Onde se hospedar na Chapada Diamantina (BA)

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 04/01/2018
Compartilhar este artigo:

Em Lençóis, eu fiquei hospedada na Pousada das Árvores, que indico. Tem uma wi-fi boa, uns quatro computadores com acesso à internet na recepção para uso dos hóspedes, quartos amplos com rede na varanda, colchão gostoso e é bem decoradinho. Tem água quente no chuveiro (só no primeiro dia é que não esquentou direito, por um problema da empresa de energia), ar condicionado, ventilador e um café da manhã gostoso. Tem também uma piscininha e área para tomar sol. As fotos do site deles são bem fiéis ao que você encontra lá. A pousada não fica exatamente no Centro de Lençóis, mas a uns 500 metros, na rua de entrada da cidade. A gente ia para o Centro andando mesmo, no início da noite, apesar de não haver muito movimento no caminho. Na volta, a nossa agência de viagens nos levava de volta. Mas não pareceu perigoso não. Pagamos R$ 150 a diária, num quarto que cabia 4 pessoas.

chapada-diamantina-mucuge

O centrinho de Mucugê é bem charmoso. Foto: Marcelle Ribeiro.

Em Mucugê, me hospedei na Pousada Monte Azul, onde meu pai também já se hospedou. Fica meio afastado do centro da cidade, bem perto do cemitério bizantino. A recepção é bem charmosinha, mas os quartos são bem coloridos. Tinha chuveiro quente, ventilador e TV (que só pegava a Globo). O café da manhã era maravilhoso e a wi-fi também era boa. Também indico essa pousada. Pagamos R$ 98 a diária num quarto para duas pessoas.

VEJA A LISTA DOS POSTS SOBRE CHAPADA DIAMANTINA

Procurando hotel? O Booking tem opções para todos os bolsos. Reserve por esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

Reserve sua hospedagem na Chapada Diamantina pelo Booking clicando aqui e ajude o blog a ganhar uma pequena comissão sem pagar nada a mais! (saiba como funciona essa parceria aqui)

Ao reservar o seu carro pelo portal Rentcars por esse link, você compara preços de várias locadoras, consegue descontos e colabora com o Viciada em Viajar.

Compartilhar este artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *