Onde comer em Maceió: 15 restaurantes e barracas de praia imperdíveis

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 29/01/2021

Maceió, em Alagoas, é uma cidade com muitas delícias. Seja o famoso “chiclete de camarão”, seja a comida nordestina ou mesmo tapiocas, pizzas e outros tipos de gastronomia: em Maceió tem muitos restaurantes gostosos. E bares e barracas de praia também! Eu reuni nesse post as dicas dos lugares que testei em uma viagem que fiz para lá e também as de uma amiga do blog que mora na cidade. Ou seja, recomendações imbatíveis! Veja onde comer em Maceió!

Ah, e um parêntese sobre os estabelecimentos de Maceió. Em todo e qualquer bar, restaurante ou barraca de praia de Maceió tem música ao vivo. Eu adoro e em 90% das vezes os cantores eram bons e o repertório legal.

onde comer em maceio

A praia linda de Ipióca. Foto: Marcelle Ribeiro

Onde comer em Maceió

1 – Lopana

Na Lopana, eu fui logo que cheguei com meu marido a Maceió, almoçamos lá. O serviço era meio lento, mas a vibe da barraca é ótima, nada a ver com aquelas barracas axé-dance de Porto Seguro: musiquinha lounge tocando (R$ 5 de couvert artístico pelo dj), cadeiras e mesas bonitas. A comida era uma delícia. Fica na Praia Ponta Verde. Endereço: Avenida Silvio Carlos Viana, 27 – Ponta Verde. Horário de funcionamento: Diariamente, 9h à meia-noite.

2 – Alagoana Bar e Botequim

A cervejaria Alagoana Bar e Botequim é do estilo boteco chique. O público é mais velho, e a banda que estava tocando seguia no estilo pop-60 (beatles, essas coisas de coroas). Mas foi divertido e gostoso. Além disso, o couvert artístico não era caro. Em resumo, amei.

Fica na Rua Deputado Luiz Gonzaga Coutinho, 125. Horário de funcionamento: De terça a sexta-feira, das 16h à 1h. Aos sábados, das 11h à 1h. Aos domingos, das 14h às 22h.

3 – Barraca Hibiscus

Uma das praias mais legais de Maceió não fica propriamente na capital, mas a 20 Km dela. É a praia de Ipioca, com sua barraca vibe Hibiscus. Ao menos quando eu fui, a barraca enorme era a única do lugar. O Hibiscus Beach Club é cheio de mesas, cadeiras, redes e colchonetes transados, gente bonita, mar lindo de verde e calmo. Enfim, nota mil.

Apesar de ser uma ótima dica de onde comer em Maceió, tem um porém: as comidas lá são um pouco mais caras que a média no Nordeste. Então, vá preparado, pois os preços estão mais para bar paulistano.

O local é cheio de facilidades, como mesas com guarda-sol, banheiros, espreguiçadeiras e gazebos. Além disso, há música ao vivo para os clientes curtirem. O day use da barraca custa R$ 55 (ou R$ 50 à vista), sem cobrança adicional de couvert artístico. O aluguel do guarda-volumes (opcional) sai por R$ 10.

Endereço: Praia de Ipioca. Horário de funcionamento: das 8h30 às 16h30.

onde comer em maceio hibiscus

A barraca Hibiscus. Foto: Marcelle Ribeiro

4 – Imperador dos Camarões

Um dos mais famosos lugares para comer em Maceió é o restaurante Imperador dos Camarões, na praia de Pajuçara. O prato que pedimos tinha muito mais arroz que camarão, mas estava bom. Para quem quer saber onde comer chiclete de camarão em Maceió, saiba que o prato é servido por lá. É camarão coberto com uma massa com queijo, mas achei meio enjoativo.

Endereço: Av. Dr. Antônio Gouveia, 607, Praia de Pajuçara, Horário de funcionamento: das 10h30 às 23h30.

5 – Nakaffa

O Nakaffa é um restaurante que tem comidinhas, saladas, e um petit gateau gostoso! E o melhor, ele fica na Praia de Ponta Verde, colado em um restaurante japonês e numa hamburgueria. Você pode escolher sentar em um dos restaurantes e, se alguém da turma estiver a fim de comer outro estilo de comida, pedir no restaurante ao lado!

Endereço: Rua Deputado José Lages 395, Ponta Verde. Horário de funcionamento: das 11h às 22h.

6 – Kanoa

O bar de praia Kanoa tem música boa, mas é bem comum estar cheio. O local é uma dica famosa para quem quer saber onde comer em Maceió. No TripAdvisor, ele é bem avaliado, com nota 4 de 5 e destaque para o ambiente. Por outro lado, algumas avaliações do verão 2020/2021 reclamaram do atendimento e da cobrança de R$ 10 para a entrada. Eu não consegui ir justamente porque não tinha mesa.

Endereço: Orla de Ponta Verde – Av. Silvio Carlos Viana, 25 – Ponta Verde. Horário de funcionamento: quarta a sexta-feira, das 9h à meia-noite.

7 – Maria Antonieta

O Maria Antonieta é uma dica de onde comer em Maceió dada por uma amiga que mora lá. O cardápio é especializado na culinária italiana. Pizzas, risotos, massas e outras delícias são servidas no local.

Endereço: Avenida Dr. Antônio Gomes de Barros, 150, no bairro de Jatiúca. Horário de funcionamento: diariamente, das 12h às 16h e das 18h à meia-noite.

8 – Bodega do Sertão

Outra dica de onde comer em Maceió dada por uma amiga que mora lá é o Bodega do Sertão. O cardápio tem muitas tapiocas (salgadas, doces, veganas) cuscuz, petiscos, pratos juninos (como pamonha, bolos, canjica e mugunzá) e outros pratos tipicamente nordestinos. Aguei aqui só de pensar. rsrsrs

Endereço: Avenida Júlio Marques Luz, 62 – Jatiúca. Horário de funcionamento: das 11h30 às 22h30.

9 – Picuí

O Picuí é outra indicação de onde comer em Maceió dada por uma amiga que mora lá. O chef do restaurante, Wandeson Medeiros, já recebeu diversos prêmios de reconhecimento, como chef do ano e revelação. Um dos destaques do cardápio é o arroz de polvo dos milagres.

Endereço: Avenida da Paz, 1140, Jaraguá. Horário de funcionamento: Segunda e domingo, 11h30 às 17h.

10 – Massarella

A cantina italiana também foi indicada por uma amiga que mora na cidade. O Massarella é super tradicional em Maceió, então é uma dica para quem quiser comer bem e com preço justo.

Endereço: Rua José Pontes Magalhães, 271, Jatiúca. Horário de funcionamento: De terça a quinta feira, das 12h à meia-noite. Sexta e sábado, das 12h à 1h. Domingo, das 12h à meia-noite.

11 – Wanchako

Esse restaurante peruano é incrível para quem quer sair do óbvio ao decidir onde comer em Maceió. O Wanchako foi eleito o melhor restaurante de Maceió várias vezes pela Veja Maceió. Além disso, o Guia 4 rodas selecionou o local como melhor culinária peruana no Brasil.

Endereço: Rua Francisco de Assis, 93, Jatiúca. Horário de funcionamento: Segunda a sábado, das 18h às 23h.

12 – Lua cheia

Eu ainda não conheço o Lua Cheia, mas é super bem recomendado. Os preços são um pouco mais altos do que outros restaurantes de Maceió, mas os clientes dizem que o charme do local e o sabor dos pratos compensa.

Endereço: Rua São Pedro, 250, Garça Torta. Horário de funcionamento: Quinta, das 16h às 23h. Sextas, das 12h às 23h. Sextas e sábados, das 12h às 23h. Domingo, das 12h às 17h.

13 – Divina Gula

Também premiado e reconhecido, o restaurante Divina Gula promete uma combinação e tanto: comida típica mineira com ingredientes alagoanos. Sem dúvida, uma ótima dica para quem quer saber onde comer em Maceió comidinhas que vão além dos frutos do mar.

Endereço: Rua Engenheiro Paulo B. Nogueira, 85, Jatiúca. Horário de funcionamento: Terça a quinta de 12h à meia-noite. Sexta e sábado, das 12h às 2h e domingo de 12h à meia-noite.

14 – Le Corbu

O Le Corbu serve comida francesa e faz sucesso na capital de Alagoas. Apesar de ser um dos melhores restaurantes de Maceió, tem preços um pouco mais altos que a média da cidade.

Endereço: R. Desportista Humberto Guimarães, 877 – Ponta Verde. Horário de funcionamento: De quarta-feira a domingo, das 12h às 15h e das 19h às 23h.

15 – SantOrégano

A SantOrégano é uma pizzaria famosa de Maceió e indicada por uma amiga que mora na cidade. Segundo o site do restaurante, é a 7ª melhor pizza do Brasil. Ah, no cardápio também conta com carnes, peixes, frutos do mar e aves.

Endereço: Rodovia AL – 101 Norte, 56, Riacho Doce. Horário de funcionamento: Segunda a quinta-feira, das 17h às 23h. Sexta e sábado, das 17h à meia-noite. Domingo, das 12h às 23h.

Onde não comer em Maceió

Bar do Pato

Agora que você já sabe onde comer em Maceió, vou contar a nossa decepção nessa viagem. Depois de uma manhã deliciosa na Praia do Francês, paramos para almoçar num dos muitos restaurantes à beira da Lagoa Manguaba, o Bar do Pato. Li numa matéria da revista Viagem e Turismo que lá era onde tinha os melhores peixes e camarões, apesar da especialidade da casa ser pato.

Adorei o visual do lugar, mas a comida deixou a desejar. O peixe do meu pai veio frio e os nossos camarões meio sem graça (ainda mais para quem, como eu, já comeu a moqueca de camarão do Iemanjá em Salvador). Então, baseada nesse almoço, não recomendo esse restaurante.

Onde comer em Maceió: Conclusão

Em conclusão, é até difícil escolher onde comer bem e barato em Maceió, já que vários restaurantes têm ótimo custo-benefício na capital alagoana. Além disso, esse destino turístico é perfeito para quem, assim como eu, gosta de uma boa música ao vivo. Afinal, os bares e restaurantes costumam ter apresentações bem bacanas, com repertório legal e bons cantores.

Leia também:

Comentários

  1. 18 mar 2011

    A orla de Maceió é uma delícia mesmo!

    A ida à praia do Gunga vale a pena pelo visual e banho de mar, pois a estrutura de barraca não é muito boa. Mas a vista é do encontro do rio com o mar… muito lindo. E a água, melhor ainda.

    Ah, e imperdível também é o clássico passeio de jangada na praia de pajuçara, feito na maré baixa. Alugamos óculos para apreciar os peixinhos.

  2. Anonymous
    25 mar 2011

    Uma dica de restaurante em Maceió é o Divina Gula que é uma famoso pela sua comida caseira. Como o chique é ser simples, o local tem uma decoração estilo casa de fazenda e a comida é servida em panelinhas. O preço é meio salgado mas a comida vale muito a pena.
    http://www.divinagula.com.br/#

    Camille

  3. Carolina
    19 set 2011

    Olá Marcelle, td bem?
    Esse ano 2011/2012 vou passar o ano novo em Macéio e estou a procura de alguma festa fora a enchante e absolut. Você achou que vale a pena ir no Foca Bier? É bonito, dá pra ver fogos e comer bem??
    Nunca estive em Macéio então não sei nada! Rs
    Enquanto esteve lá, ficou sabendo de algum outro lugar pra passar a virada que valesse a pena??
    Se puder me ajudar agradeço!
    Obrigada,
    Carolina

  4. 19 set 2011

    Carolina,
    O reveillon no Foca Bier foi legal, mas não sei se passaria o ANo Novo novamente lá. Pontos positivos: a comida estava bem gostosa, com camarão, lagosta e whisky carésimos liberados a noite inteira. SObremesas gostosas também. Mas para ver os fogos a gente teve que sair da nossa mesa, porque ficamos numa mesa que não era na varanda do restaurante, mas sim dentro. Pontos negativos de passar o reveillon no Foca Bier: é meio parado. Quando chegamos, tava rolando musiquinha ambiente (dj), mas ficou na musiquinha ambiente até depois da virada do ano. Só por volta das 0h30 é que a banda apareceu e começou a tocar. E no início, tocou umas músicas meio antigas (estilo formatura), e as pessoas demoraram a ir para o salão (na ponta contrária das mesas) dançar. Ou seja, a gente até dançou um pouco, mas a pista estava bem vazia. Ah, e o público é bem mais velho, tipo sessentões com dinheiro, que curtem ficar na mesa a noite inteira tomando whisky.
    A gente chegou a ver outras alternativas lá, mas todas eram muito “night bombante” para nosso grupo (que apesar de ter jovens de 30 anos, tinha também o meu pai de 60 e minha irmã de 14 anos). Olhamos no Kanoa Beach, uma barraca de praia que é bem badalada à noite, mas no Reveillon ela não fez festa. Olhamos em mais umas 2 ou 3 barracas de praia mais badaladas, mas infelizmente não me lembro o nome. Eram bem mais baratas que o Enchanté e o Absolut (tipo uns R$ 180 por pessoa, tudo liberado), e tinha mesa para sentar.
    Minha dica é: ligue (isso mesmo, ligue, porque eles são péssimos de responder email) para as barracas de praia mais badaladas de lá de Maceió e pergunte. No post eu falo de algumas. Mas só adianta ligar no final de novembro ou início de dezembro, porque, pelo menos no ano passado, elas decidiram o reveillon super em cima da hora.
    E o fundamental: não conte com os fogos da prefeitura na praia. Foram decepcionantes mesmo, mesmo para quem nunca viu os fogos de Copacabana (para quem viu, então, nem se fala).
    ABs,

    Marcelle

  5. Carolina
    20 set 2011

    O Marcelle!! Super obrigada pelas dicas…Era isso que eu queria saber mesmo..!! Eu tenho 28 anos e vou só eu e meu marido então queríamos um lugar não tão “balada” mas tb que pudessemos ver fogos, agito e comer bem!! Você me ajudou muito. Vou ligar nos quiosques daqui uns meses então….
    Obrigada!!
    Bjo!!
    Carolina

  6. Anonymous
    24 dez 2012

    gente quem nao curtir cudades de porte pequena não faça passeios em pequenas cidades procure os grandes centros,mas nao fale das cidades que acolhem tao bem os turistas

  7. Natália
    06 jan 2015

    Olá, Marcelle! Um lugar realmente imperdível em Maceió ( que na verdade fica a uns 25 km de lá num pequeno municipio chamado Marechal Deodoro) é a Praia do Francês. A praia do Francês é em Maceió o que o Cristo Redentor é no Rio de Janeiro. É maravilhosa, com água cristalina onde na parte funda você consegue ver seus pés. Lá tem várias pousadas legais, mas uma dica muito boa é a Trilha do Mar muito frequentada por sufistas e aderentes à prática de Camping (lá tem uma área de Camping excelente). Enfim, fica a dica. Abraço,
    Natália.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *