Indonésia: Onde comer em Bali

postado por Marcelle Ribeiro em 10/09/2017 - Atualizado em: 11/11/2017
Compartilhar este artigo:

A culinária da Indonésia tem o arroz, frango e peixe como base, mas não é difícil encontrar comidas internacionais, como hambúrguer e macarrão, principalmente em áreas turísticas. De qualquer jeito, comer carne de vaca é muito raro em Bali por causa da religião. Como a maioria da população é hindu, os restaurantes oferecem poucas alternativas com carne vermelha. O Guilherme, que é quase o crítico gastronômico aqui do blog, vai dar as dicas para vocês.

 

“Uma preocupação que tivemos durante a nossa viagem foi com a higiene dos restaurantes. Não queríamos que uma indisposição nos fizesse perder um passeio legal. Por isso, não comemos comida de rua, normalmente mais barata. Além disso, tentamos evitar a pimenta, mas isso foi impossível em alguns lugares.

Nasi Goreng é um prato típico da Indonésia. Foto: Marcelle Ribeiro

Nasi Goreng é um prato típico da Indonésia. Foto: Marcelle Ribeiro

Separei os restaurantes pela região da ilha em que eles ficam. Bom apetite!

 

Ubud

Sens Hotel

Um dos hotéis que nos hospedamos em Ubud também tinha um restaurante com pratos típicos e internacionais. Comemos lá no primeiro dia da nossa viagem. Estávamos super cansados e decidimos não procurar um lugar diferente para comer.

Reserve seu hotel em Ubud, na ilha de Bali por este link do Booking (que tem o meu código) e ajude o blog.

Como sabíamos que teríamos poucas oportunidades de comer carne vermelha, aproveitamos para pedir 2 cheeseburgers. O detalhe é que o queijo não veio derretido. Aliás, queijo é outro artigo complicado de encontrar na Indonésia.

Os dois sanduíches e dois refrigerantes nos custaram 220 mil rúpias (R$ 52 ou US$ 16,40).

O queijo não veio derretido no cheeseburger do Sens Hotel. Foto: Marcelle Ribeiro

O queijo não veio derretido no cheeseburger do Sens Hotel. Foto: Marcelle Ribeiro

O Sens Hotel fica na Jalan Sukma, no centro de Ubud. Não achei o horário de funcionamento.

Pensando em alugar um carro para conhecer Bali? Pelo Rentcars você reserva nas maiores operadoras do mundo, ganha desconto e ajuda o blog.

 

Warung Mina

Fomos nesse restaurante depois de uma indicação de um primo meu, que esteve em Ubud poucos dias antes de nós. Ele adorou a comida de lá, mas eu confesso que não curti tanto assim.

O clima do restaurante é super agradável, com umas tendas com mesas separadas onde é possível comer sentindo o ventinho, mas os pratos eram muito apimentados.

Nós pedimos uma água de coco e uma refeição completa com sopa, frango, arroz, salada e frutas de sobremesa. A sopa estava pimenta pura e não conseguimos tomar mais do que um gole. O frango também estava apimentado, mas não tanto e foi o que nos salvou.

A comida apimentada do Warung Mina. Foto: Marcelle Ribeiro

A comida apimentada do Warung Mina. Foto: Marcelle Ribeiro

O almoço todo nos custou 220 mil rúpias (R$ 52 ou US$ 16,40).

O Warung Mina fica na Jalan Gunung Sari, no centro de Ubud. O restaurante funciona todos os dias, das 09h às 22h.

Escolhendo seguro de saúde internacional? Faça pela Mondial por esse link e ganhe desconto.

 

Bali Buda

Essa é uma boa dica para quem prefere fazer um lanche à noite. Acabamos encontrando o Bali Buda em um dia em que estávamos cansados e só queríamos uma coisa mais leve antes de dormir.

O Bali Buda é super saudável e faz ótimos sanduíches. Comemos 2 queijos quentes e tomamos 2 sucos. Pena que não tiramos fotos de lá.

A conta deu 120 mil rúpias (R$ 28,30 ou US$ 8,95).

O Bali Buda fica na Jalan Jembawan e funciona todos os dias, das 07h às 22h.

Reserve seu hotel em Ubud, na ilha de Bali por este link do Booking (que tem o meu código) e ajude o blog.

 

Lakeview

Estivemos duas vezes nesse restaurante, uma vez para tomar café da manhã e outra para almoçar. Nas duas, por causa do convênio da agência que usamos para alguns passeios por Bali.

Sempre encontramos um buffet com pratos típicos da Indonésia, como Mie Goreng (um tipo de macarrão frito com legumes e frango), chicken satay (ou espetinhos de frango) e panquecas de banana. A comida não era excepcional, mas também não era ruim.

Aproveitando o buffet (e a vista) do Lakeview. Foto: Marcelle Ribeiro

Aproveitando o buffet (e a vista) do Lakeview. Foto: Marcelle Ribeiro

A melhor coisa do restaurante é a vista espetacular para o Lago e o vulcão Batur. Incrível!

Vista incrível do Lakeview. Foto: Marcelle Ribeiro

Vista incrível do Lakeview. Foto: Marcelle Ribeiro

 

Nomad

O Nomad é um restaurante bem gostoso que encontramos no centro de Ubud. Ele tem vários pratos tradicionais da Indonésia e também comida internacional. O clima é super agradável e o atendimento também foi bom.

O Guilherme pediu um chicken satay e eu preferi comer um macarrão. Com a água e uma cerveja, a conta ficou em 286 mil rúpias (US$ 21,30 ou R$ 65,70).

O Nomad fica na Jalan Raya Ubud e funciona todos os dias, das 09h às 23h.

O Chicken Satay do Nomad estava gostoso. Foto: Marcelle Ribeiro

O Chicken Satay do Nomad estava gostoso. Foto: Marcelle Ribeiro

Breadlife

A Breadlife é uma padaria mais arrumadinha que fica bem no centro de Ubud e é uma excelente pedida para quando você está cansado e só comer alguma coisa rápida e prática. Eles produzem vários tipos de pães com recheios (salgados e doces) e é tudo muito em conta.

Nós compramos dois sanduíches salgados e um pão com chocolate e pagamos 46 mil rúpias (US$ 3,40 ou R$ 10,60).

A Breadlife fica Jalan Raya Ubud e funciona todos os dias, das 09h às 23h.

 

Ulun Danu Bratan

Mentari

Conhecemos esse restaurantes no dia da visita ao templo de Ulun Danu Bratan. Ele fica muito perto e recebe turistas de todos os lugares. Quem nos levou até lá foi o nosso motorista Roby.

Por lá, você come em um buffet com os principais pratos da culinária indonésia: tem espetinho de frango, peixe, mie goreng e sobremesa. A comida não é espetacular, mas pode ser uma boa opção para um almoço rápido.

O buffet para duas pessoas e dois refrigerantes custaram 262 mil rúpias (US$ 19,50 ou R$ 60,17).

O Mentari fica na Jalan Raya Denpasar – Singaraja e abre todos os dias, das 11h às 16h.

 

 

Canggu

Captain Catch

Esse restaurante foi uma agradável surpresa. Queríamos passar rapidamente na praia de Canggu e aproveitamos para almoçar por lá porque já chegamos um pouco tarde.

O Captain Catch fica na beira da praia e é possível até andar um pouquinho na areia e dar um mergulho enquanto você espera a sua comida. Se quiser, o lugar ainda tem um banheiro onde é possível se trocar para entrar no carro depois.

A comida também é bem gostosa. Pedimos dois filés de peixe à milanesa com batatas fritas e tudo estava bom. Com uma água e um refrigerante, a conta ficou em 174 mil rúpias (US$ 12,95 ou R$ 40).

O Captain Catch funciona todos os dias, das 07h30 à 0h00.

Filé de peixe à milanesa do Eco Captain Beach. Foto: Marcelle Ribeiro

Filé de peixe à milanesa do Captain Catch. Foto: Marcelle Ribeiro

Kuta

Single Fin

Na minha opinião, um dos melhores restaurantes que visitamos na Indonésia. Gostamos tanto que almoçamos lá duas vezes.

O Single Fin fica na famosa praia de Uluwatu e é uma mistura de restaurante, bar e balada. A vista, como vocês podem ver na foto, é absolutamente espetacular!

Não tem hotel ainda? Reserve em Uluwatu por este link do Booking (que tem o meu código), você ajuda blog.

Comida e vista do Single Fin são incríveis. Foto: Marcelle Ribeiro

Comida e vista do Single Fin são incríveis. Foto: Marcelle Ribeiro

A comida também não deixa a desejar. Comemos um macarrão à carbonara e um Nasi Goreng que estavam muito gostosos e bem servidos. Além disso, tomamos uma cerveja e um refrigerante. A conta ficou em 200 mil rúpias (US$ 15 ou R$ 46).

O Single Fin fica na Jalan Labuan Sait e funciona de 08h às 22h todas segundas, terças e de quinta a sábado. Na quarta, abre das 08h à 0h. E no domingo, funciona das 08h à 01h.

 

Seminyak

Batu Kali

Seminyak tem uma grande oferta de restaurantes e é possível escolher comidas de vários lugares.

Reservando seu hotel em Seminyak por este link do Booking (que tem o meu código), você ajuda blog.

O Batu Kali é um restaurante de comida internacional e é super bonitinho. O atendimento também foi bem legal. O nosso maior problema foi o tamanho de um dos pratos.

 

Pão de alho do Batu Kali. Foto: Marcelle Ribeiro

Pão de alho do Batu Kali. Foto: Marcelle Ribeiro

Para começar, pedimos um pão de alho, que estava bem gostoso. E foi a nossa sorte.

A Marcelle resolveu pedir um nhoque e, honestamente, dava pra contar quantas bolinhas vieram no prato. Ah, se não fosse o pão de alho…

Eu dei mais sorte ao pedir um frango à milanesa com batata frita. Esse prato veio bem servido e estava gostoso.

A porção de nhoque do Batu Kali era pequena. Foto: Marcelle Ribeiro

A porção de nhoque do Batu Kali era pequena. Foto: Marcelle Ribeiro

A entrada, os dois pratos e dois refrigerantes custaram 276 mil rúpias (US$ 20,55 ou R$ 63,40).

O Batu Kali fica na Jalan Kayu Aya e funciona todos os dias, das 06h à 01h.

Já o file de frango à milanesa era bem servido. Foto: Marcelle Ribeiro

Já o file de frango à milanesa era bem servido. Foto: Marcelle Ribeiro

Trattoria

Esse foi o nosso último restaurante na Indonésia e, com certeza, foi a melhor refeição que fizemos por lá.

O Trattoria, como o nome entrega, faz comida italiana e, posso dizer sem medo de errar, com qualidade.

Logo ao entrarmos, recebemos um couvert com pão italiano e azeite, tudo muito gostoso.

De prato principal, eu pedi uma lasanha. Já a Marcelle preferiu um rigatone com almôndegas. A comida era deliciosa e muito bem servida. Depois, dividimos um bolo de chocolate com sorvete de creme.

Rigatone do Trattoria é delicioso! Foto: Marcelle Ribeiro

Rigatone com almôndegas do Trattoria é delicioso! Foto: Marcelle Ribeiro

Tudo isso e mais uma cerveja e um suco custaram 397 rúpias (US$ 29,55 ou R$ 91,18). É caro, especialmente para o padrão da Indonésia, mas eu recomendo!

O Trattoria fica Jalan Laksamana e funciona todos os dias, das 11h às 23h30.

 

Reservando seu hotel em Seminyak por este link do Booking (que tem o meu código), você ajuda blog.

Já tem seguro de saúde internacional? Faça pela Mondial por esse link e ganhe desconto

Pensando em alugar um carro para conhecer Bali? Pelo Rentcars você reserva nas maiores operadoras do mundo, ganha desconto e ajuda o blog.

 

Leia também:

Onde ficar em Bali: hotéis nas melhores praias e no interior

Como é o passeio de bicicleta perto de Ubud, em Bali

Indonésia – Quando ir, como chegar e dicas sobre visto e vacina

Tudo que você precisa saber para planejar uma viagem à Indonésia

Mais fotos e curiosidades da Indonésia no nosso Facebook (https://www.facebook.com/viciadaemviajar/), Instagram (https://www.instagram.com/viciada_em_viajar) e Twitter (https://twitter.com/viciadaemviajar)

Compartilhar este artigo:
Publicado por Marcelle Ribeiro

Jornalista, baiana, mas há mais de 20 anos moradora do Rio de Janeiro. Nos seus mais de 30 anos de vida, já viajou sozinha e acompanhada. Casada com o Guilherme, petlover e viciada em pesquisar novos destinos.

Comentários

  1. Pingback: Viciada em viajar | Viagem para Bali: Uluwatu, Padang Padang e mais do sul da ilha - Viciada em viajar

  2. Pingback: Viciada em viajar | Bali: passeio em cachoeira, lagos gêmeos e templo Ulun Danu Bratan - Viciada em viajar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *