Chapada Diamantina de carro próprio: veja dicas de como ir

postado por Marcelle Ribeiroe atualizado em: 12/11/2020

Viajar para a Chapada Diamantina de carro próprio exige um planejamento diferente. A região, que está localizada na Bahia, oferece diferentes opções de passeios e é composta por diversas cidades. A principal é Lençóis, que tem maior variedade de restaurantes, bares e pousadas. Por esse motivo, decidi ficar lá.

Já estive em Lençóis duas vezes e, na minha segunda visita à cidade, fui de carro com a família. Por isso, resolvi resumir aqui as melhores dicas para quem quer ir à Chapada Diamantina de carro.

Você vai descobrir como montar seu roteiro, fazer passeios mais próximos à cidade e aproveitar a região gastando pouco, embora algumas vezes seja necessário contratar um guia.

A gente sempre aluga carro na RentCars. Pelo site, você consegue fazer reservas com desconto em grandes e médias locadoras, além de poder parcelar o valor do aluguel em até 12 vezes.

chapada diamantina de carro morro pai inacio

Eu e minha família no Morro do Pai Inácio, na Chapada Diamantina.

Chapada Diamantina de carro: de Salvador a Lençóis

Ir de Salvador para Lençóis de carro leva menos tempo do que ir de ônibus. Ainda assim, é uma viagem meio demorada, visto que são 420 km. O tempo estimado, no entanto, varia, porque depende das condições da estrada.

Na véspera de carnaval, levamos quase 7h para fazer o trajeto Lençóis-Salvador. Mas vale considerar que a estrada estava movimentada e que paramos por 1h para almoçar. Além disso, houve um acidente já bem perto de Lençóis, que causou a interdição de uma ponte e nos fez ficar completamente parados por quase 1h.

Trajeto de Salvador a Lençóis de carro

Saímos de Salvador e seguimos a rodovia BR 324 para Feira de Santana. A distância entre as duas cidades é de 106 km. No anel rodoviário de Feira de Santana, contornamos a região e pegamos a saída do anel no sentido Rio de Janeiro.

Então, andamos mais 8 quilômetros e fomos em direção a Ipirá, percorrendo uma distância de 100 km. Ao chegar em Ipirá, logo após o posto de gasolina que fica na entrada da cidade, dobramos à esquerda para pegar a rodovia BA 488, que dá na cidade de Itaberaba. A distância entre esses dois pontos é de cerca de 70 km.

Aproveitamos para almoçar em Itaberaba, na churrascaria Monte Castelo, que fica no trevo de acesso à cidade. O restaurante de comida a quilo é gostoso e amplo.

Depois de almoçar, seguimos para Lençóis pela BR 242 (que vai para Brasília). Dirigimos por 147 km por essa rodovia até vermos o acesso, à esquerda. Foram mais 12 km de estrada em rodovia estadual até Lençóis.

Para chegar à Chapada Diamantina de carro, você também pode optar por ir de Salvador até Feira de Santana e seguir pela BR 116 até o entroncamento com a BR 242, mas o tráfego é mais pesado, cheio de caminhões.

chapada diamantina de carro vista de lençóis

Vista da cidade de Lençóis, na Chapada Diamantina.

Qualidade das estradas

Dependendo do lugar que você vai visitar na Chapada Diamantina de carro, não dá para ter pena do veículo. Sim, ele vai comer poeira e sacolejar pacas.

Para fazer o passeio Ribeirão do Meio, poços do Serrano, Areias Coloridas, Cachoeirinha e Cachoeira da Pimavera, o carro quase não vai ser necessário, porque as trilhas começam dentro da cidade de Lençóis. No entanto, para ir à Cachoeira dos Mosquitos, o veículo vai pegar uma estrada bem ruinzinha, que fica ainda pior se estiver chovendo. Vai sacolejar, prepare-se. Numa das vezes que eu fui lá, o carro atolou. Na outra, quase não subiu uma ladeira.

Já para o passeio Gruta Azul, Gruta da Pratinha, Gruta da Lapa Doce e Poço do Diabo, você vai andar uma boa parte no asfalto, e o pedaço de terra é mais tranquilo. Para conhecer Poços Azul e Encantado, a maior parte da estrada é asfaltada, sem grandes perrengues.

A ida à Cachoeira do Buracão vai cansar bastante seu carro: além do caminho asfaltado, tem 1h de estrada de terra horrível! Por fim, para ir à cachoeirinha do Pai Inácio, você vai pegar asfalto em 99% do trecho. É tranquilo.

chapada diamantina de carro escorrega natural ribeirão do meio

Ribeirão do Meio tem escorrega natural. Foto: Marcelle Ribeiro.

Chapada Diamantina de carro: onde abastecer?

A cidade de Lençóis até tem posto de gasolina, mas é tão pequeno que você pode passar sem notá-lo. O local é de uma bandeira completamente desconhecida e tem apenas 1 ou 2 bombas. Por isso, prefira abastecer seu carro antes de chegar a Lençóis. A uns 30 km de lá, tem um posto de bandeira popular.

Vou para Chapada Diamantina de carro: preciso contratar guia?

Um guia é necessário em 80% dos passeios de carro na Chapada Diamantina. Embora não tenha nenhuma autoridade cobrando a presença desses profissionais na maioria das atrações (a não ser no Buracão), é mais seguro. Eles sabem os caminhos, onde você deve colocar o pé, a melhor hora para conhecer as grutas, reconhecem se o volume do rio está perigoso, e até te ajudam na hora de descer o escorrega natural.

Além disso, lembre-se que Lençóis fica no meio da Bahia, longe de hospitais bons. Normalmente, um guia conhece outros vários guias e sabe o telefone de um monte de gente. Assim, se acontecer algum acidente com você, é bem melhor estar com uma pessoa que conhece tudo ao seu redor (e que vai te ajudar até achar um médico) do que estar sozinho, né?

chapada diamantina de carro cachoeira mosquitos

Cachoeira dos Mosquitos tem acesso ruim, mas é muito bonita. Foto: Marcelle Ribeiro.

Passeios com e sem guia na Chapada Diamantina

Para chegar ao Ribeirão do Meiovocê não precisa de guia e pode perguntar na sua pousada qual é o caminho. O trajeto é fácil, porque a trilha começa dentro da cidade e é quase toda plana e larga. Além disso, sempre tem gente vendendo água no início e no meio dela. É para o Ribeirão do Meio que os moradores de Lençóis vão quando têm uma folguinha. Se você for com um guia, ele vai te ajudar e dar apoio moral caso bata um medinho de descer no escorrega.

O acesso aos Poços do Serrano não é difícil, pois a trilha também começa dentro da cidade. Se você estiver no início do caminho, basta seguir um tubo grande de água aparente até chegar aos Poços do Serrano. Caso contrate um guia, ele vai te levar para a Cachoeirinha e para a Cachoeira da Primavera, que ficam perto.

Já para ir até a Gruta da Pratinha, a estrada é boa e o profissional não é necessário. O local é um balneário, que não tem trilhas, então dá para ir de carro. Lá, você toma banho numa água azul linda, desce de tirolesa e faz snorkel dentro de uma gruta. Essas duas últimas atividades exigem o acompanhamento de funcionários.

Por fim, para ir à Cachoeirinha do Pai Inácio, você também não precisa de guia. Siga as placas para “Orquidário do Pai Inácio” e estacione o carro. Ande na trilha aberta, bem larga, que começa com chão de pedras e depois vira terra. Depois de uma caminhada de 30 minutos, você chega sem dificuldade.

Nos demais passeios, é importante ter um guia com você.

chapada diamantina de carro vista morro santo inacio

Vista do Morro Santo Inácio, na Chapada Diamantina, é de tirar o fôlego. Foto: Marcelle Ribeiro.

Chapada Diamantina de carro: como contratar um guia local

Se você decidiu ir para a Chapada Diamantina de carro e quer contratar um guia local, pode procurar um profissional na Associação dos Condutores de Visitantes de Lençóis (ACVL). Quando tentei fazer isso, não consegui contato pelo telefone. Mas você também pode tentar as associações de guias de viagem de outras cidades da região. Os números são:

  • ACVL Lençóis: (75) 3334-1425
  • ACVA Andaraí: (75) 8137-1679
  • ACVIB Ibicoara: (77) 3413-2048
  • ACVM Mucugê: (75) 3338-2414
  • ACV-VC Vale do Capão: (75) 3344-1087
  • AICTUR Iraquara: (75) 3625-1084
  • Grupo Bicho do Mato Ibicoara: (77) 3413-2468

Então, mandei e-mail para agências de viagem da região. Além de organizarem passeios com o carro da própria agência, descobri que várias delas conseguem um guia para ir no carro do turista. Para isso, basta dizer os passeios que você quer fazer que eles te darão um preço. O profissional costuma cobrar uma diária de cerca de R$ 100 a R$ 120 e pode guiar um grupo de até 5 pessoas por esse valor, pelo dia inteiro (das 8h às 17h). Uma vantagem é que você fica livre para combinar com ele a ordem das cachoeiras e para sugerir alterações.

Eu indico os guias Diego (telefone: (75) 99975-1845) e Robson Pereira dos Santos (e-mail: [email protected] e telefones: (75) 99974-4417 / (75) 3334-1048). O Robson tem uma Doblô e pode até levar seu grupo nela, se for o caso. Os dois foram profissionais, cuidadosos e não são daquele tipo que fica puxando conversa o tempo todo. Se você quiser bater papo, eles conversam, mas se não, eles ficam na deles.

chapada-diamantina de carro pinturas rupestres sitio arqueologico paridas

Sítio Arqueológico Serra das Paridas ainda tem pinturas rupestres. Foto: Marcelle Ribeiro.

Chapada Diamantina de carro: vale a pena contratar agência?

Se você está na dúvida entre ir para a Chapada Diamantina de carro ou contratar uma agência, vale avaliar seu orçamento e o roteiro que deseja seguir. A principal desvantagem de adquirir o serviço de uma agência é o custo, já que sai mais barato viajar de carro. Por outro lado, você vai ter a segurança, o conforto e a despreocupação de andar com quem já conhece o local.

Mas se você quer ir para a Chapada Diamantina gastando pouco, a viagem de carro pode ser uma opção mais acessível. Além disso, você acaba tendo maior liberdade para montar o seu roteiro. De qualquer forma, mesmo que opte por chegar à Chapada Diamantina de carro, vale considerar a contratação de um guia particular para a realização de alguns passeios.

Qual a melhor época para visitar a Chapada Diamantina?

O clima na Chapada Diamantina costuma ser mais seco entre maio e setembro. Já entre os meses de novembro e março, a região tem temperaturas mais altas e muitas chuvas. Além disso, na hora de planejar sua viagem, vale considerar também os períodos de alta temporada, que inclui o mês de agosto e feriados nacionais. Nessa época, a região fica mais cheia e os preços, mais caros.

chapada diamantina de carro cachoeira da primavera

É preciso contratar um guia para chegar na Cachoeira da Primavera. Foto: Marcelle Ribeiro.

Quanto custa um passeio na Chapada Diamantina?

Os preços dos passeios na Chapada Diamantina não variam tanto. Por exemplo, para visitar a Cachoeira dos Mosquitos, é preciso pagar R$ 10. Já a entrada para Sítio Arqueológico Serra das Paridas custa R$ 15. Por outro lado, é possível subir no Morro do Pai Inácio de graça, embora seja sugerido o pagamento de R$ 2.

Há ainda a visita à Gruta Lapa Doce, que custa R$ 15. Além disso, o combo Gruta Azul e Pratinha também sai por R$ 15. Dentro da gruta da Pratinha, fizemos flutuação, com colete e snorkel e pagamos mais R$ 20.

Quantos dias para conhecer a Chapada Diamantina?

A quantidade de dias necessários para visitar a Chapada Diamantina varia de acordo com os passeios que você pretende fazer. Além disso, vale levar em consideração quais cidades você quer conhecer. Dependendo, é melhor dividir a hospedagem entre duas ou mais cidades.

Na nossa viagem, cinco dias foram suficientes para os passeios que queríamos fazer.

chapada diamantina de carro como ir gruta lapa doce

Chapada Diamantina tem diversas grutas, como a Gruta Lapa Doce. Foto: Marcelle Ribeiro.

Conclusão

Em conclusão, para fazer uma viagem para a Chapada Diamantina de carro é preciso um bom planejamento. Além de montar um roteiro definindo os passeios que você quer fazer, é importante considerar a contratação de um guia para acompanhar seu grupo em algumas atividades.

E você, prefere fazer o passeio para Chapada Diamantina de carro ou por agências de viagem? Conte suas dicas para a gente nos comentários!

Veja o vídeo sobre os melhores parques nacionais do Brasil!

Leia também:

Comentários

  1. Thiana
    27 jan 2016

    Pessoal bom dia. Adorei as dicas e vão me ajudar bastante neste carnaval que vou a Lençois, eu só queria informações de onde se hospedar sabendo que tenho barraca e seria mais em conta acampar, estou com dificuldades pra encontrar.
    Ah e os telefones dos guias Diego e Robson não consigo falar, queria logo agendar um guia.
    Desde já obrigada.

  2. josivaldo nicolau
    07 abr 2016

    estou indo de salvador pra chapada diamantina e depois para o rio de janeiro, alguém pode me dizer qual a melhor cidade pra me hospedar.
    obrigado.

  3. Lenira
    25 maio 2016

    Muito boas as dicas. Obrigada.
    Acham que dá para irmos com meninos de 11 e 14 anos sem problemas?

  4. Daniel
    08 jun 2016

    Parabéns pelas dicas, muito útil.Gostaria de saber onde e quanto é alugar carro em Lençois?

    Obrigado

    • 09 jun 2016

      Oi, Daniel,
      Não vi locadoras de carros em Lençois. A cidade é bem pequena. Acho melhor você alugar em Salvador ou em outra cidade grande.
      Abraço, Marcelle.

  5. Marcus Vinicius F. Rosado
    17 jul 2018

    Boa tarde Marcelle, você foi sucinta e deu ótimas dicas sobre a Chapada Diamantina. Já fui a muito tempo, pretendo ir novamente para levar minha filha. Obrigado!

  6. Anna
    10 out 2018

    Excelente dicas…..viajei de Maceió a Brasilia e claro passei pela Chapada…..coisa d Deus aqueles montes da vontade de não ir embora. Muito bom…saudades de lá

  7. Irailton Lima
    12 fev 2019

    Olá pessoal
    Estou planejando ir para Lençois no Carnaval/2019, para fazer trilhas de bikes, com minha namorada, pois, já fazemos esse tipo de aventura e queremos experimentar algo diferente, rsrsrsrs.
    Já conheço Lençois, fui em 2013 e ameiii. Fiquei hospedado em um albergue na entrada da cidade, em uma suite bem aconchegante. Como foi minha primeira vez, tentei conhecer o máximo de lugares possíveis, mas, em razão do pouco tempo, pois, chegamos quinta-feira a noite e fomos embora domingo pela manhã, não foi possível.
    Atualmente tenho um amigo que abriu uma pousada lá, a Air Point Pousada e Camping, e é prá lá que eu vou, rsrsrsrsrs.

  8. aline
    20 mar 2019

    Olá…

    Gostaria de saber se dar para fazer os passeios sem ser em carro 4×4?

    • 20 mar 2019

      Oi, Aline,
      Boa parte dos passeios você consegue fazer sem 4×4. Em alguns passeios, tem que ir de 4×4. Mas daí você pode ir com um carro comum e, para os que precisar 4×4, você contrata um passeio nas várias agências da Chapada. Foi o que eu fiz quando fui de carro próprio. Nos posts de cada atração eu indico se fui de carro comum ou de 4×4.
      Abraço,
      Marcelle

  9. Danielle
    13 jun 2019

    Olá, pessoal!
    Vocês têm um ideia de quanto é gasto com guia por dia?

    • 13 jun 2019

      OI, Daniele,
      Vai depender um pouco do passeio que você quer fazer. As próprias agÊncias de passeio de lá indicam guia para quem viaja com carro próprio e podem te ajudar a descobrir. Sugiro que você entre em contato com eles.
      Abs,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *