Viagem na Califórnia de carro – parte 1: De San Francisco a Carmel

postado por Marcelle Ribeiro em 17/08/2015 - Atualizado em: 17/02/2016
Compartilhar este artigo:

Percorrer a costa da Califórnia de carro é uma daquelas viagens em que a estrada e o visual que se tem dela são a principal atração. A cada curva da Highway 1 há uma vista belíssima, o mar, as ondas, faróis e pontes cinematográficas. Em março desse ano fui de carro com o maridão de San Francisco até a região de Big Sur, que é uma dos trechos mais belos desse litoral. Se você tiver tempo, pode descer a costa até San Diego, no outro extremo do estado. Mas a gente só tinha 2 dias e meio para fazer esse roteiro, então fomos só até as proximidades da cidade de Cambria.

Hoje vou falar do nosso primeiro dia de viagem nesta região, ok?

 

Dia 1 – Sexta-feira:

Saímos de San Francisco por volta das 15h, em carro alugado (veja as dicas para alugar carro barato nos Estados Unidos aqui). Fomos pela Highway 1, uma das estradas mais incríveis do país, porque beira o litoral. Até a cidade de Santa Cruz, paramos em vários mirantes com vista pro mar. O bacana é que na rodovia (também conhecida como Pacific Coast Highway), há vários recuos para os motoristas pararem para apreciar a paisagem. O mais importante é, assim que pegar o GPS do carro, descobrir como fazer para colocá-lo para te levar pela Highway 1, invés de pela Highway 101, que é mais rápida, mas vai por dentro do estado (e não tem vista para nada bonito). Peça ajuda, você pode ter alguma dificuldade. A gente pediu na locadora Alamo e eles não só auxiliaram a traçar essa rota, como descobriram como colocar o GPS em português.

Paramos para fotos em praias como Montara State Beach e Half Moon Bay Beach (você verá placas mostrando a localização delas quando estiver lá). Outro lugar lindo para estacionar é um farol com jardins e banquinhos agradáveis. Não tem como não achar.

IMG_1116

Litoral entre San Francisco e Santa Cruz. Foto: Marcelle Ribeiro

IMG_1113

Litoral entre San Francisco e Santa Cruz. Foto: Marcelle Ribeiro

 

IMG_1132

Jardim na praia entre San Francisco e Santa Cruz. Foto: Marcelle Ribeiro

IMG_1127

Pesca no litoral entre San Francisco e Santa Cruz. Foto: Marcelle Ribeiro

 

Jardim na praia entre San Francisco e Santa Cruz. Foto: Marcelle Ribeiro

Jardim na praia entre San Francisco e Santa Cruz. Foto: Marcelle Ribeiro

IMG_1160

Farol em Pigeon Point Road, entre San Francisco e Santa Cruz. Foto: Marcelle Ribeiro

 

Demos uma parada na cidade de Santa Cruz, onde vimos o sol se pôr no píer. A cidade tem também um parque de diversões na beira da praia e área de lazer na areia. Porém, talvez pelo fato de o sol já estar indo embora quando chegamos lá, não achei nada demais em Santa Cruz. Se você estiver com pressa, nem precisa parar na cidade.

Vista do píer de Santa Cruz. Foto: Marcelle Ribeiro

Vista do píer de Santa Cruz. Foto: Marcelle Ribeiro

De San Francisco até Santa Cruz pela Highway 1 são cerca de 88km. De Santa Cruz até a cidade de Monterey, a estrada não tem paradas interessantes, porque passa por uma região meio industrial. Nós não entramos em Monterey neste dia, porque ela seria visitada no dia seguinte. Fomos direto para a cidadezinha de Carmel-by-the-Sea, uma das mais charmosas que já conheci. Chegamos no nosso hotel por volta das 20h30 (de Santa Cruz a Carmel são cerca de 74km), e apenas deixamos as malas para ir buscar um lugar para jantar. Como os americanos jantam cedo, sabíamos que provavelmente às 22h tudo já estaria fechando.

Nós nos hospedamos no hotel Pine Inn, a convite do próprio hotel e do órgão de turismo da cidade, a Câmara de Comércio de Carmel. O hotel é um luxo só, e o atendimento é de primeira. A localização é ótima, perto de lojas, antiquários, restaurantes e da orla. O nosso quarto era bem espaçoso, com cama king, banheira, sala e 2 TVs. É um hotel histórico, construído em 1889, mas com instalações novas e decoração classuda. Tem estacionamento grátis e é uma ótima dica para quem quer conforto em uma lua-de-mel, por exemplo. Outra coisa bacana é que o hotel tem um livro na recepção com os cardápios (com preços) dos restaurantes da cidadezinha, e os horários de funcionamento. Então já vimos algumas opções ali mesmo e fomos andando para o restaurante. Carmel é pequenininha, mas super organizada e com montes de construções luxuosas.

Mas, se você estiver procurando hospedagens econômicas, li que é mais fácil encontrar na cidade de Monterey, vizinha a Carmel, que visitamos também no dia seguinte para conhecer seu famoso aquário.

Pine Inn, em Carmel-by-the-Sea. Foto: Marcelle Ribeiro

Pine Inn, em Carmel-by-the-Sea. Foto: Marcelle Ribeiro

Pine Inn, em Carmel-by-the-Sea. Foto: Marcelle Ribeiro

Pine Inn, em Carmel-by-the-Sea. Foto: Marcelle Ribeiro

Pine Inn, em Carmel-by-the-Sea. Foto: Marcelle Ribeiro

Pine Inn, em Carmel-by-the-Sea. Foto: Marcelle Ribeiro

Jantamos no Dametra Café, um restaurante meio árabe, meio italiano. Comemos ravioli e espaguete à bolonhesa, que estavam bem gostosos e custaram, cada cerca de US$ 17, sem as taxas. O preço estava bem razoável, ainda mais para a cidade, que atrai ricaços e artistas famosos como Clint Eastwood. Mas falarei mais sobre Carmel-by-the-Sea no próximo post, pois apenas no dia seguinte é que a conhecemos de verdade.

Dametra Café, em Carmel-by-the-Sea. Foto: Marcelle Ribeiro

Dametra Café, em Carmel-by-the-Sea. Foto: Marcelle Ribeiro

Dametra Café, em Carmel-by-the-Sea. Foto: Marcelle Ribeiro

Dametra Café, em Carmel-by-the-Sea. Foto: Marcelle Ribeiro

Dametra Café, em Carmel-by-the-Sea. Foto: Marcelle Ribeiro

Dametra Café, em Carmel-by-the-Sea. Foto: Marcelle Ribeiro

Saldo do dia: 162km percorridos, em cerca de 5h30 com várias paradas para fotos.

Veja no mapa o trecho que fizemos nesse dia:

 

Reserve sua hospedagem em Carmel-by-the-Sea pelo Booking clicando aqui e ajude o blog a ganhar uma pequena comissão sem pagar nada a mais! (saiba como funciona essa parceria aqui)

Ao reservar o seu carro pelo portal Rentcars por esse link, você compara preços de várias locadoras, consegue descontos e colabora com o Viciada em Viajar.

Contrate seguro de viagem internacional com desconto na Mondial clicando aqui.

 

Leia também:

Passeio de 1 dia às vinícolas de Napa e Sonoma

Bate-volta de San Francisco: visite Sausalito

Perto de San Francisco: conheça o parque Muir Woods

Índice de posts sobre San Francisco

 

Compartilhar este artigo:
Publicado por Marcelle Ribeiro

Jornalista, baiana, mas há mais de 20 anos moradora do Rio de Janeiro. Nos seus mais de 30 anos de vida, já viajou sozinha e acompanhada. Casada com o Guilherme, petlover e viciada em pesquisar novos destinos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *