Um passeio pelas cidades à beira do Rio Danúbio, na Áustria

postado por Marcelle Ribeiro em 21/10/2012 - Atualizado em: 08/02/2019
Compartilhar este artigo:
austria-melk9

Ruínas de castelo na região do Wachau, vista do barco. Foto: Marcelle Ribeiro.

Um passeio lindo que pode ser feito como um bate-volta de um dia a partir de Viena, na Áustria, é pela região de Wachau, que tem uma igreja linda e vinícolas em volta do rio Danúbio. E quem vai passar uns dias em Viena e também quer ir a Salzburg pode fazer como nós fizemos: aproveitar que vai passar próximo do Wachau no caminho entre Viena e Salzburg para conhecer a região.Melk, uma das cidades da região do Wachau, fica entre Viena e Salzburg. Por que não fazer uma parada para conhecê-la?A logística não é tão simples, mas com planejamento, deu tudo certo!Em Viena, pegamos o trem que saiu da estação de Westbahnhof às 9h18 em direção à cidade de Melk. Chegamos em Melk às 10h30. Deixamos as nossas malas no guarda-volumes da estação de Melk (locker grande, que coube duas malas, saiu a 3,50 euros por um período de 24h. O médio custa 2,50 euros). Fomos andando até a abadia de Melk e chegamos a tempo de fazer a visita guiada das 10h55 em inglês, que custou 11,50 euros por pessoa.

austria-melk3

Detalhe da fachada da igreja de Melk. Foto: Marcelle Ribeiro.

Com a guia, conhecemos, em cerca de uma hora, o salão de mármore e as salas imperiais, que têm objetos antigos, como cetros, e aquelas roupas que os religiosos usam para celebrar missas. Foi bem interessante. A parte mais legal foi a biblioteca, que tem livros dourados lindíssimos. E durante a visita, você ainda vê o visual lindo do alto da cidade, com muito verde. No final do passeio, pudemos conhecer a igreja de Melk e vou te falar… é impressionante! Tudo bem, eu adoro visitar igreja, mas essa é imperdível. Eu não imaginei que ia gostar tanto do passeio, amei, amei.

austria-melk1

Teto decorado do salão de mármore da abadia de Melk. Foto: Marcelle Ribeiro.

austria-melk4

O órgão da igreja de Melk. Foto: Guilherme Calil.

Ainda demos uma voltinha num jardim da abadia, fofinho.

Procurando hotel? O Booking  tem opções para todos os bolsos. Reserve por  esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.
austria-melk5

Jardim da abadia de Melk. Foto: Guilherme Calil.

Não sei se convenci você a ir à Abadia de Melk, mas se você puder, vá!

austria-melk2

A vista da cidade de Melk: casinhas e verde. Foto: Marcelle Ribeiro.

Bom, mas vamos continuar descrevendo o passeio, né? rsrsrs

Andamos pelas ruazinhas de Melk até o cais de onde saem barcos que passeiam pelas cidades margeadas pelo Rio Danúbio. O Danúbio é enorme, e há quem faça um passeio por ele desde Viena. E não, não é mais azul, mas suas águas são bonitas ainda.

Pensando em alugar um carro? Compare em mais de 100 locadoras com a Rentcars! Pague em reais, sem IOF e parcelado em até 12X!

Só há duas empresas que fazem o passeio de barco pelo Rio Danúbio a partir de Melk: a Brandner e a DDSG Blue Danube. Eu já sabia os horários das saídas dos barcos com antecedência, pois vi nos sites das empresas. E vi que a mais adequada para nós era a Brandner, por causa do horário (os preços das duas são idênticos).

austria-melk6

Barco da Brandner no qual fizemos o passeio pelo rio Danúbio. Foto: Marcelle Ribeiro.

Os barcos fazem basicamente o mesmo trajeto: saem de Melk e param nas cidades de Emmersdof, Spitz, Durnstein e Krems. Na volta de Krems para Melk, as paradas são nas mesmas cidades. Para fazer o trajeto Melk-Krems, leva-se 1h40. É possível comprar passagens só para a ida e voltar de trem.

O passeio não é barato. Ir de barco de Melk a Krems custa 22 euros (só ida) ou 26 euros (ida e volta). Muita gente vai só até Dunstein, um vilarejo com lojinhas, vinícolas e restaurantes. A gente fez um passeio ainda mais curto, para economizar tempo e dinheiro: fomos até Spitz de barco, apreciando a vista e tirando fotos. Saímos de Melk no barco das 13h50 e às 14h45 chegamos em Spitz. Paramos num restaurante para almoçar e tiramos umas fotos do vilarejo, que é minúsculo. Depois pegamos o barco em Spitz de volta para Melk às 17h05 e chegamos às 18h25. O tempo foi mais que suficiente para almoçar e relaxar. E deu para sentir como é andar de barco no Danúbio relaxadamente, tirar muitas fotos… E o melhor: para fazer o passeio Melk-Spitz-Melk pagamos 15 euros cada, bem mais barato do que ir até Krems.

Seguro saúde viagem internacional: escolha entre as melhores operadoras e pague com 5% de desconto! Atendimento 24h em português!
austria-melk8

Na área aberta do barco dá para ver o rio e as cidades da região. Foto: Marcelle Ribeiro

No barco, uma gravação em alto-falante descreve um pouco do que o turista está vendo, como ruínas de castelo.

É possível fazer esse passeio também de bicicleta, mas você tem que ter pernas preparadas, pois são muitos quilômetros. Tem uma ciclovia que margeia esse trecho do Rio Danúbio e é possível levar as bicicletas nos barcos.

O barco da Brandner é lindo, super chique, com uma parte avarandada e outra coberta. Tem mesas para refeições e um restaurante bacana à bordo. Nós comemos apenas um sanduba de salsicha, um vinho e uma cerveja para “repor” as energias…rsrsrs

Passeio guiado de 1 dia e ingressos sem fila? Contrate aqui!
austria-melk7

O restaurante do barco. Foto: Marcelle Ribeiro.

Na cidade de Spitz, almoçamos num dos restaurantes mais próximos do cais, mas que foi bem gostoso, chamado Spitzerl. Um schnitzel, um prato com salsichas e batatas fritas, uma cerveja e uma taça de vinho custaram, no total, 21,50 euros. Depois, demos uma voltinha na cidade, que é micra, e paramos para comprar uns chocolates baratos num supermercado.

austria-melk10

Uma fonte no meio de casinhas bonitinhas em Spitz. Foto: Marcelle Ribeiro.

Chegamos no cais de Melk às 18h25 e fomos andando até a estação de trem (a uns 20 minutos de distância). Pegamos nossas malas no locker e pegamos um trem mais ou menos às 19h30 para Salzburg, onde chegamos perto das 22h. Em Salzburg, pegamos um ônibus para o hotel e, cansados, comemos um sanduba na lanchonete do hotel mesmo.

Ok, o dia foi puxado, começou cedo e terminou tarde, com muitas baldeações (trem, caminhada, barco, mais barco, caminhada, trem, ônibus) e muitas cidades envolvidas (Viena, Melk, Spitz, Melk, Salzburg), mas valeu a pena. Conseguimos conhecer um lugar lindo no caminho entre duas cidades e aproveitamos ao máximo nosso tempo. Mas tem que ter pique para fazer tudo isso num dia. E é fundamental já ir para lá com tudo mais ou menos planejado, com horários de trens e barcos impressos.

Ah, já ia esquecendo: todos os tíquetes (trem Viena-Melk, ingresso na abadia, barco Melk-Spitz-Melk, trem Melk-Salzburg) foram comprados na hora, em maquininhas ou guichês. E eu não falo alemão, toda a comunicação foi em inglês.

Se você quer conhecer a região de Wachau como um bate-volta a partir de Viena, saiba que a empresa de trem da Áustria, a OEBB, tem um tíquete-combo, que inclui passagem de trem, entrada na abadia de Melk e passeio de barco. Mais informações no site: http://www.oebb.at/en/Travelling_in_Austria/Lower_Austria/Offers_and_Products/Wachau-Ticket/index.jsp

Alguns sites que ajudaram a planejar esse dia de viagem:

Site da empresa de trem da Áustria: http://www.oebb.at/en/index.jsp
Site da Abadia de Melk – http://www.stiftmelk.at/englisch/index.html
Blog da Margarida – http://margaridanobre.blogspot.com.br/2008/09/abadia-de-melkesplendor-barroco-nas.html
Site da empresa Brandner – http://www.brandner.at/
Blog Papo de Viajante – http://papodeviajante.wordpress.com/2010/04/26/cruzeiro-krems-melk-austria-abril-2009/
Site da empresa DDSG Blue Danube – http://www.ddsg-blue-danube.at/eng/index.php
Blog Nós dois por aí – http://wbelisario.travellerspoint.com/54/
Site oficial da região de Wachau – http://www.donau.com/donau/WN/?ln=en
Site Life’s Little Adventures (o melhor de todos para esta região!) – http://lifeslittleadventures.typepad.com/lifes_little_adventures/2009/05/austrias-wachau-valley.html

 

Veja a lista com todos os posts sobre a Áustria

 

Compartilhar este artigo:
Publicado por Marcelle Ribeiro

Jornalista, baiana, mas há mais de 20 anos moradora do Rio de Janeiro. Nos seus mais de 30 anos de vida, já viajou sozinha e acompanhada. Casada com o Guilherme, petlover e viciada em pesquisar novos destinos.

Comentários

  1. 01 nov 2012

    Quantos lugares lindos!

  2. Denise
    11 mar 2016

    Marcelle, tudo bem? Muito interessante suas informações. Gostaria de saber se você precisou agendar a visita guiada pela internet ou adquiriu o ingresso no local ao entrar? Irei em janeiro e a visitação é só por visita guiada. Desde já agradeço sua atenção.

  3. marcelo
    03 out 2016

    Oi Marcelle
    Vou descer o Danúbio de Passau para Viena de bicicleta
    Estes barcos levam a bike se necessário?
    Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *