Tatajuba e Lago Grande: como é o passeio em Jericoacoara?

postado por Marcelle Ribeiroe atualizado em: 12/11/2020

Tatajuba e Lago Grande são um dos principais atrativos de Camocim, cidade vizinha à Jericoacoara, no Ceará. O local fica no litoral oeste de Jeri e está entre os passeios mais oferecidos na região, assim como as lagoas Azul e Paraíso, localizadas do lado leste. A visita, que é feita de buggy, inclui navegar de bote em um rio e até fazer sandboard nas dunas.

Antes de tudo, vale citar a história da praia de Tatajuba, que é muito interessante: o vilarejo de pescadores que habitava o local na década de 80 foi soterrado pelo vento, formando as famosas dunas. Então, os moradores tiveram que reconstruir suas casas no outro lado do rio. Essa comunidade mais recente é conhecida como Nova Tatajuba.

Ah, e essa região fica no entorno do Parque Nacional de Jericoacoara.

tatajuba dunas camocim

Dunas de Camocim.

Já o Lago Grande é a parada final do passeio, onde você pode descansar nas redes que ficam dentro do lago e admirar a paisagem.

A seguir, você vai descobrir como foi a minha experiência no passeio para o litoral oeste de Jericoacoara. Além disso, veja algumas dicas para quando você for visitar a praia de Tatajuba e o Lago Grande.

Saída de Jericoacoara para Tatajuba

O passeio para Tatajuba vai ocupar uma boa parte do seu dia, visto que dura, aproximadamente, 5 horas. Além disso, o buggy sempre sai de Jeri na parte da manhã, normalmente, por volta das 9h.

O veículo passa pela faixa de areia menos usada por banhistas na praia principal. Depois, o bugueiro atravessa um braço de mar em uma balsa e faz a primeira parada, em um rio de água salobra. Neste local, os turistas têm a opção de pagar R$ 10 a mais para fazer um passeio de bote para encontrar cavalos-marinhos na beira do mangue.

tatajuba passeio para ver cavalo marinho

Passeio para encontrar cavalo-marinho em Tatajuba. Foto: Marcelle Ribeiro

Cavalos-marinhos em Tatajuba

Infelizmente, achei essa parte do tour em Tatajuba uma roubada! Passamos uns 20 minutos debaixo de um sol escaldante procurando cavalos-marinhos e nada… Chegamos a ver uns caranguejos, mas os passageiros já estavam todos frustrados. Foi então que um dos 6 barcos com turistas que estavam na região encontrou um cavalo-marinho. Depois disso, o bicho foi colocado em um pote de vidro com água que passou de mão em mão, barco por barco.

No entanto, o que não nos avisaram é que é comum essa demora para achar o pequeno peixe durante o passeio. Inclusive, ouvi até que alguns grupos saíram de lá sem ver nenhum cavalo-marinho.

Pena que só bem recentemente é que aprendi que esse tipo de atração estressa o bicho, como eu conto no post sobre turismo responsável com animais na praia.

tatajuba cavalo-marinho

Cavalo-marinho encontrado no passeio em Tatajuba. Foto: Marcelle Ribeiro.

Na sequência, o buggy nos levou a um ponto onde havia um mangue, mas que hoje é uma área de areia com raízes expostas. Para dar uma graça no lugar, colocaram redes e balanços para os turistas tirarem fotos durante uma rápida parada.

tatajuba rede nas raizes expostas

Rede nas raízes expostas em Tatajuba.

Sandboard em Tatajuba

Em seguida, paramos nas belas dunas de Camocim. Lá, os turistas podem praticar sandboard, esporte que consiste em descer montanhas de areia utilizando uma prancha parecida com a de snowboard. Caso queira ajuda para subir as dunas, é preciso pagar R$ 10.

Logo após, seguimos para um segundo ponto, onde a queda de sandboard dá na lagoa rasa. Além disso, o local é repleto de belezas naturais e rende ótimas fotos.

tatajuba sandboard dunas camocim

Sandboard nas Dunas de Camocim. Foto: Marcelle Ribeiro.

tatajuba sandboard dunas camocim

Queda do sandboard dá na lagoa rasa. Foto: Marcelle Ribeiro.

Lago Grande em Tatajuba

Continuando nosso passeio pela praia de Tatajuba, fomos para o famoso Lago Grande, também conhecido como Lagoa da Tatajuba. Há ainda quem chame de Lagoa Tatajuba, embora um lago costume ser bem maior do que uma lagoa.

Essa foi a atração mais bacana do tour: tivemos cerca de 2 horas para relaxar nas redes que ficam dentro do lago. No entanto, é uma pena que o vento balance demais a rede, fazendo com que deitar não seja tão relaxante. Inclusive, eu fiquei até com um pouco de frio.

tatajuba rede lago grande

Lago Grande em Tatajuba tem redes para relaxar.

tatajuba redes lago grande

Redes no Lago Grande em Tatajuba. Foto: Marcelle Ribeiro.

Apesar de a cor da água ser meio marrom, ainda assim vale tomar um banho no Lago Tatajuba. Além disso, no entorno do local, há restaurantes bem rústicos onde você pode almoçar ou petiscar. Arrisquei comer uma isca de peixe como almoço na Barraca do Branco. Até que o prato estava razoável e ainda foi barato: paguei R$ 30 por uma porção que facilmente servia duas pessoas e a refeição veio acompanhada de baião de dois e farofa.

tatajuba almoço lago grande

Almoço no Lago Grande de Tatajuba. Foto: Marcelle Ribeiro.

Vila Velha de Tatajuba

A última parada do passeio em Camocim foi na Vila de Velha Tatajuba. A região abriga ruínas de casas destruídas pelo vento e soterradas pelas dunas. Todos os buggys param em um local nas dunas de Tatajuba onde uma senhorinha conta a história de como a cidade foi arrasada pelos fenômenos naturais. Ela não cobra nada pela explicação, mas agradece se os turistas comprarem água e cocada.

tatajuba senhora conta historia do vento e dunas

Parada para ouvir a história de Tatajuba. Foto: Marcelle Ribeiro.

Depois, finalmente é hora de pegar o caminho de volta e retornar para o meu hotel em Jericoacoara. E você ainda tem tempo de assistir ao pôr do sol.

Aliás,s e você estiver procurando hospedagem em Jericoacoara, minha dica é reservar seu hotel pelo Booking e aproveitar os melhores preços.

Preço do passeio

Com relação ao preço, esse passeio pelo litoral oeste de Jericoacoara costuma custar cerca de R$ 75 por pessoa em buggy compartilhado. No entanto, ainda é possível reservar todo o veículo, que geralmente comporta quatro pessoas, pelo valor médio de R$ 300.

Eu fiz esse tour de buggy como cortesia da agência JIC-TUR, em parceria com a Jumentur. Recomendo as agências, principalmente, pelo profissionalismo e simpatia da equipe. O texto deste post reflete a minha real opinião.

tatajuba caranguejo no passeio para encontrar cavalo marinho

Caranguejo no passeio para encontrar cavalo-marinho. Foto: Marcelle Ribeiro.

Conclusão

Para concluir, o passeio para a Praia de Tatajuba, em Camocim, é quase obrigatório durante a sua viagem para Jericoacoara. O litoral oeste da região tem paisagens belíssimas e dunas esculpidas pelo vento. Além disso, você ainda pode aproveitar para relaxar no Lago Grande.

E você, já fez o tour da Praia de Tatajuba e Lago Grande? Conte para a gente nos comentários o que você mais gostou!

Assista ao vídeo sobre lugares para passar a lua de mel no Brasil!

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *