Foz do Iguaçu: onde ficar

postado por Marcelle Ribeiro em 19/10/2014 - Atualizado em: 12/11/2017
Compartilhar este artigo:

Quando eu fui a Foz do Iguaçu em maio desse ano, me hospedei no Centro da cidade. Eu tive pouco tempo pra planejar a viagem, porque decidi ir para lá com pouco tempo de antecedência. Cheguei a pensar em ficar hospedada em Puerto Iguazú, cidade argentina que faz fronteira com Foz, pois eu sabia que ia dois dias para o lado argentino das Cataratas (para poder conhecer tudo! Leia sobre as cataratas argentinas aqui) e que Puerto Iguazú tem uma vida noturna mais bacana, com restaurantes pertinho uns dos outros. Mas como eu queria ir também à Usina de Itaipu e ao Templo Budista de Foz (que ficam numa área de Foz mais distante da fronteira com Puerto Iguazu), acabei decidindo ficar no Centro de Foz mesmo.

Porém, quando estava lá, percebi que seria melhor se eu tivesse me hospedado em Puerto Iguazú. Se tivesse feito isso, teria sido mais prático para ir para as Cataratas argentinas (e teria passado menos tempo em deslocamentos), teria jantado em lugares melhores (porque os restaurantes de Foz são bem fraquinhos e não estão reunidos na mesma área da cidade) e teria gasto menos com táxi para ir jantar. Os restaurantes de Puerto Iguazu são deliciosos e baratos! (Leia aqui sobre onde comer em Foz e Puerto Iguazú).

Li em alguns blogs que a hospedagem no Centro de Foz é indicada para quem quer conhecer os três países: as atrações de Foz, da Argentina e do Paraguai (compras!). Não era o meu caso, porque eu não quis ir ao Paraguai.

Como eu estava viajando sozinha, e não queria pagar sozinha por um quarto duplo em hotel, decidi ficar em um albergue (hostel). Já me hospedei em hostels em vários lugares do mundo, sempre com meu marido, em quarto duplo privado, mas essa foi a primeira vez que dividi quarto com estranhos. Eu percebi que Foz tem muitos hostels, pois é um destino brasileiro muito visitado por estrangeiros. Além disso, eu queria aproveitar para ter essa experiência de dividir quarto, pois em março de 2015 vou dividir quarto na Califórnia com uma pessoa que não conheço (vou pra lá pra fazer intercâmbio).

Me hospedei no Hostel Chili com base nas avaliações que vi no Trip Advisor. E notei que o hostel não é tão bom quanto dizem e meio sujo. Parece a casa de alguém que foi transformada em albergue. Não voltaria a me hospedar lá não.

O banheiro feminino tem apenas um pano para o chão e como não dá para tomar banho sem molhar o chão, fica uma laminha no chão. Fui tomar banho depois que 4 meninas haviam acabado de tomar, e estava tudo sujo no chão. Só apareceu alguém pra limpar no dia seguinte.

Não há sabão líquido nas pias do banheiro. Para ir da recepção ao quarto, você tem que subir uma escada descascada e feia. O banheiro tem paredes pintadas de qualquer maneira e vários locais do albergue poderiam ser melhor acabados. O café é beeeem simples (refresco de frutas super doce, café, leite, pão, queijo, manteiga, uma fruta e um bolo ruinzinho).

O albergue fica perto do Terminal de Transporte Urbano (o que é muito prático) e de uns restaurantes simples. A porta do quarto feminino não fecha (nem muito menos tranca) e a “sala” fica bem ao lado. Ou seja, se você quer dormir, você vai ouvir o papo da turma da sala (mesmo que em voz baixa). O Li, que gerencia o albergue, é muito simpático, mas os demais funcionários poderiam ser mais bem treinados, pois não sabem dar dicas aos turistas.

Hostel Chili, em Foz do Iguaçu. Foto: Marcelle Ribeiro

Hostel Chili, em Foz do Iguaçu. Foto: Marcelle Ribeiro

Hostel Chili, em Foz do Iguaçu. Foto: Marcelle Ribeiro

Hostel Chili, em Foz do Iguaçu. Foto: Marcelle Ribeiro

O Ricardo Freire, do blog Viaje na Viagem, deu várias dicas de hospedagem em Foz e região, neste post aqui: http://www.viajenaviagem.com/2010/05/onde-ficar-em-foz-no-centro-ou-na-estrada . Recomendo a leitura.

Reserve sua hospedagem em Foz do Iguaçu pelo Booking clicando aqui e ajude o blog a ganhar uma pequena comissão sem pagar nada a mais! (saiba como funciona essa parceria aqui)

Ao reservar o seu carro pelo portal Rentcars por esse link, você compara preços de várias locadoras, consegue descontos e colabora com o Viciada em Viajar.

Leia também:

Compras em Foz do Iguaçu, Puerto Iguazú e Paraguai

Cataratas do Iguaçu: o lado brasileiro

Índice de posts sobre Foz e região

 

 

Compartilhar este artigo:
Publicado por Marcelle Ribeiro

Jornalista, baiana, mas há mais de 20 anos moradora do Rio de Janeiro. Nos seus mais de 30 anos de vida, já viajou sozinha e acompanhada. Casada com o Guilherme, petlover e viciada em pesquisar novos destinos.

Comentários

  1. Rosi
    02 set 2016

    Olá Marcelle!!!
    Estou fazendo um roteiro de viagem e quero começar por Foz. Estou gostando bastante do seu blog, ele é bem completo. Parabéns!
    Vc foi com “mochilão”? É seguro deixar a mala no hostel?
    Sabe me dizer a media de quanto gastou na cidade?
    Abraços

    • 02 set 2016

      Oi, Rossi,
      Fiquei em hostel em quarto compartilhado, mas levei mala e não mochila. Fiz uma viagem econômica, mas não tãaaao restrita de dinheiro. Em todos os hostels que me hospedei sempre deixei a mala e nunca tive problemas. Leve cadeados.
      O valor que você vai gastar depende dos passeios que quer fazer, de onde vai comer, se vai pegar táxi… Aqui no blog tem os preços de atrações, transporte e restaurantes visitados. É só fazer uma continha aproximada e você terá uma noção. Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *