Marcelle Ribeiro

Marcelle Ribeiro, jornalista e viajante

Já acampei de mochila, barraca e saco de dormir. Já dividi banheiro com desconhecido na Europa (mas nunca o quarto!). Já fiquei em pousadinha simples na praia, mas também já fiquei em hotelão e em all-inclusive. Não posso saber que estarei de folga num feriado que já corro para os sites das companhias aéreas. Não curto muito excursão nem city tour e gosto de decidir quando e como vou fazer os passeios que quero.

Bali: passeio em cachoeira, lagos gêmeos e templo Ulun Danu Bratan

12 de setembro de 2017, por Marcelle Ribeiro

Conhecer Bali vai muito além das praias famosas, como Uluwatu e Padang Padang. A ilha tem opções para todo o tipo de turista e uma natureza de tirar o fôlego! Por isso, vou falar de um roteiro bem legal que fizemos enquanto estávamos hospedados em Ubud, na região central da ilha: a cachoeira Gitgit, os lagos gêmeos Tamblingan e Buyan e o templo Ulun Danu Bratan, um dos mais famosos da Indonésia. Todas essas atrações ficam bem ao norte de Bali.

Reserve seu hotel em Ubud, na ilha de Bali por este link do Booking (que tem o meu código) e ajude o blog.

Para isso, antes de tudo, um lembrete fundamental: é impossível fazer esses passeios em um mesmo dia sem um carro. E eu recomendo que você alugue um já com o serviço de motorista, já que dirigir em Bali pode ser um pesadelo! Neste dia, contratamos o Roby ([email protected]), que atende muitos brasileiros em Bali. Ele fala inglês e até entende um pouco de português. A diária (de 10 horas) nos custou US$ 40 (já incluída a gasolina).O carro dele é confortável e tem ar-condicionado.

 

Cachoeira Gitgit

A cachoeira Gitgit é uma das mais famosas de Bali e é uma delícia para mergulhar. A queda é de cerca de 40 metros e a água só não é mais clarinha por causa das pedras no fundo do rio.

Para chegar lá, é preciso ter paciência porque são cerca de 2h30 de carro saindo de Ubud, em estradas estreitas, mas vale a pena.

Pensando em alugar um carro para conhecer Bali? Pelo Rentcars você reserva nas maiores operadoras do mundo, ganha desconto e ajuda o blog.

É cobrada uma taxa de entrada de 20 mil rúpias por pessoa (R$ 4,65 ou US$ 1,50) e você percorre uma pequena trilha, de 10 minutinhos e plana, que não é bonita, até chegar à cachoeira.

A cachoeira de Gitgit é uma das mais famosas de Bali. Foto: Marcelle Ribeiro

Ficamos lá por cerca de 40 minutos e dá pra aproveitar bastante. A água é gelada, mas nada insuportável. Se você quiser ficar mais tempo, não tem problema nenhum.

Pra mim, o maior problema de lá é a falta de estrutura para quem quer trocar de roupa ou ir ao banheiro. Como em grande parte da Indonésia, os banheiros oferecidos pela administração da cachoeira deixam bastante a desejar: são precários e sujos.

Maridão aproveitando o banho na cachoeira Gitgit. Foto: Guilherme Calil

Lagos Tamblingan e Buyan

Saindo da cachoeira, andamos mais uns 40 minutos de carro até o mirante para os lagos Tamblingan e Buyan, chamados de lagos gêmeos. Os dois são cercados por uma vegetação incrível e, mesmo muito próximos, eles não se comunicam.

Outro detalhe interessante: os dois ficam a mais de 1200 metros de altitude.

O lago Tamblingan, um dos “gêmeos” de Bali. Foto: Marcelle Ribeiro

Demos sorte e encontramos o mirante quase vazio na hora que chegamos. Aproveitamos para tirar várias fotos com calma e até contamos com a ajuda do Roby em alguns momentos.

No mesmo local, alguns indonésios aproveitam para oferecer fotos com animais da fauna do país, como morcegos e cobras gigantes, mas não quisemos fazer isso porque ficamos com um pouco de medo.

O melhor de tudo é que a visita ao mirante é grátis!

O lago Buyan é cercado por muita natureza. Foto: Marcelle Ribeiro

Já tem seguro de saúde internacional? Faça pela Mondial por esse link e ganhe desconto

 

Templo Ulun Danu Bratan

Depois do mirante, paramos para almoçar já bem pertinho do Templo Ulun Danu Bratan.  O Roby nos levou ao restaurante Mentari, que é m buffet com os principais pratos da culinária indonésia: tem espetinho de frango, peixe, mie goreng e sobremesa. A comida não é espetacular, mas pode ser uma boa opção para um almoço rápido. O buffet para duas pessoas e dois refrigerantes custaram 262 mil rúpias (US$ 19,50 ou R$ 60,17). O Mentari fica na Jalan Raya Denpasar – Singaraja e abre todos os dias, das 11h às 16h

Logo depois, fomos visitar o incrível templo Ulun Danu Bratan, cheio de energia e que fica na beira do lago Bratan.

Chegamos lá no começo da tarde e o lugar estava cheio de turistas, mas também de praticantes do hinduísmo. Para esses, havia uma área reservada para que eles pudessem fazer suas orações com tranquilidade.

Para entrar no templo, é cobrada uma taxa de 50 mil rúpias por pessoa (R$ 11,70 ou US$ 3,80).

O templo, construído no século XVII, é lindíssimo, com estruturas montadas praticamente dentro das águas do lago Bratan.

Praticantes do Hindu rezando no Ulun Danu Bratan. Foto: Guilherme Calil

Uma parte do templo de Ulun Danu Bratan. Foto: Marcelle Ribeiro

Além disso, o templo possui um belo jardim e é possível caminhar com tranquilidade e tirar fotos, é claro.

Para encerrar esse dia, acabamos dando muita sorte. Quando estávamos quase indo embora, os fiéis que estavam rezando nas áreas internas do templo saíram todos em uma espécie de procissão, carregando símbolos hindus, faixas e oferendas aos deuses. Um espetáculo que nem a chuvinha fraca que caía poderia estragar. Pra quem gosta de conhecer a cultura dos lugares que visita, foi um prato cheio.

Os jardins do templo de Ulun Danu Bratan. Foto: Marcelle Ribeiro

A demonstração de fé dos hindus fechou a visita com chave de ouro. Foto: Guilherme Calil

Neste dia ainda teria dado tempo de visitar o templo de arroz Jatiluwih, que fica na região, mas como a chuva estava apertando, achamos melhor retornar direto para o hotel. Chegamos por volta das 16h30 em Ubud (nosso tour começou umas 10h).

 

Reserve seu hotel em Ubud, na ilha de Bali por este link do Booking (que tem o meu código) e ajude o blog.

Já tem seguro de saúde internacional? Faça pela Mondial por esse link e ganhe desconto

Pensando em alugar um carro para conhecer Bali? Pelo Rentcars você reserva nas maiores operadoras do mundo, ganha desconto e ajuda o blog.

 

Leia também:

Indonésia: onde comer em Bali

Onde ficar em Bali: hotéis nas melhores praias e no interior

Como é o passeio de bicicleta perto de Ubud, em Bali

Indonésia – Quando ir, como chegar e dicas sobre visto e vacina

Tudo que você precisa saber para planejar uma viagem à Indonésia

Mais fotos e curiosidades da Indonésia no nosso Facebook (https://www.facebook.com/viciadaemviajar/), Instagram (https://www.instagram.com/viciada_em_viajar) e Twitter (https://twitter.com/viciadaemviajar)

Reserve no Booking e ajude o blog.

Receba os posts por e-mail

Desconto no Seguro Viagem

Curta nossa fanpage