Show de tango em Buenos Aires: os baratos, os caros e as milongas

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 14/04/2019

Se você está buscando show de tango em Buenos Aires, saiba que eles existem para todos os bolsos. Ver um espetáculo desses é obrigatório, a questão é só decidir: qual tango é o mais adequado às suas expectativas?

show-de-tango-em-buenos-aires

Dançarinos de tango no Café Tortoni. Foto: Marcelle Ribeiro.

Em Buenos Aires, existem os tangos BBBs (bons, bonitos e baratos) e os tangos-show (classificação minha e de blogueiros viajantes, não-oficial!).

 

Tangos-show

Os tangos-show, pelo que pesquisei, fazem mais o estilo “Holywood”, com mais casais dançando, palcos maiores, mais músicos. São mais caros e normalmente você tem opção de escolher entre “só show” ou “show+jantar”.

Em todas as minhas pesquisas para a última viagem a Buenos Aires, li e ouvi de várias pessoas que a opção “show+jantar” era uma roubada: você paga caríssimo pelo jantar (pelo mesmo valor, poderia comer em vários lugares legais na cidade) e a comida é mais ou menos. Ah, e é claro: as agências de viagem sempre vão te indicar um “tango-show”.

Antes de mais nada, esclareço: não é que os tangos-show sejam ruins. Não são. Recebi várias boas indicações de espetáculos desses. E na última viagem que fiz a Buenos Aires, só não fui a um tango-show devido a restrições orçamentárias inesperadas e ocorridas às vésperas da viagem. Queria ver algo mais grandioso, entendem? Mas infelizmente não deu.

Os tangos-shows que me indicaram foram os do Esquina Carlos Gardel (dicas da Beatriz Fonseca e da Fernanda Maniero) e do Sabor a Tango (dica de Camille Souza). Lendo blogs de viagem, vi que indicavam também os shows do El Querandí, do Piazzola Tango e do caréeeeeesimo Rojo Tango. Percebi que muitos blogueiros não gostaram do Señor Tango.

Como eu disse, nunca fui a um tango-show, mas ficam aí as dicas para vocês. Se quiserem saber preços e horários, cliquem no nome da casa de show, que leva ao seu respectivo site oficial.

 

Show de tango em Buenos Aires: os baratos

Os BBBs têm preço em conta, são em lugares menores e costumam ter menos casais de bailarinos (dois ou três). São mais intimistas. As agências de viagem nunca indicam tangos BBBs.

 

Café Tortoni

Na minha primeira visita à Argentina fui a um show de tango em Buenos Aires que super-hiper indico: o do Café Tortoni. Essa confeitaria tradicionalíssima da cidade tem apresentações de tango à noite numa sala pequena, mas aconchegante e reservada do salão principal.

Se não me falha a memória, eram apenas dois casais de dançarinos e os músicos. O show foi ótimo, tocaram vários tangos conhecidos e tipos de tango diferentes. Você fica sentadinho numa mesa e pode pedir qualquer coisa do cardápio deles que o garçom leva até você, mesmo no escurinho. No site deles (clique aqui) tem todos os horários, preços e descrição dos shows.

Na época em que eu fui, não dava para comprar ingressos pela internet (não sei se hoje dá) e como o espaço é pequeno, preferi passar lá durante o dia e comprar antecipadamente. É o que indico que você faça.

 

shows-de-tango-em-buenos-aires

Público assistindo ao show do Café Tortoni. Foto: Marcelle Ribeiro.

buenos-aires-tango3

O cantor, empolgado, pedindo para a plateia cantar junto. Foto: Marcelle Ribeiro.

Centro Cultural Borges

Este ano, resolvi experimentar um tango BBB diferente e fui ao Centro Cultural Borges, seguindo a dica do blogueiro Ricardo Freire. Aliás, neste post aqui, do blog do Ricardo, o Viaje na Viagem, tem a opinião de vários brasileiros sobre vários shows de tango de Buenos Aires.

O Centro Cultural Borges fica dentro das Galerías Pacífico, no Centro da cidade. Passei lá um dia antes, durante um passeio pelo Centro, para comprar os ingressos, mas ouvi dizer que não é difícil comprar na hora. No dia em que fui, uma sexta-feira de fevereiro, o local da apresentação não ficou lotado, tinha cadeira para quem comprasse na hora.

No Centro Cultural Borges o show é dentro de um teatro, com fileiras de cadeiras. Não dá para petiscar nada. Comparando o show deles com o do Tortoni, prefiro o do Tortoni.

O show que eu vi no centro cultural, o Bién de Tango (cada dia é um show diferente), me decepcionou um pouco. Apesar de haver mais casais de bailarinos, eles tocam poucos tangos conhecidos, o que acabou fazendo com que eu não me empolgasse tanto.

E tinha momentos em que não havia dançarinos no palco, apenas uma cantora fazendo um “solo” ou um cantor. Enfim, achei o tango do Café Tortoni mais animado! Ah, e no Centro Cultural Borges a turistada não pode tirar fotos… 🙁

 

E o que são milongas?

Para quem está buscando show de tango em Buenos Aires não apenas para assistir, mas também para dançar, a dica são as milongas! Uma milonga não é propriamente um show de tango. É onde se pratica! Os portenhos vão a milongas para dançar tango. Existem váaarias em Buenos Aires, e em alguns há aulas de tango antes da milonga começar.

Não ter ido a uma milonga foi a frustração da minha viagem. Só na noite reservada para ir à milonga é que percebi que meus pesos tinham acabado e não consegui sacar nem trocar dinheiro a tempo de ir à milonga que eu queria, a La Viruta. Conclusão: como eles não aceitavam cartões nem reais, eu não pude ir… 🙁

Porém, deixo aqui as dicas que consegui. A La Viruta foi indicação da minha prima Camille Souza. Fica em Palermo Soho e no site deles tem tudo explicadinho: horários, preços, etc. Eles aceitam pesos, euros e dólares, mas não aceitam reias nem cartões. Veja como a Camille descreveu o La Viruta:

“Uma dica preciosa sobre tango são as MILONGAS!!! Milonga é uma espécie de baile onde os argentinos vão dançar. É uma espécie de gafieira do tango! É um programa bem nativo e pouco frequentado por turistas. Há várias milongas em Buenos Aires, é possível procurar no jornal ou pedir indicação no hotel.

Eu fui no La Viruta. O lugar é uma espécie de galpão com uma enorme pista de dança. Há poucas mesas e cadeiras. O objetivo é dançar e não assistir. Eu e Pedro, que estávamos nos sentindo após uma hora de aula de tango, quase fomos atropelados pelos argentinos na pista.

No entanto, como somos brasileiros e não desistimos nunca, optamos por ficar no dois prá lá e dois pra cá, ao som de tango. O DJ alterna os clássicos do tango com baladas de boate. E o que tocar o pessoal dança. É uma festa bem eclética: tem gente de todas as idades, casais, grupos de amigos, etc. Foi o lugar mais animado que fui na Argentina”.

Outra dica, mas da amiga Adriana França, foi uma milonga nas Barrancas de Belgrano, que rola num parque de Buenos Aires, no bairro de Belgrano. Olha o que a Dri escreveu:

“Sextas, sábados e domingos tem tango aberto na praça debaixo de um grande “caramachão”. São alunos, professores, dançarinos profissionais…tudo junto ensaiando, aprendendo, ensinando…muito legal!!!”.

Nestes blogs de brasileiras você encontra mais informações sobre milongas em Buenos Aires: Pergaminho Eletrônico e Aqui me quedo.

Os portenhos gostam tanto de ir a milongas que tem até sites especializados com a programação delas. Um desses sites que me indicaram foi o Punto Tango. Clique aqui e veja a programação.

 

Leia também:

Mais fotos e curiosidades no nosso Facebook, Instagram , Twitter e Pinterest

Comentários

  1. Fran
    24 abr 2012

    Olá Marcelle, em BsAs fui ao Madero Tango, mas em 2008 pagamos cerca de R$70 por pessoa pelo show e a van nos buscou no hotel. Achei válido!

  2. Anonymous
    10 set 2012

    Olá, em minha última viagem à Buenos Aires estive no Señor Tango e é sem dúvida o melhor show de tango que já assisti. Aos que tem alguma dúvida, recomendo.

  3. 02 out 2012

    Olá Marcelle, me podrías enviar tu mail. SABOR A TANGO | ARGENTINA.
    [email protected]

  4. Zé Neto
    16 nov 2012

    Seu blog é fantástico! Peguei altas dicar pra minha prima visita a Buenos Aires com meu amor.

  5. Larissa Guimarães
    29 abr 2013

    Fui semana passada no Señor Tango, paguei 220 reais show e jantar, achei o jantar bem servido e adorei o show, é bem hollywood sim, mas é maravilhoso!
    Fui na milonga do La Viruta e eu e meu esposo não curtimos muito esse negócio de milonga e aulas de tango. Muita gente velha, como diz aqui em Aracaju, parece aquelas serestas que vão os velhos solteiros pra ver se rola uma paquerada.

  6. Carolina
    06 maio 2013

    Fui no señor tango também, a achei maravilhoso….sensacional tanto o show, como o lugar e o jantar servido!

  7. Natanael
    29 maio 2014

    Pessoal, eu esteve em Argentina faz pouco e la conheci uma empresa argentina que faz roteiros para brasileiros em Buenos Aires, mas tem muito brasileiro trabalhando com eles. São muito legais mesmo, e por comprar ali consegui 50% de desconto no show de tango de Cafe Los Angelitos respeito do preço que estavam me pedindo na casa de tango diretamente.
    O Show arrasou, muito bom, e a comida muito gostosa.
    Essa empresa oferece outros pacotes de passeios na cidade, transfers ao aeroporto e talz.
    Deixo a dica para vocês, podem procuralos pelo facebook Lisantour Turismo (www.facebook.com/turismo.lisantour), ou na rua Florida 656.

  8. Jose Franco Jr
    28 abr 2016

    Tentarei fazer um super resumo de tudo o que é mais perguntado sobre Buenos Aires

    Onde Ficar:
    Com certeza no centro, de preferencia na 9 de Julio:
    São varias linhas de ônibus e metro. ( que só é pago com moeda ou um cartão chamado SUBE, que você encontra em qualquer estação do metro de Buenos Aires )
    Fica perto da Florida ( principal rua de comercio )
    Fica perto do Obelisco, Galerias Pacifico, Casa Rosada, os famosos cafés e da Av. Corrientes ( teatros e restaurantes )
    Facilidade de táxis
    Milhares de lojas de conveniência

    Onde Cambiar:
    Depois da mudança de governo o cambio paralelo não virou um grande atrativo para os turistas, troquei no Banco de la Nacion do aeroporto e em uma agencia do Centro da Cidade, a cotação do banco é apenas 0,10 menor do que foi me oferecido na rua Florida ( prefiro nao correr riscos )

    Aeroporto x Hotel
    Utilizei o Taxi Ezeiza porque dava desconto para clientes American Express (pagamos R$104)

    Onde Comer:
    La Bistecca – ( Av Alicia Moreau de Justo 1890 – Puerto Madero) – Comemos bem com vinho e água por AR$ 550 o casal
    La Rey Pizzeria – ( Av. Corrientes 961 – Centro ) – Pizza mais vinho e água por AR$ 220 o casal
    Broccolino – ( Esmeralda 776 – Centro ) Lasanha, Macarrão 4 queijos, 2 Sorvetes e refrigerante R$ 470
    London City – ( Av. de Mayo 591 – Centro ) Carne, Salada e umas 6 cervejas ) AR$ 400 o casal
    El Sanjuanino – ( Posadas 1515 – Recoleta ) Empanadas e vinho simples da casa AR$ 220 o casal.

    Onde ir:
    Museu Nacional de Belas Artes: Grátis – Av. del Libertador 1473 ( não abre segundas )
    Feria de San Telmo: Grátis – Calle defensa ( só aos domingos )
    Bomboneira: AR$ 150 – Brandsen 805
    Jardim Japonês: AR$ 70 – Av. Casares 2966
    Porto Madero: Lindo Bairro para caminhar e com vários restaurantes e pontos interessantes como: Puente de la Mujer, Fragata Sarmiento e o Casino
    Galerias Pacifico: Grátis – Florida y Cordoba
    Teatro Cólon: AR$: 200 – Cerrito 628
    Prédio do Congreso: Grátis – Rivadavia 1864
    El Ateneo Grand Splendid: Grátis – Av. Santa Fe 1860
    Casa Rosada: Grátis – Balcarce 50 ( visitas só aos domingos )

    Passeios com Guia:
    Encontrei o contato do Guia Junior em um blog de viagem e entrei em contato com ele ainda no Brasil. Excelente atendimento, ele me ajudou a preparar algumas coisas antes da minha chegada em Buenos Aires, me mandou a previsão do tempo para a semana no dia do meu embarque, mandava um alerta antes dos passeios, quando fui para o Zoo de Lujan ele me lembrou um dia antes para levar protetor solar. ( coisa que eu não tinha pensado) entre outras 100 delicadezas, não senti que estava comprando os passeios com ele, mas senti que tinha um amigo lá.
    Obrigado por tudo Junior.
    Contato
    Celular e whatsapp Argentina + 54 11 3192-8362
    whatsapp brasileiro 11 94214-6568
    [email protected]
    O face dele eu não lembro, mas depois eu coloco aqui.

    Passeios com ele:
    Como fechei um pacote com ele não sei os preços individuais, mas tudo deu R$ 1550
    Senor Tango – Sensacional – Eu achei que não iria gostar de ver um tango mas foi fora da realidade, sai com gosto de quero mais
    City Tour – Um passeio pela cidade de umas 4 horas que valeu a pena porque o guia Martin era muito bom, conseguimos ver quase toda a cidade com varias dicas e muita informação.
    Zoo Lujan – Para quem gosta de animais é um prato cheio, não sei colocar em palavras a emoção de tocar em leão. Deixo um registro de que não acho que os animais são dopados.
    Colonia del Sacramento – Uma visita de quase um dia a uma cidade linda do Uruguai, lembra muito a cidade de Paraty-RJ. Deixo uma dica para comprar perfumes no free shop do barco porque os preços são ótimos.
    Tour de Compras- compramos várias coisas legais principalmente Lacoste.

    O que não fazer:
    Siga la Vaca – Com certeza o pior restaurante que eu já fui em uma viagem internacional.
    Estatua da Mafalda – Uma decepção sem fim e uma fila de mais de 1 hora
    Hotel Cólon – Em uma palavra, TERRÍVEL
    Milonga Ideal – Esperava uma coisa genial, diferente e verdadeiramente PORTENA, achei chato, sem graça e triste.

  9. Dakir L Duarte
    22 jul 2016

    Adoro Buenos Aires. A cultura, a acolhida, a vida noturna, a gastronomia e, finalmente, o astral portenho me agradam sobremaneira. Enquanto puder, visitarei anualmente esta cidade. infelizmente perdi recentemente um grande amigo portenho.

  10. gisele
    26 ago 2016

    Gracias por citar o Aquí me Quedo, a gente tem mais de 400 posts sobre tango. (www.aquimequedo.com.br).Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *