O que fazer em Bananal (SP)? Dicas valiosas para o seu roteiro

postado por Marcelle Ribeiroe atualizado em: 27/10/2020

Quem está sonhando com uma viagem para a Serra da Bocaina, deve estar se perguntando o que fazer em Bananal (SP). Se você está planejando o seu roteiro, saiba que visitar as cachoeiras é um passeio “obrigatório” na região. Além disso, o local tem trilhas curtas e vistas incríveis para a baía de Angra dos Reis. Você também pode visitar as fazendas históricas da época áurea do café, e a estação ferroviária, entre outros. Veja todas as dicas no índice abaixo:

Onde fica Bananal?
Mapa de Bananal
Como chegar a Bananal?
Temperatura em Bananal
Turismo em Bananal: atrações
Roteiro em Bananal
Onde comer em Bananal?

o que fazer em bananal cachoeira bracui

Primeiras quedas da Cachoeira do Bracuí, em Bananal. Foto: Marcelle Ribeiro.

Antes de tudo, vale explicar que Bananal é um dos municípios da Serra da Bocaina, uma região de Mata Atlântica que fica entre São Paulo e Rio de Janeiro, embora não faça parte do Parque Nacional.

Onde fica Bananal (SP)?

O município de Bananal fica no extremo leste do estado de São Paulo, na divisa com o Rio de Janeiro. O local faz parte da zona de amortecimento do Parque Nacional da Serra da Bocaina. Ou seja, o parque não abrange a Bananal, mas ela fica no entorno e é importante para a preservação daquela área.

o que fazer em bananal vista trilha cachoeira bracui

Vista na trilha para a Cachoeira do Bracuí, em Bananal. Foto: Marcelle Ribeiro.

Mapa de Bananal SP

Abaixo, você vê o mapa de Bananal, com todos os pontos turísticos sugeridos neste post.

Como chegar

A melhor forma de chegar a Bananal é de carro. A cidade não tem aeroporto, e as rotas de ônibus são difíceis e partem de cidades do interior. Além disso, o carro é a melhor forma de se locomover na cidade. Assim, você consegue conhecer as atrações sem depender de agência, visto que não tem transporte público na região.

O Rio de Janeiro é a capital mais perto de Bananal: são 157 km, cerca de 2h15 de carro. Da mesma forma, o aeroporto mais perto do município é o Galeão, no Rio, a 110 km de distância. Então, a melhor opção é pegar um voo até o Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão) e depois seguir de carro até o destino (o aeroporto Santos Dumont também pode ser uma opção).

A capital paulista fica a 337 km de distância de Bananal, uma viagem de 4h25 de carro.

Como economizar na passagem aérea

Se você estiver fora do eixo RJ-SP, uma boa dica é fazer uma pesquisa de preço e ver para qual cidade vale mais a pena viajar para chegar na Serra da Bocaina. Nós costumamos comprar passagens com desconto nos sites MaxMilhas, Viajanet e Passagens Promo. Todos esses sites são parceiros aqui do blog e indicados por nós.

Como chegar de carro a partir do Rio de Janeiro

Saindo do Rio, pegue a Rodovia Presidente Dutra e a BR-116 até Cotiara, em Barra Mansa. Então, vire na saída 723. Na sequência, é só seguir a Rodovia Engenheiro Alexandre Drable, a estrada SP-064 e a Rodovia dos Tropeiros até chegar na Estrada Sertão, que vai dar na Praça Pedro Ramos, em Bananal.

Como chegar de carro a partir de São Paulo

Siga as Rodovias Ayrton Senna e Governador Carvalho Pinto. Em seguida, pegue a BR-116 até a saída 275, em Barra Mansa. De lá, siga pelas Rodovia Engenheiro Alexandre Drable, SP-064 e, logo após, pela Rodovia dos Tropeiros até chegar na Estrada Sertão.

Aproveite para reservar seu carro pela Rentcars. Você compara preços de várias locadoras, consegue descontos e ainda colabora com o Viciada em Viajar!

o que fazer em bananal cachoeira sete quedas setima queda

Sétima queda da Cachoeira das Sete Quedas. Foto: Marcelle Ribeiro.

Ônibus até Bananal (SP)

Já se você quer arriscar ir de ônibus para Bananal, saiba que a rota para o município não é muito comum. A empresa que opera o trajeto é a Pássaro Marrom e você pode comprar as passagens pela Clickbus, que é parceira do blog e sempre oferece descontos.

No entanto, os ônibus partem de cidades específicas do interior paulista, como Lorena (R$ 39,40), Guaratinguetá (R$ 49,25) e Cachoeira Paulista (R$ 39,40). Já adianto que não tem ônibus direto do Rio ou de São Paulo. Por isso, o carro se torna a melhor opção mesmo.

Temperatura em Bananal

O clima em Bananal varia bastante durante o ano. No verão, o destino costuma ter temperaturas mais quentes (em janeiro chega a fazer 32ºC, de acordo com dados da Climatempo), mas chove bastante. Como é um local com muitas cachoeiras e trilhas é melhor evitar essa época mais chuvosa, entre novembro e março.

Por outro lado, no inverno, as temperaturas mínimas chegam a 10° em julho, o que pode te desencorajar a tomar banho nas cachoeiras geladas. Sendo assim, a melhor época para visitar Bananal costuma ser nos meses de maio, agosto e setembro.

o que fazer em bananal trilha cachoeira bracui

Trilha para a Cachoeira do Bracuí, em Bananal. Foto: Ticianne Ribeiro.

O que fazer em Bananal?

Finalmente vamos às dicas sobre o que fazer em Bananal. Vou começar pelas cachoeiras, que são um passeio praticamente obrigatório.

É sempre bom lembrar…

Não custa lembrar que o ideal é fazer trilha com um sapato apropriado, seja um tênis ou uma botinha de trekking. A gente sempre recomenda o site da Amazon para acessórios de vários tipos, entre eles botinhas de trilha e calças legging. E no caso das trilhas descampadas, é uma boa você ir de boné ou viseira.

Cachoeiras em Bananal

Cachoeira do Bracuí

A Cachoeira do Bracuí é lindíssima por vários motivos. Em primeiro lugar, porque é alta. São 5 quedas, com total de 150 m de altura. Em segundo lugar, porque tem um ótimo poço para banho. E, por fim, porque tem uma vista surreal da baía de Angra dos Reis. Você fica na dúvida se fica sentado de costas para a cachoeira, apreciando a paisagem, ou se fica de costas para a vista, admirando a queda d’água.

São cerca de 50 minutos de carro do centro de Bananal até o início da trilha. A estrada é a SP 247, toda de subida, que foi recentemente parcialmente asfaltada, mas é bem sinuosa. Na maior parte, só dá para passar um carro por vez, mas ela não é muito movimentada. Perto do camping Chez Bruna o asfalto acaba. A partir dali o caminho é perenizado (com britas).

o que fazer em bananal cachoeira bracui

Cachoeira do Bracuí. Foto: Marcelle Ribeiro.

Entre a Pousada Brejal e a Pousada do Rio Mimoso, há um estacionamento. Dali são 10 minutos a pé até o portão da Pousada do Rio Mimoso, onde se cobra ingresso para a cachoeira (R$ 10 por pessoa).

Como é a trilha para a Cachoeira do Bracuí?

A trilha, de nível de dificuldade moderado, tem entre 1,5 km e 2 km (só ida) e é plana em sua maioria. Nós levamos cerca de 1h para chegar e o mesmo tempo para voltar. Há alguns trechos inclinados e em que você precisa passar entre raízes. Além disso, já chegando na cachoeira, você terá que passar por uma parte bem íngreme, usando uma corda que existe no local e segurando em galhos.

o que fazer em bananal cachoeira bracui trilha

Trilha para a cachoeira. Foto: Marcelle Ribeiro.

Apesar de ser feriado, estava bem vazio quando fomos. A existência de cobrança de ingresso e o fato de a trilha ser próxima a 2 pousadas nos deram segurança. Detalhe: uma cobra passou bem perto de nós durante o trajeto, mas não fez nada.

Também é possível ir à cachoeira por uma trilha que começa na Pousada da Terra, acessível apenas para hóspedes da pousada.

Cachoeira das Sete Quedas

Como o nome sugere, essa não é apenas uma queda d’água, mas sete. No entanto, só é possível visitar quatro cachoeiras e duas delas você só consegue conhecer se agendar a visita por telefone com a Estação Ecológica, onde elas estão localizadas. Ainda assim, é uma ótima dica de o que fazer em Bananal.

Para ir até a Cachoeira das Sete Quedas, saindo do centro de Bananal, pegue a rodovia SP 247 (a mesma que leva à cachoeira do Bracuí, que já descrevi acima). No km 15, você verá a portaria da Estação Ecológica, com um guarda. Diga a ele que vai visitar as cachoeiras.

o que fazer em bananal cachoeira sete quedas primeira queda

Primeira queda da Cachoeira Sete Quedas. Foto: Marcelle Ribeiro.

As sete quedas não são uma colada na outra. Na verdade, são quase que sete cachoeiras independentes, mas todas no mesmo rio.

Na segunda guarita por onde você passar, peça ao vigia para te mostrar a primeira e a segunda quedas, que ficam bem perto, mas um pouco escondidas pela mata. Você vê a primeira queda do alto, após uma trilha de 150 metros a partir da guarita. Para chegar à segunda o único jeito é descer de bunda na queda d’água.

Funcionamento da Cachoeira das Sete Quedas

Se você tiver ligado para reservar a visita, poderá seguir na estrada de terra para ver a sétima e a sexta quedas. Ligue  para (12) 3116-2008, de preferência na véspera, dê seu nome e telefone. Apenas cerca de 30 pessoas podem visitar o local por dia. Contudo, não há cobrança de ingresso.

A Estação Ecológica abre diariamente das 7h às 16h. Tem cerca de 10 km de estrada de terra sinuosa, que percorremos em 40 minutos. Carros comuns sobem.

Após estacionar, passe na Estação para conversar com os biólogos sobre a região. Depois, em 5 minutos de uma trilha super fácil, você chega na sétima queda, que é uma ótima! Então, caminhe mais 10 minutos por um trajeto igualmente fácil e você chegará à sexta queda, que tem uma hidromassagem deliciosa.

o que fazer em bananal estacao ecologica

Estação Ecológica de Bananal. Foto: Marcelle Ribeiro.

Cachoeira do Rio Mimoso

Não cheguei a conhecer a Cachoeira do Rio Mimoso, mas ela é muito bem recomendada como uma sugestão quando o assunto é o que fazer em Bananal. Embora o volume de água seja menor, dizem que o local também tem uma vista incrível da Baía de Angra dos Reis, além de ter um poço de borda infinita. Para chegar é preciso pegar uma trilha de cerca de 2 km na Pousada do Rio Mimoso.

O caminho de carro até lá é bem parecido com o para a Cachoeira do Bracuí.

Pontos turísticos de Bananal

Além das cachoeiras, quem busca o que fazer em Bananal tem outros pontos turísticos para visitar.

Eu sugiro que você dê uma passada na estação de trem de Bananal (inaugurada em 1889 e desativada em 1963), onde fica a locomotiva Teresa Cristina. Além disso, vale passar na pracinha com coreto, onde ficam a Igreja Matriz do Senhor Bom Jesus do Livramento e o Chafariz de Ferro.

O Centro Histórico de Bananal ainda tem diversos casarios antigos e a Pharmácia Popular, que é a farmácia mais antiga em funcionamento no Brasil (desde 1830).

o que fazer em bananal estacao trem locomotiva

Estação Ferroviária de Bananal. Foto: Marcelle Ribeiro.

Outra dica do que fazer em Bananal é conhecer as famosas fazendas históricas. Essas propriedades contam um pouco da história da região, na época áurea do café. A maioria está em ótimo estado de conservação e mantém a estrutura e mobiliário do século XIX. Além disso, há aquelas que funcionam como hotel-fazenda em Bananal.

Algumas delas são a Fazenda Boa Vista, famosa por já ter sido cenário de novelas, a Fazenda Resgate, a Fazenda dos Coqueiros e a Fazenda Loanda. Em alguns casos, é preciso agendar a visita. Então, vale se informar antes.

Atrações de cidades próximas a Bananal

Além das opções do que fazer em Bananal, você pode visitar também as cidades vizinhas, que fazem parte da Serra da Bocaina. São José do Barreiro, por exemplo, fica bem perto e tem atrações como a Cachoeira das Posses e Cachoeira Santo Isidro, que ficam dentro do Parque Nacional da Serra da Bocaina.

o-que fazer em bananal cachoeira santo izidro

Cachoeira de Santo Isidro. Foto: Marcelle Ribeiro.

Para quem gosta de uma trilha mais pesada e tem mais tempo pela região, vale conhecer a Pedra do Frade. Com 15 km e um trajeto bem difícil, ela começa em Bananal e termina em Angra dos Reis, no litoral do Rio. Outra opção é a Trilha do Ouro, que dura 3 dias e passa por diversas regiões da Serra da Bocaina, relembrando o caminho feito para o transporte do minério no período colonial.

Roteiro de 3 dias

Se você ainda não decidiu o que fazer em Bananal, vou compartilhar o roteiro que fiz pela cidade quando estive lá. Fizemos tudo de carro próprio, sem guia.

  • 1° dia: No fim da manhã, fomos à Cachoeira do Bracuí. Em seguida, passeamos pelo centro histórico de Bananal. Dormimos em Bananal;
  • 2° dia: fizemos um bate-volta de Bananal a São José do Barreiro para conhecer a cachoeira de Santo Isidro. Logo após, conhecemos o centrinho de São José do Barreiro. Depois, voltamos para dormir em Bananal;
  • 3° dia: conhecemos a Cachoeira das Sete Quedas, e, na sequência, voltamos para o Rio.
o que fazer em bananal cachoeira sete quedas sexta queda

Sexta queda da Cachoeira Sete Quedas. Foto: Ticianne Ribeiro.

Onde ficar em Bananal (SP)?

Agora que você já tem uma ideia de o que fazer em Bananal, é preciso dizer que são poucas as pousadas na cidade que fazem reservas pelo Booking. Você terá que entrar em contato com cada pousada em Bananal individualmente. Minhas dicas de onde ficar em Bananal são de casas por temporada:

Saiba mais no post sobre Onde Ficar na Serra da Bocaina.

Onde comer em Bananal (SP)?

Não há muitas opções de onde comer em Bananal. No alto da serra, indico o restaurante do camping Chez Bruna, que serve uma deliciosa comida caseira mineira no fogão à lenha, além de truta. O buffet livre custava R$ 50 por pessoa, sem bebidas (só aceitam dinheiro ou cheque). As mesinhas ficam num delicioso jardim. Funciona para almoço a tarde inteira, até às 18h.

o que fazer em bananal restaurante chez bruna

Restaurante do Chez Bruna. Foto: Marcelle Ribeiro.

Conclusão

Em conclusão, com tantas atrações, você pode ficar em dúvida sobre o que fazer em Bananal.

E você, tem dicas de turismo em Bananal? Escreve nos comentários!

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *