O que fazer em Dubrovnik (Croácia): Roteiro de 1 a 4 dias

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 17/01/2024

Dubrovnik é uma das cidades mais visitadas e famosas da Croácia, principalmente pela parte histórica. A Cidade Murada é Patrimônio Mundial da Unesco e cenário da série Game of Thrones, assistida por milhões de pessoas em todo o mundo. Mas uma curiosidade é que Dubrovnik também tem praias lindas e que valem a visita. Por isso, neste post, darei dicas dos melhores passeios para quem procura o que fazer em Dubrovnik.

Além disso, também vou falar sobre como escapar das multidões, quantos dias ficar e dar dicas de roteiros prontos! Se achar melhor, use o índice abaixo.

O que fazer
Quantos dias ficar
Dúvidas comuns

muralhas de dubrovnik

Muralhas de Dubrovnik vistas do Forte de São Lourenço. Foto: Marcelle Ribeiro.

O que fazer em Dubrovnik?

Como falei, a parte histórica domina o roteiro em Dubrovnik. Uma curiosidade é que a cidade já foi vendida para os nazistas e passou 40 anos sob o domínio deles. Além disso, Dubrovnik também já foi atacada na guerra da Iugoslávia. Vale lembrar que a Croácia fazia parte da Iugoslávia até 1991, quando começaram as disputas pela sua independência.

Visita à parte de cima da Muralha de Dubrovnik

A Cidade Murada é uma das principais atrações da cidade e, certamente, deve estar na sua lista do que fazer em Dubrovnik. Mas se prepare para subir muitas escadas, viu?

Além disso, é muito importante ter atenção ao horário para evitar muvuca, porque das 11h às 16h esta região fica lotada de turistas. Para evitar esse problema, nós contratamos o tour dos madrugadores, que começa às 8h e dura duas horas. Ele custa 25 euros (R$ 131) em novembro de 2023. Mas a entrada nas muralhas mesmo é paga à parte (como explico já já). Esse valor é apenas pelo guia.

As muralhas de Dubrovnik levaram 300 anos para serem construídas, entre os séculos XIII e XVI. Com 2 Km de extensão, o ponto mais alto da muralha chega a 47 metros de altura em relação ao nível do mar. Descendo, você encontra a Cidade Antiga, com construções muito bem preservadas.

É bem bonito e muito interessante para quem gosta de história se deparar com um cenário medieval. Além disso, durante o percurso, você também contempla uma vista linda para o mar.

vista cidade murada

Vista de cima de Dubrovnik. Foto: Marcelle Ribeiro.

Dica para economizar

A entrada na muralha custou 35 euros (R$ 184) em junho de 2023. Mas, quando decidir o que fazer em Dubrovnik, veja se não vale mais a pena comprar o Dubrovnik Pass, porque ele te dá direito à entrada na Muralha e em outras atrações da Cidade Antiga, além de ônibus liberado pela cidade o dia inteiro.

O passe de um dia para o verão (época em que eu fui) custa 35 euros (R$ 184). Ou seja, exatamente o mesmo valor que a entrada apenas da muralha, mas com o passe você tem muito mais vantagens.

Já o Dubrovnik Pass de três dias custa 45 euros (R$ 240). E o de sete dias, 55 euros (R$ 294). Estes valores são para o verão de 2024.

o que fazer em dubrovnik vista da muralha

Muralha de Dubrovnik feita de paredes de pedras defensivas. Foto: Marcelle Ribeiro.

Parte de baixo das Muralhas de Dubrovnik

Depois de aprender sobre as muralhas caminhando em cima delas no tour guiado em grupo dos madrugadores, nós fomos passear pelas atrações que ficam cercadas pela muralha, na parte baixa, mas por conta própria. É que assim tivemos tempo de entrar em cada uma das atrações que mais nos interessavam, no nosso tempo.

Porém, para ter acesso a informações históricas sobre as construções, compramos um áudio-guia por apenas 3 euros (R$ 16) em novembro de 2023. A gente foi andando e ouvindo o áudio no celular. Ao todo, levamos duas horas para conhecer as atrações da Cidade Antiga sobre as quais falarei a seguir.

Ah, vale lembrar que a Cidade Murada tem tem dois portões: Ploce e Pile. Eles ficam abertos o tempo todo e a entrada é grátis.

Palácio do Reitor

O Palácio do Reitor já foi o centro administrativo da antiga República de Dubrovnik, mas hoje é um museu. Lá as pessoas eram julgadas pelos seus crimes e, por isso, a estrutura inclui também algumas celas. Antigamente, o reitor era uma espécie de governante com poderes limitados. No palácio, vimos o seu quarto, armas, prataria e roupas de época. É um lugar bem bonito, com colunas brancas imponentes em um átrio.

A entrada no Palácio do Reitor custa 15 euros (R$ 80, nov/23), mas se você tiver o Dubrovnik Pass não paga nada.

palácio do reitor o que fazer em dubrovnik

O Palácio do Reitor já teve várias funções. Foto: Marcelle Ribeiro.

Fonte de Onofrio

Ao entrar na Cidade Murada, uma das primeiras atrações que vimos foi a Fonte de Onofrio. A estrutura foi criada no século XV por um arquiteto de mesmo nome para solucionar um problema de falta de água da cidade. A construção impressiona pelo tamanho e beleza. Ela é imensa, ornamentada e tem várias torneiras de onde as pessoas bebem água até hoje.

fonte o que fazer em dubrovnik

A Fonte de Onofrio foi construída em 1438. Foto: Marcelle Ribeiro.

Monastério Fransciscano

Uma das principais atrações da Cidade Murada é o Monastério Franciscano, que começou a ser construído no século XIV e precisou ser reconstruído em 1667 por causa de um terremoto. Lá, vimos um jardim rodeado por 120 colunas lindas, uma biblioteca muito famosa e algumas obras de arte.

jardim em museu o que fazer em dubrovnik

Colunas do Monastério Franciscano. Foto: Marcelle Ribeiro.

Além disso, a terceira farmácia mais antiga do mundo fica lá dentro. É interessante ver os potes antigos e ornamentados com os nomes de várias substâncias medicinais. A entrada no museu, por fora do Dubrovnik Pass, sai por 6 euros (R$ 32) em junho de 2023. Mas quem compra o passe não paga nada para visitar este local.

Mesmo que você não tenha muito tempo na cidade, não deixe de ir ao Monastério quando for decidir o que fazer em Dubrovnik, porque vale a pena!

farmacia antiga o que fazer em dubrovnik

Prateleiras da terceira farmácia mais antiga do mundo. Foto: Marcelle Ribeiro.

Torre do Relógio

No meio da Cidade Murada, em uma praça, fica a Torre do Relógio, uma estrutura bem alta com um sino no meio. Ela começou a ser construída em 1444 e tem 31 metros. Até hoje é mantida por uma família. Nós vimos ela apenas por fora.

torre com sino o que fazer em dubrovnik

Torre do relógio. Foto: Marcelle Ribeiro.

Igreja de São Brás

Na mesma praça onde fica a torre do relógio está a Igreja de São Brás, uma construção ornamentada com vários anjos esculpidos, crucifixos, etc. A entrada é gratuita, assim como na Catedral de Dubrovnik, que também fica na Cidade Murada (mas alguns metros adiante). As duas construções são muito bonitas e, por isso, valem uma visita mesmo que rápida.

igreja sao brás o que fazer em dubrovnik

Igreja de São Brás. Foto: Marcelle Ribeiro.

catedral o que fazer em dubrovnik

Catedral de Dubrovnik vista por dentro. Foto: Marcelle Ribeiro.

Outra atração é a Stradum (Placa), a rua principal da Cidade Murada, onde tem, além das atrações históricas, muitas lojinhas e restaurantes. É uma delícia caminhar pela rua. Aliás, é importante dizer que dentro de toda a Cidade Murada não circulam carros!

Nesta mesma região fica a Coluna de Orlando, mas a estátua estava completamente em reforma quando fomos. Por isso, nem tiramos foto.

Atrações relacionadas a Game of Thrones

Para os fãs da série Game of Thrones, a próxima atração é certa pra quando for decidir o que fazer em Dubrovnik: a Escada dos Jesuítas. Foi lá onde foi gravada a cena da “caminhada da vergonha” ou Walk of Shame. Ao lado da escada, existem construções muito altas e algumas lojinhas.

escadaria o que fazer em dubrovnik

Escada dos Jesuítas. Foto: Marcelle Ribeiro.

Bem perto da escada tem a Igreja Jesuíta de Santo Inácio de Loyola, que também é muito bonita por dentro, repleta de ornamentos, e tem a entrada gratuita.

Igreja Jesuita de Santo Inacio de Loyola o que fazer em dubrovnik

Interior da Igreja Jesuíta de Santo Inácio de Loyola. Foto: Marcelle Ribeiro.

Melhores passeios guiados em Dubrovnik

Eu recomendo dois passeios guiados para visitar pontos turísticos em Dubrovnik. Um deles é um tour na parte de baixo da cidade murada, em que um guia especializado dá detalhes da história do lugar, com a duração de uma hora e meia. O valor é 20 euros (R$ 105).

Outra opção de passeio, também acompanhada por um guia especializado, inclui a parte de cima e a parte de baixo da muralha. Ou seja, é bem completo. Na parte de cima, a duração estimada é de duas horas, enquanto na parte de baixo o tour é de uma hora e meia. O valor é 43 euros (R$ 230). Mas atenção: o valor da entrada das Muralhas é à parte.

muralhas em dubrovnik

Cidade antiga de Dubrovnik. Foto: Marcelle Ribeiro.

Passeios temáticos: Game of Thrones

Para quem é fã da série Game of Thrones, essa é uma boa dica de o que fazer em Dubrovnik. Sugiro dois passeios que levam aos lugares em que aconteceram gravações. Um deles é mais básico: consiste em um tour de duas horas, com direito a foto numa réplica do Trono de Ferro e guia explicando todos os detalhes da série. O valor dessa opção é 25 euros (R$ 131).

A outra alternativa é um passeio de dia inteiro, que vai também à Ilha de Lokrun (onde também foram gravadas cenas da série). A duração estimada do tour é de 7 horas e ele passa pela caminhada da vergonha, trono de ferro, porto real, jardins do porto real e outros lugares famosos do seriado. O valor é de 85 euros (R$ 446). Mas atenção: algumas atrações desse passeio têm a entrada paga à parte.

Todos os valores referentes aos tours citados são de novembro de 2023.

Forte São Lourenço (Fort Lovrijenac)

Fora da Cidade Murada, mas a apenas poucos passos dela, fica o Forte São Lourenço. Ele abrigou prisioneiros durante a Segunda Guerra Mundial. É uma estrutura alta, com pequenas janelas, construída em cima de uma pedra. Além disso, por lá tem alguns canhões. Eu confesso que não achei o interior do forte muito interessante. Porém, achei o lugar excelente para tirar fotos da Cidade Murada vista por fora.

Ah, vale dizer que o ticket para entrar na muralha também dá direito a entrar nesta atração sem custo extra. E quem tem o Dubrovnik Pass não paga nada.

forte o que fazer em dubrovnik

Forte São Lourenço. Foto: Marcelle Ribeiro.

Teleférico (Bondinho) de Dubrovnik

Perto da cidade murada fica o teleférico de Dubrovnik. Lembra bastante o bondinho do Pão de Açúcar e a vista dá para um mar azul turquesa. Não deixe ele de fora ao decidir o que fazer em Dubrovnik, porque a vista é linda demais. Pagamos 27 euros (R$ 142) em junho de 2023 ida mais volta por pessoa. Mas eu recomendo que você compre o ingresso com antecedência para evitar fila.

teleférico o que fazer em dubrovnik

Vista do teleférico de Dubrovnik. Foto: Marcelle Ribeiro.

Praias em Dubrovnik

Ao decidir o que fazer em Dubrovnik não deixe de conhecer ao menos uma praia, porque elas são bem bonitas e uma ótima opção para se refrescar!

Praia Banje

A praia Banje é coladinha à Cidade Antiga. Ou seja, quando começar a sentir calor nas muralhas, vale passar lá para dar um mergulho. O cenário é lindo, porque tem um mar azul-turquesa com a água bem clarinha. E como na maioria das praias croatas, o chão é de pedrinhas.

Porém, achei o aluguel das cadeiras bem caro, pois cada uma saía a 25 euros (R$ 131, em junho de 2023). Nós alugamos só o guarda-sol, por 8 euros (R$ 42) do guarda-sol. Já um lanche, como um hambúrguer, estava em torno de 18 euros (R$ 95).

praia banje o que fazer em dubrovnik

Estrutura da Praia Banje. Foto: Marcelle Ribeiro.

Praia de Sveti Jacob

Mas nossa praia preferida foi a de Sveti Jacob, porque ela tem o mar bem mais azul turquesa e transparente. Como na praia de Banje, a água é bem calminha, uma delícia. A faixa de areia não é muito extensa, mas o lugar é aconchegante. Por isso, vale super a pena. Quando estiver pensando o que fazer em Dubrovnik, já garante essa parada no roteiro!

Para ir até lá tivemos que pegar um Uber saindo da Cidade Murada. Mas ficou baratinho, apenas 4 euros (R$ 21, junho/23). Como tem poucas linhas de ônibus levam para lá, e em poucos horários, é mais fácil ir de Uber.  O carro te deixa pertinho de uma escadaria e é preciso descê-la para acessar a praia.

Uma dica é aproveitar o restaurante de lá. Como o lanche sai por uns 15 euros (R$ 79), vale mais a pena sentar para comer e já ficar na sombra do que alugar uma cadeira e guarda-sol. Cada cadeira e cada guarda-sol custavam 15 euros (R$ 79). Os preços são de junho de 2023.

praia azul o que fazer em dubrovnik

Praia Sveti Jacob com água lindíssima. Foto: Marcelle Ribeiro.

Outra praia em Dubrovnik é a de Copacabana, onde você encontra muita estrutura de restaurantes e beach clubs, por exemplo. Porém, a água lá é mais escura e, por isso, não fomos. Além disso, tem muitos hotéis por perto.

Leia também: Melhores praias da Croácia: 7 dicas de quem de fato visitou o país

Passeio de Caiaque

O passeio de caiaque é certamente uma ótima dica sobre o que fazer em Dubrovnik. Nele, você poderá ver as muralhas medievais da cidade e a Ilha Lokrum. Além disso, mergulho com snorkel e uma parada em uma praia isolada também estão na programação. O tour tem duração de 2 horas e meia e custa 30 euros (R$ 160, nov/23).

caiaque o que fazer em dubrovnik

Passeio de caiaque em Dubrovnik. Foto: Marcelle Ribeiro.

Passeios para ilhas próximas de Dubrovnik

Para quem tem mais tempo na cidade e está sem ideias sobre o que fazer em Dubrovnik, uma dica é o passeio para a ilha de Lokrun. Você pode pegar um barco para a ilha no cais da Cidade Murada mesmo, por 26 euros (R$ 142). Daí chegando em Lokrun um guia vai te mostrar os principais pontos turísticos a pé, como o Monastério Beneditino e o Jardim Botânico. O passeio tem duração de 1 hora e custa 25 euros (R$ 133) por pessoa.

E para quem gosta de ilhas, também recomendo o passeio para as Ilhas Elafita. Nele, você poderá navegar ao longo da costa de Dubrovnik, visitar as ilhas Lopud, Šipan e Koločep, e também conhecer a culinária mediterrânea com vinhos locais e especiarias. O almoço e a bebida estão inclusos, mas não tem guia turístico. A duração do passeio é de 8 horas e o custo é de 50 euros (R$ 262) por pessoa.

Estes preços são de novembro de 2023.

Passeios para ilhas um pouco distantes

Agora, quando estiver pensando em o que fazer em Dubrovnik, considere também a ideia de conhecer ilhas um pouco mais distantes. Há um passeio interessante para a Ilha de Mljet, que inclui uma caminhada no Parque Nacional Mljet com guia.

Nele você também visita a pequena ilha de Santa Maria e o Mosteiro Beneditino e tem algum tempo livre. A duração do passeio é de 11 horas, e o custo é de 105 euros (R$ 551) por pessoa.

Outra opção é o passeio para a Ilha de Korcula. Nele, você irá explorar a pequena cidade de Ston, visitar a península Peljesac e a Ilha de Korcula, além de provar vinhos locais em uma das maiores vinícolas da Croácia. A duração do tour é de 12 horas e o o custo, incluindo a degustação de vinhos, é de 69 euros (R$ 362) por pessoa. Preços de novembro de 2023.

Passeios para países vizinhos:

Cachoeiras Kravice e Mostar (Bósnia)

Se você está com tempo, uma ótima dica do que fazer em Dubrovnik é aproveitar e conhecer a Bósnia-Herzegóvina, porque o país é vizinho à Croácia. Eu fiz um passeio de dia inteiro saindo de Dubrovnik para duas atrações da Bósnia: Mostar e as Cachoeiras Kravice.

As quedas d’água mais famosas da Bósnia são muito lindas e seu tamanho impressiona. É possível tomar banho nelas.

Depois, seguimos para Mostar, onde conhecemos a Igreja de São Pedro e São Paulo, que foi totalmente destruída na guerra e reconstruída posteriormente. Mas a principal atração de Mostar é a Ponte Antiga, que foi construída em 1556 e destruída durante a guerra. Quando a reconstruíram, ela foi tombada como patrimônio da Unesco. Nós ainda tivemos 3h livres para almoçar e percorrer os arredores da cidade, visitar mesquitas, bazares e outros lugares históricos.

Mas preciso te avisar que esse é um passeio meio cansativo, porque você deve levar umas 3h30 no ônibus da excursão até a primeira atração. E para retornar à Dubrovnik a viagem dura mais ou menos o mesmo tempo. E isso se não tiver fila demorada para cruzar a fronteira. O passeio custa 65 euros (R$ 346) e eu achei ele muito bem organizado. Nosso ônibus era novo, limpo e bonito. Além disso, nosso guia falava inglês muito bem.

cachoeira na bosnia

Cachoeira na Bósnia. Foto: Marcelle Ribeiro.

Medjugorje e Mostar (Bósnia)

Outra opção de bate-volta para a Bósnia é um passeio que passa por Medjugorje. O destino de peregrinação católica da Bósnia ficou conhecido porque os fiéis acreditam que a Virgem Maria esteve na região. Por lá, você pode visitar a Colina das Aparições e a Igreja de São Jacó, onde a Santa Missa é realizada em croata e em várias outras línguas.

A viagem também passa em outras cidades, como Pocitelj, para tomar café da manhã, e Mostar, com os mesmos programas do outro passeio.

A duração da viagem também é de 12 horas. E o custo está 55 euros (R$ 289) por pessoa.

ponte antiga Montenegro

Ponte Antiga de Mostar, na Bósnia. Foto: Marcelle Ribeiro.

Kotor (Montenegro)

Montenegro é outro país vizinho à Croácia e perto de Dubrovnik que é bem interessante. Eu também recomendo o passeio de dia inteiro para lá, que passa pelo centro histórico das cidades de Kotor e Perast, combinado com a Ilha Nossa Senhora das Rochas. A beleza natural do lugar chama atenção, principalmente da baía de Kotor.

O tour dura 12 horas e custa 65 euros (R$ 346), incluindo transporte e guia. Mas atenção, porque ele não inclui ingressos, nem o valor da embarcação para Perast. Kotor fica a 92 Km de Dubrovnik e, se não tiver fila demorada no posto de imigração na fronteira, a viagem dura 2h30.

baía de kotor

Baía de Kotor. Marcelle Ribeiro.

Todos os valores citados nos passeios de caiaque, ilhas e países vizinhos são de novembro de 2023.

Quantos dias ficar em Dubrovnik?

Fique pelo menos 3 dias inteiros para dar tempo de conhecer as atrações históricas e as praias mais famosas e fazer 1 passeio de um dia inteiro para algum lugar próximo. Porém, para fazer todos os passeios bate-volta, você vai precisar de uma semana, porque tem muito o que fazer em Dubrovnik.

Logo abaixo está o meu roteiro em Dubrovnik de 3 dias:

Ah, e uma boa é ir à praia nos momentos de sol mais intenso, quando está quente demais para ficar nas atrações históricas.

Para quem não sabe o que fazer em Dubrovnik em 1 dia, recomendo fazer o tour em cima da cidade murada, depois ir à praia Banje e em seguida voltar à Cidade Murada para ver o Monastério Franciscano, a Catedral, a Igreja de São Brás e a Igreja Jesuíta de Santo Inácio de Loyola, que foram minhas atrações preferidas.

Com 2 dias, recomendo fazer exatamente como nos dias 1 e 3 do meu roteiro.

Com 4 dias, eu acrescentaria o passeio de um dia inteiro para Montenegro.

Vista das muralhas de Dubrovnik. Foto: Marcelle Ribeiro.

Dúvidas comuns em uma viagem a Dubrovnik

O que fazer em Dubrovnik com chuva?

Foque nas atrações históricas fechadas, como:

  • Monastério Franciscano
  • Palácio do Reitor
  • Catedral
  • Igreja de São Brás
  • Igreja Jesuíta de Santo Inácio de Loyola

Como se locomover em Dubrovnik?

Nós andamos muito de ônibus em Dubrovnik, de forma fácil. São muitas linhas e várias delas passam toda hora. Dá para comprar passagem dentro do ônibus. Eles são limpos e confortáveis. Os pontos de ônibus têm tanto mapas quanto painéis explicativos sobre as linhas. Além disso, andamos de Uber, opção fácil e barata.

vista geral da cidade

Vista geral da cidade de Dubrovnik. Foto: Marcelle Ribeiro.

Quando ir a Dubrovnik?

Se você quer curtir praia, vá de junho a setembro, porque no final da primavera e no verão é quando a temperatura está boa para entrar no mar. Porém, lembre-se que nos meses de julho e agosto faz MUITO calor. Com isso, andar na Cidade Antiga será desagradável se você for entre 10h e 16h. Eu, por exemplo, fui no início de junho e consegui pegar praia normalmente. Mas às 10h já estava meio quente na Muralha.

Além disso, os meses de julho e agosto são os mais lotados, porque é época de férias na Europa também. Para quem não faz questão de praia, abril, maio e outubro podem ser uma boa, porque não faz tanto frio.

É importante contratar um seguro viagem para a Croácia, porque o calor (ou frio) podem te deixar doente. Além disso, anda-se muito para conhecer Dubrovnik. Para ir à Cidade Murada tem MUITAS escadas. Isso pode causar algum problema muscular.

Como chegar a Dubrovnik?

Você pode alugar um carro pela Rentcars, ou ir de ônibus, comprando as passagens pelos sites da Flixbus e 12go.

A distância do aeroporto para a Cidade Murada é de 21 Km (27 minutos de carro). Para ir do aeroporto para o centro você pode contratar um transfer. A opção compartilhada, de ônibus, sai por 14 euros (R$ 74 nov/2023) e a privada, de carro, sai por 58 euros (R$ 305, nov/2023).

Confira mais dicas sobre o que fazer em Dubrovnik no vídeo abaixo!

E você, tem mais dicas sobre o que fazer em Dubrovnik? Escreva nos comentários!

Leia mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *