha de providencia fundo do mar

Estrela do mar e peixinhos na Ilha de Providencia.

ilha de providencia abismo snorkel

Olha esse trecho que parece um abismo na água!

Quanto tempo ficar na Ilha de Providencia

Em dois dias eu conheci praticamente tudo que listei acima (só não a Ilha de Catalina). Na verdade, tecnicamente foram menos de 2 dias, porque tivemos 1 dia inteiro + o dia seguinte até às 15h, pois voltamos no voo das 17h.

Não vale a pena ficar menos que isso. Tem gente que faz bate-volta desde San Andres, o que eu acho uma loucura, até porque a passagem de avião é bem cara.

Se só der para ficar 2 dias, vá sem medo, não fica tão corrido.

Mas no mundo ideal, passe 3 dias, para não ter que ver 3 praias num dia só, como a gente fez.

Roteiro em Providencia

Meu roteiro na Ilha de Providencia foi assim:

Dia 1 – Chegamos de avião às 16h30. Fizemos o check in e fomos ao centrinho comprar comida. Jantamos no quarto as comidinhas de mercado.

Dia 2 – Fizemos o passeio de barco de volta à ilha. Jantamos no restaurante do hotel Deep Blue (aberto a não hóspedes). Dois pratos de risoto de camarão super bem servidos e duas limonadas de coco custaram 118 mil pesos, o que dá 59 mil pesos por pessoa (US$ 17,44 ou R$70,23).

Dia 3 – Alugamos um carrinho de golfe que nos foi entregue às 8h30 na nossa pousada (o dono da pousada é que reservou pra nós). Às 9h já estavamos na praia de Almond Bay. Ficamos lá até umas 11h e depois partimos para a praia Agua Dulce. Ficamos mais umas 2h e em seguida demos uma passadinha na praia de Manzanillo para fotos.

Completamos a nossa “quase volta à ilha” de carro com um almoço no Hotel Deep Blue. Um risoto de camarão, uma porção pequena de peixe empanado, uma água e um refrigerante custaram 91 mil pesos, o que dá 45,5 mil pesos por pessoa (US$ 13,45 ou R$ 54,16) .

Depois, nos arrumamos e fomos pro aeroporto pegar o voo das 17h.

risoto deep blue ilha de providencia

Risoto do Deep Blue é bem servido e cheio de camarões. Foto: Marcelle Ribeiro.

peixe empanado deep blue ilha de providencia

A porçãod e isca de peixe do Deep Blue é pequena. foto: Marcelle Ribeiro.

Quanto custa viajar para a Ilha de Providencia

Seguem os valores gastos exclusivamente para conhecer a Ilha de Providencia:

  • Passagem aérea de San Andres pela Satena (ida e volta): 529.800 pesos colombianos por pessoa ida e volta (cerca de US$ 165 ou R$ 620).
  • Táxi do aeroporto pro hotel: 25 mil pesos pela corrida, o equivale a US$ 7,39 ou R$ 29,75.
  • 2 diárias na Posada LKJay:  216 mil pesos (US$  64 ou R$ 257) a diária no quarto de casal.
  • Compras no mercado: 172.350 pesos por pessoa (US$ 51 ou R$ 205). Compramos água, coisas para o café da manhã e lanches.
  • Passeio de volta à ilha de barco: 75 mil pesos (US$ 22,17 ou R$ 89,27) por pessoa.
  • Taxa ambiental de Cayo Cangrejo: 18 mil pesos (US$ 5,32 ou R$ 21,42) por pessoa.
  • Almoço no Divino Niño: 41 mil pesos por pessoa (US$ 12,02 ou R$ 48,80).
  • Jantar no restaurante do hotel Deep Blue: 59 mil pesos por pessoa (US$ 17,44 ou R$70,23).
  • Aluguel de carrinho de golfe estilo “mula” por 6 horas, já com gasolina: 130 mil pesos, o que dá 65 mil pesos por pessoa (US$ 19,21 ou R$ 77,37).
  • Almoço no Hotel Deep Blue: 45,5 mil pesos por pessoa (US$ 13,45 ou R$ 54,16).
  • Táxi do hotel para o aeroporto: 25 mil pesos pela corrida, o equivale a US$ 7,39 ou R$ 29,75.

Total: 1.138.650 pesos, o que dá US$ 355 ou R$ 1335.

Ah, a ida e volta de barco do Deep Blue até Cayo Cangrejo custa 40 mil pesos por pessoa (US$ 11,82 ou R$ 47,61).

Para saber preço de itens que são comuns a uma viagem a San Andres e Providencia (passagem desde o Brasil, seguro viagem, bilhete de turismo obrigatório), veja o post quanto custa viajar para San Andres e Providencia.

Leia também: Como escolher seguro viagem América do Sul.

Seguro Viagem: América do Sul
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
ITA 60 SMART INTER ITA 60 SMART INTER Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.000 (COMPLEMENTAR) R$ 13/dia*
Intermac I30 Intermac I30 Assistência médica USD 30.000 Bagagem extraviada USD 350 (SUPLEMENTAR) R$ 11/dia*

Casa de câmbio

Leve pesos colombianos. Não vi bancos, caixas eletrônicos nem muito menos casas de câmbio.

 

Leia também:

Compartilhar este artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *