O que fazer em Paraty: 6 dicas essenciais e roteiro de 2 a 5 dias

postado por Caroline Limae atualizado em: 28/09/2020

Se você é carioca ou paulista, com certeza já ouviu falar de Paraty (RJ) e de seu charmoso centro histórico, cheio de casinhas coloridas e ruas com paralelepípedos. No entanto, essa cidade, localizada no Rio de Janeiro, mas pertinho de São Paulo, tem mais atrativos do que você possa imaginar. E olha! São tantas opções entre belíssimas cachoeiras, praias e passeios que fica até difícil escolher o que fazer em Paraty. Por isso, nesse post, a gente vai te dar dicas de como aproveitar cada cantinho dessa região turística!

Atrações para o dia
O que ver em Paraty com chuva
Paraty no inverno
Paraty à noite
Quantos dias ficar em Paraty
O que visitar em Paraty em 2 dias
Roteiro para 3 dias em Paraty
Roteiro para 4 dias
Guia para 5 dias ou mais em Paraty
O que conhecer em Paraty com pouco dinheiro
Paraty no Réveillon
Onde ficar em Paraty

 

O que fazer em Paraty de dia

1 – Praias de Paraty

As praias de Paraty que mais valem a pena conhecer não são próximas ao Centro. Essas não são indicadas para banho. As melhores são um pouco contramão mesmo, já que para acessá-las você precisará ir de carro, gastar a sola do tênis fazendo belas trilhas ou até mesmo fechar um passeio de barco.

Uma das mais famosas é a Praia do Sono. Afinal, é impossível não ficar encantado por sua água transparente, areia branquinha e tanta tranquilidade que chega dar até sono (aliás, deve ser por isso que a praia foi batizada assim rs!). Existem poucos bares e restaurantes ao redor, então uma boa dica é levar lanchinhos e água. Só dá para chegar por meio de lancha ou trilha (cerca de 50 minutos, mas o percurso é fácil).

o que fazer em paraty praia do sono

Praia do Sono: tranquila do jeito que a gente gosta. Foto: Marcelle Ribeiro

De lá, recomendamos uma esticadinha até a Praia de Antigos, tão bonita quanto a anterior e ainda mais reservada. Essa realmente não tem estrutura alguma, já que o acesso só se dá por meio de uma trilha (de aproximadamente 30 minutos, com subidinhas).

o que fazer em paraty praia de antigos

Praia de Antigos. Foto: Marcelle Ribeiro

Trindade: uma das mais famosas

Trindade é uma daquelas regiões “obrigatórias” quando o assunto é o que fazer em Paraty. É uma vila bem conhecida de Paraty, com belíssimas praias (inclusive uma de nudismo!) e cachoeiras. É uma área pacata, apesar de turística. Lá, a gente indica a Praia do Meio, com acesso por meio de uma trilha. De lá você poderá ver uma formação rochosa de onde as pessoas tiram fotos e montanhas verdinhas.

o que fazer em paraty praia do meio

Rochas da Praia do Meio. Foto: Caroline Lima

Ainda no município de Paraty, mas um pouco mais distante, tem a Praia da Ilha do Pelado. Ela fica a cerca de 30 km do Centro de Paraty, no caminho para Angra dos Reis. É vazia, quase que privativa, pois só quem frequenta mesmo são os moradores da região. É preciso pegar um barco na Praia de São Gonçalo para chegar até a ilha e, por isso, não tem ambulantes. Linda e ótima para quem deseja ficar isolado.

o que fazer em paraty ilha do pelado

Praia da Ilha do Pelado. Foto: Marcelle Ribeiro

2 – Passear no Centro Histórico

O principal ponto turístico de Paraty é, sem dúvidas, o Centro Histórico. Independentemente se história era sua matéria favorita na escola ou não, não tem como não se apaixonar por esse pedacinho adorável da cidade, que ainda guarda tantas memórias do período colonial brasileiro. Impossível não conhecer essa região ao analisar o que fazer em Paraty.

Mas a questão é: o que fazer no Centro Histórico de Paraty? Temos algumas dicas e a primeira delas é: não deixe o celular descarregado ao sair de casa. Aproveite para renovar o feed do seu Instagram porque você literalmente vai querer parar em cada casinha branca para tirar fotos. E garanto que elas saem uma mais linda que a outra! As janelas e portas coloridas, com flores nas jardineiras, dão um ar muito gracioso à cidade.

Atrações do Centro Histórico

Uma outra característica muito peculiar do Centro Histórico de Paraty são as ruas estreitinhas pavimentadas de pedras e paralelepípedos. Tem até passeio de charrete, pra você que quer se sentir uma verdadeira princesa! Aliás, esse é o único veículo que pode transitar pela área. Mas, se você preferir ir a pé, deixe o sapatinho de cristal em casa e invista em outro calçado mais confortável. E lembre-se de que a pressa é inimiga da perfeição: deixe para aproveitar cada cantinho com calma. Caso contrário, você pode até tropeçar, se machucar e aí não vai ter fada madrinha pra te salvar! Rs

Se tem uma coisa que não falta em cidades tão tradicionais assim são igrejas. Paraty é cheinha delas. Algumas são a Igreja da Matriz, Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, Nossa Senhora das Dores, Santa Rita e Nossa Senhora da Penha.

o que fazer em paraty igrejas

Igreja Nossa Senhora da Penha. Foto: Caroline Lima

E ainda assim, se você não souber o que fazer no Centro Histórico de Paraty, você também pode optar por visitas guiadas. Nós recomendamos fazer a reserva do passeio por meio do Civitatis, site parceiro aqui do blog.

Passeios em Paraty

3 – Passeio de barco

Como falamos anteriormente, existem algumas praias (entre as melhores!) em Paraty em que o acesso só é possível de barco. Então já viu que um passeio de barco é item “obrigatório” quando for decidir o que fazer em Paraty, né? 😉

Foi o que nós fizemos e a gente conta um pouco dessa experiência aqui, em outro post do blog. Em resumo, nós fizemos uma pesquisa prévia e acabamos optando pela escuna Porto Seguro, que, por sinal, super recomendamos! Gostamos do roteiro, do atendimento, da trilha sonora e até da decoração do barco. Na época, o passeio custou R$ 50 por pessoa.

o que fazer em paraty lagoa azul

Lagoa Azul: só é possível chegar de barco. Foto: Marcelle Ribeiro

4 – Passeio para o Saco do Mamanguá

O nome pode até parecer esquisito, mas o Saco do Mamanguá é um lugar bem bonito de Paraty. Entretanto, na minha opinião, não é um dos melhores passeios. Eu estava com expectativas altas para conhecer o único fiorde brasileiro (é um tipo de formação geológica em que o mar passa entre as montanhas), mas acho a listinha de o que fazer em Paraty tem atrações mais interessantes.

Enfim, se você tiver com tempo de sobra e quiser ver mansões e castelinhos e conhecer as Praias do Sobrado e do Cruzeiro, indicamos esse passeio aqui da Civitatis. Talvez sua experiência seja bem melhor que a minha.

o que fazer em paraty saco do mamanguá

A caminho da Praia do Cruzeiro. Foto: Marcelle Ribeiro

5 – Ir para cachoeiras

É claro que nessa lista de o que fazer em Paraty não podiam faltar as cachoeiras. Para chegar a grande parte delas é preciso fazer trilhas ou até mesmo um passeio de jeep.

A Civitatis oferece um tour irado a bordo de um jeep 4×4 pela Serra da Bocaina.

Um dos points da cidade que agradam tanto os amantes da natureza quanto os destemidos é a Cachoeira do Tobogã. Pelo nome você já deve imaginar, né? Essa atração é formada por uma pedra lisa por onde cai a água. E de lá do alto você pode escorregar e aterrissar em uma piscina natural. Tem quem prefira descer sentado ou até em pé, quase que surfando sob a pedra.

A Cachoeira do Tobogã fica bem cheia. Então de lá decidimos partir para o Poço do Tarzan, também famoso, mas menos frequentado. Lá você irá encontrar uma pequena queda d’água, onde será possível tirar belas fotos e se refrescar.

o que fazer em paraty poço do tarzan

Poço do Tarzan. Foto: Caroline Lima

Os corajosos de plantão podem ousar na Pedra Que Engole. Para chegar lá, percorre-se uma trilha de cerca de 1 km, com subidas íngremes. Se você tem curiosidade sobre como é essa sensação (credo!), você pode experimentar descer pelo buraco, por onde entra a água, e passar deitado com as mãos para o alto. De lá você cai em uma cachoeira pequena. Nós ainda não fomos! Se você já foi na Pedra Que Engole, deixa aqui nos comentários!

6 – Aproveitar um dos festivais da cidade

Paraty respira cultura. Por isso, pode ser bastante interessante visitar a cidade em uma das épocas onde há festivais. Os mais famosos são a Flip (Festa Literária Internacional de Paraty, que acontece normalmente no mês de junho), Festival da Pinga (Festival da Cachaça, Cultura e Sabores de Paraty, normalmente rola em agosto) e o Bourbon Festival Paraty (Festival Internacional de Jazz, Blues, R&B e Soul, comum em maio).

O que fazer em Paraty com chuva

Paraty pode sofrer um pouco com as chuvas durante o verão. É mais comum do que parece faltar luz na cidade e o centrinho alagar e ficar todo enlameado. Sendo assim, a gente recomenda que você viaje fora da alta temporada. É claro que, se for só uma chuvinha, você não deve se preocupar. Mas se a previsão for de temporal, melhor tentar remarcar, pois as chuvas fortes podem tornar as trilhas mais difíceis e as cachoeiras mais perigosas. Não há muito o que fazer em Paraty com chuva: apenas visitar as igrejas.

Paraty no Inverno

O inverno em Paraty é bem gostoso, como num típico verão europeu. Faz sol, chove pouco, mas venta e tem temperaturas mais amenas (em média 20ºC). Então há sim o que fazer em Paraty no inverno: dá para passear pelo centrinho, fazer um passeio de barco mais contemplativo ou esquentar o corpo com uma deliciosa cachacinha típica.

Além disso, nesse período, a cidade também recebe a Flip e o Festival da Pinga, adorados pelos turistas. O único ponto ruim em ir nessa época é o preço das hospedagens, já que há um aumento na demanda devido à ocorrência destes eventos.

Paraty à noite

Realmente são muitos programas para se fazer em Paraty de dia, mas o que fazer em Paraty à noite? E nós temos uma ótima resposta para essa pergunta: comer! Afinal, comida e bebida boa não faltam em Paraty! E se você achou mesmo que a gente não ia se fazer com a gastronomia paratiense, achou errado!

Paraty é uma cidade linda e movimentada à noite, principalmente no centrinho. São várias lojinhas de artesanato (minha nossa senhora do cartão de crédito que lute!) e restaurantes que vão desde o requisitado PF até outros mais refinados.

Veja aqui um post completíssimo sobre onde comer (e onde não comer) em Paraty.

Agora se o seu plano é ficar “acordadão”, reserve um tempinho para tomar um bom café em um dos inúmeros cafés da cidade ou até mesmo provar da cachaça Gabriela, uma das mais queridas (se não a mais!) do Brasil (quiçá do mundo!).

Cachacinhas de Paraty que indicamos. Foto: Caroline Lima

Quantos dias ficar em Paraty

Aposto que você leu até aqui e agora bateu a dúvida sobre quantos dias ficar em Paraty. Então, por serem muitas atrações em um só lugar, as quais recomendamos explorar com calma, nós recomendamos passar pelo menos 4 dias na cidade. Mas o ideal mesmo é ficar 7 dias, pra conhecer um pouco de tudo.

O que fazer em Paraty em 2 dias

Se vai fazer quase um bate e volta, recomendamos focar nas atrações principais:

  • Primeiro dia– Passeio de barco para conhecer praias durante a manhã, almoço em um restaurante local durante a tarde e à noite passear pelo Centro Histórico;
  • Segundo dia – Escolher uma cachoeira da sua preferência para visitar durante a manhã, almoço com direito à café da tarde no centrinho e restaurante com música ao vivo à noite também no Centro.

Roteiro para 3 dias em Paraty

  • Primeiro dia – Curta as Praias do Sono e do Antigo pela manhã, almoço no Centro durante a tarde e à noite um bom jantar;
  • Segundo dia – Passeio de barco por ilhas e praias. Já à noite desfrutar de uma boa cachacinha paratiense no Centro;
  • Terceiro dia – Desvendar cachoeiras durante a manhã e tarde, à noite fazer comprinhas no Centro.

Roteiro para 4 dias

  • Primeiro, segundo e terceiro dia – O mesmo acima;
  • Quarto dia – Visitar o Saco do Mamanguá de manhã, com almoço por lá e à noite um restaurante de sua preferência.

Guia para 5 dias ou mais em Paraty

  • Primeiro dia – Passeio de barco, com passeio no Centro Histórico no final da tarde (pode se repetir para todos os dias);
  • Segundo dia – Praias do Sono e Antigo;
  • Terceiro dia – Saco do Mamanguá;
  • Quarto dia – Praia em Trindade;
  • Quinto dia – Praia em Trindade;
  • Sexto dia – Cachoeiras;
  • Sétimo dia  – Passeio de jeep ou caiaque.

Ou, você pode aproveitar e esticar a viagem até a cidade de Ubatuba, em São Paulo, que fica a apenas 72 km de Paraty. Veja quanto custa viajar para Ubatuba no blog Deixa de Frescura.

O que fazer em Paraty com pouco dinheiro

Paraty definitivamente não é um destino turístico caro. Tem muito o que fazer em Paraty com pouco dinheiro sim. Como falamos acima, existem dois jeitos de chegar até a maioria das praias: de barco ou fazendo trilha. Se você quer economizar, opte pela segunda opção. A notícia boa é que praticamente todas as cachoeiras possuem entrada gratuita.

Outra dica é buscar hospedagem próximas ao centro, para realizar suas atividades todas ali pelos arredores e economizar na gasolina. Evite também períodos com aglomerações (festas de fim de ano, férias escolares ou época de festivais).

Paraty no Réveillon

Nessa época, o Centro Histórico borbulha e fica mais cheio do que nunca. Importante fazer a reserva da acomodação com antecedência. Acrescente à sua lista de o que fazer em Paraty a queima de fogos e shows na Praia do Pontal. Alguns restaurantes e bares oferecem ceias, seguidos de noitadas, mas nada que se compare à Região dos Lagos, por exemplo.

Onde ficar em Paraty

Agora que você já tem uma ideia de o que fazer em Paraty, vamos falar de hospedagem? A regra de ouro é selecionar o que você pretende visitar. Tem pousadas no Centro, nos arredores dele e perto das praias. O melhor é ficar pelo centrinho mesmo, apesar de um pouco mais caro.

Exatamente no Centro, recomendamos a Pousada Aconchego, Pousada do Ouro, Pousada Bartholomeu e a Pousada Porto Imperial. De R$ 224 a R$ 825 a diária.

Perto do Centro indicamos a Pousada das Pedras, Villas de ParatyVila do Porto, Pousada Don Juan, Pousada Magnu’s, Pousada do Forte, Boutique Hotel Carpe Diem e Pousada Villa del Sol. Diárias de R$ 210 a R$ 328.

Em outras regiões

Na praia de Parati-Mirim tem a Paraty Paradiso.

Já mais afastadas, tem a Casa Clara e Pousada Apple House Paraty.

Por menos de R$ 200 tem a Maravilha de Paraty e a Che Lagarto.

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *