O que fazer no Rio de Janeiro: 50 dicas e os imperdíveis na 1ª viagem

postado por Marcelle Ribeiro e atualizado em: 19/02/2021

Se você tem apenas um dia ou algumas horas para conhecer a cidade maravilhosa, não há dúvidas sobre o que visitar: vá à estátua do Cristo Redentor e ao Bondinho do Pão de Açúcar, os mais famosos entre os pontos turísticos do Rio de Janeiro. Mas se você tem mais tempo na cidade, saiba que há muito o que fazer no Rio de Janeiro. De praias a museus, passando pelo Maracanã e muito mais que você imagina!

Eu moro na cidade há mais de 20 anos, já fui a tudo que é conto e te ajudo a decidir o que fazer. Confira o índice do post:

Mapa
Atrações “obrigatórias” para uma primeira viagem
Atrações para uma segunda viagem (além do óbvio)
O que conhecer com pouco dinheiro no Rio de Janeiro?
O que fazer à noite no Rio de Janeiro?
O que visitar em dias chuvosos no Rio de Janeiro?

Mapa

O que fazer no Rio de Janeiro: passeios obrigatórios

A seguir, listamos os pontos turísticos imperdíveis, que precisam ser priorizados quando você decidir o que fazer no Rio de Janeiro, especialmente se é sua primeira viagem para a cidade.

Leia também: Roteiro para passeio no Rio de Janeiro: sugestão para uma semana

Na Zona Sul

1 – Pão de Açúcar

Um dos mais clássicos passeios no Rio de Janeiro, o Bondinho do Pão de Açúcar é um teleférico que liga o Morro da Urca (220 metros de altura) ao morro do Pão de Açúcar (396 metros de altura) e permite uma vista incrível da Baía de Guanabara. Lá do alto você vê o Cristo, a Praia de Botafogo, a Pedra da Gávea e boa parte da cidade.

Além disso, nos morros tem um monte de miquinhos fofos, um museu contando a história do bondinho e restaurantes. De vez em quando rolam shows no Morro da Urca à noite, pagos.

Ah, você pode comprar o ingresso no site Viator. Quem preferir, pode escolher o tour que combina o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor. Por fim, também é possível fazer uma trilha até o Morro da Urca, que é a primeira parada do bondinho. A vista é deslumbrante e eu já contei todos os detalhes sobre essa trilha.

Endereço: Avenida Pasteur, 520, na Praia Vermelha (Urca). Não há estações de metrô perto. Funciona ss 9h às 21h. As saídas do bondinho acontecem de 20 em 20 minutos ou quando o veículo enche. Preço: Adultos – R$ 71. Crianças de 6 a 12 anos, maiores de 60 anos, estudantes e menores de 21 anos nascidos no estado do Rio – R$ 35. Crianças abaixo de 6 anos – Grátis.

o que fazer no rio de janeiro em uma primeira viagem

Teleférico do Pão de Açúcar. Foto: Camille Magalhães.

2 – Cristo Redentor

Mais desejada entre as atrações turísticas no Rio de Janeiro, a estátua do Cristo Redentor tem 38 metros de altura e fica no alto do Morro do Corcovado, que tem 710 metros de altura. Aliás, foi eleita uma das Maravilhas do Mundo e fica dentro do complexo do Parque da Tijuca. Lá do alto você vê os pontos mais bonitos do Rio e placas explicativas mostram a localização de cada um.

Além disso, dentro da estátua tem uma micro capela, onde há celebrações católicas.

Ah, um detalhe super importante: só vá ao Cristo se o tempo estiver aberto, porque com muitas nuvens não dá pra ver a vista da cidade (e às vezes nem a estátua).

É possível chegar ao pé da estátua de trenzinho, de carro, táxi ou van. Outra alternativa é fazer um tour que inclui a visita ao Cristo e Pão de Açúcar.

Trenzinho, van ou carro?

A estação do Trem do Corcovado fica na Rua Cosme Velho, 513, no bairro Cosme Velho. A estação de metrô mais próxima é a do Largo do Machado, mas de lá você terá que pegar ônibus ou táxi/Uber para chegar ao trenzinho. Quem sobe de trenzinho, aprecia a mata do Parque da Tijuca, numa subida agradável de 20 minutos. Antes de comprar o ingresso você pode ver como está a visibilidade na estátua, por câmeras.

O ingresso de ida e volta de trenzinho custa R$ 89,50 na alta temporada e R$ 72,50 na baixa temporada. Em qualquer época, crianças de 6 a 11 anos pagam R$ 54 e maiores de 60 anos, R$ 27. Pessoas que nasceram ou moram no Estado do Rio de Janeiro pagam R$ 58. O ideal é comprar os ingressos com antecedência, pelo site do trenzinho.

O trenzinho funciona de segunda a domingo, das 8h às 19h, com saídas a cada meia hora.

Outra opção é ir de van, mas recomendo que você compre online antecipadamente para evitar filas. As vans saem de Copacabana, Corcovado e Estrada das Paineiras, sem paradas. Partindo de Copacabana ou Largo do Machado, o preço é R$ 61 (dias de semana) e R$ 74 (fins de semana e feriado). Saindo do Centro de Visitantes Paineiras é R$ 28 (dias de semana) e R$ 41 (fins de semana e feriados). Os preços já incluem o ingresso à estátua.

Quem vai de carro tem que estacionar na Estrada das Paineiras ou no Cosme Velho, e depois pegar uma das vans oficiais, da concessionária Paineiras Corcovado, até o monumento. Nos finais de semana e feriados, o melhor é estacionar no Cosme Velho, pois a Estrada das Paineiras pode estar fechada. Para aluguel de carro, recomendo e uso a Rentcars.

o que fazer no rio de janeiro cristo redentor

Cristo Redentor. Foto: Fernando Maia/Riotur.

3 – Jardim Botânico

Como moradora da cidade há mais de 20 anos, o meu passeio no Rio de Janeiro preferido é o Parque Jardim Botânico, que é enorme, cheio de atrações interessantes e bem cuidado. Você pode visitar o orquidário, o bromeliário, o cactário, ver plantas carnívoras e medicinais, tirar a clássica foto no corredor de palmeiras-imperiais, ver o lago com vitórias-régias gigantes, caminhar…

O parque foi criado há mais de 200 anos por Dom João VI e tem várias entradas, entre elas pela Rua Jardim Botânico, 1008 (com estacionamento e bicicletário). O acesso pela Rua Jardim Botânico, 920 é apenas para pedestres, assim como as duas entradas na Rua Pacheco Leão, nos números 101 e 915. Funciona todos os dias, das 8h às 17h. Preço: R$ 15 (grátis até 5 anos).

o que fazer no rio de janeiro jardim botanico tour

Parque Jardim Botânico. Foto: Pedro Athayde de Queiroz.

4 – Lagoa Rodrigo de Freitas

Sua lista de pontos turísticos no Rio de Janeiro a visitar tem que incluir a Lagoa Rodrigo de Freitas, um lugar maravilhoso para pedalar, caminhar, brincar com as crianças no pedalinho ou só tirar fotos nos píeres. (Veja todas as minhas dicas para curtir o local).

o que fazer no rio de janeiro lagoa rodrigo freitas

Lagoa Rodrigo de Freitas. Foto: Marcelle Ribeiro.

5 – Praia de Ipanema

Um dos pontos turísticos do Rio de Janeiro mais visitados, a praia de Ipanema é a cara da cidade e toda sua diversidade, uma delícia. Tem point LGBTQI, trecho frequentado pelos sarados, por famílias, etc. Eu contei todos os detalhes no post sobre praias do Rio.

o que fazer no rio de janeiro praia de ipanema

Point LGBT em Ipanema. Foto: Marcelle Ribeiro.

6 – Praia do Leblon

Quer se sentir protagonizando uma novela do Manoel Carlos? Faça um passeio pela linda Praia do Leblon, que tem até o Baixo Bebê, point para bebês. (Confira tudo sobre as melhores praias do Rio).

7 – Praia de Copacabana

Uma parada na Praia de Copacabana não pode esquecida ao decidir o que fazer no Rio de Janeiro. O calçadão é um cartão-postal da cidade e garante ótimas fotos. Além disso, aproveite para dar uma volta e conhecer a feirinha de artesanato do local.

o que fazer no rio de janeiro praia de copacabana

Calçadão de Copacabana. Foto: Marcelle Ribeiro.

8 – Praia do Leme

O Leme é uma das melhores praias para banho no Rio de Janeiro, como contei no post sobre praias. Quer sair do óbvio ao escolher o que fazer no Rio de Janeiro? Faça também a trilha do Forte do Leme, que é super tranquila e tem uma vista deslumbrante.

9 – Forte de Copacabana

Um dos destaques da Praia de Copacabana. Por lá, há um museu com exposição permanente, canhões, e uma Confeitaria Colombo com vista sensacional. O ingresso custa R$ 6. Entrada gratuita às terças-feiras. Funciona de terça a domingo e feriados, das 10h às 18h.

O que fazer no Rio de Janeiro: No Porto Maravilha

As atrações a seguir podem ser conhecidas em 1 dia inteiro de passeio.

10 – Aquario

Maior aquário marinho da América do Sul, o AquaRio tem espécies diferentes, como crustáceos super esquisitões e um tanque enorme onde ficam os tubarões e arraias de todos os tipos. Aliás, os turistas podem passar por dentro de um túnel que fica abaixo desse tanque.

Além disso, tem peixes coloridos, águas-vivas, arraias e estrelas-do-mar.

Os ingressos podem ser comprados com antecedência pelo site do Aquario e custam R$ 100 (para brasileiros), R$ 70 (moradores do estado do Rio ou pessoas nascidas no estado), R$ 70 (de 3 a 21 anos, maiores de 60 anos, estudantes e pessoas com deficiência).

O AquaRio funciona todos os dias, das 10h às 18h. Espere levar entre 1h e 1h30 para conhecer.

Não há metrô pertinho do aquário. Pegue um metrô até as estações Carioca ou Cinelândia e depois o VLT (que é o trem urbano do Rio novo). No VLT, pegue a linha 1 no sentido Rodoviária/ Praia Formosa, e desça na estação Utopia/ AquaRio, que fica a 200m do aquário.

o que fazer no rio de janeiro aquario

Aquario. Foto: Marcelle Ribeiro.

11- Mural Etnias

Saindo do aquário em direção à Praça Mauá, você poderá apreciar os grafites enormes pintados pelo artista Kobra e outros nos galpões da região. É grátis, é lindo, e é seguro. Antes de mais nada, a caminhada não é longa. Na verdade, basta seguir reto, na mesma rua, que faz parte da Orla Conde. Do AquaRio até o Museu de Arte do Rio (MAR), onde acabam os murais, são 1,3 km, que você faria em 20 minutos se resistisse à tentação de parar para tirar fotos.

o que fazer no rio de janeiro kobra

Maior mural grafitado do mundo, do Kobra. Foto: Marcelle Ribeiro

12 – Praça Mauá

Letreiro gigante com declaração de amor ao Rio, banquinhos charmosos em praça para descansar, vista da Baía de Guanabara desimpedida e food trucks (mais!) gostosos para comer: tudo isso é a Praça Mauá, um lugar super agradável. Além disso, tem a fachada incrível do Museu do Amanhã para fotografar, navios enormes ancorados para invejar e, de vez em quando, até umas bandas de samba e choro acústico, sem muvuca. Se for comer, reserve 1h para curtir a praça (se não, 30 min tá bom).

13 – Museu do Amanhã

O Museu do Amanhã rende belas fotos externas. Dê a volta nele, pois na parte de trás tem uma espécie de estrela diferente prateada em uma piscina que vale fotografar. Porém, a exposição permanente é chata. E olha que eu curto o tema de sustentabilidade, meio ambiente e mudanças climáticas. Achei muita coisa pra ler e pouca para, de fato, ver e interagir. Tem umas projeções também, mas nada demais.

Apesar de eu ter comprado ingresso pelo site (recomendo!!!) e não ter pego fila nenhuma pra entrar, uma vez dentro do museu, tive que pegar 1h de fila para assistir a um vídeo dentro de uma esfera preta. Porém, não achei muito interessante não. Te digo sem medo: você não perde nada se não quiser pegar essa filona.

Os ingressos custam R$ 26 (inteira adulto), com meia e gratuidade para várias pessoas (veja no site oficial). Funciona de terça a domingo, das 10h às 18h (última entrada às 17h).

o que fazer no rio de janeiro museu do amanha

Museu do Amanhã. Foto: Marcelle Ribeiro.

14 – Museu de Arte do Rio (MAR)

O Museu do Amanhã tem a fachada mais esquisitona e bonita, mas é no Museu de Arte do Rio, o MAR, que você não pode deixar de entrar. Apesar de a exposição permanente não ser lá essas coisas, tem sempre uma mostra temporária bacana no MAR, principalmente para quem curte fotografia. Outra atração é a vista lá do alto, que rende belas fotos. Reserve 1h30 para conhecer o museu. Ah, lá também tem um restaurante renomado, o Mauá, com uma vista bonita, mas caro.

o que fazer no rio de janeiro mar

Vista do MAR. Foto: Maridão.

Fica na Praça Mauá, 5, no Centro. Da estação do metrô Uruguaiana dá para ir a pé até lá (10 min caminhando). Funciona de terça a domingo, das 10h às 17h.

O ingresso custa R$ 20 (adulto), com com meia e gratuidade para várias pessoas. A entrada é grátis todas as terças-feiras. Ingresso-combo com o Museu do Amanhã: R$ 32 (inteira) e R$ 16 (meia).

15 – Mosteiro de São Bento

Sem dúvida, há muito o que fazer no Rio de Janeiro. Particularmente, eu acho o Mosteiro de São Bento uma ótima pedida para turistas. É um local belíssimo, com altares de madeira e ouro. Minha dica é visitar nos horários em que há missa com canto gregoriano.

Além disso, o mosteiro fica pertinho da Praça Mauá, ou seja, de várias outras atrações obrigatórias para quem quer conhecer o Centro do Rio.

O que fazer no Rio de Janeiro: no Centro

Em um dia inteiro, você consegue conhecer as principais atrações do Centro do Rio. A dica é ir durante o dia e, de preferência, durante a semana, já que as ruas ficam desertas (e mais perigosas) aos sábados e domingos.

Quem não quiser fazer por conta própria, pode aproveitar esse tour a pé pelos principais pontos. É super bem avaliado!

Veja todos os detalhes sobre o que fazer no Centro do Rio de Janeiro!

16 – Igreja da Candelária

A igreja, que tem mais de 400 anos de história, é bonita por fora e por dentro, com estátuas de anjos enormes e impressionantes. Infelizmente, também ficou conhecida por uma chacina, como contei no post sobre o que fazer no Centro do Rio.

17 – Theatro Municipal

Se tem uma parada obrigatória quando o assunto é o que fazer no Rio de Janeiro, é conhecer o Theatro Municipal. De verdade, o lugar é lindo. Fica na Cinelândia, pertinho da Biblioteca Nacional. Eu recomendo que você faça a visita guiada ou busque um espetáculo para conhecer o interior do prédio, porque vale a pena. Veja mais detalhes no post sobre roteiro no Centro do Rio.

o que fazer no rio de janeiro theatro municipal cinelandia

Teatro Municipal do Rio. Foto: Gustavo Calil.

18 – CCBB

O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) também não deve ficar de fora ao decidir o que fazer no Rio de Janeiro. Seja para ver uma das exposições temporárias super interessantes ou para ver a bela cúpula e a interessante exposição permanente sobre moedas e dinheiro antigo. Veja os detalhes sobre o CCBB.

19 – Real Gabinete Português de Leitura

Sem dúvida, você deve incluir esse ponto turístico ao escolher o que fazer no Rio de Janeiro, mesmo se você não gosta de ler. O ambiente do Real Gabinete Português de Leitura é mágico, super bonito, e altamente instagramável no Centro do Rio.

20 – Confeitaria Colombo

Outro clássico passeio do Centro do Rio é a confeitaria fundada em 1894. Como eu disse no post sobre o que fazer no Centro do Rio, é uma ótima opção para tomar um café e apreciar lustres antigos, e a decoração opulenta cheia de mármore e dourado.

21 – Escadaria Selarón

Esse é um dos lugares mais famosos da região central da Cidade Maravilhosa. Tecnicamente está no bairro da Lapa, mas é uma maneira de acessar Santa Teresa, outro lugar que merece um dia do seu roteiro (Confira tudo o que fazer em Santa Teresa). Com tantas cores, virou a escadaria mais bombada do Instagram! 🙂

o que fazer no rio de janeiro escadaria selaron

Escadaria Selarón. Foto: Marcelle Ribeiro.

22 – Ordem Terceira De Nossa Senhora do Monte Carmo

Essa é uma das mais antigas igrejas do Rio. Com seus janelões, fica na Praça XV e deve estar no seu roteiro pelo Centro do Rio.

23 – Igreja Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé

Você sabia que ao decidir o que fazer no Rio de Janeiro pode conhecer até a Antiga Sé, igreja em que Dom João VI foi sagrado rei de Portugal? Isso mesmo, o Centro do Rio foi cenário de muitos fatos históricos.

Leia mais: As melhores atrações do Centro do Rio

24 – Paço Imperial

Ao lado do Palácio Tiradentes, você também pode parar para tirar uma foto da fachada do Centro Cultural Paço Imperial. Por lá, também funciona uma livraria (saiba mais detalhes).

o que fazer no rio de janeiro paco imperial

Centro Cultural Paço Imperial Foto: Alexandre Macieira/ Riotur.

25 – Ir a um samba

Se tem um programa imperdível ao escolher o que fazer no Rio de Janeiro, é ir a um samba. Os melhores estão na Lapa, Centro e Praça Mauá. Confira o post sobre as melhores rodas de samba no Rio e divirta-se!

Na Zona Norte

26 – Maracanã

Seja para ver uma partida de futebol ou fazer um tour guiado, o Estádio do Maracanã é uma parada obrigatória para quem está pesquisando sobre o que fazer no Rio de Janeiro.

Aliás, o tour guiado custa R$ 65, com meia entrada de R$ 32,50. Já o tour não guiado custa R$ 55, com meia entrada de R$ 27,50. Crianças abaixo de 5 anos não pagam.

o que fazer no rio de janeiro estadio maracana

Estádio do Maracanã. Foto: Alexandre Macieira/Riotur.

O que fazer no Rio de Janeiro: Segunda viagem

Agora que já falei das atrações mais importantes para uma primeira viagem, quero te dizer que tem muito o que fazer no Rio de Janeiro em uma segunda visita. Ou mesmo pra cariocas que querem conhecer melhor a cidade. Anota aí!

Na Zona Sul:

27 – Vista Chinesa e Mesa do Imperador

A Vista Chinesa é um mirante em formato de pavilhão chinês, construído entre 1902 e 1906 para homenagear os orientais que trouxeram o cultivo do chá para o Brasil. De lá, você tem uma vista incrível da Lagoa Rodrigo de Freitas e da zona sul do Rio.

o que fazer no rio de janeiro vista chinesa

Vista Chinesa. Foto: Marcelle Ribeiro.

A uns 3 minutos de carro, fica um lugar chamado Mesa do Imperador, onde mais uma vez apreciamos a paisagem (bem parecida com a da Vista Chinesa). A Mesa do Imperador é um mirante com uma mesa mesmo, onde os nobres faziam almoços campestres e onde o Imperador D. Pedro II ia quando fazia passeios pela floresta.

28 – Parque Lage

O Parque Lage fica na mesma rua que o Jardim Botânico, a Rua Jardim Botânico. É uma área com muitas árvores, uma fonte e um casarão de 1920, onde funciona a Escola de Artes Visuais (EAV). Neste casarão tem um café ao lado de uma antiga piscina, e muitas pessoas vão lá para tomar um brunch. Do Parque Lage partem algumas trilhas.

O lugar já funcionou um antigo engenho de açúcar. Em 1920, o empresário Henrique Lage comprou o local e, apaixonado por uma cantora lírica, mandou reformular o projeto paisagístico da área para agradá-la.

Há uma área com brinquedinhos para crianças e uma mini fortaleza com aquários dentro. A moda entre os cariocas é fazer festinhas meio “piquenique” no parque.

Endereço: Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico. Funciona diariamente, das 8h às 17h. Entrada gratuita.

o que fazer no rio de janeiro parque lage

Parque Lage. Foto: Marcelle Ribeiro.

29 – Instituto Moreira Salles

Outra dica diferente para quem quer sair do óbvio ao selecionar o que fazer no Rio de Janeiro é o Instituto Moreira Sales. Vale a pena ir tomar café da manhã nos jardins do Empório Jardim, que fica lá. Além disso, de vez em quando, há boas exposições.

o que fazer no rio de janeiro ims

Instituto Moreira Sales. Foto: Maridão.

Fica na Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea e funciona de terça a sexta, das 12h30 às 16h30. Sábado, domingo e feriados (exceto às segundas), 10h às 16h.

30 – Palácio do Catete e Museu da República

Os jardins do palácio são frequentados pelos cariocas em momentos de lazer. No museu, há coleções que retratam a vida dos presidentes da República Brasileira. Os números impressionam: cerca de 9 mil objetos, 100 mil documentos e 9 mil títulos de livros e periódicos. Ao mesmo tempo, o prédio também faz parte da História. Afinal, foi ali que o presidente Getúlio Vargas cometeu suicídio, em 24 de agosto de 1954.

Endereço: Rua do Catete, 153. Funcionamento: terça a sexta-feira, das 10h às 17h. Sábados, domingos e feriados, das 11h às 18h. Ingresso: R$ 6, com meia entrada de R$ 3. Parque aberto diariamente, com entrada gratuita.

31 – Passeio de Helicóptero

Está na dúvida sobre o que fazer no Rio de Janeiro e está com um orçamento folgado para a viagem? Faça um passeio de helicóptero para sobrevoar a Cidade Maravilhosa. O voo de 16 minutos custa cerca de R$ 550 por pessoa e permite uma vista inesquecível do Pão de Açúcar, Cristo Redentor, Baía de Guanabara, praias, Lagoa Rodrigo de Freitas e muito mais. Um charme!

32 – Pôr do sol no Arpoador

Aplaudir o pôr do sol no Arpoador é um clássico carioca, então você pode incluir o programa ao decidir o que fazer no Rio de Janeiro. A vista é incrível e essa é uma ótima alternativa de parada depois de aproveitar as melhores praias do Rio.

o que fazer no rio de janeiro arpoador

Pôr do sol no Arpoador. Foto: Alexandre Macieira/Riotur.

33 – Mureta da Urca

Não é fácil decidir o que fazer no Rio de Janeiro, mas aproveitar a mureta da Urca é um programa para se sentir um típico carioca. Na mureta de pedra, os moradores descolados e turistas param para beber uma cerveja, ver a vista da Baía de Guanabara (se for o pôr do sol, melhor ainda) e bater papo ao ar livre. Você pode trazer seu isoporzinho ou comprar no boteco em frente, o Bar Urca, cujo andar térreo tem cara de pé-sujo. Ele também vende salgadinhos.

Endereço pra pedir o Uber: Bar Urca (Rua Cândido Gaffree, 205, Urca).

34 – Voo de parapente ou de asa-delta

Quer inovar na sua viagem? Inclua um voo de parapente ou de asa-delta ao decidir o que fazer no Rio de Janeiro. A paisagem é sensacional na Pedra Bonita, onde fica a pista de voo, e fica ainda mais incrível durante a experiência.

35 – Parque das Ruínas

O centro cultural fica em Santa Teresa e garante fotos lindas, seja da bela vista da Baía de Guanabara ou do local em si. Tem uma programação gratuita bem bacana. Veja mais detalhes no post sobreo que fazer em Santa Teresa.

36 – Bondinho de Santa Teresa

É a maneira mais charmosa de conhecer Santa Teresa, com embarque na Rua Lélio Gama, 2, perto da estação do metrô no Largo da Carioca. O bilhete custa R$ 20. Se você quiser apenas fotografá-lo, se posicione no Largo dos Guimarães ou no Largo do Curvelo. Aliás, você pode ver minha sugestão de 10 dicas de passeios em Santa Teresa.

o que fazer no rio de janeiro bondinho

O revitalizado bondinho de Santa Teresa. Foto: Marcelle Ribeiro.

No Centro:

37 – Ilhas Cagarras

As ilhas ficam em frente à praia de Ipanema e o passeio de barco é bem bacana para fugir da muvuca da areia das praias. A saída é da Marina da Glória, no Centro. (Veja como foi minha experiência)

o que fazer no rio de janeiro ilhas cagarras

Passeio para as Ilhas Cagarras. Foto: Marcelle Ribeiro.

38 – Cidade do Samba

Essa é para quem quer conhecer os barracões das escolas de samba do Grupo Especial. No meu tour pelos bastidores da Grande Rio, eu conheci mais sobre as fases da produção de um desfile, provei uma fantasia e tive uma mini aula de samba. Você pode reservar o passeio pelo site Viator.

o que fazer no rio de janeiro cidade do samba

Fazendo pose de passista!

39 – Espaço Cultural da Marinha

Nesse ponto turístico, você pode conhecer o interior do submarino Riachuelo e embarcações da Corte Portuguesa. É bem bacana para quem tem interesse no acervo da Marinha e o ponto de partida do passeio de barco para a Ilha Fiscal.

Confira: 20 atrações imperdíveis no Centro do Rio.

40 – Ilha Fiscal

Uma mini ilha no meio da Baía de Guanabara, onde fica um castelinho verde, em que foi realizado o último baile do Império. O lugar é lindo por dentro e por fora. Para mais detalhes, vale a leitura do post com dicas de roteiro no Centro do Rio.

o que fazer no rio de janeiro ilha fiscal

Castelinho da Ilha Fiscal. Foto: Antônio Carlos de Souza.

41 – Roda gigante

O ponto turístico é uma das novidades quando o assunto é o que fazer no Rio de Janeiro. Da roda-gigante de 88 metros se vê a Baía de Guanabara e galpões do porto.

Maior roda-gigante da América Latina, a Rio Star funciona diariamente, de 10h às 18h. Preço: R$ 70 (na bilheteria), R$ 59 (online) e R$ 35 (meia entrada). Fluminenses e moradores do Estado do Rio pagam R$ 49 (online) ou R$ 55 (na bilheteria). Além disso, há duas opções de pacote família: 4 ingressos (2 adultos e 2 crianças) por R$ 179 e 3 ingressos (2 adultos e 1 criança) por R$ 149.

42 – Fábrica Bhering

Outro programa que foge dos clichês ao escolher o que fazer no Rio de Janeiro. A fábrica, que já foi uma das maiores do Brasil, abriga atualmente cerca de 80 ateliês. No primeiro sábado de cada mês, acontece o Circuito Interno, evento que une arte, música e gastronomia para os visitantes, das 13h às 20h. O ingresso custa R$ 10 (inteira) ou R$ 5 (meia entrada).

o que fazer no rio de janeiro fabrica bhering

Fábrica Bhering. Foto: Marcelle Ribeiro.

43 – Igreja de São Francisco da Penitência

O ponto turístico tem o Museu Sacro Franciscano e uma igreja com vários detalhes barrocos, com altares em ouro cheios de detalhes e teto cheio de anjos que parecem estar descendo em direção às cadeiras. Tudo é bem bonito. Eu dou mais dicas no post sobre o que fazer no Centro do Rio.

44 – Museu Nacional de Belas-Artes

É uma chance bacana de quadros como Batalha do Avaí, de Pedro Américo, e Primeira Missa do Brasil e Batalha de Guararapes, de Victor Meirelles. O museu tem ainda obras de Portinari e Iberê Camargo. Mais detalhes estão no post com dicas sobre o centro histórico.

45 – Catedral Metropolitana

A Catedral de São Sebastião do Rio de Janeiro — mais conhecida como Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro — é uma catedral católica, inaugurada em 1979. Vale foto da fachada em formato diferentão e dos vitrais coloridos do interior.

Saiba mais: Como montar um roteiro incrível pelo Centro do Rio

o que fazer no rio de janeiro catedral sao sebastiao

Catedral Metropolitana. Foto: Marcelle Ribeiro.

46 – Catedral Presbiteriana

Uma das atrações no Rio de Janeiro que pouca gente conhece é essa igreja evangélica com torres lindas que chamam a atenção no Centro da cidade. Eu falei mais sobre a minha experiência no post sobre o Centro do Rio.

47 – Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (CRAB)

Tá buscando lugares secretos no Rio de Janeiro, ou quase? O CRAB é pouquíssimo conhecido até mesmo entre moradores e é uma graça! Fica em três prédios históricos no Centro, com peças lindas do artesanato brasileiro. Aliás, outras informações estão entre as minhas dicas de passeio pelo Centro do RJ.

Zona Oeste:

48 – Prainha e Grumari

São praias vizinhas, lindas e bem menos movimentadas que outras da orla carioca. Para os detalhes, veja o post sobre a Barra da Tijuca e região.

o que fazer no rio de janeiro prainha

Prainha. Foto: Marcelle Ribeiro.

49 – Fazer uma trilha

Sem dúvida, a trilha da Pedra Bonita e a do Parque da Catacumba são as melhores trilhas do Rio. Além de serem de intensidade média, são rápidas, e têm uma vista de cair o queixo. A primeira fica em São Conrado e dela você vê as praias da Zona Oeste, lagoas e montanhas. Já a do Parque da Catacumba fica na Lagoa Rodrigo de Freitas e dela você aprecia a lagoa e também Ipanema e Leblon. Não precisa de guia. Mas, se preferir, tem guias capacitados no site Civitatis.

50 – Passeios a cidades vizinhas

Vale a pena dar uma esticadinha para conhecer cidades próximas à capital fluminense. Minhas dicas para um bate-volta de 1 dia são:

Guapimirim

As montanhas e cachoeiras fáceis de chegar e gostosas do Parque Nacional da Serra dos Órgãos são o ponto alto desse bate-volta para Guapimirim. Leia minha sugestão de roteiro.

o que fazer no rio de janeiro guapimirim

Pico Dedo de Deus, no Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Foto: Marcelle Ribeiro.

Petrópolis

Na Região Serrana, a Cidade Imperial tem atrações que vão de museus imperdíveis a tour por cervejaria, passando pelo Palácio de Cristal e pela Casa de Santos Dumont. Há diversas excursões, como a da Civitatis.

Niterói

Em Nikity, você vai encontrar belas praias, um pôr do sol incrível no Parque da Cidade, museu, fortaleza, etc. Porém, claro que se você perguntar para um carioca, ele vai garantir que o melhor de Niterói é a vista para o Rio. Veja minhas dicas para esse passeio.

O que fazer no Rio de Janeiro hoje?

A agenda cultural do Rio é bem variada, atendendo a todos os públicos. Portanto, recomendo procurar as informações no Rio Show, do jornal O Globo.

O que fazer com pouco dinheiro no Rio de Janeiro?

Confira mais de 20 pontos turísticos do Rio de Janeiro gratuitos:

  • Praias
  • Lagoa Rodrigo de Freitas
  • Mural Etnia
  • Praça Mauá
  • Mosteiro de São Bento
  • Igreja da Candelária
  • Real Gabinete Português de Leitura
  • Escadaria Selarón
  • Ordem Terceira de Nossa Senhora do Monte Carmo
  • Igreja Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé
  • Paço Imperial
  • Ir a uma roda de samba
  • Vista Chinesa e Mesa do Imperador
  • Parque Lage
  • Pôr do sol no Arpoador
  • Mureta da Urca
  • Parque das Ruínas
  • Igreja de São Francisco da Penitência
  • Catedral Metropolitana
  • Catedral Presbiteriana

O que fazer no Rio de Janeiro à noite?

Certamente, o melhor programa é uma roda de samba. Porém, a cidade também tem uma ampla programação teatral e de shows, além de ótimas baladas. Confira a programação no jornal O Globo.

O que fazer no Rio de Janeiro com chuva?

Acredite se quiser, mas há muito o que fazer no Rio de Janeiro mesmo quando o clima não ajuda e chove. Então, ver uma exposição no CCBB é apenas uma das minhas 7 dicas para esses dias.

Leia também:

Comentários

  1. CARLA
    19 jan 2015

    boa tarde Marcelle, poderia me atualizar dos valores dos passeios para esse ano, se teve alteração ou não?

    att

  2. Carlos
    13 out 2015

    Olá Marcelle! Preciso de um conselho.
    Terei apenas um dia (inteiro, posso chegar umas 6h e sair daí umas 21h) para passar no Rio.
    Quero muito visitar o Cristo Redentor e o Pão de Açucar.
    Irei de carro com minha esposa, e como estaremos de passagem rápida, ainda não sei se iremos pegar algum hotel.
    De qualquer forma, você acha que consigo visitar esses 2 locais no mesmo dia? Se sim, onde acha que eu poderia deixar o carro? (pode ser num local mais próximo, ou se não tiver/compensar, algum outro local, mesmo que eu tenha que pegar algum táxi).
    Desde já, Grato pela atenção!!

  3. Denise
    19 jan 2016

    Olá, farei um cruzeiro e terei um período para tour no rio. Quero visitar o Cristo e subir de bondinho ao Pão de açúcar. Quais os preços para estes passeios? É melhor eu comprar antecipado? Onde posso comprar? Vi alguns na decolar mas os preços absurdos… Tipo 350 reais por pessoa. Obrigada

    • 20 jan 2016

      Oi, Denise,
      Acabei de atualizar o post com as instruções mais fresquinhas, inclusive com os preços, estava mesmo defasado. Dá uma relida? Ah, lembre-se de considerar que terá que somar ao preço dos ingressos, valor para transporte entre o porto e as atrações.

  4. Suzi
    25 jan 2017

    Olá, farei um cruzeiro e terei um período para tour no rio. Quero visitar o Cristo e subir de bondinho ao Pão de açúcar. Já me certifiquei dos valores dos ingressos, porém minha dúvida do porto até o cristo e do cristo até o bondinho? Valores? Posso comprar antecipado meu ingresso?

  5. frncisco eugenio guizellini
    04 fev 2017

    e muito lindo mais e caro para nos cariocas que pena nem todos podem curtir esta beleza que o senhor nos deu

  6. Rudi
    02 maio 2017

    Boa tarde!
    Moro em Santo André e dia-01/06/2017 chegarei ao aeroporto Santos Dumont as 9h, quero conhecer o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar, gostaria de informações de como fazer esses passeios, já que voltarei para São Paulo as 18h.
    Grata
    Rudi

    • 26 maio 2017

      Oi, Rudi,
      Pegue um táxi do Santos Dumont para o Pão de Açúcar e, de lá outro para o Cristo Redentor. Compre os ingressos pelo site com antecedência, para agilizar ao máximo, já que você terá pouco tempo. Sugiro que você almoce em Laranjeiras, perto do trenzinho do Cristo. Tem um restaurante italiano ótimo, chamado Mama Rosa, no caminho para o Cristo.
      Abraço,
      Marcelle

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *