Roteiro em Nova York – Moma e atrações da Quinta Avenida

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 05/09/2019
Compartilhar este artigo:

Andar pela Quinta Avenida, em Nova York, faz a gente se sentir como personagem de um filme americano. A avenida é uma das mais vibrantes da cidade mais vibrante do mundo. Quer ver as vitrines das lojas mais caras e chiques? A Quinta Avenida é o lugar. Quer ver o Empire State ou a famosa St Patrick’s Cathedral? Elas estão lá. Quer comprar os aparelhos modernosos da Apple? Ou ver o suntuoso Trump Tower do milionário Donald Trump? Siga para a Quinta Avenida. Quer checar os jardins e a fonte do Rockefeller Center? Acho que você já sabe, né? Vá à Quinta Avenida!

Eu e o meu maridão passamos um dia da nossa viagem curtindo as atrações da Quinta Avenida na viagem que fizemos à Big Apple em junho.

Começamos pela famosa loja da Apple, que vale a pena ser visitada mesmo se você não pretende comprar nada. A loja, que fica pertinho do Central Park, tem um design diferente: da Quinta Avenida, o que você vê é um grande cubo de vidro. Dizem que o Steve Jobs gastou milhões só nos vidros da loja. Mas para comprar mesmo, você tem que descer a escada do grande cubo, pois os produtos e os vendedores ficam no subterrâneo. A loja funciona 24h por dia, 365 dias por ano e é a que mais fatura nos Estados Unidos (dizem que vende um Ipod a cada 2 minutos).

Procurando hotel? O Booking tem opções para todos os bolsos. Reserve por esse link, que tem o meu código, e ajude o blog.

 

Loja da Apple na Quinta Avenida. Foto: Marcelle Ribeiro

Loja da Apple na Quinta Avenida. Foto: Marcelle Ribeiro

Dali é só ir caminhando e você passará pela loja de brinquedos Fao Schwartz, que apareceu no filme Big, com o Tom Hanks, e também pela Trump Tower, a torre cheia de mármore e detalhes dourados do Donald Trump. Dê uma entradinha rápida, só para ver a suntuosidade do prédio do magnata (onde até os faxineiros se vestem super arrumados, de terno e tudo!).

Depois, é hora de arte! Vá ao Museu de Arte Moderna (Museum of Modern Art), o MoMA, para apreciar obras de artistas de vanguarda. A entrada é na 53rd Street, pertinho da Quinta Avenida. Eu amei o museu (bem mais do que outro museu famosíssimo de Nova York, o MET), porque gosto da arte moderna de Duchamp, Magritte e Dalí. E ainda estava rolando uma exposição do Claes Oldemburg, que adoro. O museu é grandinho, e nós passamos umas duas horas lá dentro.

DESCONTO DE 5% no Esquenta Black Friday para aluguel de carro na Rentcars, com o cupom NOVEMBER. Vale até 30/11, com retirada do carro até 31/12! Compare preços de várias locadoras!
Obra de arte exposta no MoMA, em Nova York. Foto: Marcelle Ribeiro

Obra de arte exposta no MoMA, em Nova York. Foto: Marcelle Ribeiro

DSCN5033

Obra de arte exposta no MoMA, em Nova York. Foto: Marcelle Ribeiro

DSCN5038

Um helicóptero pendurado dentro do MoMA. Foto: Marcelle Ribeiro

DSCN5041

Obra de arte exposta no MoMA, em Nova York. Foto: Marcelle Ribeiro

De lá do MoMA, fomos à St Patrick’s Cathedral, mas ficamos decepcionados. A catedral estava quase toda em obras e não vimos quase nada. Os andaimes cobriam a fachada e no interior só era possível ver o altar. Uma pena! Por isso, nossa visita foi bem rapidinha.

Do outro lado da rua, em frente à St. Patrick’s Cathedral, está a escultura de bronze representando Atlas, em frente a um prédio. Ali do lado está o Rockefeller Center, um conjunto de prédios comerciais construído na década de 1930 por John D. Rockefeller Jr, filho do magnata do petróleo.

Escultura de Atlas, na Quinta Avenida. Foto: Marcelle Ribeiro

Escultura de Atlas, na Quinta Avenida. Foto: Marcelle Ribeiro

Para os turistas, o legal do Rockefeller Center é uma área aberta com canteiros floridos, uma fonte, a escultura dourada de Prometeu e muitas bandeiras coloridas. Há também um restaurante e um café, além da divertida loja da Lego (entre e veja a miniatura do Rockefeller Center feita com os bloquinhos coloridos do brinquedo). No inverno, um rinque de patinação é montado nesta área aberta.

Black November até 21/11! Seguro saúde viagem internacional: escolha entre as melhores operadoras e pague com 15% de desconto com o cupom BLACK! Atendimento 24h em português!

 

Rockefeller Center, em Nova York. Foto: Marcelle Ribeiro

Rockefeller Center, em Nova York. Foto: Marcelle Ribeiro

DSCN5078

Rockefeller Center, em Nova York. Foto: Marcelle Ribeiro

 

O Rockefeller Center em miniatura na loja da Lego. Foto: Marcelle Ribeiro

O Rockefeller Center em miniatura na loja da Lego. Foto: Marcelle Ribeiro

Mas a principal atração do Rockefeller Center é o Top of the Rock, o observatório que fica no topo do prédio da General Eletric (GE) de onde você tem uma vista privilegiada da cidade do 70 andar. Nós optamos por ir no Top of the Rock e não subir no Empire State Building porque do alto do Top of the Rock você pode ver o Empire State e o Central Park. Além disso, o ingresso é mais barato e as filas são menores!

Passeio guiado de 1 dia e ingressos sem fila? Contrate aqui!

Fomos lá no Top of the Rock duas vezes na viagem. Na primeira, subimos apressados porque queríamos pegar o fim de tarde + o anoitecer na cidade e faltava pouco para escurecer. Mas o tempo estava nubladésimo e na pressa, resolvemos arriscar. Nem notamos que um painel na bilheteria fala como está a visibilidade lá em cima. Resultado: chegando no topo, os prédios em volta estavam cobertos de nuvens e uns 5 minutos depois caiu um temporal! Esperamos uns 20 minutos, mas a chuva não dava trégua. Fui embora super borocochô!

Mas eu não ia sair de Nova York sem ter visto a cidade do alto nem a pau! Eu sou brasileira e não desisto nunca! rsrsrsrs. Então fomos lá de novo num dia de sol e voilà: a visibilidade estava ótima! Tirei mil fotos, claro!

 

Foto:

Eu e o Empire State Building, do Top of the Rock. Foto: Guilherme Calil

DSCN5292

Empire State à direita e outros arranha-céus de NY. Foto: Marcelle Ribeiro

DSCN5294

O Central Park visto do Top of the Rock. Foto: Marcelle Ribeiro

 

Nesse mesmo dia ainda dá tempo de você dar um pulinho na Times Square, que não é na Quinta Avenida, mas é perto, dá para ir à pé. Nós fomos para ver os letreiros luminosos enormes dos prédios (que fazem a fama da Times Square), ver um milhão de turistas andando para lá e para cá, e para fazer umas comprinhas. Mas deixamos para assistir a um espetáculo da Broadway (os teatros onde há as apresentações são todos próximos dali) num outro dia. Aliás, mais bacana do que ir de dia é ir à noite, pois você fica ainda mais vidrado nos letreiros gigantes.

Até dia 30/11/19 tem 20% de desconto do chip internacional para celular. Saia do Brasil já com internet. Clique aqui e use o cupom NOVEMBER.
Eu e os letreiros luminosos da Times Square. Foto: Guilherme Calil

Eu e os letreiros luminosos da Times Square. Foto: Guilherme Calil

 

Apple Store

http://www.apple.com/retail/fifthavenue/

Endereço: 767, Quinta Avenida, Nova York. Metrô: N, R, W para Quinta Avenida  e 59th Street.

Horário de funcionamento: Abre 24h, todos os dias do ano

Trump Tower

Endereço: 725, Quinta Avenida, entre a 56th Street e a 57th Street. Metrô próximo: F, para a estação 57th Street.

St. Patrick’s Cathedral

http://www.saintpatrickscathedral.org/

Endereço: 50th Street com a Quinta Avenida. Metrô: B, D, F e V para as estações 47th e 50th Street.

Horário de funcionamento: Diariamente, das 6h30 às 20h45.

Museum of Modern Art (MoMA)

http://www.moma.org/

Endereço: 11 West 53rd Street, entre a Quinta e Sexta Avenidas. Metrô:  B, D, F e V para as estações 47th e 50th Street.

Horário de funcionamento: De domingo a quinta-feira e sábado das 10h30 às 17h30. Na sexta-feira, das 10h30 às 20h.

Rockefeller Center

 http://www.rockefellercenter.com/

Endereço: Na Quinta Avenida, entre a West 48th Street e a West 51th Street. Metrô:  B, D, F e V para as estações 47th e 50th Street.

Top of the Rock

http://www.topoftherocknyc.com/

Endereço: Fica dentro do Rockefeller Center. A entrada é pela 50th Street, entre a Quinta Avenida  e a Sexta Avenida. Metrô:  B, D, F e V para as estações 47th e 50th Street.

Preço: US$ 27 (adultos) e US$ 17 (crianças).

Horário de funcionamento: Todos os dias, das 8h às 0h (a última subida é às 23h).

 

Leia também:

Compartilhar este artigo:

Comentários

  1. Silmara
    15 set 2014

    Muito boas suas dicas. Maravilhosas, vamos a NY( eu e meu marido) agora em setembro e estou adorando seu roteiro. Já estou me sentindo lá. Amei!!!

  2. Paulo
    01 fev 2015

    Excelente.
    Paulo

  3. Matheus
    17 jan 2016

    Muito obrigado pelas dicas!
    Estou indo agora no mês de Janeiro e suas dicas foram fundamentais!

  4. Renata e Anderson
    30 jun 2016

    Em new york eles aceitam carteira de estudante do Brasil para os museus e outros ?

  5. Debora
    24 set 2017

    Ola td bem??
    Vou passar o ano novo em NYC.
    Queremos ver a ball drop. Vou reservar um restaurante que fique na melhor rua para a vista da bola. Entre quais quarteiroes seria melhor pra essa vista (letreiro de frente) ?? Seria da rua, pois os hoteis com rooftops nao aceitam menores de 21 e se aceitam sao acima de 1000 dólares por pessoa. Entao vamos reservar algum restaurante entre os melhores quarteiroes para ter uma vista boa. Entre quais quarteiroes vc sugere??? Teroa algum bom restaurante pra sugerir tb?? A pessoa mais nova da familia tem 17 anos. Todos os outros sao acima de 21.
    Obrigada

  6. Fabio Bagetti
    11 out 2017

    Boa tarde!
    Ótimas dicas! Pretendo chegar em NYC em 04/11
    Por favor, me informe se em NYC vende chip de celular pré pago com pacote de dados?

    • 20 out 2017

      Oi, Fabio.
      Sim, vende. Quando estiver lá, dê uma olhada no aeroporto, as lojas costumam vender esses serviços em aeroportos.
      Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *