Como assistir a um jogo de baseball nos Estados Unidos

postado por Marcelle Ribeiro em 15/11/2013 - Atualizado em: 17/02/2016
Compartilhar este artigo:

Viajar é realizar sonhos. E na última viagem que eu fiz com o maridão ao exterior, pude ajudá-lo a realizar um sonho: assistir a um jogo do time dele de baseball, no estádio do time. Passamos 7 dias em Nova York, cidade dos sonhos de muita gente, e mais dois dias em Boston. Vimos o Empire State Building, o Central Park, a Broadway… e sabe qual foi o momento mais “mágico” da viagem inteira? Ver o maridão vibrando, quase chorando de emoção, torcendo pelo time dele (que graças a Deus, ganhou!).

Não, ele não é americano. É brasileiro mesmo, mas o Boston Red Sox, time de Boston, divide pau a pau com o Flamengo a “porção torcedor” do coração do meu marido. E como ele já viu o Mengão ganhar no Maraca tantas vezes, faltava ir no estádio Fenway Park, em Boston! A nossa viagem inteira aos Estados Unidos foi planejada em função da data do jogo. E missão dada é missão cumprida: sonho realizado!

Maridão feliz igual a pinto no lixo no Fenway Park. Foto: Marcelle Ribeiro

Maridão feliz igual a pinto no lixo no Fenway Park. Foto: Marcelle Ribeiro

Bom, mas agora deixa o Guilherme contar como é assistir a um jogo de baseball nos Estados Unidos, né? Com a palavra, o maridão:

 

“Depois de 10 anos sonhando como seria ver um jogo do Boston Red Sox no Fenway Park, finalmente tive a oportunidade de realizar esse desejo.

Comecei a acompanhar o baseball mais de perto a partir de 2003 e sempre me identifiquei com o Boston Red Sox, que, na época, não vencia um campeonato há mais de 80 anos.

Além de toda a tradição, o estádio me encantava. Inaugurado em 1912, o Fenway Park é um dos mais tradicionais ballparks dos Estados Unidos (e um dos menores também). Além de toda a história, o estádio tem uma característica única: o Green Monster, um muro de mais de 10 metros de altura no lado esquerdo do outfield.

DSCN5658

Olha o paredão verde lá no fundo: é o Green Monster. Foto: Marcelle Ribeiro

Quando decidimos visitar os Estados Unidos, fiz questão de passarmos em Boston para que eu pudesse ver uma partida. Por essa razão, toda a nossa viagem foi pensada para conseguirmos estar em Boston no dia de um jogo.

Logo depois da decisão, comecei a me preocupar com um problema: nem sempre é fácil conseguir ingressos para jogos do Red Sox. Os torcedores são fanáticos e, nos últimos 10 anos, o time conseguiu vender todos os ingressos de todas as partidas. E são 81 jogos em casa por ano!

Mas o time estava em uma fase ruim e não se classificava para as finais do campeonato há 3 anos. Isso ajudou um pouco.

É muito simples comprar o ingresso. Basta acessar o site do Red Sox e clicar no link para os tickets. Durante a temporada, basta escolher o jogo a que você deseja ir. A compra é feita pela internet e o pagamento é debitado no seu cartão de crédito. Eles mandam um e-mail com o bilhete. Basta imprimir e apresentar na catraca. Muito simples e prático.

A escolha do melhor lugar é que pode ser complexa. O estádio é velho e, por isso, tem algumas características diferentes. Exemplo: as cadeiras do Right Field não são voltadas para o infield, onde quase tudo acontece no jogo. Elas ficam de frente para o outfield e o torcedor precisa ficar com o pescoço virado para poder acompanhar o jogo.

Além disso, alguns setores têm pilares que impedem uma visão perfeita do jogo e, muitas vezes, você não sabe disso com antecedência.

Para conseguir o melhor lugar possível dentro do meu orçamento, visitei vários sites para pegar dicas. Os links estão no fim do post. Eu acabei escolhendo sentar no Loge Box, perto da linha da primeira base. Cada ingresso custou US$ 100 mais as tarifas. A visão era perfeita!

DSCN5692

Estádio Fenway Park, em Boston. Foto: Marcelle Ribeiro

No dia do jogo, a melhor maneira de chegar ao estádio é usando o transporte público. Os estacionamentos no entorno do Fenway Park são caríssimos e as estações do metrô são bem próximas. A mais próxima é a de Kenmore e as linhas B, C e D passam por ela. O bilhete custa US$ 2,50. Não fique com medo de ir de metrô. Apesar de os vagões ficarem cheios, é tudo muito tranquilo, os torcedores são educados e não há empurra-empurra. Fui com a Marcelle e não tivemos problema nenhum.

Chegando no estádio, a festa já começa do lado de fora. O Red Sox tem um acordo com a Prefeitura de Boston e as ruas no entorno do Fenway são fechadas nos dias dos jogos para a instalação de barracas de comida, bebida e souvenirs. Além disso, o time tem duas grandes lojas onde é possível comprar de tudo. A galera fica por ali, bebendo, comendo e falando sobre o time. É uma atmosfera bem legal e os moradores de Boston são muito cordiais.

DSCN5675

Boston Red Sox, that way!

DSCN5676

Entrada do estádio Fenway Park, em Boston. Foto: Marcelle Ribeiro

 

Lá dentro, é possível ver que o estádio é antigo. Os corredores não são tão largos, mas tudo foi reformado com muito cuidado. OS banheiros são limpos (tão limpos quanto banheiros de shopping center no Brasil, disse a Marcelle), as lanchonetes oferecem várias opções de comida e, como o estádio é pequeno, você nem perde muito tempo para ir e voltar ao seu lugar.

As coisas são meio caras dentro do estádio, mas isso acontece em qualquer lugar.

DSCN5678

Lanchonete dentro do estádio Fenway Park, em Boston. Foto: Marcelle Ribeiro

Quando fomos ao jogo, no dia 18 de junho, era dia de doubleheader (dois jogos seriam realizados, um às 13h e outro às 19h). Eu tinha ingressos para o segundo jogo. Chegamos na cidade e fomos almoçar e eu aproveitei para ver o primeiro jogo pela TV. Mas aí veio o desespero: começou a chover! E os jogos são paralisados quando a chuva começa.

Comecei a ficar deprimido porque a chuva não parava de jeito nenhum. A Marcelle aproveitou para me carregar para a Macy’s para fazer compras. Nem conseguia prestar atenção. Não acreditava que ia perder a oportunidade de ver um jogo depois de estar tão perto.

Mas as coisas mudaram. Estava lá vendo o meu Twitter para saber se o jogo iria recomeçar quando li que, depois de DUAS HORAS E MEIA, os jogadores iriam voltar para o campo. E o melhor: os portões do estádio seriam abertos ao público! Não hesitei. Peguei a Marcelle pelo braço e corri para a estação de metrô.

Cheguei no Fenway no meio da primeira partida, que o Boston venceu. Saímos do estádio e entramos de novo, agora usando nossos bilhetes. E não é que o Red Sox venceu de novo? E com um home run na última entrada! Juro que a experiência não poderia ter sido melhor. Saí do estádio inteiramente feliz! Marcelle diz que não fiquei assim nem no casamento (o que é uma mentira!) 😉

E eu acho que dei sorte pro time. O Boston Red Sox acabou de ser campeão da MLB! Sou pé-quente!

DSCN5704

Time de Boston Red Sox comemorando a vitória. Foto: Marcelle Ribeiro

Para quem não pretende ver um jogo, também é possível fazer um tour pelo estádio. Mas isso só pode ser feito quando os jogos não são realizados. Para mais informações sobre o tour, clique aqui.

Veja a lista de posts sobre Boston.

Links:
http://boston.redsox.mlb.com/bos/ticketing/splitseasontickets.jsp?rev=1.3;content-type=text%2Fplain
http://www.preciseseating.com/samples.html
http://www.bestbaseballseats.com/bostonredsox.html
http://boston.redsox.mlb.com/bos/ballpark/directions/index.jsp?content=subway
http://boston.redsox.mlb.com/bos/ballpark/tour.jsp

Reserve sua hospedagem em Boston pelo Booking clicando aqui e ajude o blog a ganhar uma pequena comissão sem pagar nada a mais! (saiba como funciona essa parceria aqui)

Ao reservar o seu carro pelo portal Rentcars por esse link, você compara preços de várias locadoras, consegue descontos e colabora com o Viciada em Viajar.

Contrate seguro de viagem internacional com desconto na Mondial clicando aqui.

Compartilhar este artigo:
Publicado por Marcelle Ribeiro

Jornalista, baiana, mas há mais de 20 anos moradora do Rio de Janeiro. Nos seus mais de 30 anos de vida, já viajou sozinha e acompanhada. Casada com o Guilherme, petlover e viciada em pesquisar novos destinos.

Comentários

  1. ana lucia
    16 nov 2013

    Me senti em Boston vivendo fortes emoções! Muito legal Marcelle e Guilherme!

  2. Adelia
    18 nov 2013

    Amei este post ! Pura emoção !

  3. Vanda Claudino Sales
    19 nov 2013

    Ola, Marcelle, parabens pelo blog! Eu o encontrei fazendo uma pesquisa sobre Porto Seguro. Sou professora da Universidade Federal do Ceara e estou escrevendo um livro sobre patrimonio mundial costeiro, a ser publicado em ingles pela editora Springer, da Holanda. Estou precisando de duas fotos alta resolucao de praias de Porto Seguro para ilustrar o livro, e talvez voce possa me ajudar? O credito seria concedido. Agradeco a atencao e a gentileza de um retorno, obrigada.

    • 29 nov 2013

      Oi, Vanda,
      Desculpe a demora em responder. Vou te mandar as fotos por email, ok?
      Abraço,
      Marcelle

  4. cassia
    10 mar 2014

    ola….estou indo agosto de 2014,para ficaremos no total 10 dias e vamos tentar ir a 3 jogos, boston x ny yankkee, em washington vamos anda nao sei em qual, etb um jogo em ny, todos os anos q vamos aos eua tentamos ir num jogo, esse ano sera atipico 3 jogos…..parabens pelo blog……bem legal…me ajudou em umas dicas.

  5. Vanda Claudino Sales
    01 mar 2015

    Oi, Marcelle,
    Ha mais de um ano atras, escrevi para voce uma mensangem sobre fotos de Porto Seguro para um livro que estou (ainda!!)escrevendo. Voce disse que mandaria as fotos por e-mail, mas eu nunca recebi. Voce teria tempo e disposicao de fazer isso agora? As fotos que encontrei de la nao sao boas!! Todos os creditos seriam concedidos. Obrigada pela atencao.

  6. Vanda Claudino Sales
    03 mar 2015

    Oi, Marcelle, tudo bem? Voce recebeu meu e-mail sobre as fotos de Porto Seguro para compor um livro internacional? Desculpe se estou lhe perturbando, mas eh voce pode ser minha saida!! Obrigada pela atencao e um abraco.

    • 03 mar 2015

      Oi, Vanda.
      Mil desculpas, mas devo ter esquecido. Você pode me explicar melhor sobre o seu livro? Por favor, me mande um email para [email protected], explicando do que se trata. É melhor conversarmos por email, em particular, não acha? De qualquer maneira, te adianto que estou meio enrolada ultimamente, fazendo um curso de inglÊs nos Estados Unidos durante todo o mês de março. E estou sem o computador onde guardo as fotos originais da viagem.
      Aguardo sua mensagem.
      Abraço,
      Marcelle

  7. Lila
    04 mar 2017

    Obrigada pela dicas! Foram realmente muito úteis! Também sou torcedora do Red Sox e vou realizar um sonho nesta temporada de assisti-los ao vivo e a ajuda de vocês foi simplesmente ímpar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *