Como andar de ônibus e metrô em São Paulo (e pagando pouco!)

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 17/02/2016
Compartilhar este artigo:

Vai para São Paulo e não quer ficar gastando uma fortuna de táxi? Calma, calma, não criemos pânico! Aqui eu explico como andar de transporte público na maior cidade do país e te ensino como descobrir que ônibus vai para seu destino e usar o metrô. E mais: te mostro como economizar nas passagens!

A primeira dica é adquirir o Bilhete Único. O que é isso? É um cartão magnético que você compra nas estações do metrô e outros locais (bancas de jornal, padarias, casas lotéricas, mercados) e carrega com créditos para usar tanto no metrô quanto nos ônibus e no trem (a empresa de trem em São Paulo se chama CPTM).

Bilhete Único: o meu tá véinho, mas funciona!

Bilhete Único: o meu tá véinho, mas funciona!

O Bilhete Único que você, turista, vai adquirir, é o Comum. E por que é vantajoso ter o Bilhete Único? Por que com ele você paga menos passagens! Você pode fazer até quatro viagens de ônibus no período de três horas e só pagar uma passagem (que hoje está custando R$ 3). É assim: entrou no primeiro ônibus, passa o cartão. Daquele momento em diante, você tem mais 3 horas para entrar em até três ônibus diferentes grátis (em qualquer direção).

Procurando hotel? O Booking tem opções para todos os bolsos. Reserve por esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

Se você pegar o ônibus e depois pegar o metrô dentro de duas horas, serão debitados do seu cartão os R$ 3 da passagem de ônibus + R$ 1,65 da passagem do metrô  (ao invés da totalidade da passagem do metrô, que hoje custa R$ 3). Usou o metrô uma vez + um ônibus? Você ainda tem direito a usar mais dois ônibus no intervalo de três horas entre a primeira e a última validação do bilhete, sem pagar mais nada. No site do metrô e do Bilhete Único eles explicam tintin por tintin todas as combinações possíveis.

Qualquer pessoa pode adquirir o Bilhete Único basta apenas fazer uma carga inicial de cinco tarifas (ou seja, R$ 15).

Como nem toda banca de jornal, mercado, lotérica ou padaria vende o Bilhete Único, sugiro que você vá a uma estação de metrô para adquirir o seu.

DESCONTO DE 5% no Esquenta Black Friday para aluguel de carro na Rentcars, com o cupom NOVEMBER. Vale até 30/11, com retirada do carro até 31/12! Compare preços de várias locadoras!

Diferentemente do que muitos acham, o metrô de São Paulo NÃO leva você a todos os lugares da cidade. O bairro onde eu morava, por exemplo, não tinha metrô. Mas sim, São Paulo é a cidade mais bem servida de estações no Brasil. Há cinco linhas de metrô: amarela, verde, vermelha, azul e lilás. Elas são relativamente bem interligadas entre si e também são integradas com as linhas de trem (CPTM). Veja aqui o mapa do metrô e do trem de São Paulo (CPTM).

Para andar no metrô, não tem muito segredo. Veja em qual linha está a estação que você vai e procure pelas placas com a cor da linha e o nome da última estação dessa linha. Assim, na linha vermelha, por exemplo, você verá placas com o nome Palmeiras-Barra Funda (última estação desse sentido da linha) e Corinthians-Itaquera (última estação desse outro sentido da linha).

Saiba, no entanto, que duas estações ficam especialmente cheias nos horários de rush em dias de semana (7h às 9h e 17h às 19h): Sé, que é uma das maiores estações, e Paraíso. Não é como na China, onde os funcionários empurram os passageiros nos vagões lotados para a porta fechar. Mas você pode encontrar algum desconforto e ter que esperar uns três trens seguirem cheios até você conseguir pegar um.

Não posso falar muito dos trens (CPTM), pois andei pouquíssimas vezes neles. O que me lembro é que eles são beeeem mais lentos que o metrô. Mas não são como os trens urbanos do Rio (Supervia), que até onde eu sei estão bem detonados e quebram toda hora.

Os ônibus em São Paulo são beeem melhores que os do Rio e incrivelmente superiores aos de Salvador. Eles são limpos, bem conservados e não parecem estar caindo aos pedaços (como os do Rio e os de Salvador!). Os motoristas são educados e em 99% das vezes só param no ponto. E quando eu digo NO ponto é NO ponto mesmo! Se o ponto for uns 2 metros antes de um sinal de trânsito e o ônibus já tiver passado no ponto, e ficou preso no sinal vermelho, o motorista muito provavelmente NÃO abrirá a porta para você descer ou subir!

Em São Paulo há vários corredores de ônibus e táxis, que são faixas da pista especiais, onde só eles transitam. Isso faz o trânsito fluir melhor.

E como saber que ônibus pegar? Bom, você tem três opções. A primeira é usar o serviço da empresa pública de transportes de São Paulo, a SPTrans, que tem um site onde você digita o seu endereço inicial, seu destino e o horário em que pretende fazer o trajeto, e ele mostra que ônibus pegar, onde pegar, onde saltar e até outras linhas de ônibus que fazem o mesmo percurso. É interessante colocar o horário em que você pretende se deslocar porque o site só vai te mostrar os ônibus que circulam neste horário (há linhas que não circulam aos finais de semana, ou em determinados horários) e vai calcular o tempo que você levará para fazer o trajeto levando em conta o trânsito que costuma existir naquele horário.

No topo do site da SPTrans, você preenche os endereços e acha o ônibus. Foto: Reprodução

No topo do site da SPTrans, você preenche os endereços e acha o ônibus. Foto: Reprodução

Se você estiver na rua, sem poder acessar o site da SPTrans, você pode telefonar para um serviço da SPTrans em que você diz para um funcionário o seu endereço, o endereço para onde quer ir e ele fala quais ônibus ou metrô deve pegar. É rápido e prático. Eu já usei várias vezes e deu certo. O número é 156. Em teoria há atendentes 24h por dia, mas já tentei usar às 21h e não consegui falar com o atendente.

Outra opção é usar o serviço do Google de indicação de itinerário e transporte público. Para isso, vá em https://www.google.com.br/ e digite o endereço para onde você quer ir. Na tela seguinte, clique no topo em Mapas.

googlemapas1

Depois, vai aparecer a tela abaixo.

googlemapas2

Observe que no canto esquerdo há uma opção ROTAS. Clique aí. Daí em seguida vai aparacer a tela abaixo, onde você preenche o seu endereço de origem.

googlemapas3

 

Preencha o endereço de origem, e clique no símbolo de ônibus acima do campo de endereço. Na tela seguinte vai aparecer um quadro com os números de ônibus que você pode pegar e o trajeto que eles fazem no mapa.

googlemapas4

 

Pronto! Viu como andar de transporte público em São Paulo não é um bicho de sete cabeças?

Bom, mas se você prefere ir de táxi, deve ficar atento a algumas coisas. A primeira delas é que em São Paulo os táxis não ficam circulando vazios de bobeira na rua. Eles ficam parados em pontos de táxi. Normalmente há pontos perto de restaurantes, shoppings e locais que reúnem mais gente. Mas se o ponto estiver vazio (o que acontece com alguma frequência) ou porque já é tarde da noite, ou porque todos os táxis daquele ponto já estão circulando, é melhor você ligar para uma cooperativa de táxi ou chamar um por esses aplicativos de táxi pelo smartphone. Eu sempre chamo pelo Easytaxi ou pelo Taxibeat e sou bem atendida. Uma cooperativa grande que usei muito é a Bat Taxi – 11-3851-4268.

Veja como ir ao aeroporto de Guarulhos ou voltar dele de transporte público

Veja todas as dicas sobre São Paulo aqui

Reserve sua hospedagem em São Paulo pelo Booking clicando aqui e ajude o blog a ganhar uma pequena comissão sem pagar nada a mais! (saiba como funciona essa parceria aqui)

Ao reservar o seu carro pelo portal Rentcars por esse link, você compara preços de várias locadoras, consegue descontos e colabora com o Viciada em Viajar.

 

Compartilhar este artigo:

Comentários

  1. Celia Zaniolli
    26 jul 2014

    Ola Marcelle eu adorei teu post!
    Moro no interior e comecei recentemente a fazer visitas a Sao Paulo para compras e pretendo aproveitar minhas visitas para conhecer melhor esta gigante selva de pedra. (eu que corria leguas de Sampa por causa do k ouvia na midia)
    Obrigada pelas informacoes uteis!

  2. beatriz
    24 fev 2015

    oi.. eu estou querendo ir para SP no Lollapalloza, mas nunca andei de trem (CPTM) é bem tranquilo? também lembro de não ter em todas as estações de metrô integração com o trem, você sabe quais tem?

    Obrigada 🙂

  3. Paulo Dias
    23 mar 2015

    Ótima matéria, mas tem muitos motoristas de ônibus que param nos sinais sim, vai do jeito que tu pede ou como tu aparenta, rs (Vai que está com blusa com o gorro na cabeça, bem suspeito mesmo? haha).
    Nas imagens do google, seria melhor mostrar umas rotas em SP, não é? hahaha. AH, sobre o comentário da Beatriz, terá intervalo menor entre os trens, mas eles funcionarão até as 1 da manhã do domingo (noite de sábado) e até as 0:00 de segunda (noite do domingo), então é melhor sair correndo do show e já ir pra estação, vai estar muito lotado, mas vc consiguirá, ano passado consegui de boa, mas toma cuidado com seus pertences, os trombadinhas podem se aproveitar do aperto para furtar suas coisas.

  4. Levino Jr
    10 jun 2015

    Gente eu gostaria de saber como eu vou para santos de são paulo !

    • 10 jun 2015

      Levino,
      Você tem que pegar ônibus na rodoviária do Jabaquara (atenção, São Paulo tem mais de uma rodoviária. A da Jabaquara é uma delas). As viações Cometa (www.viacaocometa.com.br), Rápido Brasil (www.rapidobrasil.com.br), Expresso Luxo (www.expressoluxo.com.br) e Ultra (www.viacaoultra.com.br) fazem o trajeto. Chegar até a rodoviária do Jabaquara é fácil, pois há metrô até lá.
      Abraço,

  5. Narciso de Queiroz
    07 nov 2015

    Marcelle, belo post. Gostaria de sugerir aos viajantes que forem ficar vários dias em São Paulo, o bilhete único ilimitado. É um bilhete muito parecido com o que se encontra na Europa e Estados Unidos. Por 7 dias paga se 48,00 (apenas trilhos ou apenas ônibus municipais) ou 75,00 pelos dois. Se o viajante for ficar por vários dias e tiver que se locomover várias vezes no dia vale a pena, pois ele pagará o valor fixo e utilizará ilimitado. Por exemplo: Embarcar 3 vezes no Metrô/CPTM sai 10,50 Reais por dia ou 73,50 pelos 7 dias. Com o ilimitado a economia é de R$ 25,50 nos 3 embarques. Mas pode se fazer 10, 15 embarques pelos mesmos R$ 48,00. Há a opção 24 horas que custa R$ 15,00. Interessante para quem for utilizar mais de 5 vezes no período de 24 horas. Uma dica: No de 7 dias o tempo conta a partir do primeiro embarque, portanto se você passar na catraca as 23:59 aparecerá a mensagem: Restam 7 dias. Porém após as 00:00 se você passar novamente aparecerá: Restam 6 dias. Ou seja, ele contabiliza das 00:00 as 23:59 hs. Já o de 24 horas conta a partir do horário do primeiro embarque até completar 24 horas de uso. Entrou na sexta-feira as 14:00 hs, ele vale até 13:59 do sábado. Se a pessoa for utilizar ônibus municipais mais trilhos o valor por 7 dias é de 75 Reais ou 24 por 24 hs. Esse bilhete não é o comum. Deve se pedir pelo Novo Bilhete Único que traz a foto do MASP. Paga se 3 Reais pelo “casco” mais o valor de recarga. Ele também aceita créditos comum com 4 ônibus em 3 horas ou 3 ônibus e um trilhos como no bilhete antigo. Para quem tem cadastro, que requer acessar site da SPTrans, mandar foto e outras burocracias, é vantajoso apenas para quem for ficar por muito tempo (ou morar aqui). No entanto os valores são bem menores que no bilhete “anônimo”. Os 7 dias custam 38,00 para um modal, 60,00 para trilhos mais ônibus. Pode se ainda pagar cota de 31 dias por 140,00 simples ou 230,00 trilhos mais ônibus. As 24 horas custam 10,00 Reais ou 15,00 dois modais. Espero ter ajudado.

  6. Wanderson
    11 fev 2016

    Olá Marcelle.!
    Pretendo ir a São Paulo para trabalhar. Porem sera a noite o trabalho. Gostaria de saber se há linha de ônibus que circulem no horário da madrugada.

    • 21 fev 2016

      Wanderson, existem poucos ônibus circulando durante a madrugada e a espera no ponto de ônibus pode ser bem longa. se isso te incomodar, sugiro que procure outras alternativas de transporte. Abraço!

  7. Josivan
    30 dez 2016

    Quero do Aeroporto de Congonhas ir para Ribeirão Preto. Como faço e qual o meio mais econômico?

    • 08 jan 2017

      Oi, Josivan! Infelizmente, nunca fui à Ribeirão Preto. Por isso, não sei como chegar até lá de ônibus. Desculpe por não poder ajudar. Vou ficar te devendo essa! Beijo!

  8. jaão Carlos Martins
    28 jan 2018

    Oi, eu queria saber se é gratuíto a integração de metrô-onibos, eu sei que a integração de onibos depois metrô paga uma quantia, mas não sei como funciona metrô depois onibos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *