Los Angeles: Onde ficar e como circular

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 16/05/2019
Compartilhar este artigo:

Duas coisas são importantes quando o assunto é dicas gerais de viagem em Los Angeles: hospedagem e meio de transporte. Abaixo, algumas observações sobre esses assuntos que vão ajudar você a viajar melhor.

 

Como circular / transporte

Aluguel de carro em Los Angeles

Alugar um carro em Los Angeles ajuda bastante a andar pela cidade e seus distritos. LA é uma cidade de longas distâncias e não muito bem servida de transporte público. O metrô não leva a todos os lugares, e você vai se locomover bem mais rápido se alugar um carro. Antes de ir para lá em março desse ano, percebi que seria mais cômodo dirigirmos por LA, especialmente porque teríamos apenas dois dias para visitar todas as atrações do nosso roteiro, que ficavam em regiões bem diferentes da cidade.

Procurando hotel? O Booking tem opções para todos os bolsos. Reserve por esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

Alugar carro lá é super fácil. Neste post aqui eu dou todas as dicas. Nós já saímos do aeroporto direto para a locadora e de lá, poucos minutos depois, dirigindo para o nosso hotel.

Outra dica importante sobre locomoção em Los Angeles é o trânsito. Os engarrafamentos na cidade são grandes e constantes, a qualquer hora do dia. Esteja preparado, e planeje-se sempre. Eu colocava o endereço em que eu estava e o meu destino no Google Maps antes de sair do hotel, para ter uma ideia de quanto tempo levaria.

Nós também decidimos alugar um carro com GPS, pois não estávamos com 3G no celular. Já na locadora o funcionário programou o aparelho para nos dar instruções em português. Valeu super a pena.

Para aluguel de carro em qualquer lugar do mundo, eu recomendo a Rentcars. Pague parcelado e sem IOF.

Estacionar é outro tema importante em Los Angeles. A cidade é até bem servida de vagas de estacionamento, especialmente em regiões como Santa Mônica, mas em algumas vezes, para evitar stress na hora de achar onde parar, fiz alguma pesquisa prévia. Assim, quando decidimos ir a um jogo de basquete no Staples Center, eu aluguei uma vaga no estacionamento com meses de antecedência e até paguei pela internet (pois é nos Estados Unidos dá para fazer isso!). Neste post sobre o jogo eu explico como foi.

Em Santa Mônica, há tantos edifícios-garagem perto da orla e do Third Street Promenade (rua cheia de bares, restaurantes e lojas bacanas), que estacionar não é problema. Você paga nas maquininhas e não é caro: os primeiros 90 minutos são gratuitos, US$ 1 pela hora seguinte e a partir daí US$ 1,50 por cada 30 minutos seguintes. Mas paga-se no máximo US$ 14 por dia. Mais informações aqui.

 

Seguro saúde viagem internacional: escolha entre as melhores operadoras e pague com 5% de desconto com o cupom VICIADAEMVIAJAR5! Atendimento 24h em português!

Los Angeles sem carro

Para quem optar por ir a Los Angeles sem carro, a Alyssa Prado dá no blog dela as dicas de como ir para as atrações turísticas de transporte público e de Uber. Veja no link da frase aí de cima.

 

Onde ficar em Los Angeles

A escolha de onde ficar em Los Angeles vai depender de que atrações você quer ver e se está de carro ou não. Quem está sem carro (e dependendo de transporte público) ou quem quer ficar em uma região mais “central”, muitas vezes opta por se hospedar em West Hollywood. Neste post aqui o Ricardo Freire, do maravilhoso blog Viaje na Viagem, traça as diferenças entre ficar em West Holywood e Santa Mônica e indica qual desses lugares é mais indicado dependendo do perfil do turista.

Passeio guiado de 1 dia e ingressos sem fila? Contrate aqui!

Eu preferi ficar em Santa Mônica porque estar perto da praia era uma prioridade: eu sou louca por praia e queria pedalar na orla, ir nos restaurantes da Third Street Promenade e curtir um clima mais de “vida ao ar livre” do que o da badalação de LA. Ameeeei Santa Mônica. Praia linda (mesmo que você não entre no mar nem vá se bronzear, como foi o meu caso), gente bonita, atmosfera bacana.

 

Orla de Santa Mônica, em Los Angeles. Foto: Marcelle Ribeiro

Orla de Santa Mônica, em Los Angeles. Foto: Marcelle Ribeiro

Nós nos hospedamos no Ocean Park Hotel, que foi uma das opções mais baratas que encontramos em Santa Mônica. Não era no miolinho central de Santa Mônica (precisávamos pegar o carro para ir até a orla e ao Third Street Promenade), não tinha café da manhã (como muitos hotéis dos Estados Unidos), mas tinha estacionamento grátis, e tinha um quarto com o básico: cama confortável. Também não tinha banheiro privativo, mas o compartilhado era limpo e estava sempre vazio. Não tivemos nenhum problema e, pelo preço, valeu a pena. Voltaria a ficar lá.

 

Veja também:

Compartilhar este artigo:

Comentários

  1. Tânia
    10 nov 2015

    Estive em julho em LA e uma boa opção é se locomover na cidade por meio dos ônibus hop on hop off. Vc conhece todos os principais pontos turísticos e ainda tem a descrição de cada um deles pelo sistema de áudio. Recomendo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *