Praias de Arraial do Cabo: visite o Caribe sem sair do Brasil

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 29/09/2016
Compartilhar este artigo:

Ir ao Caribe sem nem sair do Brasil é possível. Basta viajar para Arraial do Cabo, cidade no litoral do Rio de Janeiro, na chamada Região dos Lagos. Estive lá em dezembro do ano passado, por 4 dias e fiquei impressionada com as águas calmas, e com lindos tons de azul. Só vi mar parecido em Aruba, que é um paraíso no Caribe, e em Fernando de Noronha.

Com os 4 dias que tivemos, foi possível conhecer várias praias e vou aproveitar agora para descrever um pouco de cada uma.

 

Procurando hotel? O Booking tem opções para todos os bolsos. Reserve por esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

Praia do Forno

É uma das praias mais bonitas que já vi no Brasil, pela cor da água e da areia e porque nela as águas não são geladas como em outras praias da cidade. Mas chegar ao paraíso não é fácil: o acesso até lá é feito ou por trilha ou por barco.

A caminhada para a praia não é longa (cerca de 20 minutos), mas a subida no comecinho, feita em degraus esculpidos na terra, pode deixar algumas pessoas um pouco mais cansadas. O que tira o fôlego mesmo é a vista do mirante no alto do morro! A descida é mais tranquila, já que o trecho final não é de terra, mas sim um caminho de pedras.

 
Maridão encarando a trilha para a Praia do Forno. Foto: Marcelle Ribeiro

Maridão encarando a trilha para a Praia do Forno. Foto: Marcelle Ribeiro

Essa é a vista da Praia do Forno durante a trilha. Foto: Marcelle Ribeiro

Essa é a vista da Praia do Forno durante a trilha. Foto: Marcelle Ribeiro

Engana-se quem pensa que a trilha faz os banhistas desistirem de conhecer o lugar. A praia estava cheia, mas era possível caminhar tranquilamente e várias barracas ofereciam o aluguel de cadeiras e guarda-sóis. É importante pechinchar e é até possível conseguir usar as cadeiras pagando apenas o que consumir (foi o que fizemos).

DESCONTO DE 5% no Esquenta Black Friday para aluguel de carro na Rentcars, com o cupom NOVEMBER. Vale até 30/11, com retirada do carro até 31/12! Compare preços de várias locadoras!

A água é um pouco gelada, mas nada que assuste em um dia quente. Além disso, o mar tem poucas ondas e deixa qualquer banhista tranquilo para aproveitar.

Quem não está a fim de encarar a trilha, pode ir e voltar de barco-táxi. Eles partem do cais da Praia dos Anjos, que é vizinha, durante todo o dia. Não há horários pré-definidos, as partidas vão acontecendo à medida que há pessoas interessadas. Eles cobram R$ 10 por pessoa por trecho, mas é preciso também pagar uma taxa de preservação ambiental de R$ 3. Nós só usamos o barco-táxi na volta e para pegá-lo, fomos para a ponta esquerda da Praia do Forno. Os barqueiros ficam perguntando aos banhistas se querem usar o serviço. O trajeto é feito em cerca de 10 minutos e é tranquilo, sem muito balanço.

O que notei é que se você quer ir de barco-táxi, talvez tenha que esperar um pouco no cais pelo embarque, pois há muitos barcos que saem do mesmo local para passeios por ilhas e outras praias.

Olha a cor da água na Praia do Forno! Foto: Marcelle Ribeiro

Olha a cor da água na Praia do Forno! Foto: Marcelle Ribeiro

Praia do Farol

Conhecemos esta praia durante um passeio de barco (que será assunto de outro post em breve).  Aliás, ir de barco é a única opção para acessá-la. Ela fica em uma ilha que abriga apenas um farol e alguns sortudos integrantes da Marinha.

É uma praia muito concorrida nos passeios e a foto abaixo explica o por quê.

 
A beleza da Praia do Farol e suas águas calmas. Foto: Marcelle Ribeiro

A beleza da Praia do Farol e suas águas calmas. Foto: Marcelle Ribeiro

A água é de um azul absurdamente transparente e paradinha, quase uma piscina, porque a praia fica fora do mar aberto. Mesmo gelada, é uma delícia aproveitar.

Há um limite no número de visitantes e, por essa razão, só é possível ficar nela por pouco mais de 30 minutos. Não há qualquer barraca disponível e eu recomendo que você leve uma canga ou uma toalha quando sair do barco. Só assim você pode sentar e curtir essa maravilha!

 

Prainha do Atalaia

Esta é outra praia que conhecemos no passeio de barco, mas também é possível chegar lá indo de carro e fazendo uma trilha na sequência. É preciso estacionar dentro de um condomínio, mas é ele é aberto ao público (basta dizer que vai à praia).

A cor da água é realmente deslumbrante e a areia estava lotada. A faixa de areia é grande e até existem alguns comerciantes alugando barracas, mas há pouca estrutura.

A prainha do Atalaia também é imperdível! Foto: Marcelle Ribeiro

A prainha do Atalaia também é imperdível! Foto: Marcelle Ribeiro

 

Prainha

Essa praia fica logo na entrada de Arraial do Cabo e é um tremendo cartão de boas-vindas! Aqui também os tons de azul saltam aos olhos. A Prainha tem, no entanto, vantagens e desvantagens: apesar de a água ser um pouco mais quente do que a de outras praias, a praia também é a que tem mais ondas.

A areia é tomada por guarda-sóis e cadeiras das barracas que estão por lá. É até difícil encontrar um lugar para colocar seu próprio guarda-sol! Só é possível fazer isso em uma das pontas da praia, onde as barracas ainda não chegaram. Perguntando, você encontra barracas que não cobram pelo aluguel de guarda-sol e cadeira e consegue um lugar em que pague apenas pela consumação.

Apesar da água mais quente, no dia em que fomos ventava bastante, o que atrapalhou um pouco o nosso passeio.

 
IMG_3400

A Prainha e suas barracas. Foto: Marcelle Ribeiro

Reserve sua hospedagem em Arraial do Cabo pelo Booking clicando aqui e ajude o blog a ganhar uma pequena comissão sem pagar nada a mais! (saiba como funciona essa parceria aqui)

Ao reservar o seu carro pelo portal Rentcars por esse link, você compara preços de várias locadoras, consegue descontos e colabora com o Viciada em Viajar.

Leia também:

Veja o índice de posts sobre Arraial do Cabo

Pertinho de Arraial, conheça a badalada Búzios

Leia todos os posts sobre o Rio de Janeiro

Compartilhar este artigo:

Comentários

  1. Eloise
    20 jan 2016

    Olá Marcelle, agora vc pode atualizar seu post sobre suas 5 praias mais bonitas do Brasil. Lá vc diz que “Já ouvi várias vezes pessoas dizerem que determinadas praias são “lindas igual ao Caribe”. Mas no que se refere ao Brasil, apenas uma praia realmente me fez lembrar do Caribe. Foi a praia mais bonita de Maceió, que não fica propriamente em Maceió, mas a 20km: Ipioca.”
    Sou obrigada a discordar, pois como vc mesma viu, as praias de Arraial do Cabo têm cores super comparáveis às do Caribe! Eita lugar bonito!
    Bjs

    • 20 jan 2016

      É verdade, Eloise, esse post das 5 praias mais bonitas terá atualização em breve! Aliás, é difícil escolher só 5, não é? São tantas praias bonitas no Brasil!
      Abraço,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *