Foz do Iguaçu: Passeio na Usina Hidrelétrica de Itaipu

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 17/02/2016
Compartilhar este artigo:

Um lugar para a gente se sentir uma formiguinha. Assim é a Usina Hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu, que conheci quando estive na cidade em maio desse ano. É tudo tão grande, que é impossível não se enxergar como um grãozinho de areia, no meio daquelas construções gigantes.

 

Usina de Itaipu. Foto: Marcelle Ribeiro

Usina de Itaipu. Foto: Marcelle Ribeiro

Dizem que a usina é um prato cheio para o turista que adora “grandes obras da humanidade”. Eu sempre fui mais daquelas que preferem natureza a prédios (mesmo em Nova York!). Mas ainda assim adorei a visita a Itaipu. É fascinante estar num lugar onde é gerada 75% da energia consumida no Paraguai e 17% da que usamos no Brasil. É muita água, minha gente. E é bacanérrimo ver que paraguaios e brasileiros dividem tudo ali, desde os postos de trabalho às plaquinhas de identificação. A usina é gerida pelos dois países, que têm o mesmo poder de decisão e gerência ali.

Procurando hotel? O Booking tem opções para todos os bolsos. Reserve por esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

No passeio guiado, o visitante conhece turbinas, barragem e muita história daquele lugar. Você pode escolher entre três roteiros:

1 – PANORÂMICO:

Depois de ver um documentário sobre a usina, os visitantes entram em um ônibus com guia e fazem paradas para ver o mirante, o vertedouro, a barragem e o Rio Paraná, em cerca de 1h30. Não há acesso ao interior da usina. Não foi esse o passeio que eu fiz.

DESCONTO DE 5% no Esquenta Black Friday para aluguel de carro na Rentcars, com o cupom NOVEMBER. Vale até 30/11, com retirada do carro até 31/12! Compare preços de várias locadoras!
O vertedouro não estava vertendo água. Foto: Marcelle Ribeiro

O vertedouro não estava vertendo água, porque não era necessário. Foto: Marcelle

2 – ILUMINAÇÃO MONUMENTAL:

Esse passeio é realizado apenas à noite, quando a barragem pode ser apreciada com as luzes de um complexo de refletores e luminárias, com trilha sonora especial. Antes, guias explicam a história da usina. Eu não fiz esse passeio, porque não me pareceu tão interessante, mas tem gente que ama. Ele dura cerca de 1h30.

3 – ESPECIAL:

O passeio também começa com o documentário sobre a usina. Depois, todo mundo entra em um ônibus e vai ver a parte ao ar livre de Itaipu: mirante, vertedouro, barragem e o Rio Paraná. O guia dá tempo para todos tirarem fotos, uns 10 minutos (que é suficiente) em cada local. A todo tempo você recebe informações dos guias, que são super bem treinados (os caras devem ser engenheiros, sabem tudo, respondem tudo!). Depois, você conhece o interior da usina. Tudo isso leva cerca de 2h30.

 

Usina de Itaipu. Foto: Marcelle Ribeiro

Usina de Itaipu. Foto: Marcelle Ribeiro

Usina de Itaipu. Foto: Marcelle Ribeiro

Leito do Rio Paraná, na Usina de Itaipu. Foto: Marcelle Ribeiro

Depois de ver o leito do Rio Paraná, você vê os condutos, que são tubos brancos enormes. Por cada um deles, escoam até 700 mil litros de água por segundo, o que corresponde a metade (metade!!!!) da vazão das Cataratas do Iguaçu!

Condutos da Usina de Itaipu. Foto: Marcelle Ribeiro

Condutos da Usina de Itaipu. Foto: Marcelle Ribeiro

Vi ainda o eixo de uma turbina em atividade e a sala de comando central, com sua tela gigante e mil botões. No chão da sala há uma faixa amarela, representando simbolicamente a linha que separa o Brasil do Paraguai.

20140505_095749 (2)

A sala de comando e controle da Usina de Itaipu. Foto: Marcelle Ribeiro

20140505_100349 (2)

Um pé no Paraguai e outro no Brasil.

20140505_102932 (2)

Usina de Itaipu. Foto: Marcelle Ribeiro

 

Também fomos a uma galeria de 1 km de extensão (por onde os funcionários andam de bicicleta!), em que vimos as tampas de 20 unidades geradoras de energia. Cada uma gera o suficiente para abastecer uma cidade de 2,5 milhões de habitantes!

A tampa da unidade geradora é essa marca vermelha no chão. Foto: Marcelle Ribeiro

A tampa da unidade geradora é essa marca vermelha no chão. Foto: Marcelle Ribeiro

E aí, quer ir à Usina de Itaipu? Então se programe antes!!! É que a hidrelétrica só pode ser conhecida em visitas guiadas e você tem que reservar, pelo site dela, o dia e o horário em que quer ir. E como há um número limitado de vagas por dia, recomendo olhar com alguns dias de antecedência, para não correr o risco de não haver mais vaga para o horário que você quer ir.

Preços e horários estão podem ser visualizados no site https://www.turismoitaipu.com.br/ , que é também o canal de compra oficial da usina. Neste site você pode comprar inclusive ingressos combinados com outras atrações do complexo, como o Refúgio Biológico (para onde foram levados animais retirados da área que foi alagada quando a usina foi construída) e passeio de catamarã.

Ah, e preste atenção em outra dica FUNDAMENTAL: se você escolher o circuito ESPECIAL, não poderá fazê-lo se estiver usando chinelo, sapato de salto alto, short ou minissaia. Sandálias só são permitidas se estiverem bem presas nos calcanhares, não tiverem salto e se a sola for de borracha. Quem tem menos de 14 anos não pode fazer o passeio ESPECIAL.

Reserve sua hospedagem em Foz do Iguaçu pelo Booking clicando aqui e ajude o blog a ganhar uma pequena comissão sem pagar nada a mais! (saiba como funciona essa parceria aqui)

Ao reservar o seu carro pelo portal Rentcars por esse link, você compara preços de várias locadoras, consegue descontos e colabora com o Viciada em Viajar.

Leia também:

Foz do Iguaçu: Como economizar no transporte

Onde comer em Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú

Todas as dicas de Foz do Iguaçu e região

 

Usina Hidrelétrica de Itaipu:

Sites:

Oficial para informações: http://www.itaipu.gov.br/

Oficial para turismo e compra de ingressos: https://www.turismoitaipu.com.br/pt

Preços e horários:

Visita PANORÂMICA: R$ 26 (estudantes, crianças entre 7 e 12 anos, doadores regulares de sangue, pessoas com mais de 60 anos e professores pagam meia). As visitas acontecem todos os dias às 8h, 8h30, 9h, 9h30, 10h, 10h30, 11h, 12h, 13h, 13h30, 14h, 14h30, 15h, 15h30, 16h e 16h30.

Visita ESPECIAL: R$ 64 (ninguém tem direito a pagar meia). Os passeios acontecem diariamente às 8h, 8h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h, 15h30 e 16h.

ILUMINAÇÃO ESPECIAL: R$ 15. Este passeio pode ser feito às sextas-feiras e sábados às 20h. (21h no horário de verão) e dura cerca de 1h30.

Endereço: Av. Tancredo Neves, 6702, Foz do Iguaçu. O Centro de Recepção de Visitantes da Usina de Itaipu fica a 12km do centro de Foz, 38 km das Cataratas do Iguaçu e 6 km da Ponte da Amizade. Para quem vai de carro, há estacionamento (R$ 10).  Se você decidir ir de ônibus (andar de ônibus em Foz é fácil!), use s linhas “Itaipu Dam”, “Conjunto C Norte” ou “Conjunto C Sul”, que partem do terminal central de Foz do Iguaçu. A viagem dura aproximadamente 30 minutos. A tarifa custa R$ 2,85.

 

Compartilhar este artigo:

Comentários

  1. adelia
    31 out 2014

    Que legal !
    Já decidi que está será minha próxima viagem.

  2. Paolla
    03 ago 2015

    Olá, Marcele!! Adorei conhecer este blog, suas dicas são divinas.

    Fiquei sabendo que a visita pelo lado Paraguaio é gratuita. Vc tem algo a dizer sobre isso? Sabe se é verídica a informação?
    Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *