Roteiro Bangkok | Tailândia: De 1 a 7 dias, explicadinho e sem stress

postado por Marcelle Ribeiroe atualizado em: 01/07/2020

Bangkok é uma cidade enorme, com templos lindos e muito a explorar por qualquer turista. Já fiz um post mostrando todas as principais atrações da capital da Tailândia, mas agora é hora de montar o seu roteiro para Bangkok! Afinal, com tantos pontos turísticos e passeios na cidade, como organizar tudo isso ao longo de 1,2, 3, 4 ou até 7 dias de viagem? O índice abaixo permite que você vá direto para o roteiro que mais te interessar.

Quantos dias ficar em Bangkok?
Roteiro Bangkok: 1 Dia
Roteiro em Bangkok: 2 Dias
Roteiro Bangkok: 3 Dias
Roteiro Bangkok: 4 Dias – O meu roteiro
Roteiro em Bangkok de 5 Dias
Roteiro Bangkok: 6 Dias
Roteiro em Bangkok de 7 Dias

Não tem muito tempo para pesquisar passeios em Bangkok?

Para quem não tem muito tempo para descobrir horários e preços de atrações turísticas ou passeios em Bangkok, eu recomendo dar uma olhada no site Get Your Guide, que reúne diversos tours na cidade ou para os arredores.  Você reserva online, já sai do Brasil com tudo certo e ainda tem guia para explicar o que você está vendo.

Quantos dias ficar em Bangkok?

Decidir quantos dias ficar em Bangkok vai depender muito do perfil do turista. Eu e o maridão ficamos 4 dias na capital da Tailândia e achamos suficiente. Aproveitamos o primeiro dia para descansar da viagem de mais de 20h e do fuso horário diferente. Já nos outros 3 dias conhecemos os pontos turísticos que nos interessavam e ainda fizemos um bate e volta para Ayutthaya (explico o nosso roteiro com todos os detalhes já, já).

Se você não tem tanto tempo, é possível conhecer as atrações imperdíveis em apenas 1 dia inteiro, se você estiver descansado. Contudo, saiba que vai ser um dia bem cheio!

Caso você esteja viajando com mais calma, em 7 dias você consegue explorar bastante a capital da Tailândia e algumas atrações em cidades próximas. É por isso que montamos tantos roteiros neste post: veja em qual você se encaixaria melhor e organize a sua viagem!

Vale lembrar que como a viagem até Bangkok dura mais de 20h, é sempre recomendável deixar o dia da chegada para descansar e também se adaptar ao fuso horário, que é de 10h de diferença. Foi o que eu fiz, como vocês vão ver aqui no blog.

Roteiro Bangkok: 1 Dia

Com apenas 1 dia para conhecer a capital da Tailândia, o objetivo é conhecer os principais cartões-postais e ter uma ideia da cultura do país.

Para isso, é fundamental visitar o Grand Palace, construído no século XVIII para ser a residência da família real da Tailândia, muito venerada pelos locais. Além do Palácio, no complexo há também um dos templos mais importantes do país: o Wat Phra Kaew ou Templo do Buda Esmeralda. Reserve sua manhã toda para o complexo do Grand Palácio.

Antes de parar para almoçar, visite o Wat Pho (Templo do Buda Reclinado). Em seguida, vá para a região da Khaosan Road e Rambuttri Road para almoçar, onde há mais opções de restaurantes.

Logo após o almoço, pegue o barco na região da Khaosan Road para cruzar o rio Chao Phraya e visitar o Wat Arun, o Templo do Amanhecer, muito procurado por turistas.

No fim da tarde, suba o prédio mais alto de Bangkok, o Mahanakhon Skywalk, para ver o pôr do sol e ter uma vista privilegiada da cidade. Não esqueça de tirar fotos incríveis na plataforma de vidro a mais de 300 metros de altura! Feche seu roteiro em Bangkok visitando a louca noite da Khaosan Road, uma das ruas mais movimentadas da cidade e que reúne comida de rua, bares, hotéis e restaurantes.

bangkok grand palace

O Grand Palace é uma atração imperdível de Bangkok! Foto: Marcelle Ribeiro

Roteiro Bangkok: 2 Dias

Ao decidir o que fazer em Bangkok em 2 dias, eu sugiro que você repita o mesmo roteiro no Dia 1 que descrevi acima e aproveite o segundo dia para visitar Ayutthaya, a antiga capital do Reino do Sião. A cidade fica a cerca de 80 quilômetros de Bangkok e é muito fácil encontrar passeios de bate e volta ou ir por conta própria.

Normalmente, esses tours passam pelos templos mais importantes da cidade. Não deixe de visitar o Wat Mahathat. É lá que você vai encontrar a árvore que cresceu em volta de uma cabeça de Buda, principal atração da cidade e parada obrigatória para fotos!

Para não acabar com um guia que fala um inglês incompreensível, como aconteceu comigo, eu sugiro que você reserve seu passeio para Ayutthaya pelo site em português da Get Your Guide, porque por ele você vê centenas de opiniões de pessoas que contrataram o mesmo tour. Eu caí na besteira de reservar com uma agência pequena lá em Bangkok mesmo e, sem ter recomendações se era bom ou não, fui com um guia que falava quase japonês e não inglês. E a diferença de preço não era grande.

Depois do passeio, volte para o hotel, tome um banho e feche seu roteiro em Bangkok de 2 dias jantando no Asiatique The Riverfront, um shopping a céu aberto com restaurantes, lojas, bares e até uma roda gigante para você ter uma vista diferente de Bangkok à noite.

Ele fica na beira do Rio Chao Phraya. Tente chegar lá usando um barco gratuito oferecido pelo shopping para ver como muitos tailandeses se deslocam pela cidade. É só pegar o BTS até a estação Saphan Taksin e seguir as placas até o píer.

Ganhe um segundo chip internacional grátis na compra do seu para usar até 2 anos da compra. Use o cupom VAIPASSAR até 14/06.
roteiro bangkok asiatique

O Asiatique é uma ótima opção para jantar em Bangkok. Foto: Marcelle Ribeiro

Roteiro Bangkok: 3 Dias

E o que fazer em Bangkok em 3 dias? Já dá para incluir umas comprinhas!

No primeiro dia, a ideia é aproveitar para conhecer os principais templos da capital tailandesa. Recomendo que você vá ao Grand Palace e aos templos Wat Pho e o Wat Arun, sobre os quais falei acima (veja Roteiro Bangkok 1 dia). Além deles, inclua uma visita ao templo Wat Traimit, que tem a maior estátua de Buda em ouro maciço do mundo! Ele fica bem na entrada de Chinatown, que também pode ser conhecida em um passeio a pé.

Encerre o primeiro dia com um jantar no Asiatique The Riverfront, um shopping a céu aberto nas margens do mais famoso rio da cidade, o Chao Phraya.

No segundo dia, faça um bate e volta para a cidade histórica de Ayutthaya e seus templos. Na volta, aproveite o fim da tarde no rooftop do prédio mais alto de Bangkok, o Mahanakhon Skywalk, que tem uma varanda de vdro incrível para fotos. Depois, vá ver a louca vida noturna da Khaosan Road.

No terceiro dia, acorde cedo para visitar outros 2 lindos templos de Bangkok: o Wat Ben e o Wat Saket.

O Wat Ben é conhecido como o Templo de Mármore porque foi construído com toneladas da pedra trazida da Itália. Já o Wat Saket, chamado também como Golden Mount, é o templo mais diferente que conhecemos em Bangkok. Ele é construído em um monte artificial e tem uma grande escadaria coberta por uma falsa névoa. Do alto do templo é possível ter uma bela vista de Bangkok.

Onde fazer compras

Logo após, aproveite a tarde para fazer comprinhas nos vários shoppings da cidade (se for dia de semana) ou no Mercado Chatuchak, que funciona apenas aos sábados e domingos. Bangkok é um paraíso para as compras, porque a cotação da moeda é favorável e os preços das roupas, perfumes e eletrônicos ficam bem competitivos. Neste dia, a dica é almoçar no shopping (o Mercado Chatuchak tem apenas barraquinhas).

roteiro bangkok wat arun

O Wat Arun é bem diferente dos outros templos de Bangkok. Foto: Marcelle Ribeiro

Roteiro Bangkok: 4 Dias

Para quem pesquisa o que fazer em Bangkok em 4 dias, as dicas são ainda mais “mamão com açúcar”. Isto porque nosso roteiro em Bangkok teve quatro dias. Por isso, vou colocar aqui exatamente o que fizemos por lá. Nós fizemos um roteiro que até poderia caber em 3 dias. Mesmo assim, preferimos também ter alguns momentos de descanso, porque a viagem do Brasil até a Tailândia é longa (mais de 20h) e o fuso horário é bem diferente (10h).

No primeiro dia, chegamos no hotel Oakwood Suites Bangkok no fim da manhã e decidimos dormir por algumas horas para descansar e também aproveitamos um pouco da piscina. No fim da tarde, fomos jantar no Asiatique The Riverfront.

Conhecemos os principais templos e palácios da cidade no segundo dia. Começamos pelo Grand Palace e depois caminhamos para visitar o templo do Buda Reclinado (Wat Pho) antes do almoço. Na sequência, pegamos um Grab (carro de aplicativo) para tentar almoçar na Khaosan Road, mas acabamos comendo no restaurante do Rambuttri Village, em uma rua próxima, que era mais charmosinho sem ser caro.

Maior estátua de Buda em ouro

Logo após o almoço, caminhamos até a estação de barcos pública próxima à Khaosan Road para cruzar o rio Chao Phraya e ir ao templo Wat Arun (Templo do Amanhecer). Em seguida, pegamos outro barco para uma estação próxima ao templo Wat Traimit (onde fica a maior estátua de Buda em ouro maciço do mundo), mas tivemos que pegar outro carro de aplicativo para ir da estação ao templo.

Jantamos na praça de alimentação de um shopping próximo ao nosso hotel.

No terceiro dia, fizemos o passeio de dia inteiro para os templos da cidade histórica de Ayutthaya. Mudamos de hotel para conhecer outra região e ficamos no Silom Forest Hotel.  Jantamos perto do nosso hotel, em um restaurante chamado Yellow Rice.

Shoppings e pôr do sol

Para concluir nosso roteiro em Bangkok, no quarto e último dia, acordamos cedo e fomos conhecer outros 2 templos da cidade: o Wat Ben (Templo de Mármore) e o Wat Saket (Golden Mount). Como era sábado, demos uma passada rápida pelo Mercado Chatuchak para ver as promoções. O calor insuportável nos afugentou.

Na sequência, visitamos o MBK, um dos maiores shoppings de Bangkok. Foi lá que compramos alguns eletrônicos a preços bem competitivos. Encerramos o nosso roteiro em Bangkok vendo o pôr do sol no mais alto prédio da cidade, o Mahanakhon Skywalk. Tiramos fotos da varanda com chão de vidro e vimos a cidade se iluminar.

Como estávamos cansados, jantamos no The Coffee Club que ficava perto do nosso hotel.

mahanakhon skywalk bangkok

O Mahanakhon tem a melhor vista de Bangkok. Foto: Maridão

Roteiro Bangkok: 5 Dias

Decidir o que fazer em Bangkok em 5 dias é mais fácil. Nesse roteiro em Bangkok de 5 dias, a ideia é basicamente manter o roteiro de 4 dias que sugeri acima e adicionar um dia para você passear em Bangkok com mais tranquilidade.

A única mudança em relação aos quatro primeiros dias do outro roteiro é passar a visita ao Mercado Chatuchak (que só abre nos finais de semana) do quarto para o quinto dia. Com isso, você ganha mais tempo para aproveitar todo o mercado, que é enorme e tem preços muito bons para quem está procurando roupas e artigos de decoração.

No quinto dia, depois de gastar as perninhas no Mercado Chatuchak, hora de aproveitar uma massagem relaxante em uma das centenas de casas de massagem espalhadas por Bangkok.

Durante a tarde, uma opção é visitar o Museu do Sião. Por lá, é possível conhecer um pouco mais da história da Tailândia desde o antigo reino do Sião. O museu é super interativo.

Para encerrar o dia, hora de aproveitar um dos rooftops da capital tailandesa (eu menciono alguns no post sobre O que Fazer em Bangkok). Eles são super descolados, mas é preciso ficar de olho na etiqueta sobre como se vestir. Homem de bermuda, por exemplo, não pode entrar. Além disso, prepare o bolso porque os drinques são caros. Mas a vista vale a pena!

roteiro bangkok ayutthaya

Ayutthaya precisa estar no seu roteiro por Bangkok. Foto: Marcelle Ribeiro

Roteiro Bangkok: 6 Dias

Nesta programação de 6 dias, além de explorar mais a cidade de Bangkok, vamos incluir um bate e volta muito procurado pelos turistas que visitam a Tailândia. Nos primeiro 5 dias, basta seguir o roteiro que indicamos acima.

No sexto dia, comece o seu dia com um passeio pelos Mercados Flutuante e do Trem. Esses dois mercados são muito diferentes de tudo que você já viu.

O Mercado Flutuante, chamado Damnoen Saduak, é realizado em um rio e as lojas são barcos. Você encontra muitas frutas e outras comidas por lá, mas os lojistas também vendem todo o tipo de lembrancinha.

Já o Mercado do Trem é conhecido assim porque ele é realizado às margens da linha de trem de Mae Klong. Quando o trem está chegando, os feirantes recolhem as suas mercadorias e toldos. Minutos depois, tudo volta ao lugar e as vendas são retomadas. Eu não quis fazer esses passeios pois além de me parecerem bem “pega turista”, eu não sou das maiores fãs de mercados de comida asiática, porque não me parecem higiênicos.

Você pode contratar esse passeio nas agências de turismo de Bangkok. Se preferir, pode já comprar esse tour no site da Get Your Guide em Português antes mesmo de deixar o Brasil.

Dança típica e luta

Depois, você pode aproveitar para ver uma sessão de dança típica da Tailândia, chamada Khon, que é realizada na Sala Chalermkrung. O melhor de tudo é que o ingresso para ela já está incluído no bilhete para o Grand Palace. Aliás, os horários das apresentações estão no site do Palácio.

Para encerrar o seu roteiro em Bangkok de 6 dias, acompanhe as lutas de Muay Thai, o esporte nacional da Tailândia. Existem dois ginásios que são mais procurados pelos turistas: o Lumpinee e o Ratchadamnoen. Você pode comprar os ingressos na hora ou no site dos ginásios. Se preferir, você também pode comprar os bilhetes no site da Get Your Guide em português.

wat ben bangkok

O Wat Ben é enorme e tem muito mármore italiano! Foto: Marcelle Ribeiro

Roteiro Bangkok: 7 Dias

Com 7 dias, você consegue conhecer não só Bangkok como também cidades próximas. Na nossa sugestão para uma semana na capital tailandesa, os seis primeiros dias são iguais ao roteiro de 6 dias que sugeri acima.

No sétimo dia, você pode fazer um bate e volta para Kanchanaburi, uma cidade que fica a pouco mais de 120 quilômetros de Bangkok.

O maior destaque da cidade é um passeio pela ponte do Rio Kwai, construída por prisioneiros de guerra durante a Segunda Guerra Mundial. Kanchanaburi também tem uma natureza exuberante e pode ser um respiro para quem está na enorme capital tailandesa.

Você pode comprar o passeio para Kanchanaburi nas agências de turismo de Bangkok ou agendar direto no site em português da Get Your Guide.

buda reclinado bangkok

O Buda Reclinado é a maior atração do Wat Pho. Foto: Marcelle Ribeiro

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *