6 estádios imperdíveis para você conhecer nas suas viagens

postado por Marcelle Ribeiro em 28/01/2017
Compartilhar este artigo:

Hoje o post foi escrito pelo meu maridão, Guilherme Calil, sobre uma das paixões dele: esporte! E como a minha é viagem, a gente às vezes consegue unir as duas coisas. Vamos lá?

 

“Alguns leitores do blog sabem que eu sou um grande apaixonado por esportes. Já escrevi sobre baseball, basquete e futebol em alguns posts no Viciada em Viajar. Por causa disso, em várias viagens consegui convencer a Marcelle a conhecer alguns dos estádios e esportes que sempre quis visitar. Vou aproveitar para relembrar esses verdadeiros templos do esporte que tive a oportunidade de conhecer e começo pela que considero a melhor experiência esportiva que já tive em uma viagem.

 

Fenway Park

Além do Flamengo, um outro time que tem espaço no meu coração é o Boston Red Sox, um dos maiores do baseball americano. Muito por causa disso, eu fiz com que a Marcelle viajasse de Nova York até Boston de ônibus para que eu pudesse realizar o sonho de ver um jogo de baseball no Fenway Park, um dos estádios mais antigos que ainda estão abertos nos Estados Unidos.

 

Torcedores se preparando para entrar no Fenway Park. Foto: Marcelle Ribeiro.

Torcedores se preparando para entrar no Fenway Park. Foto: Marcelle Ribeiro.

Mesmo com mais de 100 anos, o Fenway Park está em excelente estado! Todo reformado, ele é confortável, organizado, tem banheiros limpos e boas opções de lanches. As filas para entrar são longas, mas andam rápido. Além disso, o clima dos torcedores americanos é bem parecido com o que vemos no Brasil. Uma excelente experiência!

Boston Red Sox comemora a vitória e levanta o público. Foto: Marcelle Ribeiro

Boston Red Sox comemora a vitória e levanta o público. Foto: Marcelle Ribeiro

AT&T Park

Ainda falando sobre o baseball, tive a chance de conhecer um outro estádio do esporte, mas de uma maneira muito diferente do que fiz em Boston: fazendo um tour (saiba preços, horários e outros detalhes da visita ao AT&T Park).

Estive em San Francisco em março de 2015 e a temporada ainda nem tinha começado. Mesmo assim, fui conhecer um dos ballparks mais bonitos da liga de baseball: o AT&T Park, casa dos San Francisco Giants.

Reserve sua hospedagem em San Francisco pelo Booking e ajude o blog a ganhar uma pequena comissão sem pagar nada a mais!

Conhecer um ballpark sem público e sem jogo é uma experiência diferente. Foto: Guilherme Calil.

Conhecer um ballpark sem jogo é uma experiência diferente. Foto: Guilherme Calil.

Afinal de contas, que outro estádio tem vista para a Baía de San Francisco? A visão é tão bonita que não duvido que muitos torcedores acabem se distraindo com ela durante uma partida menos emocionante…

Olha a vista da baía de San Francisco no AT&T Park! Foto: Guilherme Calil.

Olha a vista da baía de San Francisco no AT&T Park! Foto: Guilherme Calil.

Durante a visita, é possível conhecer as arquibancadas, o gramado, um pequeno museu e até os vestiários das equipes. Pra quem gosta do esporte, é muito legal poder ver o estádio em muitos detalhes.

Além disso, se você percorrer os arredores do estádio é possível ver algumas estátuas dos maiores jogadores da história do time. Recomendo muito!

Juan Marichal foi um dos maiores pitchers da história dos Giants. Foto: Guilherme Calil.

Juan Marichal foi um dos maiores pitchers da história dos Giants. Foto: Guilherme Calil.

Staples Center

Mudando de esporte, ainda nessa viagem pela Costa Oeste dos Estados Unidos pude ver um jogo de basquete dos Los Angeles Lakers no Staples Center.

O ginásio é absolutamente espetacular! Super moderno, tem entrada tranquila, várias opções de lanche, ar-condicionado central, sistema de som impecável… E o melhor de tudo: é possível ter uma boa visão da quadra mesmo nos lugares mais distantes e baratos (como no nosso caso).

Além disso, o time prepara vários passatempos para os espectadores durante os intervalos e quando o jogo é paralisado. Enfim, um verdadeiro espetáculo!

Eu e Earvin "Magic" Johnson na entrada do Staples Center. Foto: Marcelle Ribeiro

Eu e Earvin “Magic” Johnson na entrada do Staples Center. Foto: Marcelle Ribeiro

A cereja do bolo são os arredores do ginásio. Por lá, você encontra estátuas de ícones dos Lakers como Kareem Abdul-Jabbar e Magic Johnson. Para quem gosta de basquete, é um prato cheio!

A visão da quadra é boa mesmo nos assentos mais distantes. Foto: Marcelle Ribeiro.

A visão da quadra é boa mesmo nos assentos mais distantes. Foto: Marcelle Ribeiro.

La Bombonera

Entre os estádios de futebol, um dos mais conhecidos do mundo é o “La Bombonera”, casa do Boca Juniors, em Buenos Aires (veja como comprar ingressos e detalhes do passeio).

 

Ao reservar o seu carro pelo portal Rentcars, você compara preços de várias locadoras, consegue descontos e colabora com o Viciada em Viajar.

 

Quando viajei para a Argentina, pedi para a Marcelle para conhecer esse verdadeiro templo do esporte, que tem uma arquitetura pensada para pressionar os adversários e fazer com que o time argentino conquiste, em várias ocasiões, vitórias improváveis.

A arquibancada da "Bombonera" intimida os adversários do Boca. Foto: Marcelle Ribeiro.

A “Bombonera” intimida os adversários do Boca. Foto: Marcelle Ribeiro.

Mesmo com toda a mística, falta um pouco de cuidado ao estádio. As condições, de maneira geral, estão ruins. As arquibancadas são sujas e todo o estádio parecia um pouco mal cuidado. Por lá, é possível fazer um tour para conhecer boa parte da “Bombonera”.

A melhor parte da visita é o Museu do Boca Juniors, que tem uma boa exposição de camisas e conta bem a história de um dos clubes mais vitoriosos da Argentina.

 

Camp Nou

Casa de um dos mais importantes times de futebol do mundo, o Camp Nou é um gigante do tamanho do Barcelona e uma visita vale muito a pena.

Primeiro porque se trata de um dos maiores (literalmente) estádios do planeta. E segundo porque abriga um dos museus de futebol mais legais que já vi.

O slogan do Barcelona está desenhado na arquibancada do estádio. Foto: Marcelle Ribeiro

Slogan do Barcelona desenhado na arquibancada do estádio. Foto: Marcelle Ribeiro

Começando pelo estádio, o tour permite que você conheça as arquibancadas, a beira do campo, a sala de imprensa e outros cantinhos…

Depois, o museu é super completo, com fotos, taças, camisas e até chuteiras históricas de grandes momentos do clube catalão. Dá até pra tirar fotos com a taça da Liga dos Campeões da Europa! (saiba como comprar ingressos e horários das visitas ao Camp Nou)

É claro que não ia perder a chance de tirar uma foto com a taça! Foto: Marcelle Ribeiro

É claro que não ia perder a chance de tirar uma foto com a taça! Foto: Marcelle Ribeiro

Estádio Panatenaico

Para encerrar esse post, não posso esquecer de falar do histórico estádio que abrigou a primeira Olimpíada da era moderna, em 1896: o Panatenaico, em Atenas.

O histórico estádio Panatenaico, em Atenas. Foto: Marcelle Ribeiro

O histórico estádio Panatenaico, em Atenas. Foto: Marcelle Ribeiro

Quando estive em Atenas tive apenas a oportunidade de ver o local por fora, mas não podia deixar de me lembrar que foi lá também que o nosso Vanderlei Cordeiro de Lima conquistou aquela histórica medalha de bronze em Atenas-2004!

Para um estádio com bem mais de 100 anos, o Panatenaico está bem conservado, especialmente por causa das obras realizadas para a última edição dos Jogos Olímpicos na cidade, há pouco mais de 10 anos. E é realmente um pedaço da história do esporte que não pode sumir! (veja mais detalhes da visita ao Panatenaico)

 

Reserve sua hospedagem pelo Booking e ajude o blog a ganhar uma pequena comissão sem pagar nada a mais! (saiba como funciona essa parceria aqui)

Ao reservar o seu carro pelo portal Rentcars, você compara preços de várias locadoras, consegue descontos e colabora com o Viciada em Viajar.

 

Leia mais:

As 5 cachoeiras mais bonitas do Brasil que conheci

As 5 praias mais bonitas do Brasil (para mim!)

Devorando as delícias do mundo – Parte 1

Devorando as delícias do mundo – Parte 2

Compartilhar este artigo:
Publicado por Marcelle Ribeiro

Jornalista, baiana, mas há mais de 20 anos moradora do Rio de Janeiro. Nos seus mais de 30 anos de vida, já viajou sozinha e acompanhada. Casada com o Guilherme, petlover e viciada em pesquisar novos destinos.

Comentários

  1. Luiza
    10 fev 2017

    Oi Marcelle!

    Nem li esse post direito, só queria um espaço para deixar um beijo e agradecer pela grande utilidade do seu blog!
    AMO suas dicas e indico para muitas pessoas, fui para Ilha Grande e fiz todo roteiro baseado nas suas dicas e mais descobertas que fiz estando lá!!
    Tudo de bom! Muita alegria e disposição para seguir viajando e nos contando cada detalhe!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *