Passeio pelo Pelourinho e centro histórico de Salvador

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 17/02/2016
Compartilhar este artigo:

Uma visita a Salvador, na Bahia, não pode ser completa sem um tour, mesmo que rápido, pelo Pelourinho. É a oportunidade que o visitante tem de conferir os casarões coloridos, ver a Baía de Todos os Santos, o Mercado Modelo do alto e tirar as clássicas fotos da cidade com o Elevador Lacerda. E é claro, conhecer algumas das igrejas mais bonitas da capital!

Meu marido brinca que eu adoro o “tour carola”, não importa a cidade que estejamos visitando. É que embora não seja uma pessoa religiosa, eu adoro ver igrejas trabalhadas, de preferência cheias de “rococós” e altares que chamam a atenção. Se tiver detalhes em ouro, então… eu enlouqueço! E como diz a lenda que Salvador tem mais de 365 igrejas (uma para cada dia do ano!)… eu não podia deixar de levar os amigos paulistas para conhecer uma igreja, né? 🙂

Na última vez que fui ao Pelourinho, 31 em dezembro de 2012, fui com amigos que estavam conhecendo a cidade.

Procurando hotel? O Booking tem opções para todos os bolsos. Reserve por esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

Estacionamos na rua mesma, pertinho do Mercado Modelo. Planejávamos subir para a Cidade Alta de Elevador Lacerda, mas como só tinha um elevador funcionando, pegamos um ônibus que estava disponível para quem quisesse subir de elevador e não quisesse esperar a fila. A subida no Elevador Lacerda não é das mais agradáveis, para dizer o mínimo. Anos atrás, quando subi de elevador, achei meio sufocante. Lotado de gente, calorento. E dentro dele, o visitante não tem vista para lugar nenhum, é fechado. O legal do Elevador Lacerda é apenas como ele compõe o cenário da Baía de Todos os Santos quando você já está fora dele.

Lá do alto dá para ver o Mercado Modelo, que hoje funciona como um grande mercado de lembrancinhas para turista (fitas do Senhor do Bonfim, berimbau e esses apetrechos tipo “Vim à Bahia e lembrei de você”), que eu não curto muito. E é bem comum ter roda de capoeira em frente ao Mercado Modelo.

Mas fique esperto quando for ao Pelourinho: ainda há muito malandro de olho em turista, doido para aproveitar um descuido e levar a carteira do bolso. É difícil não ser interrompido o tempo todo por gente querendo colocar fitinha do Senhor do Bonfim no seu braço e pedindo “um trocado”. Há policiamento na região, mas seguro morreu de velho.

DESCONTO DE 5% no Esquenta Black Friday para aluguel de carro na Rentcars, com o cupom NOVEMBER. Vale até 30/11, com retirada do carro até 31/12! Compare preços de várias locadoras!

 

Elevador Lacerda, a Baía de Todos os Santos e o Mercado Modelo. Foto: Marcelle Ribeiro

Elevador Lacerda, a Baía de Todos os Santos e o Mercado Modelo. Foto: Marcelle Ribeiro

Da porta do Elevador Lacerda, fomos andando até o Largo do Pelourinho e no caminho paramos para ver prédios históricos. Fiz questão de tirar uma foto em frente ao casarão onde meu pai estudou Medicina.

 

Antigo prédio da faculdade de Medicina da Bahia. Foto: Guilherme Calil

Antigo prédio da faculdade de Medicina da Bahia. Foto: Guilherme Calil

Dali caminhamos até o Largo do Pelourinho, onde fica a Fundação Casa de Jorge Amado, que estava fechada no horário em que estivemos lá. Como estava um solão, depois de uma paradinha para um picolé e muitas fotos e algumas lojinhas, fomos visitar uma das igrejas do Pelourinho que estava aberta, a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco.

 

20121231_115805

Fundação Casa de Jorge Amado. Foto: Marcelle Ribeiro
Pelourinho. Foto: Marcelle Ribeiro

Largo do Pelourinho, ainda com uma árvore de Natal montada. Foto: Marcelle Ribeiro

Pelourinho, em Salvador. Foto: Marcelle Ribeiro

Pelourinho, em Salvador. Foto: Marcelle Ribeiro

 

A Igreja da Ordem Terceira de São Francisco tem uma fachada esculpida em pedra super diferente. Nos anexos à nave há um pátio com paredes todas de azulejos azuis e no piso há lápides de pessoas enterradas ali. Também há uma área onde você pode ver móveis antigos, como uma enorme mesa de jantar, cômodas gigantescas e super pesadas. E tem uma área em que o teto é todo trabalhado em madeira, super bonito. Enfim, você deve levar uma hora mais ou menos para conhecer tudo.

 

Fachada da Igreja de São Francisco, no Pelourinho. Foto: Marcelle Ribeiro

Gui na Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, no Pelourinho. Foto: Marcelle Ribeiro

Igreja de São Francisco, no Pelourinho. Foto: Marcelle Ribeiro

Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, no Pelourinho. Foto: Marcelle Ribeiro

20121231_122505

Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, no Pelourinho. Foto: Marcelle Ribeiro

20121231_122848

Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, no Pelourinho. Foto: Marcelle Ribeiro

20121231_123124

Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, no Pelourinho. Foto: Marcelle Ribeiro

Igreja de São Francisco, no Pelourinho. Foto: Marcelle Ribeiro

Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, no Pelourinho. Foto: Marcelle Ribeiro

Eu até gostaria de ter andado um pouco mais no Pelourinho neste dia, mas o sol estava escaldante e a praia parecia nos chamar (ou era o canto de Iemanjá que estava chegando até os nossos ouvidos? :))

Fato é que o Pelourinho tem mais igrejas bonitas a serem visitadas. Anos atrás, quando meu marido foi pela primeira vez à Bahia, fizemos um tour mais demorado na região e conseguimos entrar numa das igrejas mais famosas de lá, a Igreja e Convento de São Francisco. Pena que as fotos ficaram ruins, sobrou apenas uma da fachada.

 

Igreja e Convento de São Francisco. Foto: Guilherme Calil

Igreja e Convento de São Francisco. Foto: Guilherme Calil

Também tenho vontade de ir a um dos ensaios que a banda Olodum faz no Largo do Pelourinho, mas ainda não tive a oportunidade. Mas sempre tem um amigo querendo conhecer a Bahia, então acho que ainda terei outras chances de conhecer mais a região e mapeá-la melhor para vocês, ok?

Veja todos os posts sobre Salvador

Mais informações sobre o Pelourinho e horário de funcionamento das igrejas: http://www.pelourinho.ba.gov.br/circulando-no-pelo

Reserve sua hospedagem em Salvador pelo Booking clicando aqui e ajude o blog a ganhar uma pequena comissão sem pagar nada a mais! (saiba como funciona essa parceria aqui)

Ao reservar o seu carro pelo portal Rentcars por esse link, você compara preços de várias locadoras, consegue descontos e colabora com o Viciada em Viajar.

Compartilhar este artigo:

Comentários

  1. luzimar
    28 jun 2013

    quero conhecer tudo,principalmente os sambista ,antigos e os atuais…

  2. Cristian Santana
    31 jul 2017

    To planejando ir à Bahia, queria muito participar de algum evento do olodum, show ou ensaio, sabe onde posso me informar pra ver alguma programação do tipo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *