O que fazer em Tiradentes (MG): quais das 23 atrações valem a pena?

postado por Marcelle Ribeiroe atualizado em: 07/08/2020

Antes de ir para lá, eu achava que não tinha muito o que fazer em Tiradentes (MG). Mas pesquisando antes e também uma vez lá, eu percebi que há muito o que conhecer em Tiradentes sim. Porém, será que tudo vale mesmo à pena? Já te adianto que a maioria das 23 atrações em Tiradentes, em Minas Gerais, e arredores são bacanas sim. Confira no post! Se preferir, clique no índice abaixo.

Mapa dos pontos turísticos de Tiradentes
Principais Pontos Turísticos e Passeios
Coisas para fazer em Tiradentes à noite
O que visitar em Tiradentes com chuva
Como é o Natal em Tiradentes
Réveillon em Tiradentes
Como é o Carnaval em Tiradentes
O que ver em Tiradentes no inverno
Festivais e eventos em Tiradentes

Como não ter trabalho para achar hotel em Tiradentes

Para não quer ter um trabalhão para pesquisar entre as centenas de hotéis disponíveis, eu fiz um post com 8 dicas de onde ficar em Tiradentes, com sugestões que vão desde pousadinhas com ótimo custo benefício até hotéis maiores, bons para casais ou famílias com crianças. Se preferir, veja direto pousadas e hotéis em Tiradentes no site do Booking.

Mapa dos pontos turísticos de Tiradentes

O que fazer em Tiradentes de dia – Pontos turísticos e passeios

1 – Praça Largo das Forras

Coração do centro histórico de Tiradentes, a Praça Largo das Forras concentra boa parte dos restaurantes e bares da cidade, muitos com mesinhas nas calçadas. Com uma grande e frondosa árvore, ela é o lugar para ver gente e ser visto.

2 – Igreja de São João Evangelista

Restaurada, a igreja de 1740 tem lustre elaborado e paredes pintadas num bonito colorido, com muito rococó. Nela foi enterrado o compositor do século XVIII Manoel Dias de Oliveira. Fica na Rua Padre de Toledo, no centro histórico.

igreja são joão evangelista o que fazer em tiradentes

Igreja de São João Evangelista. Foto: Marcelle Ribeiro.

3 – Estátua de Tiradentes

Ao lado da Igreja de São João Evangelista fica a estátua em metal de Tiradentes, o Joaquim José da Silva Xavier, um dos líderes da Inconfidência Mineira, movimento contra os altos impostos cobrados no Brasil que durou de 1789 a 1792. Vale uma foto.

4 – Casario colorido

Andar pelas ruas de Tiradentes vendo as casinhas bem preservadas e coloridas já é um programão!

5 – Museu da Liturgia

O pequeno museu tem mais de 400 peças usadas em celebrações católicas dos séculos XVIII a XX, além de instalações audiovisuais e multimídia. As mais interessantes são os belos e enormes acessórios de prata e as vestimentas de padres. Em 30 ou 40 minutos você conhece.

O Museu da Liturgia fica na Rua Jogo de Bola, 15, no centro histórico de Tiradentes. Funciona às segundas, quintas, sextas e sábado das 10h às 17h. Aos domingos funciona das 10h às 14h. Não abre às terças e quartas. A entrada custa R$ 10. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia. Crianças até 5 anos não pagam.

museu da liturgia o que fazer em tiradentes

Foto: Marcelle Ribeiro.

6 – Museu de Sant’Ana

O mais interessante desse pequeno museu é que ele funciona dentro de uma antiga cadeia pública de 1845 (que funcionou até 1980) e, por isso, é um dos importantes lugares para visitar em Tiradentes. Ele tem mais de 300 imagens da santa mais cultuada no Brasil, Maria. Elas foram produzidas entre os séculos XVII e XIX.

O Museu de Sant’Ana fica na Rua Direita, 93 (entrada pela Rua da Cadeia), no centro histórico da cidade. A entrada custa R$ 5, com meia para idosos acima de 60 anos e pessoas de até 21 anos. Estudantes não pagam. Nas segundas, quartas, quintas, sextas, sábados e feriados ele funciona de 10h às 18h. Aos domingos, fica aberto das 10h às 16h. O museu não abre às terças-feiras.

imagem santa ana o que fazer em tiradentes

Museu de Sant’Ana. Foto: Marcelle Ribeiro.

7 – Igreja Matriz de Santo Antônio

A Igreja Matriz de Santo Antônio é um símbolo da arquitetura barroca e do rococó. Ela tem mais de 480kg de ouro em seu interior e está entre as igrejas mais ricas no material em Minas Gerais . Sua fachada foi toda substituída, e o trabalho foi encomendado ao Mestre Aleijadinho. Por isso, ao analisar o que fazer em Tiradentes, você não pode deixá-la de fora.

Ela fica no alto de uma ladeira, o que permite vê-la de vários pontos da cidade. De lá a vista também é bem bonita, com o casario e o verde da Serra da São José.

Endereço: Rua da Câmara s/n. Abre diariamente, das 9h às 17h. A entrada custa R$ 5, mas você não paga esse valor de entrada se for assistir ao espetáculo Roteiro Narrado (abaixo).

igreja matriz o que fazer em tiradentes

Igreja Matriz de Santo Antônio. Foto: Marcelle Ribeiro.

8 – Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos

Construída por escravos, esta é a igreja mais antiga da cidade, tendo sido construída entre 1708 e 1719. O altar é folheado a ouro e os altares laterais têm imagens de santos negros, como São Benedito. Porém quando fomos, ela estava começando a ser restaurada e o que se via no interior eram andaimes e paredes e capelas desgastadas.

Como a entrada é paga (R$ 5) e restaurações costumam demorar, ao decidir o que fazer em Tiradentes eu talvez deixaria ela de fora.

Endereço: Rua da Direita, esquina com a Praça Padre Lourival. Horário de funcionamento: diariamente, das 9 às 17h.

igreja nossa senhora orsario dos pretos que fazer em tiradentes

Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos. Foto: Marcelle Ribeiro.

9 – Pôr do sol no Morro da Capela São Francisco de Paula

Um lugar bonito para ver o sol se pôr e a cidade toda do alto é o alto do morro da Capela São Francisco de Paula. Em frente a ela tem um cruzeiro e um gramadão verdinho bom para descansar as pernas enquanto acompanha o entardecer. A capela em si é bem pequenina, com paredes e mural em cores fofinhas.

A subida é meio íngreme, mas de calçamento. Não é difícil, com calma se chega. Esse é um dos principais lugares para conhecer em Tiradentes. Fica na Rua São Francisco de Paula, no centro histórico.

vista tiradentes o que fazer em tiradentes

Vista do morro da Capela São Francisco de Paula. Foto: Marcelle Ribeiro.

10 – Compras

Quem gosta de artesanato, queijos, doces, cachaças e licores mineiros definitivamente tem que reservar um tempinho para as compras ao decidir o que fazer em Tiradentes. São muitas as lojinhas e as opções. Tudo lindo e/ou muito gostoso. Elas ficam espalhadas pelo Centro Histórico da cidade.

Fábrica de Chocolates tem chocolates, doce de leite, goiabada, e outros doces. Fica na Rua Ministro Gabriel Passos, 225, no Centro Histórico.

Por sua vez, o Chico Doceiro é onde tem um dos doces mais famosos da cidade, aquele canudinho de massa folheada com doce de leite, por exemplo. Fica na Rua Francisco Pereira Morais, 74, no Centro Histórico.

Em Tiradentes não são todas as lojas que permitem a famosa “provinha grátis”. Mas um dos que permitem é a Casa do Queijo, onde você encontra o Canastra tradicional, curado, meia cura e requeijão, além de todo tipo de doce artesanal mineiro. São duas lojas na cidade: Rua Henrique Diniz, 146 e Rua Ministro Gabriel Passos, 190, ambos no centro.

Já a Ouro Canastra tem uma variedade maior de queijos, inclusive uns super diferentões. Os preços são um pouco mais altos. A loja fica na Rua Direita, 205, no centro histórico, e tem provinhas grátis de cachaça e doces também.

O Empório Heliodora (Largo do Ó, 17, centro histórico) tem belos artesanatos a bons preços.

Se você prefere ver as dicas em vídeo, é só clicar abaixo!

11 – Igreja Nossa Senhora das Mercês

A fachada desta igreja construída entre 1760 e 1828 é simples, mas o tom amarelo dá um ar de beleza. Infelizmente não consegui ver por dentro porque estava sempre fechada. Aparentemente, para visitar, só indo numa missa domingo de manhã. Endereço: Largo das Mercês, no centro histórico de Tiradentes.

igreja nossa senhora mercês o que fazer em tiradentes

Igreja Nossa Senhora das Mercês. Foto: Marcelle Ribeiro.

 

Cachoeiras e Trilhas em Tiradentes – Serra de São José

Há várias trilhas que levam aos principais mirantes da Serra de São José, que fica ao redor de Tiradentes. A agência Uai Trip oferece guia para as trilhas abaixo e para outras que são variações destas.

12 – Trilha do Carteiro

Esta trilha pela Área de Proteção Ambiental (APA) São José tem cerca de 7km, leva 3h30 para ser feita e tem nível de dificuldade médio. As atrações são o Refúgio das Libélulas, a Calçada dos Escravos, a Cruz do Carteiro e piscinas naturais.

13 – Travessia / trekking Mirantes da Serra

Nesta trilha na APA São José você também verá o Refúgio das Libélulas, que tem mirantes que chegam até 1260 mts, a Calçada dos Escravos, alguns mirantes da Serra (1100 mts -1250 mts de altitude), além da Cachoeira do Mangue, antiga área de extração do ouro e de trechos vicinais da Estrada Real.

14 – Cachoeira do Mangue

Localizada no sopé da serra de São José, ela tem três quedas d’água de cerca de 60 metros de altura que caem entre as rochas, formando  piscinas naturais. Acima da cachoeira tem um mangue, que é uma área que permanece alagada por conta de nascentes próximas. A trilha até lá dura entre 1h e 1h30 e em teoria dá para fazer sem guia.

15- Chafariz de São José

Apesar de ser histórico, eu recomendo que você coloque o Chafariz de São Jose na seção de “pontos turísticos dispensáveis” ao decidir o que fazer em Tiradentes. Isso porque ele está bem detonado, precisando de restauração. A construção é de 1749 e fica na Rua do Chafariz, no centro histórico.

16 – Passeio de trem em Tiradentes – Maria Fumaça para São José del Rei

O passeio de trem em Tiradentes é uma das atrações mais procuradas da cidade. A locomotiva estilo Maria Fumaça sai de Tiradentes para a cidade vizinha de São João del Rei.

maria fumaça o que fazer em tiradentes

Maria Fumaça: trem entre Tiradentes e São João del Rei. Foto: Marcelle Ribeiro.

A viagem dura cerca de 50 minutos (só ida) e é operada pela VLI Logística. São 12km percorridos na Estrada de Ferro Oeste de Minas (EFOM), inaugurada em 1881 por Dom Pedro II.

O preço do passeio de trem (bilhete só de ida) é R$ 70 e de ida e volta, R$ 80 (inteira). Crianças de 6 a 12 anos, estudantes e maiores de 60 anos pagam meia.  Crianças de até 5 anos não pagam. Recomenda-se comprar pelo site com antecedência, especialmente em finais de semana, feriados e épocas de férias escolares. No site oficial tem os horários, que mudam a cada dia.

Em São João del Rei, vale a pena visitar o Museu Ferroviário, o Memorial Tancredo Neves, a Igreja São Francisco de Assis (entre outras) e o casario colonial nas ruas coloridinhas. Ao analisar o que fazer em Tiradentes, reserve quase um dia inteiro para esse bate e volta a São João del Rei (ou uma manhã + parte da tarde). Veja o nosso post sobre O que Fazer em São João del Rei.

Nós preferimos ir a São João del Rei de carro, para economizar. E mesmo assim dá para ver o trem.

17 – Passeio a Bichinho

Outro bate e volta que você tem que incluir no seu roteiro ao analisar o que fazer em Tiradentes e arredores é ao vilarejo de Bichinho, localizado a 6,6km de distância. Ele tem atrações bacanas, como o Museu do Automóvel da Estrada Real, a Casa Torta, visitas a cachaçarias (com degustação e tour), lojinhas de artesanato e oficinas de artes.

Reserve uma manhã ou uma tarde e se programe para almoçar por lá nos ótimos restaurantes de comida mineira. Leia mais no nosso post sobre Bichinho | MG.

casa torta bichinho o que fazer em tiradentes

Casa Torta, atração de Bichinho. Foto: Marcelle Ribeiro.

18 – Tour para queijarias

Quem pesquisa o que fazer em Tiradentes e quer algo diferente pode investir num passeio por queijarias artesanais da região, que foi premiado pelo Ministério do Turismo. Na Rota do Queijo Terroir Vertentes você é levado até produtores da região do Campo das Vertentes, e aprende, das famílias produtoras, a receita trazida pelos portugueses que virou símbolo da gastronomia mineira. E tem direito a degustação! Dá para reservar o tour online no site da Viator.

19 – Fazer um bate e volta para Congonhas ou Carrancas

Quem tem um pouco mais de disposição, pode aproveitar a ida a Tiradentes e arredores para fazer um bate-volta para as cidades de Congonhas, que fica a 118km (2h30 de carro), ou de Carrancas, localizada a 90km (1h45 de carro). Congonhas é uma cidade histórica. Já Carrancas atrai por suas belas cachoeiras.

O que fazer em Tiradentes à noite

20 – Passeio de Jardineira Charmosa

Esse é um dos mais diferentes passeios em Tiradentes. A bordo de um carro antigo restaurado, de 1935, você é levado para percorrer o centro histórico de Tiradentes por 1h30, com um motorista/ guia. São feitas várias paradas para observar os detalhes e curiosidades.

O passeio custa cerca de R$ 60. A Jardineira Charmosa sai sempre do Largo das Forras, no Centro Histórico, normalmente às 18h ou 19h, e só comporta sete pessoas. Para agendar, basta procurar por ela na praça no fim da tarde ou ligar para (32) 99948-2370.

21 – Roteiro Narrado na Igreja Matriz (som e luz)

Essa é a melhor maneira de visitar um dos principais pontos turísticos de Tiradentes. Já falei acima da importância e beleza da Igreja da Matriz. Porém, mais legal que ir conhecê-la por conta própria é fazendo o passeio chamado Roteiro Narrado. É uma espécie de visita guiada em que o “guia”é um áudio gravado que toca no alto falante da igreja. A gravação é do ator Paulo Goulart.

Dura cerca de 20 minutos só. Porém, vale a pena, porque você aprende várias curiosidades da igreja. E no roteiro, as luzes do interior dela ficam acessas. O Roteiro Narrado acontece às sextas-feiras, domingos e feriados, às 20h, e aos sábados, às 20h30. O preço é R$ 10.

22 – Concertos de órgão na Igreja Matriz

Ao pesquisar o que fazer em Tiradentes à noite, eu li sobre os concertos de órgão que acontecem na Igreja da Matriz. Fiquei super interessada, porque eu acho órgãos lindos! No entanto, devo admitir que me decepcionei com o concerto. Não que ele não seja de alto nível. É que eu percebi que não curto esse instrumento tocado (gosto só de vê-lo).

O concerto que nós vimos tinha, além de uma música tocando o órgão, uma soprano cantando músicas sacras. A apresentação dura cerca de 1h e costuma acontecer todas as quintas, sextas e sábados, às 20h ou 21h. Informe-se na própria igreja (ou no telefone 32 – 98812-8512) sobre o calendário de concertos. Dá para comprar minutos antes o ingresso, que custa R$ 40 por pessoa (estudantes e maiores de 60 anos pagam meia).

23 – Bares e restaurantes de Tiradentes

Uma dica sem mistério sobre o que fazer em Tiradentes à noite são os ótimos e muitos bares e restaurantes da cidade. O Largo das Forras fica bem animado à noite, com muita gente ocupando as mesinhas na calçada. E mesmo no inverno, porque eles contam com aquecedores! Alguns têm música ao vivo.

O que fazer em Tiradentes com chuva

Os pontos turísticos de  Tiradentes são super próximos uns dos outros e para conhecer a cidade o bom mesmo é andar a pé. Por isso, a chuva pode atrapalhar um pouco, especialmente a tirar fotos no casario colorido. Contudo, como boa parte das atrações da cidade é coberta (como igrejas e museus), tem sim o que fazer em Tiradentes com chuva. A lista de atrativos é basicamente a mesma que citei acima. Basta você comprar um guarda-chuva!

casas coloridas o que fazer em tiradentes

Casas coloridas de Tiradentes. Foto: Marcelle Ribeiro.

O que fazer em Tiradentes no Natal

Nesta época, a cidade fica iluminada e cheia de eventos. Imagens de Natal são projetadas ao som de canções na fachada da capela do Senhor Bom Jesus da Pobreza e encantam quem se reúne no Largo das Forras. A programação em 2019 foi do início de novembro até 25 de dezembro e incluiu concertos, apresentações de corais, bandas regionais e espetáculos circenses e teatrais.

O que fazer em Tiradentes no Réveillon

Ao pesquisar sobre o que fazer em Tiradentes no Réveillon, li que apesar de o Ano Novo por lá ser mais familiar, há sim queima de fogos e showzinhos na praça. Além disso, há eventos particulares nos restaurantes e até balada.

O que fazer em Tiradentes no Carnaval

Cerca de 20 bloquinhos de rua animam a cidade nos dias de folia de Momo. Ou seja, vai ter sim o que fazer em Tiradentes no carnaval, apesar de algumas igrejas poderem estar fechadas. Por lá, a festa é para todas as idades, com foliões fantasiados, inclusive crianças. O som é de marchinhas, desfile de trios elétricos, baterias de samba e shows gratuitos no Largo das Forras.

O que fazer em Tiradentes na segunda-feira

A lista de o que o fazer em Tiradentes na segunda-feira é extensa. Diferentemente de outros destinos, que têm muitas atrações fechadas neste dia da semana, dá para fazer quase tudo que listei aqui no blog às segundas-feiras. As exceções são o Roteiro Narrado e os Concertos de Órgão da Igreja da Matriz.

O que fazer em Tiradentes no inverno

De todos os passeios em Tiradentes e lugares para visitar, os únicos que não são muito interessantes para o inverno são os que envolvem banho de cachoeira ou piscinas naturais, uma vez que a temperatura mínima pode chegar a 11ºC. De junho a setembro a temperatura na cidade varia de 11ºC a 24ºC. Veja a média de temperatura e chuvas mês a mês na cidade.

O que fazer em Tiradentes – Festivais e eventos

Além de todas as atrações acima, se você for na época de um desses eventos ou festivais, terá muito mais o que fazer em Tiradentes. Veja como costuma ser a programação da cidade:

painel sal o que fazer em tiradentes

Desenho de sal em Corpus Christi. Foto: Marcelle Ribeiro.

Onde comer em Tiradentes

De comida mineira a massa, pizza, e bares: quando o assunto é onde comer em Tiradentes, opções não faltam. Os restaurantes que eu indico são: Dona Xica, Pau de Angu, Tempero da Angela, Tragaluz, Angatu, Atrás da Matriz, Nossa Terra, Sapore d’Itália, Empório Santo Antônio, Sabor com Arte, Fábrica de Chocolates, Chico Doceiro e Ouro Canastra.

Saiba mais no post Onde Comer em Tiradentes.

 

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *