Chapada dos Guimarães (MT): Quando ir, como chegar, onde ficar e comer

postado por Marcelle Ribeiro em 05/11/2016 - Atualizado em: 21/01/2018
Compartilhar este artigo:

Agora que já falei dos passeios, cachoeiras, mirantes e atrações da Chapada dos Guimarães (MT), vamos a algumas dicas práticas.

 

Como chegar

O aeroporto mais próximo da Chapada dos Guimarães é o de Cuiabá (MT), que fica a 76km. Eu aluguei um carro na capital e em 1h30 você percorre o trajeto. A estrada é boa, asfaltada, tranquila mesmo em feriados.

Dá para ir de ônibus também, mas aí você vai precisar de transporte das agências para fazer os passeios e não vai poder combinar a ida à Chapada com uma viagem à vila de Bom Jardim, na cidade de Nobres. É que pouquíssimas agências de viagem da região fazem roteiros nas duas cidades (Chapada + Bom Jardim). Normalmente elas só operam na cidade em que estão baseadas.

Mas, se você quer ir de ônibus, saiba que as empresas que operam o trecho de Cuiabá até a Chapada são a Expresso Rubi e a Chapadense. Elas não têm site. Achei os horários das partidas aqui, mas recomendo que você telefone para as empresas para checar:

– Expresso Rubi Rodoviária de Cuiabá – 65 3621-1764. Expresso Rubi Rodoviária de Chapada dos Guimarães – 65 3301-1280.

– Rodoviária da Cuiabá: (65) 3621-1515 e (65) 3621-1040.

– Rubi na Chapada: (65) 3301 1919

Segundo esse outro site aqui, a passagem custa R$ 18 e a viagem de ônibus demora 1h30.

 

Quando ir

Dezembro, janeiro, fevereiro e março são os meses mais chuvosos e que eu evitaria se fosse você. Eu fui e abril, em que chove um pouco menos, e foi tranquilo. Não choveu. Mas estava um calor dos diabos. Dê uma olhadinha na média de chuvas e de temperatura mês a mês aqui no site da Climatempo.

 

Onde ficar

Ao contrário do que acontece em Nobres, a Chapada dos Guimarães já possui uma boa infraestrutura para o turismo. São várias opções de pousadas, agências de turismo e restaurantes. Durante os feriados, a procura é muito intensa e é bom se organizar com antecedência. No nosso caso, ficamos na Pousada Vento Sul e dividimos o nosso quarto com um casal de amigos.

IMG_5878

O quarto da pousada é espaçoso e o ar condicionado é ótimo. Foto: Marcelle Ribeiro

IMG_5880

O banheiro da pousada era limpo e tinha água quente. Foto: Marcelle Ribeiro

A pousada é ótima, tem ar condicionado, chuveiro quente e um café da manhã bem gostoso. O quarto tinha uma cama de casal e duas de solteiro, mas dá pra transformar em duas camas de casal se você reorganizar os móveis. Além disso, cada quarto tem uma rede na varanda.

A pousada fica um pouquinho afastada do miolo do centrinho da Chapada, então recomendo que você esteja de carro caso se hospede lá. Tem estacionamento interno.

 

Onde comer

Como ficamos pouco tempo na Chapada, não tivemos oportunidade de comer em muitos lugares. Não almoçamos no primeiro dia para poder aproveitar ao máximo os passeios e, com isso, tivemos apenas um jantar na cidade. Mas que jantar!

Como estávamos morrendo de fome, decidimos procurar um lugar que servisse boas porções e escolhemos o Pomodori. Foi uma ótima escolha!

IMG_5883

O Pomodori é uma boa opção para um jantar na Chapada. Foto: Marcelle Ribeiro

De entrada, escolhemos empadas (R$ 6), pois as do restaurante são super famosas, apesar de ele ser especializado em massas. Todas estavam bem gostosas. No prato principal, cada um pediu o seu, mas posso dizer que todos estavam bem saborosos. Comemos polpettone com macarrão (R$ 46) , bife à parmegiana com fritas (R$ 49), e medalhões com risoto (R$ 49) e estava tudo muito bom. Recomendo bastante!

IMG_5890

Bife à parmegiana do Pomodori. Delícia! Foto: Marcelle Ribeiro

IMG_5882

Empada do Pomodori. Foto: Marcelle Ribeiro

IMG_5888

Medalhão com risoto do Pomodori. Foto: Marcelle Ribeiro.

IMG_5892

Espaguete com polpetone do Pomodori. Foto: Marcelle Ribeiro.

O Pomodori fica no centrinho da Chapada, na Avenida Quinco Caldas, 60. Eles ficam aberto ara almoço direto até o jantar.

 

Reserve sua hospedagem na Chapada dos Guimarães pelo Booking clicando aqui e ajude o blog a ganhar uma pequena comissão sem pagar nada a mais! (saiba como funciona essa parceria aqui)

Ao reservar o seu carro pelo portal Rentcars por esse link, você compara preços de várias locadoras, consegue descontos e colabora com o Viciada em Viajar.

 

Leia também:

Chapada dos Guimarães: o que fazer, quantos dias ficar e sugestão de roteiro

Índice de posts sobre a Chapada dos Guimarães

Como ir, onde ficar e o que comer em Nobres / Bom Jardim (MT)

5 razões para você conhecer Nobres (MT)

Compartilhar este artigo:
Publicado por Marcelle Ribeiro

Jornalista, baiana, mas há mais de 20 anos moradora do Rio de Janeiro. Nos seus mais de 30 anos de vida, já viajou sozinha e acompanhada. Casada com o Guilherme, petlover e viciada em pesquisar novos destinos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *