Roteiro a pé pelo centro colonial de Bogotá

postado por Marcelle Ribeiro e publicado em 14/12/2012 - Atualizado em: 14/06/2019
Compartilhar este artigo:
bogota-centro-colonial3

Catedral Primada de Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

Quer conhecer Bogotá, na Colômbia, mas tem pouco tempo? Não se preocupe. Em um dia (e com disposição para andar), você consegue visitar boa parte das atrações turísticas da cidade. Vem comigo que eu te mostro como.

Acorde cedo e pegue um táxi até o Cerro Monserrate (as dicas do Cerro estão neste post aqui). O passeio no Cerro vai demorar umas 2h mais ou menos, contando o tempo de subir e descer a montanha e olhar as lojinhas de artesanato.

Depois, pegue um táxi e vá até o Museu do Ouro de Bogotá (leia o post sobre o Museu do Ouro). Você levará 1h30 mais ou menos para conhecer o museu.

Procurando hotel? O Booking tem opções para todos os bolsos. Reserve por esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

Após o Museu do Ouro, é hora de tirar o mapinha do centro histórico de Bogotá que você levou ou pegou no hotel e caminhar. Não achei perigoso. Fiz tudo a pé, sozinha e achei super tranquilo. Em nenhum momento fui incomodada.

Escaneei o mapa do guia Lonely Planet e marquei o roteiro que você fará para conhecer o bairro colonial de Bogotá, chamado La Candelaria.

bogota-centro-colonial

Mapa com roteiro pelo bairro La Candelaria, feito a partir do Lonely Planet.

Saindo do Museu do Ouro, siga pela Calle 16 em direção à Carrera 7, onde você verá vários prédios históricos sobre os quais vou falar já já.

Pensando em alugar um carro? Compare em mais de 100 locadoras com a Rentcars! Pague em reais, sem IOF e parcelado em até 12X!

Ande pela Carrera 7 até a Calle 11 e você chegará a uma grande praça cheia de prédios públicos, a Praça de Bolívar.  Na Calle 11, do lado direito da praça, você verá o Palacio de Justicia (identificado no mapa acima com o número 21), que é a sede da Suprema Corte da Colômbia. Este prédio que você vê já é o terceiro construído para sediar a Justiça colombiana. Os dois primeiros foram incendiados e bombardeados em protestos e ataques. O Palacio de Justicia está fechado ao público.

bogota-centro-colonial2

Palacio de Justicia, com lhama para os turistas fotografarem. Foto: Marcelle Ribeiro.

Na Carrera 7 mesmo, do lado esquerdo, está a Catedral Primada de Bogotá (identificada no mapa com o número 6), onde a primeira missa da cidade teria sido rezada, em 1538, quando a cidade foi fundada. A catedral também já foi destruída várias vezes, por diversos motivos: ampliação, fundações ruins e terremoto. Este prédio atual é a quarta versão da catedral e sua construção terminou em 1823. Lá dentro está a tumba de Jiménez de Quesada, o fundador de Bogotá. Entre e dê uma olhada rápida, a catedral é simples.

bogota-centro-colonial4

Interior da Catedral Primada de Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

Colada na catedral está a Capilla del Sagrario (identificada no mapa com o número 1), uma capela barroca com fachada independente, que tem seis grandes pinturas de Gregorio Vasquez. Mas infelizmente ela estava fechada quando estive lá.

Seguro saúde viagem internacional: escolha entre as melhores operadoras e pague com 5% de desconto com o cupom VICIADASEMVIAJAR5! Atendimento 24h em português!

Ainda na Plaza de Bolívar, você verá o Edificio Liévano (o número 8 no mapa), que é a sede da prefeitura, do lado oposto da Catedral Primada, e o Capitolio Nacional (o número 2 no mapa), sede do Congresso colombiano. Eu não entrei em nenhum dos dois.

bogota-centro-colonial5

Edificio Liévano e a Plaza de Bolívar, em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

bogota-centro-colonial6

Capitolio Nacional, em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

Fotografadas as principais atrações da Plaza de Bolívar, atravesse a praça passando em frente ao Capitolio pela Calle 10 e entre na Carrera 8. Na esquina da Carrera 8 com a Calle 9 você verá o prédio histórico mais bacana do centro histórico de Bogotá, a belíssima Iglesia Museo de Santa Clara. Não se deixe decepcionar pela fachada, que é bem sem graça. O interior dessa igreja é que impressiona. O teto é todo pintado com estrelas douradas, as paredes são cobertas por quadros de santos e o altar é todo de madeira com imagens encaixadas nele.

O lugar funciona mais como museu, pois os bancos da igreja foram retirados e há apenas umas cadeiras para os visitantes sentarem um pouco enquanto apreciam o interior. Linda, linda essa igreja!! Se você tiver apenas algumas horas em Bogotá, não deixe de visitá-la!

Passeio guiado de 1 dia e ingressos sem fila? Contrate aqui!
bogota-centro-colonial8

Fachada da Iglesia Museo de Santa Clara, em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

bogota-centro-colonial9

O teto belíssimo da Iglesia Museo de Santa Clara, em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

Na mesma rua da Iglesia Museo de Santa Clara, a Carrera 8, você poderá encostar na grade da sede da presidência da República da Colômbia, que é chamada de Casa de Nariño. Ela é toda protegida por militares. Para visitá-lo você tem que agendar com cinco dias de antecedência pelo site da presidência.
Eu não visitei o prédio por dentro, mas dou os detalhes de como fazê-lo no fim deste post. Também não consegui ver a troca da guarda em frente ao prédio, que acontece às quartas-feiras, sexta-feiras e domingos às 16h, e não requer permissão especial para ser vista.

bogota-centro-colonial7

Casa de Nariño, a sede da presidência da Colômbia. Foto: Marcelle Ribeiro.

Depois de ver tudo isso, você já deve estar com fome, certo? Então é hora de ir andando para o restaurante. Vou te indicar o mesmo restaurante em que comi quando estive em Bogotá, pois é gostoso e aconchegante. E a região, pelo que percebi, não tem muitas opções de restaurantes não. O restaurante onde comi é o Andante Ma Non Troppo, que fica na Carrera 3A, números 10-92, em La Candelaria, perto de todas essas atrações que acabei de descrever no meu roteiro e de outras que você ainda vai conhecer.

No caminho entre a Iglesia Museo de Santa Clara e o restaurante, você pode ver algumas fachadas bonitas.

Saia da Iglesia Museo de Santa Clara, volte até a Calle 10 e siga por ela. Entre as Carreras 7  e 6, você poderá fotografar as fachadas de uns prédios bonitinhos, como o Teatro Colón e o Palácio San Carlos.

bogota-centro-colonial10

Teatro Colón, em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

bogota-centro-colonial11

Palácio San Carlos, em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

Siga pela Calle 10 até a esquina com a Carrera 3 e ande pela Carrera 3 até o restaurante Andante Ma Non Troppo, que fica na esquina da Carrera 3 com a Calle 11. Almoce com calma, eles têm massas ótimas.

Saia do Brasil já com seu chip de celular internacional na mão. Testei 3 empresas e indico esta.

Com as perninhas descansadas, você vai seguir pela Calle 11 até o Museo Botero. Lá, você verá quadros e algumas estátuas do mais famoso artista colombiano, Botero, que retratava homens, mulheres, animais e até frutas com formas arredondadas, como se todos fossem gordinhos. Já falei um pouco de Botero neste post aqui, ao descrever o Museu de Antioquia, em Medellín, que também abriga obras de Botero. O museu é uma das atrações imperdíveis de Bogotá e pode ser visto em cerca de uma hora. E lá tem qiadros e esculturas de outros artistas também, como Miró, que faziam parte da coleção pessoal de Botero.

bogota-centro-colonial12

Obra de Botero no Museu Botero, em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro.

Após ver as “gordinhas” de Botero, você vai para o Centro Cultural Gabriel García Márquez, onde verá uma enorme livraria, que tem títulos em espanhol e em inglês. Aproveite para tomar um café numa das unidades da cafeteria mais famosa de Bogotá, a Juan Valdéz, que fica dentro do centro cultural.

Bom, esse foi o passeio que eu fiz em Bogotá. Se você ainda tiver tempo, há outras atrações da cidade que podem ser visitadas gratuitamente, como a Casa de Moneda (museu de moedas) e o Museo Histórico Polícia.

Quem tiver mais um dia na capital colombiana deve visitar a catedral de sal de uma cidade vizinha a Bogotá, Zipaquirá. É o bate-volta mais famoso a partir de Bogotá. A catedral fica a 50 km da capital. Eu não tive tempo suficiente para conhecer. Mais informações em

 

Iglesia Museo de Santa Clara:
Endereço: Carrera 8, números 8-91, perto da Calle 9
Horário de funcionamento: Abre de terça a sexta-feira, das 9h às 17h, e sábados e domingos das 10h às 16h.
Preço: 3 mil pesos colombianos para adultos e 500 pesos colombianos para crianças. Grátis aos domingos.

Casa de Nariño (sede da presidência)

Endereço: Carrera 8 No. 7-26.
Como visitar: Com cinco dias úteis de antecedência, mande um email para visitas@presidencia.gov.co contendo os seguintes dados: nome, endereço, telefone, email, número do passaporte, dia e horário em que gostaria de realizar a visita (dê duas opções) e se prefere o tour em inglês ou em espanhol.
Horários da visita: As visitas ao interior do prédio, que podem ser individuais ou em grupos de até 20 pessoas, acontecem de segunda a sexta-feira às 9h, 10h, 11h, 14h, 15h e 16h e aos sábados, domingos e feriados às 14h, 15h e 16h. Quem faz a visita das 15h e das 16h, às quartas-feiras, sextas-feiras e domingos, consegue ver a troca da guarda. Mas atenção: de 15 de dezembro de 2012 a 20 de janeiro de 2013, as visitas estão suspensas!
Duração da visita: Aproximadamente uma hora.
Preço: Grátis.
OBS: Se você só quiser ver a troca da guarda em frente ao prédio, que acontece às quartas-feiras, sexta-feiras e domingos às 16h, não precisa de permissão especial.

Museo Botero:

Endereço: Calle 11, números 4-41 – La Candelaria, Bogotá
Horário de funcionamento: Abre às segundas, quartas, quintas, sextas e sábados das 9h às 17h e aos domingos e feriados das 10h às 17h. Não funciona às terças.
Preço: Grátis.

 

Leia também:

 

 

Compartilhar este artigo:

Comentários

  1. Jane Suelen
    03 jan 2016

    Marcelle, parabéns pelos belíssimos posts sobre a Colômbia!
    Estarei indo agora em janeiro e inclusive fiz meu roteiro baseado nas suas boas dicas aki.
    Obrigada e bjos

  2. Juliana
    14 maio 2016

    Marcelle,
    Parabéns pelo blog e excelentes posts. Estou indo para a Colômbia em outubro e gostaria de saber quantos dias você sugere em Bogotá, Cartagena e Medellin.
    Obrigada!

    • 07 jun 2016

      Oi, Juliana,
      Para Bogotá, bastam 2 dias. Para Medellín, dois dias está bom. Não conheço Cartagena.
      Abraço,
      Marcelle.

  3. Julian
    23 jun 2016

    Estou em Bogotá! Juliana, Cartagena vale super a pena. Faça 5 dias lá no mínimo, pelo que ouvi falar aqui, Medelin vale muito a pena também. Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *