Lugares para comer em SP: 40 dicas imperdíveis para todos os gostos!

postado por Marcelle Ribeiro e publicado em 26/06/2019
Compartilhar este artigo:

Se você está procurando um motivo para ir a São Paulo, acrescente a culinária no topo da sua lista. Afinal, povos de todas as etnias se concentram na cidade mais populosa do Brasil e nos presenteiam com os mais diversos tipos de gastronomia. São tantos lugares para comer em SP que a gente fica até perdido! Tem comida para todos os gostos e bolsos, que vão desde a clássica pizza italiana do Bixiga, até o famoso sanduíche de mortadela do Mercado Municipal de São Paulo.

Veja a nossa seleção com os melhores lugares para comer em SP.

Árabe
Brasileira
Carnes
Doces
Hambúrguer
Italiana
Japonês/Chinês
Mexicano
Mongol
Petiscos e drinks
Pizza

Procurando hotel? O Booking tem opções para todos os bolsos. Reserve por esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

 

Árabe

Almanara

Almanara é o restaurante árabe mais gostoso que já provei em São Paulo (não, ainda não fui a outro bem famoso, mas bem mais caro, o Folha de Uva). A coalhada seca é divina, e a kafta com arroz com lentilhas então… Nem se fala. Não é barato, é verdade, mas vale a pena (veja o cardápio do delivery com preços aqui).

São quinze (isso mesmo!) unidades espalhadas por SP. Você pode conferir os endereços no site. Caso queira alguma informação, o telefone é (11) 5181-7770.

Pensando em alugar um carro? Compare em mais de 100 locadoras com a Rentcars! Pague parcelado em até 12X!

Brasileira

Veríssimo

O Veríssimo foi um dos melhores lugares que já fui para comer feijoada. O lugar é lindo, super claro, com um varandão envidraçado, cheio de tirinhas do escritor Luis Fernando Veríssimo, a quem o restaurante homenageia, e fotos dele.

Chegamos às 13h45 e uns 30 minutos depois conseguimos mesa para seis. Mesa para quatro é bem mais fácil. O valor da feijoada dá direito a se servir à vontade na mesinha de aperitivos (caldinho de feijão ralinho, pururuca e linguiça calabresa apimentada, além de batidinhas de maracujá e limão) e na mesa da feijoada (feijão, carne seca desfiada sequinha, carne seca tradicional, linguiça, orelha, bisteca, arroz, farofa, couve, laranja, banana à milanesa, aipim frito. Tudo em panelas separadas).

Tem também uma banda de choro (eles cobram couvert artístico) muito boa, tocando no volume certo (ou seja, sem que o som atrapalhe a conversa da galera na mesa).

Se você quiser uma mesa para muitas pessoas, a recepcionista vai te oferecer para ficar na “área vip”, no andar de baixo. Não aceite, o visual é outro: fechado, pequeno e quase sem a música.

De sobremesa, ainda está incluída uma “régua” com cinco ou seis “doces no copinho” por casal, com maravilhas como brigadeiro, doce de limão, doce de leite, doce de milho e doce de coco. Delicioso!

O Veríssimo serve também outros pratos para quem não quiser feijoada. O endereço deles é Rua Flórida, 1488 – Brooklin Novo – São Paulo. O telefone é (11) 5506-6748. Eles funcionam de segunda-feira a sábado, das 11:40h à 01h, e aos domingos, das 11:40h às 23h. Também é possível pedir pelo iFood.

Pirajá

Se você é carioca e sua lista de lugares para comer em SP tem que ter um local que te lembre o Rio, vá ao Pirajá. O bar é um dos “bares cariocas” em São Paulo, com decoração cheia de fotos de bambas do samba.

O bar fica em Pinheiros, e tem uma varanda com mesinhas na calçada (no formato das “ondas” da calçada de Copacabana). É muito agradável. Quem se senta dentro do bar, pode ficar apreciando os inúmeros cartazes e fotos mostrando os bambas do samba, como Cartola.

No Pirajá, a feijoada, para 2 pessoas, é colocada na mesa do cliente. Numa panela de ferro, vem o feijão e as suas carnes (linguiça, paio, etc). Numa travessa, linguiça frita e bisteca. No prato de cada pessoa vem arroz, farofa, couve e laranja. Delícia!

O Pirajá fica na Av. Brigadeiro Faria Lima, 64 – Pinheiros. O telefone é (11) 3812-2063. Também tem unidades na Paulista e nos shoppings Morumbi, Eldorado e Iguatemi Alphaville. Funciona de segunda a quarta-feira, das 12h a 1h; de quinta a sábado, das 12h às 2h e aos domingos, das 12h às 19h.

Genuíno

O Genuíno além dos petiscos, serve uma feijoada no estilo “self service”: numa mesona ficam as cumbucas de feijão, carnes de feijoada, bisteca, linguiça frita e batidinhas. É gostoso, mas acho que o feijão podia estar um pouco mais salgado. O bar é grande e nos fundos, aos sábados, tem uma banda de choro, que toca muito bem, mas num volume um pouco mais alto do que o ideal.

O preço é fixo por pessoa. O Genuíno fica na Rua Joaquim Távora, 1217, Vila Mariana. O telefone é (11) 5083-4040. O metrô mais perto é o da Vila Mariana, mas não sei se dá para ir andando não… Abre de segunda a sexta, das 17h à 01h e aos sábados e domingos das 12h à 00h.

Sabiá

Se o seu negócio é feijoada, o Sabiá é outro restaurante que deve estar na sua lista de lugares para comer em SP. Ela vem servida na mesa, em cumbuquinhas e é bem saborosa.  O Sabiá Bar fica na Rua Purpurina, 370 – Vila Madalena. O telefone é (11) 3032-1617.

lugares para comer em sp feijoada sabia

A feijoada vem com acompanhamentos como arroz, couve e laranja. Foto: Marcelle Ribeiro

 

Carnes

Pobre Juan

No quesito carne, minha lista de lugares para comer em SP tem que começar com um dos restaurantes argentinos mais famosos da cidade, o Pobre Juan. Fomos na unidade do Shopping Cidade Jardim, que é um dos shoppings mais chique da cidade. O ambiente é uma delícia, bem bonito. Comemos Ojo de Bife e umas batatas diferentes, chamadas Papas Soufle. A carne estava deliciosa, mas confesso que não curti tanto a batata, achei meio sem graça. Parece um pastel de batata com recheio de vento.

O endereço é Av. Magalhães de Castro 12.000, 3º Piso. O telefone é (11) 3552-3150. Funcionam de segunda a quinta-feira, das 12h às 16h e das 19h às 23h. Sexta-feira: das 12h às 16h e das 19h às 0h. Aos sábados: das 12h às 0h. Domingos e feriados: das 12h às 21h.

As outras unidades ficam em Higienópolis, Vila Olímpia e Alphaville. Você pode conferir os dias e horários de funcionamento no site.

Bárbaro

O Bárbaro que fomos foi o da Vila Olímpia. Este é mais um restaurante argentino para a sua lista de lugares para comer em SP. A carne que comemos estava ótima, e de acompanhamento pedimos salada e a incrivelmente gostosa batata, a Papa Quimérica (Carne com batata são as comidas preferidas do maridão!). Essa batata é uma espécie de purê com uma casquinha por fora e recheio por dentro (comemos com recheio de requeijão). É dífícil explicar, só comendo mesmo para saber.

De entrada, prove as deliciosas empanadas. De sobremesa, um amigo pediu panquecas de doce de leite, mas eu preferi o petit gateau. Ah, na saída, peça o mini bem-casado de brinde!

O mâitre ou dono, sei lá, é argentino, e fala com você em espanhol, apesar de saber falar português. O ambiente é mais descontraído, mas é arrumadinho.

O restaurante fica na Rua Doutor Sodré, 241, Vila Olímpia. O telefone é (11) 3845-7743. Funcionam de segunda a sábado das 12h à 0h e domingo das 12h às 18h.

 

Esquina do Espeto

Se tem uma coisa que faz sucesso em São Paulo são os bares de “espeto”. Você senta para tomar uma caipirinha e vai pedindo espetinho de picanha, de filé, de frango, de legumes, doce… E nem vê a hora passar! Uma delícia!

Um que eu gosto é o Esquina do Espeto, na Aclimação. Os espetinhos são deliciosos, e acompanham farofinha e molho à vinagrete. Tem até espeto doce (morango ou banana com chocolate). Fica na Rua Brás Cubas, 379.

Doces

Offner

Fomiguinhas de plantão que pensam em doce quando pensam em lugares para comer em SP têm que passar na Offner, nem que seja para comprar uma bomba de chocolate (chiquemente chamada de éclair) para viagem. Como boa formiguinha que sou, sempre vou a São Paulo, mesmo que por algumas horas, não deixo de passar lá.

Os doces são caros, é verdade, mas valem cada centavo. O povo aqui de casa se estapeia por eles. rsrsrs

Além de doces, a Offner tem sorvetes, salgados (a coxinha é bem boa) e cafés. E o melhor: algumas lojas funcionam 24h. Ou seja, parada certa para a gula da madrugrada!

São várias lojas em São Paulo. Veja os endereços e horários de funcionamento.

bomba de chocolate da Offner

Bomba de chocolate da Offner, em SP. Foto: Marcelle Ribeiro.

Hambúrguer

Ritz

Comece provando os pastéis (se for o dia de pastel, porque não é todo dia que tem. Porção de 2 unidades a R$ 15), e os bolinhos de arroz (meu maridão não fica sem!), a R$ 32 a porção com dez. Depois, vá de cheeseburguer (hambúrger de 160 gr com queijo cheddar derretido no pão com gergelim), a R$ 42, incluindo um acompanhamento (eu sugiro batata frita ou onion rings). Eu não me lembro de ter comido sobremesa lá, mas tem opções que parecem gostosas. No site tem cardápio com preços.

Ah, sobre o ambiente: a hamburgueria é descolada sem ser modernosa demais e passa longe do clima “rede de fast food”. Agrada a jovens e mais velhos.

No cardápio tem opções de “comida de verdade” também, como massas e saladas. O Ritz tem três unidades (Franca, Itaim Bibi e Iguatemi). A que eu fui fica na Rua Jerônimo da Veiga, 141, no Itaim Bibi. O telefone de lá é (11) 3079-2725. Eles também possuem opção delivery, basta ligar (11) 3079-3661 ou (11) 3088-6808. Funcionam de segunda a quarta, das 12h às 15h e 20h às 00h, às quinta e sextas de 12h às 15h e 20h à 01h, aos sábados de 12h30 às 01h e aos domingos até 00h.

Butcher’s Market

O Butcher’s Market é pequenininho e super descolado, frequentado pelo pessoal mais “cool”. Eles têm uma pegada americana, do Brooklin. Já fui diversas vezes e entra sempre na minha lista de lugares para comer em SP quando o assunto é um bom hambúrguer.

Provei vários hambúrgueres de lá, todos bem gostosos: o tradicional (com mussarela), o com chili, o com cheddar e picles… Não comi as sobremesas (porque sempre me acabo no hambúrguer e não sobra espaço na barriga!).

Tem umas cervejas diferentes, e de segunda a quarta-feira eles têm happy hour com Heineken em dobro, paga 1, leva 2, e música. A música do happy hour é boa, é um cara tocando uns rocks no teclado, mas como o lugar é pequeno, a música fica alta demais e não dá para conversar direito. No sábado não tem música, mas tem fila de gente para entrar!

Ele fica na Rua Bandeira Paulista, 164, no Itaim Bibi. O telefone é (11) 3078-5587 e também dá pra pedir pelo iFood. Abre de segunda a sexta-feira de 12h às 15h e das 19h à 01h e aos sábados das 12h à 01h.

General Prime Burguer

Essa hamburgueria é para quem quer ter muitas opções na hora de escolher um hambúrguer e quer variar do clássico cheeseburguer. Tem hambúrguer de picanha com mussarela de búfala, hambúrguer de picanha com teriaki, hambúrguer de calabresa, hambúrguer de cordeiro com molho de iogurte, veggie burguer….

Os hamburgueres custam de R$ 33 a R$ 43, sem a batata frita. No cardápio também tem picanha, saladas (a ceasar é ótima!), massas, hot dogs incrementados, sobremesa…

Eu só fui na hamburgueria do Itaim Bibi, e o ambiente é bem bonito, parece um restaurante, não lembra nem de longe um fast food. O endereço é na Rua Joaquim Floriano, 541. O telefone é (11) 3060-3333. Eles também tem outras unidades, que você pode conferir no site.

Joakin’s

Em uma cidade que não dorme, cheia de baladas, a lista de lugares para comer em SP não estaria completa se não tivesse onde matar a fome de madrugada, não é mesmo?

O Joakin’s é a parada para a galera que está voltando da balada e quer comer. É uma hamburgueria grande, mas tem um ambiente meio “fast food”: é mesmo uma lanchonete, com aquelas cores amarela e vermelha. Os sandubas são servidos para você comer sem talher. É gostoso, mas não é o meu preferido. Ah, os milkshakes de lá também são famosos.

Fica na Rua Joaquim Floriano, 163, no Itaim Bibi. O telefone é (11) 3168-0030 e eles entregam em casa. Funcionam de segunda a quinta, das 11h às 05h, às sextas e sábados, das 11h às 06h e aos domingos, das 11h às 03h.

The Fifties

Essa hamburgueria tem um ar retrô, que lembra as lanchonetes dos anos 1950, 1960, mas não chega a ter cara de “fast food”. Para quem não quer perder o futebol das quartas-feiras, eles têm TV, mas quem não liga para TV, ela não interfere no ambiente do lugar não. Eu nem era tão fã do hambúrguer deles até que provei um que amei, o Pic Oceania, com onion rings dentro do sanduba e um molho barbecue delicioso.

Outra coisa que é uma delícia é o cachorro-quente de lá, o Pet Dog, que vem com molho de tomate pelatti, e batata frita. A batata frita com cheddar e bacon também é tudo de bom! Lá tem ainda saladas, nuggets, sanduíches de frios, ou de filé, wraps, beirute, omelete, milkshakes, banana split…

Tem The Fifties em vários lugares de São Paulo: Itaim Bibi, Morumbi, Moema, Vila Olímpia, Higienópolis, Alameda Santos, Shopping Pátio Paulista e Shopping Eldorado. Eles têm loja também no Rio de Janeiro, Brasília, Campinas, Granja Viana e Ribeirão Preto. No site deles tem os endereços completos. E pra galera da madruga, algumas unidades funcionam até mais tarde.

Lanchonete da Cidade

Essa lanchonete é bem famosa em São Paulo. Fui lá uma vez só e comi um cheeseburguer clássico, que estava gostoso. Mas o que mais gostei mesmo foi a sobremesa: o “bolo da vó”, que era uma enorme fatia de bolo (bolo mesmo, não torta gelada) de chocolate, com calda de chocolate e sorvete.

Além de hamburgueres, tem saladas, omelete, filé e outras delícias.

Eles têm unidades no Jardim Paulista, em Moema, no Morumbi e no Shopping Pátio Higienópolis (a lista de endereços e horário de funcionamento, e também com os preços dos lanches, você pode ver no site deles, aqui).

 

Italiana

Famiglia Mancini

Esse é um dos melhores lugares para comer em SP e está sempre indicado no Guia 4 Rodas, na Veja São Paulo, etc. Os pratos são super bem servidos (servem de duas a três pessoas) e o clima é de cantina italiana, com aquelas calabresas penduradas no teto, decoração vermelha e verde, etc.

Sempre tem fila na porta (e paulista adora pegar uma fila básica para comer em restaurante!). No almoço de domingo, a fila demora cerca de 1h, 1h30. Mas vale a pena esperar (o restaurante não aceita reservas). Se não puder esperar, vá num restaurante do mesmo dono, na mesma calçada da rua, chamado Pizzaria Famiglia Mancini (eu falo dele já já).

O Famiglia Mancini fica na Rua Avanhadava, 81, Bela Vista, a uns 15 minutos andando do metrô Anhagabaú e abre de domingo a quarta, das 11h30h à 01h. Quinta, das 11:30h às 02h. Sexta e sábado, das 11:30h às 03h.

Pizzaria Famiglia Mancini

A diferença desse restaurante para o Família Mancini é que ele só serve pratos individuais, além de pizzas, claro. Os pratos também são bem servidos, mas só dão para uma pessoa mesmo. E a decoração é mais clean, mais chique. Ah, eles cobram couvert artístico.

O endereço é Rua Avanhadava, 25, Bela Vista, a uns 15 minutos andando do metrô Anhagabaú. Funcionam de domingo a quarta, das 18h à 01h, às quintas, das 18h às 02h, às sextas e sábados, das 18h às 03h. Reservas podem ser feitas de segunda a quarta-feira até as 16h30 pelo site ou no telefone (11) 3255-6599 r.120.

La Pasta Gialla

Quando um amigo que curte massa me pergunta dicas de lugares para comer em SP, é sempre do La Pasta Gialla que eu lembro. Eu já fui um milhão de vezes. Quase tudo que comi lá estava uma delícia. O nhoque de mandioca com ragu (molho) de carne seca é maravilhoso. A pasta com calabresa também.

Ah, e as bruschettas são especialidade da casa, não deixe de provar (já comi as tradicionais, com tomate e a de berinjela, perfeitas).

A única coisa que não gostei lá foi de uma vez em que fui lá com minha família e a polpeta que meu sogro pediu estava meio crua por dentro. Mas mesmo assim, volto lá sempre. Ah, esse é um dos restaurantes do chef Sérgio Arno, que tem vários restaurantes italianos em São Paulo (com nomes e perfis diferentes).

Tem unidades do La Pasta Gialla no Itaim Bibi, em Moema, no Jardim Paulista, no Shopping Continental, Shopping Plaza Sul, Shopping Tamboré, em Tatuapé, no Morumbi Shopping, no Jardim Europa, e também (descobri agora olhando no site deles), nas cidades de Salvador, Campinas, Curitiba, Belo Horizonte, Belém, Goiânia e Fortaleza. Veja os endereços e horários de funcionamento aqui.

Lellis Tratoria

Outro restaurante italiano super indicado em várias listas de lugares para comer em SP feitas por guias de viagem, jornais e revistas é o Lellis. Ele também é daqueles que costuma ter fila de espera, mas vale a pena. Nós sempre pedimos um prato de carne com massa, que é bem servido. O ambiente é bem de tratoria italiana, com mesas com pano verde e vermelho.

Fica na Rua Bela Cintra, 1849, nos Jardins. De segunda a sábado, a tratoria fica aberta de 11h30 às 16h e das 19h à 02h. Aos domingos, ela também abre nesse horário, mas fecha às 00h. Reservas podem ser feitas pelo telefone (11) 3064-2727.

Jardim di Napoli

Fomos nesse restaurante porque somos loucos por polpetones. E li numa revista que o polpetone de lá é o melhor da cidade. E é mesmo. O restaurante é mais um da série pequeno-com fila, mas vale a pena se você é tarado por polpetone. As massas de lá também são gostosas, mas se o objetivo for comer massa e não tanto o polpetone, há restaurantes com boas pastas e preços melhores em São Paulo.

Nós fomos na unidade de Higienópolis, cujo endereço é Rua Doutor Martinico Prado, 463. O telefone é (11) 3666-3022. Horário de funcionamento: segunda, das 12h às 15h e das 18h30 às 23h30, de terça a sábado, das 12h às 15h e das 18h30 à 0h e aos e domingos das 12h às 16h e das 18h30 às 23h30.

Jamie’s Italian

O restaurante do famoso inglês Jamie Oliver, dos seriados de TV, vale a visita. E, pasmem, é pagável. Ou seja, se você quer incluir um restaurante de chef famoso mundialmente na sua lista de lugares para comer em SP, essa é uma boa dica.

Eu e minha irmã começamos com uma entradinha de cogumelos assados na massa de pão fininho (R$ 42). É gostosa, mas dá apenas para 2 pessoas petiscarem mesmo.

De principal, minha irmã foi de linguini com camarão (R$ 69), que tinha camarões de verdade, em boa quantidade, e estava uma delícia. Eu provei tagliatele bolonhesa (R$ 49), bem bom e também bem servido.

O Jamie’s Italian fica na Avenida Horácio Lafer, 61, esquina com a Rua Clodomiro Amazonas, no Itaim Bibi. O telefone é (11) 2365-1309. Nas segundas e terças-feiras, ele abre das 12h às 23h. Às quartas e quintas, ele funciona das 12h às 0h. Nas sextas e sábados, o funcionamento é das 12h às 0h30. E aos domingos, de 12h às 22h30.

lugares para comer em sp italiana jamie's italian

O renomado chef Jamie Oliver trouxe suas delícias a SP. Foto: Marcelle Ribeiro

Massa do Jamie’s Italian. Foto: Marcelle Ribeiro.

Japonês / Chinês

Kiichi

Como eu gosto mais das friturinhas do que do peixe cru, eu curto o rodízio de comida oriental Kiichi, que serve rolinho primavera, camarão empanado, salmão grelhado, hot rolls gostosos e yakisoba. Ah, e é claro, eles servem também sushis, sashimis, temakis etc, etc. No preço do rodízio está incluído sobremesa (gente gulosa é brabo!). Quem não estiver a fim de rodízio, pode pedir a la carte também.

São quatro endereços na cidade, nos bairros de Jardins, Morumbi, Vila Olímpia e Vila Olímpia. Veja endereços e horários de funcionamento no site do Kiichi.

Manihi Sushi

Esse restaurante já foi eleito um dos melhores rodízios de comida japonesa pela revista Veja São Paulo e esse é um bom motivo para ele entrar na sua lista de lugares para comer em SP, não é mesmo? E os preços não são estratoféricos.

O rodízio do Manihi tem de tudo: dos fritinhos rolinho primavera, hot holl, tempurá, etc, aos clássicos sushi e sashimi. Tem yakisoba e sobremesa também. Ah, se você preferir, pode pedir a la carte.

O Manihi fica no bairro do Sumaré, Rua Apinajés, 1359. Os telefones para contato são (11) 3672-4638 e 3675-1193. Os horários de funcionamento você pode conferir aqui.

Sushi Comida Japonesa São Paulo

Opções de sushi coloridas e deliciosas no Manihi. Foto: Marcelle Ribeiro

 

Mexicano

Sí Senõr

Adoro comida mexicana, especialmente a do Sí Señor. Tem uma margarita ótima, e pratos fartos. Os tacos e as quesadillas são maravilhosos. E tem uns pratos meio “combo”, com pequenas porções de tudo, ótimos para quem não conhece a gastronomia mexicana (e quer ser apresentada a ela) ou para grupos. O restaurante é meio bar, bacana de ir à noite, e é bem grandinho.

O restaurante que fui fica no Itaim Bibi, na Rua Dr. Renato Paes de Barros, 682. O telefone é (11) 3476-7997. Para conferir os endereços das outras unidades (eles tem várias!), visite o site.

 

Mongol

Tantra

Pois é, São Paulo tem até restaurante mongol! Fui uma vez no Tantra e achei bastante curioso.

O legal de lá é comer os grelhados diferentões na chapa. Funciona assim: você pega um potinho e escolhe as carnes, que ficam dispostas cruas, em pedacinhos, numa bancada. Depois, no mesmo potinho, escolhe vegetais e/ou macarrão e põe no mesmo potinho. A seguir, escolhe os temperos e caldos, e coloca tudo no mesmo potinho. Depois entrega para o “chapeiro”: o cara que fica comandando uma enorme chapa de grelhar no meio do restaurante. Ele vira o seu potinho na chapa e põe tudo para grelhar.

Entre as carnes, tem de frango a camarão e carne de javali. Os temperos… são todos que você já ouviu falar e mais! Mas calma, para te ajudar a fazer as combinações, eles colocam na parede umas sugestões de receitas, tipo: coloque 2 colheres de camarão + 2 de leite de coco + 2 de macarrão + temperos tais e tais. A dica é colocar pouco no potinho, para você ir lá várias vezes e provar várias combinações. Comer assim fica uns R$ 85 por pessoa no jantar do final de semana (os preços variam de acordo com o dia da semana e refeição). Para quem não quiser comer dessa forma, tem pratos no cardápio.

Ah, e sempre rolam uns shows loucos lá. Quando fui, tinha uma mulher se equilibrando num tecido preso no teto, com uma música doida. O ambiente é bem amplo e exótico. Uma experiência e tanto!

O Tantra fica na Rua Chilon, 364, Vila Olímpia. O telefone é (11) 3846-7112. Funcionam de segunda às quartas-feiras, das 11:30h às 15h e depois das 18h às 0h. Às quintas e sextas, fecham às 01h. Aos sábados estão abertos das 13h às 17h e 19h às 01h e aos domingos, das 13h às 17h.

Petiscos e drinks

Veloso

O Veloso tem a melhor caipirinha de São Paulo, de sabores diferentes, como frutas vermelhas, frutas amarelas, frutas verdes, carambola e as tradicionais, como limão e abacaxi (R$ 24, com vodka Smirnoff). Tem também coxinhas de galinha divinas (R$ 6 a unidade)! O bar é bem pequenininho, e simples, mas vive cheio.

Eles não fazem reserva, por isso, cheguem cedo! Em um sábado, cheguei às 19h30 e já tinha uma megafila. Fica numa rua pequena, e na sexta-feira rola uma feira de rua lá (do tipo que vende frutas, verduras etc), o que deixa a rua meio tumultuada e meio cheirosa… Mas mesmo assim, é imperdível! Ah, o cardápio só tem comidinha de bar (aperitivos, pastéis, etc).

lugares para comer em SP drinks caipirinha

A clássica caipirinha do Veloso. Foto: Marcelle Ribeiro

O bar Veloso fica na Rua Conceição Veloso, 56, na Vila Mariana, perto do metrô Vila Mariana. Fica aberto de terça a sexta-feira das 17h30 à 00h30; aos sábados das 12h45 à 00h30 e nos domingos das 16h às 23h.

Brasamora/Armazém Veloso

Tentou ir ao bar Veloso e estava lotado? Vá no bar vizinho, o antigo Brasamora e atual Armazém Veloso, que pertence ao mesmo dono. Lá eles servem as mesmas coxinhas e a mesma caipirinha, mas tem também grelhados e carnes (picanha, etc). Uma boa pedida para quem não quer enfrentar fila. Por isso, fica sempre no topo da minha lista de lugares para comer em SP quando eu vou na cidade.

O endereço é Rua Conceição Veloso, na Vila Mariana, perto do metrô Vila Mariana. Fica aberto de terça a sexta-feira, das 17h30 a 0h30; aos sábados das 12h45 a 0h30 e aos domingos, das 12h às 17h.

Genuíno

O Genuíno aparece duas vezes na lista porque, mesmo que você não vá almoçar a feijoada, vale ir lá petiscar á noite. Ele fica num “pólo de bares e restaurantes” da Vila Mariana, na Rua Joaquim Távora e arredores, que é bem legal. São uns 6 ou 7 bares próximos, o que é ótimo para quem não sabe exatamente onde ir. Ou seja, pegue um táxi e rume para a rua, nas proximidades do Genuíno e certamente achará um lugar legal. Como o Genuíno, por exemplo, que tem porções de friturinhas deliciosas.

Ah, e no almoço de sábado rola bufê de feijoada com banda de chorinho. Você pode conferir mais detalhes na sessão de comida brasileira, logo abaixo *inserir índice aqui*. O prato de feijoada custa uns R$ 76 por pessoa, uma beleza.

Legítimo

O mais legal desse bar são as linguiças, que podem vir cortadinhas ou enroladas, a metro, temperadas ou não. O pastel também é uma delícia. Fica numa rua calma e sem bares concorrentes próximos.

O endereço é Rua Luís Góis, 1728, esquina com a Rua Napoleão de Barros. Fica a umas 5 ou 6 quadras do metrô Santa Cruz. Abre às segundas-feiras das 17h às 23h, de terça a sexta das 17h às 0h30, sábados de 12h30 à 0h30 e aos domingos das 15h às 23h.

Exquisito

Esse bar tem um monte de belisquete mexicano, mas também tem coisas mais tradicionais, como batata frita e anéis de cebola. Tem sempre muito jornalista lá.

O endereço é Rua Bela Cintra, 532, Consolação, a 4 quadras do metrô Consolação. Fica aberto de terça a domingo, das 18h às 02h.

Vaca Véia

É um bar que costuma reunir gente de uns 30 anos, e tá sempre bem movimentado, principalmente em dia de jogo de futebol, quando costuma lotar. Dizem que é um bom lugar para paquerar. Às vezes é difícil conseguir mesa lá.

Fica na Rua Manuel Guedes, 199, na esquina a Rua Pedroso Alvarenga, no Itaim Bibi.

Salve Jorge

As porções de friturinhas (6 bolinhos de bacalhau, por exemplo) custam em torno de R$ 45. Já a caipirinha, R$ 25,80. O prato que mais vale a pena lá é o escondidinho de carne seca, que custa uns R$ 68 mas mata a fome de duas pessoas, e as carnes na chapa (picanha, linguiça e frango sai a R$ 166 e dá para 4 pessoas).

O Salve Jorge fica na Rua Aspicuelta, 544, perto da Rua Fradique Coutinho, na Vila Madalena. O metrô mais perto é da Vila Madalena, mas não dá para ir andando não.

Bar do Juarez

Esse entrou na lista de lugares para comer em SP porque meu marido adora a picanha na chapa de lá. Eu não acho assim tãaaao gostosa, é normal.

Esse bar tem unidades em vários bairros: Moema, Itaim Bibi, Pinheiros e Brooklin. Eu só fui na do Itaim Bibi, que fica na Avenida Juscelino Kubitschek, 1164, esquina com a Rua Atílio Inocenti. Abre de segunda a sexta-feira, das 17h à 01h e aos sábados, domingos e feriados das 12 à 01h.

Filial

É do mesmo dono de outro bar da Vila Madalena, o Genial. Tá sempre cheio. Só consegui ir lá uma vez e tem um bom sanduba, além daquelas comidinhas clássicas de bar (friturinhas, etc).

Fica na Rua Fidalga, 254, Vila Madalena. O metrô mais perto é da Vila Madalena. Recomendo ir de táxi, porque não é perto do metrô.

Genial

É do mesmo dono do Filial, mas é bem mais fácil de conseguir mesa, por ficar numa rua menos movimentada da Vila Madalena. Ótimas comidinhas de bar.

O Genial fica na Rua Girassol,  374, Vila Madalena. Funciona de segunda a sexta-feira das 17h até o último cliente e aos sábados e domingos a partir do meio-dia. Novamente, aconselho pegar o táxi do metrô Vila Madalena para chegar lá.

Astor

Esse bar tem um sanduba de milanesa de carne que é uma delícia. Fica numa ruazinha meio afastada da “muvuca de bares da Vila Madalena”, a Rua Delfina, 163.

No “subsolo” do bar tem o SubAstor, onde rolam umas baladinhas, ou seja, não é apenas um dos lugares onde comer em SP, mas também para dançar. O Astor abre às segundas, das 18h à 01h, terças e quartas das 18h às 02h, quintas das 18h às 03h, sextas e sábados das 12h às 3h e domingos das 12h às 18h. Eles inclusive têm uma filial no Rio de Janeiro, em Ipanema.

São Cristóvão

Esse bar fica na Rua Aspicuelta, no meio da muvuca de bares da Vila Madalena, no número 533. O legal de lá é que as paredes são cheias de fotos e flâmulas de futebol das antigas, de vários times. O bar São Cristóvão é pequeno e concorrido, por isso, chegue cedo.

Canto Madalena

Se você quer um bar com comida nordestina para a sua lista de lugares para comer em SP, saiba que o Canto Madalena tem linguicinha com aipim frito, arrumadinho, baião de dois e escondidinho de carne seca. Fui lá duas vezes: numa delas, no aniversário de um colega jornalista, que fez o bar lotar (apesar de ele ser grande). Nesse dia, estava rolando showzinho de uma banda de samba e chorinho, bem legal. No outro dia, o bar estava bem mais vazio, mas a comida estava tão deliciosa quanto da primeira vez.

Fica numa rua não muito movimentada da Vila Madalena, a Rua Medeiros de Albuquerque, no número 471.

 

Pizza

Camelo

A pizza da Camelo é uma das mais fininhas que já comi em São Paulo. As minhas preferidas são as de Margherita e a Toscana. Só não curto a pizza de chocolate. Ah, e outra grande vantagem da Camelo é que eles servem comida de verdade e petiscos também (batata frita, frango a passarinho, etc).

Eu já fui a duas unidades da Camelo. A do Itaim Bibi é grande, e mesmo quando tem fila, a espera não é absurda. A Camelo original (a primeira da rede) fica nos Jardins e estava bem lotada quando eu fui.

Nessas duas unidades, o clima é bem família e meio barulhento. Hoje a Camelo tem cinco unidades: Itaim Bibi, Jardins, Morumbi, Higienópolis e Moema. Veja no site da Camelo os endereços e horários de funcionamento.

1900

Outra pizzaria que adoro, que tem massa de espessura média. A unidade que eu conheço, da Vila Mariana, costuma atrair famílias e não é exatamente silenciosa. Só serve entradinhas, pizzas, saladas e sobremesas, nada de refeições. As pizzas grandes costumam custar de R$ 50 a R$ 90, depende do sabor.

Há unidades da Pizzaria 1900 nos bairros da Vila Mariana (Rua Estado de Israel, 240. Telefone: (11) 5575-1900), Moema (Rua Nhambiquaras, 573. Telefone: (11) 5051-1959), Jardins (Rua Barão de Capanema, 348. Telefone: (11) 3061-3125), Morumbi (Rua Doutor Fonseca Brasil, 282. Telefone: (11) 3129-1900), Perdizes (Rua Cotoxó, 944. Telefone: (11) 3868-1900) e Chácara Flora (Rua Sócrates, 598. Telefone: (11) 5522-5591).

Carcamano

Essa pizzaria é pequena, mas bem bonitinha e fica numa rua com vários restaurantes no bairro Itaim Bibi. Nunca peguei fila lá, o que não significa que a pizza não seja ótima (é muito boa!). O endereço é Rua Pedroso Alvarenga, 1127, Itaim Bibi. O telefone é (11) 3079-0003.

 

Lugares para comer em SP: conclusão

Em conclusão, o que não falta é lugares para comer em SP. Qual sua preferência de comida? Tem alguma dica de restaurante que não está na nossa lista e que deveria entrar? Deixe nos comentários a sua opinião!

 

Leia também:

 

Compartilhar este artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *