Chile: Roteiro de 7 dias de viagem para Puerto Varas e Pucón no verão

postado por Marcelle Ribeiro em 04/03/2018 - Atualizado em: 18/04/2018
Compartilhar este artigo:
Salto Huilo Huilo, no Chile

Salto Huilo Huilo, no Chile. Foto: Marcelle Ribeiro

 

Se você pensa que o Chile é só Santiago e Atacama, vai se surpreender com as belezas que vou mostrar da chamada Região dos Lagos do país. Tem muito o que fazer no Chile. Imagine lagos belíssimos, rodeados de vários vulcões, e ainda com cachoeiras e rios com água azul turquesa. Tudo isso você encontra em cidades como Pucón e Puerto Varas. E perto delas também tem outros municípios lindos, que você pode conhecer em passeios de um dia. E se você for no verão, vai até aproveitar um mergulho!

E quanto tempo ficar em Puerto Varas e Pucón? Eu estive na região no carnaval desse ano (fevereiro de 2018) e, em 7 dias (inteiros, sem contar os dias de chegada do Brasil e saída), percorri várias lugares incríveis. Dividi a minha estadia entre Pucón e Puerto Varas e usei estas duas cidades como base para conhecer outras cidadezinhas vizinhas menores e interessantes. Achei a quantidade de dias ótima. Cada dia íamos para uma região diferente, conhecer um combo de atrações. Alguns dias foram mais cheios de atividades que outros. Então, se você gosta de fazer tudo num ritmo mais devagar, reserve mais dias para a região. Eu sou daquelas que quer aproveitar bem para visitar 2 ou 3 atrações num mesmo dia, mas, ao mesmo tempo, não curto fazer 300 coisas num dia só.

Vejam um resumo do meu roteiro de viagem no Chile:

 

10/02 – Cheguei no aeroporto da cidade de Puerto Montt, a 25km da cidade de Puerto Varas às 21h. O transfer do aeroporto para Puerto Varas que agendei com a agência Só Viagem já estava nos esperando. Custou 7.500 pesos por pessoa (ou US$ 12,51 ou R$ 40,81). Foi ótimo, porque não tinha mais nenhum passageiro além de mim e da minha irmã. Dormimos em Puerto Varas.

Reserve seu hotel em Puerto Varas pelo Booking clicando aqui  sem pagar nada a mais.

 

11/02 – Dia 1 – Bate-volta de Puerto Varas para a ilha de Chiloé, para visitar as pequenas ilhas onde centenas de pinguins passam seus dias + forte de Ancud. Passeio de dia inteiro. Dormimos em Puerto Varas.

12/02 – Dia 2 – Passeio “obrigatório” nas redondezas de Puerto Varas para fazer um rápido passeio de lancha no lago La Poza + trilha curta e teleférico na base do vulcão Osorno + passeio curto de lancha no Lago de Todos os Santos + trilha curta para ver o rio cor azul turquesa Saltos de Petrohué + fim de tarde na Laguna Verde. Dia inteiro. Pernoite em Puerto Varas.

13/02 – Dia 3 – Pegamos um ônibus de Puerto Varas para Pucón. Chegamos às 15h30 e fomos de carro direto conhecer as cachoeiras La China e El León, pertinho de Pucón. Depois, banho no hotel e jantar em Pucón. (Veja o post sobre essas cachoeiras e outras atrações no centrinho de Pucón)

14/02 – Dia 4 – Bate-volta de dia inteiro para a Reserva Biológica de Huilo Huilo, a 130km de Pucón, com paradas em várias cidades e lagos no caminho: no mirante no Lago Calafquén (cidade de Lican Ray), na cidade de Panguipulli (para ver uma igrejinha fofa, o mirante do lago Panguipulli e o vulcão Choshuenco) e na cidade de Perto Fuy (banho no lago Pirihueico). Em Huilo Huilo visitamos a cachoeira que leva o mesmo nome, a fazenda de veados e javalis, um museu de geologia e vimos de longe um hotel super diferente, que parece uma montanha (a Montanha Mágica). Neste dia ainda fomos ver o sol cair na base do vulcão Villarica. Dormimos em Pucón. Veja todos os detalhes desse passeio aqui.

15/02 – Dia 5 – Dia de passeios perto de Pucón. Demos uma passada rápida para ver a praia do lago Caburga e depois fomos ao Parque Nacional Huerquehue, onde passamos 7h fazendo trilha por mirantes e 3 lagoas. No fim da tarde, fomos relaxar nas piscinas rústicas de água naturalmente aquecidas Los Pozones. Pernoite em Pucón. (Saiba tudo sobre essas atrações neste post)

16/02 – Dia 6 – Caminhada de 1h pelo pequeno centrinho de Pucón. Fotos com o vulcão ao fundo e com estátuas de índios Mapuche na Plaza de Armas. Depois, rafting pelo Rio Trancura, em Pucón, pela manhã (veja como foi o rafting aqui). Banho, almoço às 14h30 e depois pegamos o ônibus das 16h15 de Pucón de volta para Puerto Varas. Dormimos em Puerto Varas.

17/02 – Dia 7 – Acordamos mais tarde. Fomos de ônibus comum de Puerto Varas para a cidade de Frutillar, onde há um cais lindo no lago, com vista para vulcão Osorno. Também vimos as casinhas no estilo alemão, fizemos visita ao Teatro do Lago e o museu sobre a colonização alemã na região. Na volta, caminhamos no centrinho de Puerto Varas, fizemos comprinhas e tiramos fotos em mirante com estátua na orla da cidade. Depois, conhecemos o cassino de Puerto Varas e jantamos.

18/02 – Retorno ao Brasil do aeroporto de Puerto Montt.

Contrate seguro de viagem internacional com desconto na Mondial clicando aqui.

Saltos de Petrohué, em Puerto Varas

Saltos de Petrohué, em Puerto Varas. Foto: Marcelle Ribeiro

Puerto Varas e Pucón: como chegar

 

Puerto Varas não tem aeroporto. O mais próximo é o da cidade de Puerto Montt, a 25km de distância.

Pucón também não tem aeroporto. O mais perto é o da cidade de Temuco, que fica a 115km de Pucón.

Mas por onde é melhor chegar?

Se você for só para Pucón, voe para o aeroporto de Temuco. Se você for só para Puerto Varas, voe para o de Puerto Montt. E se você quiser combinar Pucón e Puerto Varas na mesma viagem, como eu fiz, tente chegar por um dos aeroportos e sair pelo outro. Como isso costuma ser mais caro, eu escolhi entrar e sair pelo terminal de Puerto Montt. É que o aeroporto de Temuco não fica no caminho entre Pucón e Puerto Varas. Fica mais ao norte de Pucón. Ou seja, o transfer ficaria ainda mais caro, ou teríamos que alugar um carro.

Alugue carro pelo portal Rentcars por esse link com desconto e colabore com o Viciada em Viajar.

Montanhas do Chile vistas do avião

Montanhas do Chile vistas do avião. Foto: Ticianne Ribeiro

A beleza dos lagos chilenos

A beleza dos lagos chilenos. Foto: Marcelle Ribeiro

Como ir de Puerto Varas a Pucón e vice-versa

Uma das opções é alugar um carro para fazer o trajeto. As estradas são excelentes. E mesmo na alta estação, não peguei trânsito na estrada mais larga propriamente dita. O engarrafamento existiu sim, mas na chegada a Pucón (penamos 1h30 para percorrer um trecho de 25km que normalmente leva 30min).

muitos pedágios neste trecho. Ao que parece, um a cada 100km. Eu não consegui anotar os valores, porque dormi boa parte da viagem. Só me lembro que um deles custava 2400 pesos para carros. Se você considerar que o trecho entre Puerto Varas e Pucón tem 320km, presuma que vai encontrar 4 pedágios. Se cada um deles custar 2400 pesos, você deve gastar 9.600 pesos (ou US$ 16,02 ou R$ 52,23) para fazer o trecho.

Considere que a gasolina comum custa cerca de 800 pesos o litro (o equivalente a US$ 1,33 ou R$ 4,35).

Reserve seu carro nas grandes e pequenas locadoras pelo portal Rentcars por esse link com desconto.

Ah, outra coisa: nós chegamos a pesquisar a possibilidade alugar um carro na cidade de Puerto Varas e devolvê-lo na cidade de Pucón e não conseguimos descobrir nenhuma em que isso fosse possível, nem pagando taxa de retorno. Só dava para pegar no aeroporto de Puerto Montt e devolver no de Temuco, por exemplo. Nas cidades de Puerto Varas e Pucón mesmo há várias locadoras menores. Quando achamos uma maior, ela só tinha unidade em Puerto Varas, mas não tinha em Pucón.

 

A gente decidiu ir de ônibus de Puerto Varas para Pucón, porque íamos fazer todos nossos tours com guias com seus próprios veículos. Só há uma empresa de ônibus que faz esse trajeto, a JAC, que pertence a um grupo chamado TurBus.

Em fevereiro, havia três opções de horário Puerto Varas x Pucón: 9h30, chegando às 13h55; 11h50, chegando às 17h; e 17h25 chegando às 21h55. Já os ônibus de Pucón a Puerto Varas tinham passagens nos horários: 7h, chegando às 12h; 8h, chegando 12h45; 10h, chegando 14h30 e 16h15, chegando às 21h. Em qualquer desses horários a passagem custava 9.500 pesos por pessoa (ou US$ 15,85 ou R$ 51,69). Em todos os ônibus a cadeira era reclinável, tipo executivo, com dois andares, banheiro e bagageiro.

Encontre hotéis de todos os preços em Pucón pelo Booking clicando aqui.

 

O problema era que, para nossa surpresa, apesar de ser alto verão no Chile, nenhum dos ônibus que pegamos tinha ar-condicionado. E as janelas não abriam. As únicas coisas que abriam eram 3 escotilhas no teto do ônibus (que tiveram que ficar fechada boa parte da viagem para não entrar galhos de árvores baixas) e umas poucas janelas tipo basculante. Passamos muito calor mesmo, por 2h, tanto na ida quanto na volta. Não recomendo pegar o ônibus se você for no verão. Ah, e apesar de o ônibus parar em umas 5 rodoviárias no caminho para pegar e deixar passageiros, em nenhuma dessas paradas dá tempo de sair do ônibus para fazer um xixi nos terminais. Xixi só dentro do ônibus mesmo e, em 5h de viagem, o banheiro fica sujo.

Outro inconveniente é que o site da JAC deu erro em todas as vezes em que tentei comprar as passagens. Parece que sempre acontece isso para pessoas que não têm o RUT (o RG dos chilenos), apesar de o site ter a opção de compra sem o RUT. Ou seja, se você também tiver esse problema, você tem 2 opções. Ou você compra suas passagens lá, no guichê do terminal ou das lojas da JAC, ou pede para uma agência de viagens do Chile comprar pelo site para você. Uma das que fazem isso é a Bossa Turismo. Não cheguei a usar os serviços deles, mas sei que eles cobram uma pequena taxa.

Minha viagem não incluiu uma parada para passeios em Santiago. Mas sei que há ônibus de Santiago para Pucón, caso você não queira/possa ir de avião. O pessoal do blog Melhores Destinos dá as dicas sobre esse ônibus aqui.

Já para Puerto Varas não rola ir de ônibus desde Santiago: são 1.018 km.

Montanhas do Chile vistas do avião

Vulcão Villarica, em Pucón. Foto: Marcelle Ribeiro

Reserve sua hospedagem em Pucón pelo Booking clicando aqui e ajude o blog a ganhar uma pequena comissão sem pagar nada a mais! (saiba como funciona essa parceria aqui)

Ao reservar o seu carro pelo portal Rentcars por esse link, você compara preços de várias locadoras, consegue descontos e colabora com o Viciada em Viajar.

Contrate seguro de viagem internacional com desconto na Mondial clicando aqui.

 

*O Viciada em Viajar conheceu Pucón com o apoio do Serviço Nacional de Turismo do Chile. Veja mais sobre o país em: http://chile.travel/pt-br/.

 

Leia mais:

Saiba onde ficar em Pucón e onde comer

Tudo que você precisa saber para viajar para Pucón

Índice de posts com dicas para Puerto Varas

Sugestão de roteiro de 4 a 5 dias em Santiago e arredores

As atrações que valem (e não valem) a visita em 2 dias de viagem a Santiago

 

Compartilhar este artigo:
Publicado por Marcelle Ribeiro

Jornalista, baiana, mas há mais de 20 anos moradora do Rio de Janeiro. Nos seus mais de 30 anos de vida, já viajou sozinha e acompanhada. Casada com o Guilherme, petlover e viciada em pesquisar novos destinos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *