Cachoeira do Segredo – beleza da Chapada dos Veadeiros

postado por Marcelle Ribeiro em 24/04/2015 - Atualizado em: 14/04/2019
Compartilhar este artigo:

A cachoeirado do Segredo, na Chapada dos Veadeiros, é uma belezura, mas aviso logo: é só para os fortes! Tem que molhar o pé mais de dez vezes no rio, com bota e tudo, com água nas canelas, para fazer a trilha. Percorrer 8km só para chegar ao destino. E depois fazer tudo isso no caminho de volta.

Mas as belezas de lá valem a pena cada gota de suor derramado. Ô lugar bonito! Queda d’água de mais de 100 metros de altura e com piscina grandona para o banho. Delícia!

 

Procurando hotel? O Booking  tem opções para todos os bolsos. Reserve por  esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.
Cachoeira do Segredo, na Chapada dos Veadeiros.

Cachoeira do Segredo, na Chapada dos Veadeiros. Foto: Antônio Carlos de Souza

Cachoeira do Segredo Chapada dos Veadeiros: dificuldade

Fui à Cachoeira do Segredo em fevereiro desse ano, com a família, durante o carnaval. Não sou daquelas pessoas que praticam exercícios físicos com regularidade nem sou marombeira. Mas mesmo assim deu para encarar a trilha numa boa. Ela é longa (16km ida+volta), mas não tem tantas inclinações. E o que parece ser uma chatice no início logo se transforma numa coisa prazerosa: molhar o pé a cada vez que se cruza o rio.

O nosso guia e outros da região explicam que se formos tirar o sapato a cada vez que cruzamos o rio, não dá tempo de fazer o percurso. É verdade. Começamos a trilha às 11h e terminamos às 18h, com direito a apenas uma pausa de 30 minutos antes da cachoeira, para tomar banho em um dos muitos trechos do rio que tem águas cristalinas. A vontade era parar a toda hora, de tão linda que era a água. Ainda bem que o guia controlou nosso tempo no trajeto, para não anoitecermos no mato.

 

Pensando em alugar um carro? Compare em mais de 100 locadoras com a Rentcars! Pague parcelado em até 12X!
caminho para a cachoeira do segredo

Com água nas canelas a caminho da cachoeira. Foto: Antônio Carlos de Souza

rio caminho cachoeira do segredo chapada dos veadeiros

Rio de águas transparentes no trajeto para a cachoeira. Foto: Marcelle Ribeiro

Mas tivemos bastante tempo livre quando chegamos à Cachoeira do Segredo. Nosso guia nos deixou bem à vontade e nós só fomos embora na hora em que quisemos, depois de almoçarmos o nosso sanduba e mergulharmos bastante. O poço formado pela cachoeira é grande e nadamos até debaixo da queda d’água. Cansa um pouco, mas é uma sensação maravilhosa.

A água é gelada, claro, e na maior parte é funda. Se você só quer se molhar, no entanto, basta ficar logo no início do poço. Não é, no entanto, um passeio que eu recomende para crianças, pela dificuldade de chegar e pela profundidade da água. Pena que as pedras em volta do poço não sejam muito lisas nem grandes, o que dificulta um pouco o meu hábito de “lagartear ao sol”.

Cachoeira do Segredo

Cachoeira do Segredo. Foto: Marcelle Ribeiro

Cachoeira do Segredo: precisa de guia ou não?

Nós preferimos contratar um guia apesar de a operadora de turismo responsável pela fazenda onde está a cachoeira (Operadora Segredo) dizer que naquele dia era possível fazer a trilha sem profissionais. É que normalmente esse passeio só pode ser feito com guias, pois o nível do rio pode subir, e eles, mais que ninguém, sabem conduzir os visitantes com segurança.

No dia em que visitamos a cachoeira, porém, o nível do rio estava baixo, porque não chovia há tempos (e olha que era estação das chuvas!). Por isso, os responsáveis pela fazenda liberaram a visita sem guia. Como a trilha era longa e sabíamos que teríamos que cruzar o rio várias vezes, achamos melhor não arriscar e contratamos um guia com a própria Operadora Segredo. Foi uma ótima decisão. Passamos por vários trechos em que teríamos dúvidas de por onde seguir caso estivéssemos sozinhos.

Pagamos cerca de R$ 180 pela diária do guia (R$ 150 + uma taxa da operadora), valor que dividimos por 7 pessoas. Além disso, eles cobram R$ 25 por pessoa pela entrada na fazenda. Não é exatamente barato, mas vale muito a pena. E no caminho de volta, ainda vimos plantas lindas espalhadas pelo mato.

A vegetação da trilha da Cachoeira do Segredo

A vegetação da trilha da Cachoeira do Segredo. Foto: Marcelle Ribeiro

Leia também:

Compartilhar este artigo:
Publicado por Marcelle Ribeiro

Jornalista, baiana, mas há mais de 20 anos moradora do Rio de Janeiro. Nos seus mais de 30 anos de vida, já viajou sozinha e acompanhada. Casada com o Guilherme, petlover e viciada em pesquisar novos destinos.

Comentários

  1. Gabriella
    05 ago 2015

    Olá,

    é obrigatório contratar um guia? na trilha existe algum tipo de sinalização?

    Obrigada

    • 06 ago 2015

      Oi, Gabriella,
      É obrigatório se o rio tiver cheio, se tiver chovido nos dias anteriores. Quando fui, eles não estavam obrigando a contratar guia, porque não chovia há dias. Mas mesmo assim recomendo contratar guia, pois não há praticamente nenhuma sinalização.
      Abraço,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *