Transporte em Lisboa: Guia com metrô, Uber, táxi, bonde e mais!

postado por Marcelle Ribeiroe atualizado em: 01/06/2020

A cidade de Lisboa, em Portugal, tem um excelente serviço de transporte público e oferece várias alternativas para você se locomover sem gastar muito dinheiro. Tem ônibus, metrô, trem, os elétricos (conhecidos como bondes ou VLT no Brasil) e até elevadores! Quer saber como funciona cada uma dessas opções de transporte em Lisboa? Você pode ler o post todo ou clicar no índice abaixo e passar para o que mais te interessa.

Passes de transporte em Lisboa e Lisboa Card
Metrô
Ônibus
Bondes ou elétricos
Táxi
Uber em Lisboa
Trem
Elevadores
Transporte em Lisboa: outras alternativas

Passes de Transporte em Lisboa e Lisboa Card

Cartão Viva Viagem

O cartão Viva Viagem é fundamental para quem pretende utilizar o transporte em Lisboa sem o passe turístico Lisboa Card, sobre o qual já já vamos falar. O preço do Viva Viagem é 50 centavos (R$ 2,26) e pode ser comprado nas máquinas de auto-atendimento nas estações de metrô e de trem e até em algumas bancas de jornal.

É nele que você carrega o passe diário, que dá direito a viagens ilimitadas em vários meios de transporte em Lisboa no período de 24 horas. O preço do passe diário é 6,40 euros (R$ 28,95) e vale a pena para quem fizer mais de 4 viagens usando ônibus, metrô e elétricos. O bilhete diário não pode ser usado nos trens para Cascais e Sintra.

O cartão não pode ser compartilhado porque ele é usado na entrada e na saída das estações e a máquina não aceita uma nova entrada sem registrar uma saída.

Se você não pretende usar o passe diário, você pode colocar dinheiro no cartão e usar as tarifas Zapping, que oferecem descontos em relação aos preços cheios de cada transporte público. O preço do bilhete simples do metrô, por exemplo, cai de 1,50 euro para 1,33 euro (R$ 6).

Contudo, é preciso ter cuidado porque uma nova tarifa será cobrada a cada baldeação entre diferentes meios de transporte em Lisboa, independentemente se você carregar o cartão com a tarifa Zapping ou não. Você pode conferir todos os preços neste link.

Os carregamentos de zapping podem ser feitos nas máquinas de auto-atendimento e o valor mínimo é de 3 euros (R$ 13,57). Além desse, podem ser carregados valores múltiplos de 5 euros até o limite de 40 euros (R$ 181).

Lisboa Card

Já o Lisboa Card é o passe turístico oficial da capital portuguesa e uma ótima opção de usufruir o transporte em Lisboa. Ele permite ao turista usar o transporte público de maneira ilimitada e ainda dá entrada gratuita ou com desconto para dezenas de atrações de Lisboa e de Sintra.

transporte-em-lisboa-lisboa-card

Lisboa Card facilita o transporte na cidade. Foto: Pixabay

Além disso, ele permite viagens grátis nos trens da Comboios de Portugal para Cascais e Sintra.

O Lisboa Card se parece com um cartão de crédito e tem versões de 24, 48 e 72 horas. O preço do Lisboa Card é o seguinte:

  • 24 horas: 20 euros para adultos e 13 para crianças de 4 a 15 anos;
  • 48 horas custa 34 euros (17 euros por dia) para adultos. Crianças pagam 19 euros;
  • 72 horas custa 42 euros (14 euros por dia). Para crianças o preço é 22,50 euros.

Ele pode ser comprado no site da Get Your Guide, no site oficial do Lisboa Card e em pontos de venda física em Portugal, inclusive no aeroporto. Neste post, nós mostramos que o cartão vale a pena para quem vai para Portugal pela primeira vez.

Metrô

O horário de funcionamento do metrô de Lisboa é das 06h30 à 01h, todos os dias. Ele tem 4 linhas e 56 estações que servem boa parte da cidade. De maneira geral, os veículos e as estações estão bem conservadas.

As 4 linhas do metrô de Lisboa são a Azul (Santa Apolonia-Reboleira); Amarela (Odivelas-Rato); Verde (Telheiras-Cais do Sodré) e Vermelha (São Sebastião-Aeroporto). Todas elas são interligadas. Destas, a Linhas Azul é a que concentra mais estações próximas de atrações turísticas. Confira abaixo o mapa do metrô de Lisboa.

transporte em lisboa mapa metro

Mapa do metrô de Lisboa. Foto: Metro

O preço do bilhete avulso do metrô de Lisboa é 1,50 euro (R$ 6,78) e você precisa de um cartão de transporte Viva Viagem para carregar a passagem e poder usar este meio de transporte em Lisboa. Se você usar a tarifa Zapping, o preço da passagem do metrô de Lisboa é de 1,33 euro (R$ 6). Com o passe turístico Lisboa Card ativo, a viagem é gratuita.

Outro ponto importante é que o bilhete é usado para entrar e sair das estações. Por isso, não jogue fora seu cartão Viva Viagem, que pode ser recarregado.

Leia também: O que fazer em Lisboa: atrações e roteiros prontos de 1, 2, 3, 4 e 5 dias

Ganhe um segundo chip internacional grátis na compra do seu para usar até 2 anos da compra. Use o cupom VAIPASSAR até 14/06.

Principais estações do metrô de Lisboa

Algumas estações são bem importantes no metrô de Lisboa e faço aqui um pequeno resumo delas para que você possa organizar melhor a sua viagem. Além disso, marquei essas estações em um mapa para facilitar a localização delas dentro da cidade.

  • Aeroporto – é a estação que liga os dois terminais do aeroporto de Lisboa à cidade.
  • Jardim Zoológico – estação mais próxima do terminal rodoviário Sete Rios.
  • Oriente – é também a principal estação de trem de Lisboa. Um dos pontos de partida dos trens para Porto.
  • Santa Apolonia – outro terminal ferroviário com trens para Porto.
  • Restauradores e Rossio – são as duas estações mais próximas da estação ferroviária Rossio, de onde saem os trens para Sintra.
  • Cais do Sodré – também é uma estação de trem. É de lá que saem os trens para Cascais.
  • Baixa-Chiado – estação que fica bem no centro de Lisboa. Perto de vários pontos turísticos.
  • Marquês de Pombal – Estação que fica na parte alta da Avenida da Liberdade. Tem vários hotéis próximos.
  • Terreiro do Paço – estação mais próxima da Praça do Comércio e do Arco da Rua Augusta, pontos turísticos da cidade.

Ônibus

Outro meio de transporte em Lisboa que eu usei bastante foram os ônibus. Eles são bem conservados e circulam por toda a cidade. Por isso, são um ótimo complemento ao metrô. Para chegar ao Palácio da Ajuda, por exemplo, o ônibus é a maneira mais prática, já que existe um ponto bem em frente. Além disso, eles também chegam ao Castelo de São Jorge com muito mais conforto do que os elétricos (bondes).

Todos os ônibus têm ar-condicionado e você pode saber as informações sobre os horários das linhas nos próprios pontos de ônibus ou no Google Maps. Eu via sempre as informações de linhas pelo Google Maps e elas estavam corretas. Outra forma de conseguir todas as informações sobre esse ônibus é simulando trajetos no site da Carris, a empresa de transporte em Lisboa.

Os ônibus costumam ser pontuais. Eu e maridão usamos várias vezes esse meio de transporte em Lisboa e gostamos do serviço. Apenas uma vez que o ônibus encerrou o trajeto bem antes do previsto. O maridão não entendeu nada, mas acabou descobrindo que nos finais de semana e nas madrugadas há alterações importantes nas linhas de ônibus. Muitas são reduzidas ou substituídas por rotas alternativas.

O preço da passagem de ônibus em Lisboa é 2 euros (R$ 9,05) se você comprar com o motorista usando o cartão Viva Viagem. No entanto, usando o bilhete Zapping no seu cartão Viva Viagem, o preço cai para 1,35 euros (R$ 6,10) e você ainda pode usar outros ônibus ao longo de 1 hora. Com o Lisboa Card, a viagem sai de graça.

Aerobus

Outra opção de transporte em Lisboa, mas para quem está saindo do aeroporto ou indo para ele é o ônibus especial nos dois terminais (Terminal 1 e 2): o Aerobus.

São 2 linhas. A Linha 1 funciona das 8h às 21h e passa por diversos pontos da cidade, como a Praça Marquês de Pombal, Rossio, Praça do Comércio e termina o trajeto no Cais do Sodré. As partidas são realizadas a cada 20 minutos e todo o percurso dura entre 30 e 35 minutos.

Já a Linha 2 faz a ligação entre o aeroporto de Lisboa e o terminal rodoviário de Sete Rios. Essa linha funciona das 8h às 19h e as partidas são de hora em hora. O trajeto demora cerca de 25 minutos.

O preço da passagem simples do Aerobus é de 3,60 euros (R$ 16,29) por pessoa. Você pode comprar na hora, ou com antecedência, online. Se você tiver um Lisboa Card, a passagem tem 25% de desconto.

Ônibus turístico em Lisboa (sightseeing)

Se você não quer se preocupar com a rede pública de transporte em Lisboa ou tem muito pouco tempo para conhecer a cidade, é possível usar o ônibus turístico em Lisboa (sightseeing). São veículos de 2 andares, com vista panorâmica no segundo andar e ar-condicionado na parte de baixo.

São 4 roteiros que você pode escolher com mais de 50 pontos turísticos de Lisboa e de Cascais. Neles, é possível descer e subir no ônibus quantas vezes você quiser. Há horários pré-definidos em que os ônibus passam em cada ponto. É só clicar nesse link para contratar o passeio com o Get Your Guide.

O bilhete de 24 horas para a Linha Castelo custa 15 euros (R$ 67,69). As paradas realizadas neste roteiro estão abaixo:

Linha Castelo:
Parada 1 – Praça Marquês de Pombal
Parada 2 – Casa Museu Amália Rodrigues
Parada 3 – Miradouro S. Pedro De Alcântara
Parada 4 – Chiado
Parada 5 – Cais do Sodré
Parada 6 – Rua do Comércio
Parada 7 – Casa dos Bicos
Parada 8 – Museu do Fado
Parada 9 – Martim Moniz
Parada 10 – Portas do Sol [Castelo S. Jorge]
Parada 11 – Rossio
Parada 12 – Restauradores
Parada 13 – Parque Eduardo VII

Se você quiser rodar os 4 roteiros em 48 horas, o passeio custa 28 euros (R$ 126,37). Coloco abaixo o itinerário das quatro linhas. Lembrando que você pode comprar o que mais te interessar.

Linha Belém:
Parada 1 – Praça Marquês de Pombal
Parada 2 – Avenida da Liberdade
Parada 3 – Restauradores
Parada 4 – Rossio
Parada 5 – Rua do Comércio
Parada 6 – Cais do Sodré
Parada 7 – Museu de Arte Antiga
Parada 8 – Museu dos Coches
Parada 9 – Mosteiro dos Jerônimos
Parada 10 – Torre de Belém
Parada 11 – Padrão dos Descobrimentos
Parada 12 – Alcântara
Parada 13 – Estrela
Parada 14 – Amoreiras
Parada 15 – Saldanha
Parada 16 – Campo Pequeno
Parada 17 – Fundação Calouste Gulbenkian
Parada 18 – Sete Rios / Zoo
Parada 19 – Mesquita
Parada 20 – El Corte inglês
Parada 21 – Parque Eduardo VII

transporte-em-lisboa-onibus

Ônibus turístico é uma opção para não se estressar. Foto: Pixabay

Linha Oriente:
Parada 1 – Praça Marquês de Pombal
Parada 2 – Fundação Calouste Gulbenkian
Parada 3 – Estádio da Luz
Parada 4 – Colombo
Parada 5 – Cidade Universitária
Parada 6 – Campo Grande
Parada 7 – Oceanário
Parada 8 – Casino de Lisboa
Parada 9 – C.C. Vasco da Gama
Parada 10 – Torre Vasco da Gama
Parada 11 – Gare do Oriente
Parada 12 – Museu do Azulejo
Parada 13 – Santa Apolônia
Parada 14 – Museu do Fado
Parada 15 – Casa dos Bicos
Parada 16 – Rua do Comércio
Parada 17 – Rossio
Parada 18 – Restauradores
Parada 19 – Parque Eduardo VII

Linha Cascais:
Parada 1 – Praça Marquês de Pombal
Parada 2 – Mosteiro dos Jerônimos
Parada 3 – Carcavelos
Parada 4 – Estoril
Parada 5 – Cascais
Parada 6 – Guincho [Pq. Campismo Orbitur]
Parada 7 – Guincho [Rest. Porto de Santa Maria]
Parada 8 – Guincho [Forte dos Oitavos]
Parada 9 – Boca do Inferno
Parada 10 – Cascais [Casa das Histórias Paula Rego]

Bondes ou elétricos

Chamados de elétricos no português de Portugal, os bondes de Lisboa são verdadeiros ícones da cidade. Atualmente, existem 6 linhas na cidade, mas nem todas utilizam os tradicionais veículos com interior todo em madeira e que você vê em várias fotos. Algumas linhas, como a 15, já são como o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) que existe no Centro do Rio de Janeiro e em outras cidades do mundo.

As linhas 12 e a 28 (a mais famosa da cidade) são muito usadas por turistas para chegar ao Castelo de São Jorge e para passear pelo bairro de Alfama, que tem algumas ladeiras bem íngremes. Essas linhas ainda circulam com os bondes tradicionais e, até por isso, existem grandes filas para usá-los.

transporte-em-lisboa-eletrico

A Linha 28 é muito procurada pelos turistas. Foto: Maridão

Se você vai para Belém ou pretende conhecer a LX Factory, você deve usar a linha 15, que já utiliza o VLT.

A Linha 18 serve para chegar ao Palácio da Ajuda.

Andar de bonde em Lisboa é simples, contudo, exige alguma atenção. Nas linhas onde circulam os bondes antigos, é preciso entrar pela porta da frente para que o motorista possa validar o seu cartão Viva Viagem ou para que você pague pela viagem avulsa em dinheiro na hora. Nas linhas com os veículos modernos, você pode entrar por qualquer porta e validar a sua passagem nas máquinas espalhadas pelo bonde.

A passagem comprada dentro do bonde custa 3 euros (R$ 13,57). Se você estiver com o cartão Viva Viagem com o bilhete Zapping, a passagem cai para 1,35 euro (R$ 6,10). Com o Lisboa Card, a passagem não custa nada.

Táxi

O táxi em Lisboa não é caro e, por isso, é um tipo de transporte em Lisboa a ser considerado na sua viagem. Na verdade, costuma ser mais barato do que em outras capitais da Europa. Pode ser uma alternativa mais cômoda se você está em um grupo de 3 ou 4 pessoas e quer fazer um pequeno trajeto no centro de Lisboa. Os carros costumam estar limpos e são conservados.

Se você é daqueles que gostam de usar táxi na saída do aeroporto, tome cuidado. O maridão e os pais dele, por exemplo, acabaram levando uma volta do taxista e pagaram bem mais caro pela corrida do que deviam. Não é só no Brasil que existem taxistas mal intencionados e que rodam com o taxímetro adulterado.

Eles descobriram que levaram um golpe porque no retorno do hotel para o aeroporto pagaram menos da metade que na ida.

Normalmente, o preço de uma viagem de táxi do aeroporto para o centro (ou vice-versa) deve ficar entre 10 euros (R$ 45,24) e 15 euros (R$ 67, 87), com bagagem incluída.

Uber em Lisboa

Para quem se pergunta se tem Uber em Lisboa, tem sim! Aliás, o Uber é uma ótima alternativa de transporte Lisboa. Uma corrida pela região central de Lisboa pode custar menos de 5 euros. Então se você se pergunta se Uber em Lisboa vale a pena, a resposta é sim!

O jeito de usar é o mesmo do Brasil. Basta liberar o seu cartão de crédito para compras internacionais e usar o mesmo aplicativo que você usa no Brasil. Não esqueça também que será cobrado o IOF de 6,38% sobre o valor da corrida no seu cartão. Se preferir, o Uber em Lisboa aceita dinheiro, mas não dá pra garantir que o motorista tenha troco.

Vale a pena usar o Uber para ir do centro de Lisboa até o aeroporto, como eu fiz. A corrida do bairro de Benfica até o terminal custou 7,20 euros (R$ 32,57) e tudo funcionou perfeitamente. Se você tiver mais pessoas para dividir o valor, fica melhor ainda!

Trem

Esse é um transporte em Lisboa que você provavelmente só deve usar para sair da cidade para conhecer Sintra ou Cascais. A linha para Cascais também pode ser usada para chegar à região de Belém, onde fica o Mosteiro dos Jerônimos, o Padrão dos Descobrimentos e a Torre de Belém. Os trens são operados pela empresa Comboio de Portugal e estão em bom estado.

transporte-em-lisboa-trem-sintra

Interior do trem para Sintra. Foto: Marcelle Ribeiro.

Os trens para Cascais partem da estação Cais do Sodré a cada 12 minutos (horário de pico), 20 minutos (fim da manhã até fim da tarde) ou em intervalos de 30 minutos (horários menos concorridos). Não há trens entre 1h30 e 5h30.

A viagem dura cerca de 40 minutos e o bilhete de ida e volta custa 4,50 euros (R$ 20,36). Se quiser comprar apenas um trecho, a passagem custa R$ 2,25 (R$ 10,18). O valor é descontado do saldo do cartão Viva Viagem. Com o Lisboa Card, a viagem é grátis.

Já os trens para Sintra partem da estação Rossio a cada 15 minutos nos horários de maior movimento, 20 minutos entre o fim da manhã e o fim da tarde e a cada 30 minutos nos horários com menos movimento. Não há circulação de trens entre Lisboa e Sintra entre 1h e 5h40 da manhã.

A viagem de Lisboa a Sintra dura entre 40 e 50 minutos (depende do trem e do horário) e o bilhete de ida e volta custa 4,50 euros (R$ 20,36). Se quiser comprar apenas um trecho, a passagem custa R$ 2,25 (R$ 10,18). O valor é descontado do saldo do cartão Viva Viagem. Com o Lisboa Card, a viagem sai de graça.

Leia também: O que fazer em Sintra e guia completo da cidade!

Elevadores

Por ter uma parte alta e uma parte baixa, Lisboa tem alguns elevadores e ascensores (ou planos inclinados) que conectam essas duas regiões da capital portuguesa. Eles são tão importantes para a cidade que são considerados monumentos nacionais!

Elevador de Santa Justa

O elevador mais conhecido (e disputado) pelos turistas é de Santa Justa, que conecta a Rua de Santa Justa ao Largo do Carmo. Ele foi projetado pelo francês Raoul Mesnier de Ponsar e inaugurado em 1902. Sua estrutura de ferro fundido é um dos ícones de Lisboa e muito procurada para fotos. O interior do elevador é todo feito em madeira.

transporte-em-lisboa-elevador-santa-justa

Elevador de Santa Justa tem um belo mirante. Foto: Marcelle Ribeiro.

A subida demora apenas 3 minutos, mas a fila de espera pode ser bem longa. Quando eu estive em Lisboa, passava de 1h30. Por isso, é preciso ter paciência. O Elevador de Santa Justa abre todos os dias do ano, de 09h às 21h (entre novembro e abril) e das 09h às 23h (entre maio e outubro). Lá em cima, ainda há um mirante com belas vistas da parte baixa da cidade.

O ingresso avulso para o Elevador de Santa Justa custa 5,30 euros (R$ 23,98) e permite a realização de duas viagens (uma pra subir e outra pra descer). Se você estiver com o Cartão Viva Viagem carregado com o bilhete Zapping, o preço cai para 1,35 euro (R$ 6,10). Com o Lisboa Card, você não paga nada pra aproveitar o elevador. Se você quiser curtir apenas o mirante, a entrada custa 1,50 euro (R$ 6,78).

Ascensores

Existem 3 ascensores (ou planos inclinados ou funiculares) em funcionamento em Lisboa: do Lavra, da Glória e da Bica. Todos eles foram projetados pelo francês Raoul Mesnier de Ponsar e ainda funcionam normalmente.

O mais concorrido deles é o da Glória. Ele liga a Praça dos Restauradores à Rua São Pedro de Alcântara, no Bairro Alto. Lá está o Mirante de São Pedro de Alcântara, considerado um dos mais bonitos de Lisboa.

Apesar de ser concorrido, a fila não é tão grande. O maridão esperou pouco para poder realizar a viagem, que dura menos de minutos. O funicular da Glória funciona de segunda a sexta, das 7h à 0h. Aos sábados, ele está aberto das 8h45 à 0h25. Aos domingos, o horário de funcionamento é das 9h15 às 23h55.

transporte-em-lisboa-funicular

Os funiculares de Lisboa são monumentos nacionais. Foto: Pixabay

Já o ascensor do Lavra é o funicular mais antigo de Lisboa, inaugurado em 1884. Ele conecta a rua Câmara Pestana e o Largo da Anunciada, perto da Avenida da Liberdade. O ascensor do Lavra funciona de segunda a sexta, das 7h50 às 19h55. Nos finais de semana, ele abre das 9h às 19h55.

Pra completar, vamos falar do mais jovem dos funiculares: o da Bica. Inaugurado em 1892, ele percorre a Rua Duarte Belo ao Largo de Calhariz, que também tem uma vista disputada pelos turistas. O ascensor da Bica abre de segunda a sábado, das 07h às 21h. Aos domingos, o funicular funciona das 09h às 21h.

Em todos os funiculares, o ingresso custa 3,80 euros (R$ 17,20) e permite 2 viagens (subida e descida). Com o Cartão Viva Viagem carregado com o bilhete Zapping, o preço cai para 1,35 euro (R$ 6,10). Com o Lisboa Card, a viagem sai de graça!

Transporte em Lisboa: outras alternativas

Há meios menos tradicionais de transporte em Lisboa para quem quer um passeio diferente ou exclusivo. Além disso, a capital de Portugal também tem ônibus turísticos onde os passageiros podem descer nas estações pré-determinadas para conhecer os pontos turísticos da cidade (hop on-hop off). Vou explicar um pouco sobre elas a partir de agora.

Tuk Tuk

Esse tipo de transporte em Lisboa virou uma verdadeira febre! Inspirados nos carrinhos usados na Índia e na Tailândia, os tuk tuks estão concentrados em algumas regiões com muitos turistas. É bem fácil encontrar jovens contratados por empresas oferecendo passeios de tuk tuk pelos pontos turísticos.

É preciso negociar o preço e é possível até fazer um trajeto personalizado. Basta combinar tudo com a empresa antes de embarcar. Se você quiser evitar a negociação, também é possível contratar os passeios com antecedência pelo Get Your Guide.

O maridão usou um tuk tuk para passear com os pais pelas ruas de Alfama. Eles já estavam no fim da viagem e não estavam a fim de encarar as ladeiras do bairro. O passeio foi interessante e parou em vários mirantes ao longo do percurso, mas o motorista/guia de turismo não sabia muito sobre os pontos turísticos que estavam sendo mostrados. O passeio de 1 hora para 3 pessoas custou 60 euros (R$ 271,50).

Transfer Privado

Se você gosta de chegar ao aeroporto do seu destino já com o transporte garantido para o seu hotel, é possível contratar um transfer privado pelo Get Your Guide. Com isso, um motorista estará segurando uma plaquinha com o seu nome já na área de desembarque. De lá, você entra em um carro com ar-condicionado e vai relaxando até o seu hotel. Delícia, né? Custa 21 euros por carro (para 4 passageiros).

Leia mais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *