O que fazer em Petrópolis (RJ): 15 atrações realmente imperdíveis

postado por Caroline Lima e atualizado em: 29/06/2021

Localizada a apenas 68 km do Rio de Janeiro, Petrópolis é ideal para um bate-volta desde a capital ou um feriadão. São tantas atrações que você nunca vai ficar sem saber o que fazer em Petrópolis. A cidade oferece programações variadas para toda a família, como museus, bons restaurantes e parques. Te convencemos? Veja os pontos turísticos de Petrópolis!

Temperatura e Clima em Petrópolis
Como chegar a Petrópolis
O que fazer de dia
O que fazer em Petrópolis no inverno
O que fazer à noite em Petrópolis
Petrópolis com chuva: o que dá pra fazer?
Atrações de graça em Petrópolis
Roteiro em Petrópolis
Onde se hospedar

Temperatura e Clima em Petrópolis

O clima em Petrópolis é tão fresquinho que às vezes é até difícil de acreditar que você está no Rio de Janeiro. Por se tratar de uma cidade localizada na serra, é natural que o tempo seja mais ameno. Em média, a temperatura em Petrópolis é de 18.4 °C.

Portanto, sabe aquela frase, típica de toda mãe, “leva um casaquinho?”. Ela super se aplica nesse cenário! Isso porque durante o dia pode fazer sol em Petrópolis, mas à noite normalmente fica frio. E isso pode acontecer durante qualquer estação do ano.

No verão, a temperatura em Petrópolis varia entre 17º e 28º, ou seja, bem fresquinho perto da capital. Outro ponto importante é a questão das enchentes, que acontecem com maior probabilidade no verão, devido àquelas chuvas intensas típicas. Caso sua intenção de viagem seja fazer ecoturismo, por exemplo, é melhor que você procure ir para a região durante outras estações, como na primavera e no outono, porque além de serem mais estáveis, também proporcionam belíssimas paisagens.

O inverno é a alta temporada, pois os cariocas sobem a serra para curtir as temperaturas baixas. Elas variam de 8º a 25º entre junho e setembro. Essa é a época em que menos chove. Sempre confira a previsão no site, para evitar imprevistos. 😉

o que fazer em petropolis temperatura

Média climatológica dos últimos 30 anos, segundo a Climatempo. Foto: Reprodução Climatempo

Como chegar a Petrópolis

Apesar de ser a cidade aonde viveu Santos Dumont, o pai da aviação, Petrópolis não tem aeroporto. No entanto, o centro está localizado à apenas 60 km do aeroporto internacional do Galeão, no Rio de Janeiro. Caso você esteja planejando vir para a Cidade Maravilhosa e dar uma esticadinha até Petrópolis, veja como chegar a Petrópolis utilizando outros tipos de transportes.

Passagem promocional para Rio de Janeiro

Quem não gosta de uma promoção? Para conseguir uma passagem para o Rio de Janeiro com bons descontos, fique de olho nos sites MaxMilhas e Passagens Promo.

De carro alugado

Na hora de decidir como chegar a Petrópolis, considere que indo de carro, você fica livre para passear pela cidade, aproveitar todos os pontos turísticos fora do centro histórico e, de quebra, ainda dar um pulinho nas redondezas (como Correas e Itaipava). Ou seja, você acaba conseguindo “ticar” mais atrações da sua listinha de o que fazer em Petrópolis.

Segundo o Google Maps, o trajeto entre os centros do Rio de Janeiro e de Petrópolis dura apenas 1h e 14 min de carro. É basicamente só seguir a Linha Vermelha durante boa parte do percurso. Não aconselhamos pegar caminhos alternativos, mesmo que indicados pelo GPS para cortar caminho, pois podem levar para alguma área de risco.

A serra possui algumas curvas íngremes e perigosas, principalmente em dias de chuva ou nevoeiro, então garanta que seu carro está em dia com a revisão. Na rodovia, quase chegando em Petrópolis, há um pedágio, que custa R$ 11,60.

Caso você queira alugar um carro para fazer a viagem, recomendamos fazê-lo pela Rentcars, porque já utilizamos o serviço deles inúmeras vezes e sempre fomos muito bem atendidos.

De ônibus

Como tem muita gente que trabalha no Rio e mora em Petrópolis e vice-versa, vários ônibus saem todos os dias das rodoviárias com rumo à esses destinos todos os dias. Desse modo, não é tarefa difícil encontrar uma passagem que se adeque à data e horário que você está buscando para ir para Petrópolis. Tenha em vista que, aos feriados, o trânsito até lá pode ficar bem congestionado.

São cerca de 1h30 de viagem de ônibus. Saindo do Rio de Janeiro, a passagem custa em média R$ 70. Você pode encontrar passagens em promoção no site da ClickBus.

De passeio

Também dá para ir para Petrópolis de excursão. O ponto positivo é que você terá um guia turístico te explicando tudo sobre a Cidade Imperial, em detalhes e não vai precisar se preocupar com estrada, passagem, etc. Se a sua ideia é fazer um bate-volta, essa pode ser a opção mais interessante. A Civitatis, Get Your Guide e a Viator oferecem passeios a partir de R$ 175, com duração entre 9 a 10 horas. Normalmente, nesses pacotes, já estão inclusos o transporte de ônibus e as entradas para os museus.

 

O que fazer em Petrópolis, Araras, Correas, Itaipava e região

Preparamos uma listinha com o que fazer em Petrópolis. Se preferir, clique direto na atração, já que essa lista funciona como um índice! Nós separamos ele ao longo deste post de acordo com a região.

1 – Mirante do Cristo
2 – Palácio de Cristal
3 – Museu Imperial
4 – Museu Casa de Santos Dumont
5 – Cervejaria Bohemia
6 – Catedral São Pedro de Alcântara
7 – Museu de Cera de Petrópolis
8 – Compras
9 – Palácio Quitandinha
10 – Vale do Amor
11 – Castelo de Itaipava
12 – Trilha Pedra de Itaipava
13 – Cachoeira da Macumba ou do 13
14 – Mirante da Estrada Itaipava-Teresópolis
15 – Parque Nacional da Serra dos Órgãos

Pontos turísticos de Petrópolis – Na estrada

1 – Mirante do Cristo

Na subida da serra para Petrópolis, antes de chegar à cidade, o Mirante do Cristo é uma boa para apreciar a vista das montanhas da região. Tem uma estátua de Cristo e bolsões para estacionamento dos dois lados da pista. A entrada é grátis.

mulher mirante do cristo petrópolis

Mirante do Cristo. Foto: Maridão.

Pontos turísticos de Petrópolis – No Centro Histórico

2 – Palácio de Cristal

Esse é o ponto de partida para quem deseja visitar o Centro Histórico de Petrópolis. É uma estrutura bonita, construída como um presente do Conde D’Eu para a Princesa Isabel. Em épocas específicas, esse espaço recebe alguns eventos super legais, como o Bauernfest, um festival cervejeiro bem famoso, ou até eventos de música clássica. Dá para visitar rapidinho, em 20 minutinhos.

Endereço: Rua Alfredo Pachá, s/n, Centro – Petrópolis (RJ). Horário de Funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 18h. Preço: entrada gratuita.

o que fazer em petrópolis palácio de cristal

Quando há eventos locais, o Palácio de Cristal fica mais interessante. Foto: Marcelle Ribeiro

3 – Museu Imperial

Não há como não ficar impactado com tanta riqueza! O Palácio Imperial, que era a casa de veraneio da família imperial brasileira, hoje se tornou o Museu Imperial, com um acervo impressionante (e quase intacto!) da época do Segundo Reinado. São cerca de 300 mil itens, entre móveis, joias e documentos. O jardim também é lindíssimo. Ou seja, não tem como deixá-lo de fora ao decidir o que fazer em Petrópolis. Ah, lá você anda de pantufas para proteger o chão, o que é uma atração à parte! rsrs

Outra atração MUITO legal do museu é o espetáculo de Som e Luz, que acontece à noite, quando são projetadas imagens na fachada do prédio para contar a história dele. Ele acontece de quinta a sábado, às 20h.

Endereço: Rua da Imperatriz, 220, Centro – Petrópolis (RJ). Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 11h às 18h. Preço da entrada: R$ 5 (meia) e R$ 10 (inteira). Há também os pacotes família, consultar no guichê de entrada. Para o espetáculo Som e Luz, a entrada é R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

o que fazer em petrópolis museu imperial

A arquitetura neoclássica do museu é linda. Foto: Caroline Lima

o que fazer em petrópolis museu imperial jardins

Os jardins são muito bem cuidados e encantam com cores vivas. Foto: Caroline Lima

4 – Museu Casa de Santos Dumont

Quem poderia imaginar que Santos Dumont, precursor da aviação moderna, levaria uma vida sem luxos? Pois é! O Museu de Santos Dumont possui uma arquitetura única, que, apesar de simples, já encanta por sua inovação. A casa foi projetada pelo próprio e construída em um terreno íngreme, de uma maneira que valorizasse as formas geométricas em uma época dominada pelo estilo neoclássico.

Além disso, o museu possui um acervo bastante amplo com obras e objetos desse grande inventor. Vale a leitura do blog Meu Destino é Logo Ali para saber mais sobre a visita à Casa de Santos Dumont.

Endereço: Rua do Encanto, 22, Centro – Petrópolis (RJ). Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 9h30 às 17h. Preço: R$ 4 (meia) e R$ 8 (inteira).

5 – Cervejaria Bohemia

A Cervejaria Bohemia funciona há mais de 160 anos em Petrópolis e oferece um tour cervejeiro super completo por toda a fábrica. Lá, é possível ter uma experiência única, que envolve desde a história da primeira cervejaria do Brasil até o momento de degustação.

E mesmo se você não quiser fazer o tour vale a pena, pois do ótimo restaurante você vê os tonéis de cerveja e a lojinha e todo o espaço têm explicações sobre a cerveja.

Endereço: Rua Alfredo Pachá, 166, Centro – Petrópolis (RJ). Horário de funcionamento: de terças a quintas, das 12h às 17h; aos sábados, das 10h às 18h e às sextas, domingos e feriados, das 10h às 17h. Preços variam entre R$ 39 até R$ 89, dependendo do tipo de tour. Confira aqui as opções.

o que fazer em petrópolis cervejaria

Algumas opções de cervejas disponíveis no menu. Foto: Marcelle Ribeiro

6 – Catedral São Pedro de Alcântara

Para os curiosos de plantão, é na Catedral São Pedro de Alcântara que estão enterrados os restos mortais da família imperial brasileira, como Dom Pedro II e Princesa Isabel. A igreja é vista por vários ângulos da cidade, mas o melhor com certeza é o de dentro dela, pois possui vitrais e esculturas muito belas.

Endereço: Rua São Pedro de Alcântara, 60, Centro – Petrópolis (RJ). Horário de funcionamento: todos os dias, das 8h às 18h. Entrada gratuita.

o que fazer em petrópolis catedral

Estilo neogótico. Foto: Caroline Lima

7 – Museu de Cera de Petrópolis

O Museu de Cera de Petrópolis é uma opção para levar a família e divertidíssimo. Lá é possível tirar fotos com bonecos hiper-realistas de famosos e personagens de desenhos animados. Tem estacionamento no local.

Endereço: Rua Barão do Amazonas, 35, Centro – Petrópolis (RJ). Horário de funcionamento: de segunda a domingo, das 10h às 17h; aos sábados das 10h às 18h. Preço: R$ 27 (meia) e R$ 54 (inteira).

8 – Compras

Na hora de decidir o que fazer em Petrópolis, muita gente reserva um tempo considerável para as compras. Por quê? Por que a cidade tem um pólo de venda de roupas bem atraente. A Rua Teresa é o coração dele. Localizada no centro da cidade, bem perto dos pontos turísticos, ela tem uma loja atrás da outra, com muitas lojas de vestuário feminino, masculino e infantil. Os preços valem bem a pena!

Outro lugar ótimo para compras é a feirinha de Itaipava, que tem mais roupas de ótima qualidade e acessórios de moda. Ótima para comprar bijuterias e biscoitinhos amanteigados (típicos da região) também!

feirinha de itaipava O que fazer em Petrópolis

Feirinha de Itaipava. Foto: Marcelle Ribeiro.

Pontos turísticos de Petrópolis – Fora do Centro

9 – Palácio Quitandinha

Há muito mais o que fazer em Petrópolis que as atrações do centro histórico. Já na serra é possível avistar esse monumento, sabia?! O Palácio Quitandinha foi um cassino muito famoso no passado, frequentado por grandes personalidades como Carmen Miranda e Walt Disney.

Atualmente, além de museu, com peças ainda originais e visitas guiadas, o espaço também funciona como um hotel. Já a ampla área externa tem um belíssimo lago, perfeito para fotografar. Também possui boas opções de restaurantes. O Palácio Quitandinha é gerenciado pelo SESC atualmente.

Endereço: Avenida Joaquim Rolla 2, Quitandinha – Petrópolis (RJ). Horário de funcionamento: de terças às quintas, das 9h às 21h; às sextas e sábados, das 9h às 23h; aos domingos e feriados das 9h às 22h. Preço: R$ 5 (meia) e R$ 10 (inteira) a visita sem guia. A visita guiada ou autoguiada custa R$ 10 (meia) e R$ 20 (inteira).

o que fazer em petropolis palacio quitandinha

Área externa do Quitandinha. Foto: Marcelle Ribeiro

10 – Vale do Amor

Ótimo para quem precisa dar aquela espairecida. O Vale do Amor tem uma energia muito boa. É um jardim cheio de imagens de várias religiões num paisagismo lindo! Muita gente aproveita para praticar meditação ou vai apenas para tirar fotos mesmo. O acesso é um pouco difícil, portanto, não recomendamos levar idosos ou pessoas com dificuldade de locomoção. Não é possível levar pets.

Confira mais fotos de lá no Instagram do blog!

Endereço: Estrada Mata Cavalo, s/n, Fazenda Inglesa – Petrópolis (RJ). Só dá para ir de carro. Horário de funcionamento: todos os dias, das 8h às 17h. Preço: R$ 12.

o que fazer em petrópolis vale do amor

O verde da natureza que acalma os ânimos no Vale do Amor. Foto: Marcelle Ribeiro

o que fazer em petrópolis vale do amor escultura

Tem como não ficar zen em um lugar como esses? Rsrs

11 – Castelo de Itaipava

O Castelo de Itaipava nem sempre está aberto para visitação, então é necessário consultá-los para verificar a disponibilidade. Isso porque a construção é famosa por receber muitos eventos, como casamentos e formaturas. Vale a visita, para admirar a fachada, os lustres e os vitrais. Se você preferir, também pode se hospedar no Castelo e se sentir como se fosse da realeza. Chique, né?!

Saiba mais no post “O que fazer em Itaipava“.

Endereço: Km 56, BR-040, Itaipava – Petrópolis (RJ). Horário de funcionamento: 9h às 18h (verificar disponibilidade). Preço: R$ 20.

castelo itaipava O que fazer em Petrópolis

Castelo de Itaipava. Foto: Marcelle Ribeiro.

12 – Trilha Pedra de Itaipava

Pra quem curte aventura e busca o que fazer em Petrópolis, a dica é a trilha para a Pedra de Itaipava, que tem 1370 metros de altura. Dela você tem uma vista 360º da serra.

Espere levar 4h entre subir, descansar e descer no total. A trilha do Pico de Itaipava é basicamente de subidas, e, por isso, considero ela de nível de dificuldade médio. São cerca de 4 Km no total (ida + volta), numa área totalmente descampada, com zero sombra. Por isso, vá preparado com boné ou viseira.

Além disso, eu recomendo muito que, mesmo se estiver calor, você vá de calça e camisa de manga comprida (pode ser daquelas que ajudam a transpirar). É que o trecho final da trilha tem mato alto e você vai ficar roçando na vegetação.

Para chegar até o início da trilha da Pedra de Itaipava a estrada é boa, asfaltada. Um guia privativo para lá cobra R$ 200 pela diária (indicamos o Luiz – 21 99811-0144), mas muita gente vai sem guia por lá. Contudo, não vimos nenhuma placa nem no caminho para a trilha nem na trilha propriamente dita.

Não há nenhuma estrutura de banheiro ou venda de água por lá. A entrada é grátis. Saiba mais no post “O que fazer em Itaipava“.

pedra de itaipava O que fazer em Petrópolis

Pedra de Itaipava. Foto: Maridão.

13 – Cachoeira da Macumba ou do 13

Para os dias quentes, a dica sobre o que fazer em Petrópolis é a c cachoeira da Macumba, que tem 35 metros de altura e bons poços para banho. Tem um ponto que os moradores chamam de “Janela do Céu” pela semelhança com um local em Ibitipoca (MG). A trilha até ela é fácil e curtinha, uns 300 metros só. Em 10 minutos você chega. Tem alguns trechos de escadaria natural, mas nada complicado.

A entrada da cachoeira fica na Estrada BR-495, que liga Itaipava a Teresópolis. Não há placas para a entrada da trilha, mas saiba que do terminal de ônibus de Itaipava até lá, são 13 Km. A entrada fica num ponto bem acentuado à direita da estrada, no sentido Teresópolis, ao lado de uma ponte branca.

Não é necessário ir com guia e não há cobrança de ingresso nem de estacionamento.

cachoeira macumba O que fazer em Petrópolis

Cachoeira da Macumba, em Itaipava. Foto: Maridão.

14 – Pôr do Sol no Mirante da Estrada Itaipava-Teresópolis

A cerca de 30 minutos de carro do centrinho de Itaipava, na Estrada BR-495, que liga Itaipava a Teresópolis, fica um mirante onde as pessoas vão para ver o pôr do sol nas montanhas. Tem bolsão de estacionamento grátis e ambulante vendendo bebidas.

pôr do sol O que fazer em Petrópolis

Pôr do sol no mirante da estrada Itaipava – Teresópolis. Foto: Marcelle Ribeiro.

15 – Parque Nacional da Serra dos Órgãos

O Parque Nacional da Serra dos Órgãos é enorme e abrange quatro municípios do Rio de Janeiro, sendo um deles Petrópolis. Se você estiver procurando o que fazer em Corrêas, distrito de Petrópolis, essa é a melhor opção, sem dúvidas!

São mais de 20 mil hectares de uma floresta preservada, com cachoeiras, piscinas naturais, grutas e paisagens impressionantes. Não é preciso ser atleta para chegar até esses locais, tem desde trilhas leves até as mais pesadinhas. E quem gosta de esportes radicais de montanha, como escaladas e rapel, também irá gostar bastante dessa programação.

A Marcelle, fundadora aqui do blog, passou um dia só fazendo trilhas leves que levavam a cachoeiras bonitas e legais de tomar banho.

Para os com bom preparo físico, a dica é fazer a travessia Petrópolis-Teresópolis pelas trilhas do parque. Em 3 dias você vai de uma cidade a outra caminhando pelo Parque Nacional da Serra dos Órgãos, dormindo em campings ou abrigos.

Endereço: Estrada do Bonfim, s/n, Corrêas – Petrópolis (RJ). Horário de funcionamento: todos os dias, das 8h às 17h. Preço: R$ 19 (para brasileiros). Possui ingressos com algumas condições especiais que você pode conferir aqui.

o que fazer em petrópolis parque nacional da serra dos órgãos cachoeira

Poço Paraíso. Foto: Marcelle Ribeiro

o que fazer em petrópolis parque da serra dos órgãos florestas

São mais de 2.800 espécies de plantas no Parque. Foto: Marcelle Ribeiro

o que fazer em petrópolis parque serra dos órgãos trilhas

Mapa das trilhas em Petrópolis. Fonte: (ICMBio)

O que fazer em Petrópolis no inverno

Por incrível que pareça, em Petrópolis chove pouco no inverno. Entretanto, o clima esfria bastante nessa época e pode chegar a 10º C à noite. Por esses motivos, a cidade é ótima para passear nessa estação. A única programação que realmente não recomendamos é a visitação ao Parque Nacional da Serra dos Órgãos, visto que, conforme vamos subindo a trilha, a altitude vai aumentando e a temperatura decaindo.

É um tal de “tira casaco, bota casaco” danado! Isso posto, a gente sabe que água de cachoeira costuma ser gelada. Agora imagina no inverno!

O que fazer em Petrópolis à noite

Se você curte restaurantes, barzinhos e pubs, vai ser até difícil escolher o que fazer em Petrópolis à noite. A cidade, apesar de pequena, até que tem uma vida noturna bastante agitada.

A Cervejaria Bohemia, que já citamos anteriormente, por exemplo, é um ótimo lugar para reunir os amigos e degustar uma boa cerveja. Também tem a Petiscaria Imperial, que oferece um rodízio de petiscos regado de opções, que vão desde comida de boteco até a sofisticada culinária japonesa.

E não tem nem como visitar a cidade e não aproveitar um fondue, como no famoso Faustino, com opções salgadas e doces a R$ 200 por casal.

Outra região cheia de ótimos restaurantes é o distrito de Itaipava.

Petrópolis com chuva: o que fazer?

Com chuva, tudo pode parecer menos legal de visitar, né?! Mas relaxa! Você não vai deixar de ter o que fazer em Petrópolis com chuva! A cidade tem muitas programações em espaços fechados, como os vários museus e restaurantes citados acima, por exemplo. As lojinhas da Rua Teresa e da Feirinha de Itaipava (que é toda coberta) também são boas opções.

Atrações de graça em Petrópolis

Para quem busca o que fazer em Petrópolis de graça ou com muito pouco as dicas são:

  • Mirante do Cristo
  • Palácio de Cristal
  • Mirante da Estrada Itaipava-Teresópolis
  • Cachoeira da Macumba ou do 13
  • Pedra de Itaipava
  • Museu Imperial
  • Museu Casa Santos Dumont
  • Catedral São Pedro de Alcântara
  • Palácio Quitandinha
  • Vale do Amor

Roteiro em Petrópolis

O que fazer em Petrópolis em um dia

Ao decidir o que fazer em Petrópolis em um dia, a gente recomenda focar nas principais atrações do Centro Histórico.

Aproveite para visitar o Palácio de Cristal (passeio que dura menos de uma hora), a Catedral São Pedro de Alcântara (de uma hora a duas, para observar os detalhes da igreja) e o Museu Imperial (com visita guiada, também dura aproximadamente uma hora). Dê um pulinho também no Museu Casa de Santos Dumont.

O que fazer em Petrópolis em um fim de semana

E o que fazer em Petrópolis em um fim de semana? Além dos passeios obrigatórios do Centro, recomendamos a tríade do sucesso: visitar o Palácio Quitandinha, partir para o Vale do Amor e, para fechar o dia com chave de ouro, bebericar uma gelada na Cervejaria Bohemia.

Roteiro em Petrópolis num feriadão

Programação não é o que falta e tem para todos os tipos de perfis!

  • Primeiro dia – Mirante do Cristo na chegada + Centro histórico;
  • Segundo dia – Quitandinha + Vale do Amor + Cervejaria Bohemia;
  • Terceiro dia – Trilhas mais curtas do Parque Nacional da Serra dos Órgãos + Compras na Rua Teresa (Centro)
  • Quarto dia – Passeio por Itaipava: Castelo de Itaipava, Feirinha de Itaipava, almoço no Centrinho de Itaipava. Depois vá à Cachoeira da Macumba e ver o pôr do sol no Mirante de Itaipava para Teresópolis.

Caso você seja um aventureiro, recomendamos usar três dias para fazer a Travessia da Serra dos Órgãos. São cerca de 30 km de extensão e exige um bom preparo físico e equipamentos adequados. Algumas trilhas podem durar aproximadamente 8h.

Uma outra opção é passar 2 dias em Petrópolis e 2 em Teresópolis, cidade vizinha cheia de encantos. Tem muito o que fazer em Petrópolis e Teresópolis, como o Mirante do Soberbo e a outra parte da Serra dos Órgãos, tão linda quanto. Veja o que fazer em Teresópolis.

Confira abaixo o vídeo sobre o que fazer em Itaipava!

Onde se hospedar em Petrópolis e região

Antes de escolher onde se hospedar, determine a finalidade da sua viagem para Petrópolis. Se ao decidir o que fazer em Petrópolis você perceber que seu objetivo é conhecer os pontos turísticos do Centro, é melhor optar por uma acomodação nessa região mais urbana. Desta forma, não será preciso alugar carro.

Porém, se sua ideia for relaxar e curtir a natureza, na hora de decidir onde se hospedar em Petrópolis, as opções mais afastadas do Centro são as melhores. Prefira hospedagens em Araras, Corrêas ou Itaipava, que são lugares tão bonitos quanto, só que mais calmos.

Agora, se você quer se aventurar no meio do mato e viver uma outra experiência, no próprio Parque Nacional da Serra dos Órgãos tem como acampar. Saiba mais no post sobre onde ficar em Petrópolis, Itaipava e região.

E você? Já conheceu a Cidade Imperial? Qual ponto turístico de Petrópolis você mais gostou? Deixe aqui nos comentários!

Leia mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *