O que fazer no Centro de Florianópolis: Roteiro rápido

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 22/06/2021

Se você tem um tempinho de sobra depois da praia em Florianópolis, pode aproveitar para dar uma passadinha rápida no Centro da cidade, que pode ser conhecido em pouco tempo (uma ou duas horas). É bem pequenininho, com alguns prédios históricos, mas indico esse roteiro com dicas de o que fazer no centro de Florianópolis para quem quer matar o tempo.

Quando fomos a Floripa, nosso voo deixava a ilha à noite. Então, depois de ir à praia pela manhã, fomos conhecer o Centro. Veja o índice com o que fazer no centro de Florianópolis:

Mercado Municipal de Florianópolis
Praça XV de Novembro e a árvore centenária em Florianópolis
Palácio Cruz e Sousa e o Museu Histórico de Santa Catarina
Calçadão da Felipe Schmidt e Conselheiro Mafra
Catedral Metropolitana de Florianópolis
Casa Alfândega
Ponte Hercílio Luz
Trapiche Municipal de Florianópolis

Mapa do centro de Florianópolis

Ao decidir o que fazer no centro de Florianópolis é bom ter uma ideia do mapa da região.

O que fazer no centro de Florianópolis

Mercado Municipal de Florianópolis

Deixamos o carro num estacionamento privado bem no meio do Centro e fomos comer o famoso pastel de camarão do Mercado Municipal, no Box 32. O mercado é um prédio histórico, com vários boxes que vendem todo tipo de coisa, desde lembrancinhas até comida mesmo. Mas não achamos nada de interessante lá. Eu, meu maridão e meus sogros fomos direto no Box 32, famoso pelo pastel e pelo bolinho de bacalhau. Claro, a gente comeu!

o que fazer no centro de florianopolis mercado

O Mercado Municipal de Florianópolis. Foto: Marcelle Ribeiro.

O pastel é bem gostoso, mas confesso que já comi melhores no Rio de Janeiro. O bolinho de bacalhau também é bem bom, mas o preço é salgado (assim como o do pastel). Se não me engano, cada pastel e cada bolinho custava R$ 8 (preço de 2013).

Nós até pensamos em comer pastel e bolinho de entrada e almoçar comida de verdade lá. Porém, na nossa visita, nós achamos bem caro e não havia muitas opções. Então, decidimos almoçar só bolinho, pastéis e uma salada (deu R$ 47 por pessoa, com refri, em 2013). O Box 32 tem poucas mesas (umas 8), mas conseguimos lugar rapidinho.

o que fazer no centro de florianopolis pastel

Pastel de camarão do Box 32. Foto: Marcelle Ribeiro.

O Mercado Público de Florianópolis fica na Rua Conselheiro Mafra, 225, Centro. Horário de funcionamento: De segunda a sexta, das 8h às 19h, e sábado das 8h às 14h. Domingo com lojas fechadas, mas boxes de alimentação atendem das 10h às 17h.

O Box 32 fica na parte interna do mercado, no Box nº 32.

Praça XV de Novembro e Árvore Centenária

Depois de comer, fomos andando para a Praça XV de Novembro, onde está a Figueira Centenária. A árvore tem um tronco enorme e os galhos são amparados por barras de metal presos no chão, para dar sustentação. Tem uns banquinhos em volta. Diz a lenda que quem der a volta na árvore atrai casamento e dinheiro. A gente deu, é claro! 😉

Leia também: Onde ficar em Florianópolis: Entenda as praias e regiões

o que fazer no centro de florianopolis figueira centenaria

Figueira Centenária de Florianópolis. Foto: Marcelle Ribeiro.

Palácio Cruz e Sousa e o Museu Histórico de Santa Catarina

Na Praça XV de Novembro, nós tiramos fotos da fachada do Palácio Cruz e Sousa, que já foi a sede do governo de Santa Catarina. Mas hoje, neste prédio rosa funciona o Museu Histórico de Santa Catarina, com mobiliário histórico. Como era segunda-feira, o museu estava fechado. Então, não entramos.

o que fazer no centro de florianopolis mueseu

Museu Histórico de Santa Catarina. Foto: Marcelle Ribeiro.

O prédio é bem bonito, inclusive foi tombado como patrimônio histórico. O ingresso custa R$ 5 (preço de 2020), com meia-entrada de R$ 2 para estudantes e professores. Pessoas com deficiência ou com mais de 60 anos não pagam. Aos domingos, a entrada é gratuita para todos.

Endereço: Praça XV de Novembro, 227 – Centro. Horário de funcionamento: De terça a sexta-feira, das 10h às 18h. Sábado e domingo, das 10h às 16h.

Calçadão da Felipe Schmidt e Conselheiro Mafra

A Rua Felipe Schmidt é a principal rua em que se concentram lojas no centro de Florianópolis. Nela e na Rua Conselheiro Mafra, há calçadões, ou seja, não é permitida a entrada de carros, facilitando a circulação dos pedestres. Há comércio, bares e restaurantes, com umas lojinhas bem barateiras.

Como em outros centros comerciais populares, é indicado tomar cuidado com bolsas, mochilas e outros pertences.

Catedral Metropolitana de Florianópolis

Numa ponta da Praça XV de Novembro fica a Catedral Metropolitana, que é bem bonita e não deve ficar de fora quando você decidir o que fazer no centro de Florianópolis . Considerada catedral desde 1908, a igreja é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

É bacana que ali, a Praça da Matriz de Nossa Senhora, era o centro da Vila do Desterro, que depois virou a cidade de Florianópolis. Ou seja, as primeiras ruas e lojas do centro de Florianópolis surgiram ao redor dessa igreja, que começou a ser construída em 1673 e ainda atrai moradores e visitantes. No nosso roteiro, entramos, tiramos umas fotos dos vitrais e seguimos passeando.

Endereço: Rua Padre Miguelinho, 55 – Centro.

o que fazer no centro de florianopolis igreja

Catedral Metropolitana de Florianópolis. Foto: Marcelle Ribeiro.

o que fazer no centro de florianopolis catedral

Catedral Metropolitana de Florianópolis. Foto: Marcelle Ribeiro.

Casa Alfândega

Dentro desse prédio histórico funciona uma famosa feira de artesanato que vende desde lembrancinhas a obras de arte. Aliás, há bastante variedade (de artigos e preços), já que são cerca de 400 artesãos que ocupam esse ponto turístico.

A Casa da Alfândega fica na Praça XV de Novembro, perto do Mercado Público de Florianópolis. A entrada é gratuita. Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 9h às 18h30; sábados, das 9h às 13h.

Ponte Hercílio Luz

Da catedral, andamos para ver a Ponte Hercílio Luz, cartão-postal da cidade. Passamos pelo calçadão do centro, mas a caminhada durou uns bons 20 minutos. Debaixo do sol, foi meio cansativo.

o que fazer no centro de florianopolis ponte

Ponte Hercílio Luz vista da Praça Hercílio Luz. Foto: Marcelle Ribeiro.

Fomos ver a ponte da Praça Hercílio Luz, onde há uma espécie de mirante. Porém, confesso que não achei nada demais na ponte. Não conseguimos vê-la iluminada à noite. Então, a experiência de ver a famosa Ponte Hercílio Luz foi meio frustrante. De todo jeito, a visita pode ser bem diferente à noite, de forma que você pode incluir esse ponto turístico ao decidir o que fazer no centro de Florianópolis.

Uma curiosidade é que a ponte foi reinaugurada em 2019, após 28 anos e meio interditada! Isso mesmo. A ponte foi construída de 1922 a 1926 e foi a primeira ligação entre Floripa e o continente. É a maior ponte suspensa do Brasil, com 821 metros e ficou interditada de 1991 ao fim de 2019.

Trapiche Municipal de Florianópolis

Como ainda tínhamos tempo de sobra antes do nosso voo, pegamos o carro e fomos dar uma olhada na vista do Trapiche Municipal de Florianópolis. Esse ponto turístico é um pequeno mirante na beira do mar com um calçadão super agradável, ao lado da Avenida Beira-Mar Norte. De um lado desta avenida fica o calçadão e o mar. Do outro, prédios modernos e bonitos.

o que fazer no centro de florianopolis vista trapiche

Trapiche Municipal de Florianópolis. Foto: Marcelle Ribeiro.

Este calçadão é bem procurado por moradores que querem caminhar, andar de bicicleta ou fazer exercícios nos aparelhos de ginástica grátis que há por ali.

o que fazer no centro de florianopolis trapiche

O mar, o sol e o barquinho vistos do Trapiche de Florianópolis. Foto: Marcelle Ribeiro.

Nós tiramos umas fotos, curtimos o ventinho no rosto e sentamos num quiosque super agradável que havia ali pertinho para papear. De verdade, recomendo que essa parada esteja na sua lista sobre o que fazer no Centro de Florianópolis, porque é muito agradável. De lá, fomos para o aeroporto.

O que fazer no Centro de Florianópolis | Conclusão

Em conclusão, um passeio no Centro pode ser uma boa opção para aqueles dias de chuva ou nublados. Ou mesmo se você quer saber saber o que fazer em Florianópolis com pouco dinheiro, já que as atrações são gratuitas. E você, tem mais dicas sobre o o que fazer no centro de Floripa?

As praias de Santa Catarina estão entre os 15 destinos baratos de praia que eu recomendo. Veja o vídeo!

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *