Seguro viagem América do Sul: é obrigatório? Quanto custa?

postado por Caroline Lima e publicado em 05/07/2019
Compartilhar este artigo:

A América do Sul atrai muitos brasileiros em busca de conhecer as paisagens e a cultura dos “hermanos”.  Também, né?! Com tantos lugares incríveis, como Machu Picchu, no Peru, ou até patrimônios culturais da humanidade, como o Tango, da Argentina, fica difícil ser diferente. Esses países têm investido bastante na atração de pessoas que querem viajar para o exterior e gastar menos que precisariam para ir a destinos mais distantes. Inclusive, nós, brasileiros, estamos nessa lista. Mas é preciso ter atenção, porque tem certos itens que a gente não pode abrir mão para economizar. É o caso do seguro viagem América do Sul. Afinal, ele pode ser sua salvação se acontecer um imprevisto.

E como escolher o melhor seguro viagem para a América do Sul para você? Em que países ele é obrigatório? E seguro para viagens terrestres, tem? Tire essas dúvidas neste post! Se preferir, vá direto no tópico desejado no índice abaixo.

O seguro viagem América do Sul é obrigatório?
Como escolher um seguro viagem América do Sul barato?
Posso usar o seguro viagem do cartão de crédito?
Quando posso precisar do seguro viagem América do Sul?
Como acionar o meu seguro?
Ixi, perdi a bagagem! E agora?
Tem seguro viagem terrestre América do Sul pra mim?

 

O seguro viagem América do Sul é obrigatório?

Muita gente sonha em rodar a América do Sul, seja numa única viagem ou em várias. Mas se você quer passar por essa experiência sem preocupações, é mais do que necessário contratar um seguro viagem internacional. Afinal, alguns países do continente, como por exemplo, Equador e Venezuela, não permitem a entrada de turistas sem seguro viagem.

O Equador, terra de Galápagos, vulcões e muita diversidade natural, não estipula valor mínimo para o seguro.

Já na Venezuela, é exigido um seguro com cobertura de U$ 40 mil, que deve necessariamente incluir assistência médica e repatriação funerária. Além disso, eles também solicitam um seguro de, pelo menos, U$ 1 mil em caso de roubos, furtos ou extravio de bagagem. Infelizmente sabemos o quanto isso é comum por lá, tanto quanto aqui no Brasil.

E, mesmo que a maioria dos países latinos não exijam um seguro viagem, o serviço público de saúde em todo o continente não é lá essas coisas… Logo, se acontecer algum acidente (veja o que aconteceu com a Marcelle, criadora do blog, durante um passeio de esqui em Bariloche, por exemplo), e você optar por consultas privadas, terá que desembolsar uma boa grana.

É bem aquele ditado mesmo: o barato sai caro. Só aí a gente perde uma das vantagens de fazer um mochilão ou qualquer viagem para a América do Sul: o preço mais baixo.

Então, se você não quer passar perrengue ao viajar para a América do Sul, é melhor adquirir um seguro viagem de cobertura ampla. A Seguros Promo, parceira aqui do blog, recomenda a contratação de um plano de U$ 30 mil para despesas médicas. Até porque ninguém está 100% imune àquelas comidinhas super apimentadas, né?

Vale lembrar também que vários países do continente estão sujeitos a ocorrências naturais como terremotos e erupções de vulcões, como é o caso do Chile. E isso pode levar a acidentes.

Seguro Viagem: América do Sul
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 9/dia*
AC 35 INTER + TELEMEDICINA AC 35 INTER + TELEMEDICINA Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 12/dia*
AT 40 INTER AT 40 INTER Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.500 (COMPLEMENTAR) R$ 27/dia*

Como escolher um seguro viagem América do Sul barato?

O próprio site da Seguros Promo já faz todo o trabalho de pesquisa de preço. Você só entra com seus dados pessoais e informações sobre a viagem, como o número de dias que você ficará fora.

Você pode até fazer uma simulação no site, para ver as cotações de seguro viagem América do Sul. Veja a que fiz abaixo, por exemplo. A Seguros Promo reúne diversas seguradoras do país e mostra o preço e cobertura de cada uma delas. É um agregador, como o “Booking dos seguros”. Daí você pode comprar direto pelo site da Seguros Promo e o seguro é emitido no seu nome com uma seguradora.

seguro viagem america do sul seguros promo simulação 1

O primeiro passo é preencher seu destino e duração da viagem. Fonte: SegurosPromo

seguro viagem america do sul segurospromo simulação 2

O site filtra as melhores opções de seguro. Fonte: SegurosPromo

 

Na simulação acima, o seguro mais barato, com cobertura de U$ 40 mil, sairia por menos de R$ 10 por dia! Pelo preço de uma empanada argentina (vale a pena abrir mão dessa gostosura, vai!), você fica seguro um dia inteiro.

Estamos falando da sua saúde e bem estar. Todo mundo prefere ir a um médico que um conhecido já foi. Aqui é a mesma coisa! Você não quer deixar esses bens tão preciosos nas mãos erradas, né? É por isso que a gente recomenda a SegurosPromo, que apresenta ótima reputação no Reclame Aqui.

seguro viagem america do sul reclame aqui

A SegurosPromo tem nota acima de 8 no Reclame Aqui

 

Como economizar ainda mais!

E dá pra ficar ainda mais barato, com essas dicas valiosas que vamos te dar!

  • Ao utilizar nosso cupom de desconto na Seguros Promo, você automaticamente ganha 5% ao adquirir um plano. Use o código VICIADAEMVIAJAR5 na compra e economize ainda mais!;
  • E 10% de desconto? Tá bom pra você? Na opção de pagar por boleto bancário, você recebe mais 5% adicionais;
  • Você é um viciado(a) em viajar que nem nós? Avalie a possibilidade de contratar um seguro viagem anual e economize até 60%.

 

Posso usar o seguro viagem do cartão de crédito?

O seguro viagem do cartão de crédito pode até quebrar um galho, mas ele não te protege totalmente durante a viagem.

Algumas limitações são: apenas clientes premium têm direito ao benefício, a passagem deve ter sido comprada com o próprio cartão (ou seja, se você usou milhas, babou!) e a escolha do plano é feita pela empresa, entre outros.

Por exemplo, para os aventureiros que não gostam de ir muito longe para curtir uns esportes radicais, pode ser que o seguro viagem do cartão de crédito não seja suficiente. No Chile, por exemplo, praticar rafting é muito comum e os planos oferecidos podem não cobrir a categoria esportes. Sendo assim, é melhor garantir.

seguro viagem america do sul rafting

A prática de rafting pode ser perigosa. Foto: Ticianne Ribeiro

 

Quando posso precisar do seguro viagem América do Sul?

O seguro viagem América do Sul cobre principalmente questões relacionadas à saúde. Por exemplo, intoxicação alimentar por ingerir alguma comida muito exótica, ou sentir-se mal após mudança de altitude, como ao visitar Bogotá ou Machu Picchu. Entretanto, ele também pode te ajudar – e muito! – em outras situações beeeem desagradáveis.

Como por exemplo, no caso de atraso ou cancelamento de voos. Esse é um fator que já estamos bastante acostumados aqui no Brasil, mas que também ocorrem muito em alguns países latinos, como a Argentina e Chile. Seja pela ocorrência de fenômenos naturais (vulcões, nevascas, temporais), greve de funcionários (super comum na Argentina) ou falência das empresas. Assim, ao acionar o seguro, você recebe um reembolso do valor da passagem.

seguro viagem américa do sul altitude bogotá

Mal de altitude é comum em Bogotá. Foto: Marcelle Ribeiro

Como acionar o meu seguro?

Você nem precisa arriscar um portunhol, viu? Todas as seguradoras da Seguros Promo oferecem atendimento em português 24h.

Lembre-se de viajar com aquele bloquinho amigo em mãos, com todos os contatos da sua seguradora (telefone, e-mail, chat ou WhatsApp) e seus dados pessoais.

Avise onde você está. Só assim a equipe localizará os médicos especializados mais próximos e você será atendido com ainda mais rapidez. Ao preencher sua ficha no hospital/clínica, informe que possui o seguro X.

Tem algum problema respiratório? Comprou algum remédio durante a viagem? Guarde a notinha e depois solicite o reembolso pela seguradora.

A Marcelle já foi fazer uma aula de esqui nas montanhas nevadas de Bariloche, que ocasionaram uma lesão no joelho. Após dois dias de molho, fazendo passeios leves e perdendo a agitação da cidade, decidiu acionar a seguradora. E olha, não é que os hermanos foram super bem educados? Confira o relato dela.

seguro viagem america do sul acidente esqui

Você quer brincar na neve? É melhor brincar com segurança! Foto: Marcelle Ribeiro

 

Ixi, perdi a bagagem! E agora?

Tudo bem que o povo latino é super estiloso, mas ninguém merece gastar uma grana comprando roupa nova porque perderam sua bagagem, né?

Alguns seguros mais completos também cobrem isso. Nesse caso, a seguradora te dá uma indenização junto com a empresa aérea. Fique atento (a) às duas opções e analise a melhor na hora da compra do seu plano:

  • Seguros Bagagem Complementar: se você contratou um seguro viagem com valor para extravio de bagagem de R$ 500 e a companhia aérea te der apenas R$ 200 pela perda da bagagem, por exemplo, você receberá do seguro uma indenização de R$ 300.
  • Seguro Bagagem Suplementar: Neste caso, você recebe o valor pago pela companhia mais o valor descrito na apólice do seguro. Nesse exemplo, você recebe R$ 300 da companhia aérea + R$ 500 da seguradora = R$ 700.

Tem seguro viagem terrestre América do Sul pra mim?

Mas é claro que sim! Se você for fazer uma road trip (seja de carro, ônibus ou trem) saiba que existem planos que cobrem especificamente viagens terrestres.

A Affinity, seguradora parceira da Promo Seguros, cobre o trecho nacional, caso você contrate um plano internacional. Essa é a melhor opção para quem vai conhecer vários lugares!

O site oferece várias opções. Lembrando que o seguro não cobre acidentes com o veículo, ok? E que no trecho nacional, o seguro só tem validade se o problema acontecer a mais de 100km de distância da sua casa.

Mas, se você optar por outra seguradora, a recomendação é que você contrate um seguro que cubra o trecho do Brasil e outro do país de destino.

Compartilhar este artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *