Onde comer em Barreirinhas (e onde não comer) – Lençóis Maranhenses

postado por Marcelle Ribeiro e publicado em 29/08/2019
Compartilhar este artigo:

A cidade mais visitada dos Lençóis Maranhenses é Barreirinhas, pois tem a melhor infraestrutura, tanto em restaurantes quanto em pousadas e agências de passeios. Há mais opções que em Atins ou em Santo Amaro do Maranhão. Mas mesmo assim o centrinho turistável de Barreirinhas é pequeno. As melhores opções de onde comer em Barreirinhas estão na beira-rio (a rua que fica às margens do rio Preguiças, no centro da cidade) ou em pousadas mais afastadas, que têm ótimos restaurantes (alguns deles abertos a não hóspedes).

Independentemente de onde você comer, não deixe de provar pelo menos uma vez um dos pratos mais típicos do Maranhão: o arroz de cuxá. É um arroz sequinho com camarão seco, gergelim, cebola, e vinagreira, uma erva verde meio amarga. Tem um gosto bem forte, por causa da vinagreira (não confundir com vinagrete, não tem nada a ver) e do camarão seco. Os maranhenses comem como acompanhamento, em geral, de peixes e frutos do mar. Nós não amamos, mas a gente sempre prova as comidas locais e recomendo que você faça o mesmo.

arroz de cuxá onde comer em barreirinhas

Arroz de cuxá. Foto: Marcelle Ribeiro.

Além do que, tudo lá vem muito bem servido. Em todas as refeições que fizemos nos Lençóis Maranhenses, os pratos para 2 vieram tão fartos que nos arrependemos de termos pedido entradinha.

Procurando hotel? O Booking tem opções para todos os bolsos. Reserve por esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

Prove também os sucos e sorvetes das frutas típicas do Norte: bacuri, graviola, cupuaçú e murici.

Onde comer em Barreirinhas – no centrinho

A Canoa

Foi nosso restaurante preferido. Tem um cardápio grande, com carne, aves, massa e peixes, mas são os frutos do mar que são mais famosos por lá.  De entradinha, fomos de bolinho de aipim com camarão, sequinhos e gostosos (R$ 17,90, com 6). Depois, comemos um filé de peixe grelhado com arroz de cuxá, feijão, farofa e salada vinagrete (R$ 92 para duas pessoas). Veio bastante, sem espinha, e uma delícia. Pagamos R$ 71 por pessoa.

Fica na Avenida Beira Rio. O ambiente mais gostoso e aconchegante é na varanda da sobreloja. Mas também tem mesas de plástico na calçada perto do rio. Pode ter música ao vivo.

Até 30/09, desconto de 6% em aluguel de carro com a Rentcars para pagamento online! Retire o carro até 31/12/19!

Divino Cafeteria

Um café pequeno mas charmoso, com mesinhas na calçada ou no ar-condicionado, que serve tapiocas, crepiocas, omeletes, sanduíches e bolos. O Divino foi ótima opção para a noite em que a gente só queria um lanche descompromissado. Os sucos são gostosos e os preços, melhores ainda. Fica numa rua de pedestre de acesso à Avenida Beira-Rio, a Rua Professor Viana, 62.

onde comer em barreirinhas divino cafeteria

Misto quente a $5,50, suco a R$ 8. Foto: Marcelle Ribeiro.

Nautz

Colado à Divino Cafeteria, o Nautz é um pequeno gastropub, com mesinhas na calçada e um hambúrguer bem bom. Já que é do mesmo dono da Divino, você pode pedir o hambúrguer e comer na cafeteria. Pareceu um lugar mais bonitinho para uma cerveja à noite. Fica na Rua Professor Viana, 62, de acesso à Avenida Beira-Rio.

hamburguer nautz onde comer em barreirinhas

Cheeseburguer grande a cerca de R$ 25. Foto: Marcelle Ribeiro.

Jacaré

Todo lugar que eu lia indicava o restaurante Jacaré como boa dica onde comer em Barreirinhas. Mas me frustrei. Apesar de bem servida, a carne do sol para 2 pessoas não tinha gosto de nada. Nem o baião de dois, que costuma ser super bem temperado no Maranhão, fez sucesso conosco. Também estavam muito sem graça.

Pagamos R$ 97,90 para duas pessoas com refri e cerveja. Fica na Avenida Beira-Rio e tem mesas no mezanino ou na calçada (onde rola música ao vivo).

onde comer em barreirinhas jacaré carne

A falta de tempero decepcionou. Foto: Marcelle Ribeiro.

Restaurante do Gaúcho

Outro que deve ficar fora da sua lista de onde comer em Barreirinhas, porque é feio e fraco. As agências de passeios sugerem esse local por ser comida a quilo (e porque devem ter parceria). Como o tempo entre um passeio pela manhã e o passeio da tarde era curto, optamos por comer lá mesmo. Não gostamos.

Além de ser super simples e meio feioso, a comida estava fria, mesmo às 13h. A única vantagem é que é super barato: paguei R$ 22 por um prato de uns 300 gramas, mais refri. Fica na ponta da Avenida Beira-Rio, a poucos passos de restaurantes bem melhores e mais ajeitadinhos. Como todos os restaurantes a la carte que fomos em Barreirinhas nos serviram super rápido, achamos que almoçar neste comida a quilo não valeu a pena.

 

Onde comer em Barreirinhas – fora do centrinho

Bambaê

Também tem que estar na sua lista de onde comer em Barreirinhas, especialmente se você for em casal ou gostar de um ambiente mais charmoso. Fica ao lado da Pousada Encantes do Nordeste (os donos são os mesmos), num salão avarandado cheio de plantas em volta, bem decorado e com luzes bacaninhas. Fica perto do rio Preguiças e tem uns cadeirões e até um parquinho infantil.

Quando fomos, à noite, estava rolando música ao vivo muito boa. Mas abre para almoço também. As especialidades são frutos do mar (pratos para duas pessoas custam em média R$ 110) e, à noite, a pizza no forno à lenha e os drinks bonitos fazem sucesso. Nós fomos de pizza e suco e adoramos. Pagamos R$ 96,45 para dois já com couvert musical incluído.

Além disso, eles pegam você gratuitamente em qualquer lugar de Barreirinhas de carro e te levam de volta. Basta pedir para sua pousada ligar. Isso é bem mão na roda, porque um táxi para qualquer lugar de Barreirinhas não sai a menos de R$ 20.

onde comer em barreirinhas pizza bambaê

Pizza grande que dá para 3 por R$ 54. Foto: Marcelle Ribeiro.

onde comer em barreirinhas restaurante bambaê

Restaurante Bambaê. Foto: Marcelle Ribeiro.

Onde comer em Barreirinhas – no passeio pelo rio

Cabana do Peixe

Um dos passeios obrigatórios de Barreirinhas é o de lancha (voadeira) pelo Rio Preguiças e inclui uma parada de 3h para banho de rio, de mar e almoço na praia de Caburé. À beira do rio em Caburé tem uns 5 restaurantes no estilo cabana de palha, de tamanhos variados.

Nosso guia nos levou ao Cabana do Peixe, o maior e mais arrumadinho de todos, com rede na sombra para o cochila da siesta. Eles recomendam você pedir agendar o pedido assim que desembarcar, e ir passear na praia, para violtar no horário marcado e comer. A gente achou tudo por ali meio caro. Os pratos de peixe, carro chefe da casa, saiam a R$ 98 para duas pessoas. Por isso, só pedimos uma batata frita (R$ 20) para tapear a fome até o jantar no fim da tarde.

Leia também:

Compartilhar este artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *